Tudo Sobre

Concurso Banco do Brasil

Escriturário: conheça o plano de benefícios

Salário inicial pode chegar a R$ 3.103,92 com os diversos benefícios; concurso atual registrou mais de 533 mil inscritos



Redação
Publicado em 16/03/2012, às 10h37

No último dia 14 de fevereiro, foram encerradas as inscrições do concurso que vai formar cadastro reserva no cargo de escriturário do Banco do Brasil. O atual processo seletivo, disponível para os Estados de Alagoas, Bahia, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, São Paulo e Tocantins, além do Distrito Federal, registrou 533.788 inscritos, de acordo com a assessoria de imprensa do órgão. O número é recorde e cerca de 50% superior ao maior patamar alcançado até então em seleções da instituição, verificado no ano de 2007. O Estado que mais registrou inscrições foi São Paulo, com 170.425. Em seguida aparecem Minas Gerais (92.685), Bahia (77.415), Distrito Federal (73.098), Goiás (43.632), Pará (32.265), Mato Grosso do Sul (16.067), Tocantins (14.157) e Alagoas (14.044). As provas acontecem no dia 25 de março.

A grande procura pode se justificar, em boa parte, pelas vantagens, benefícios e possibilidade de crescimento dentro da carreira. Nos últimos dois anos, o Banco do Brasil deu posse para 18.802 funcionários dentro do programa de expansão da rede de agências.

A gratificação básica oferecida é de R$ 1.408. Assim que ingressa no quadro do banco – o nomeado deve possuir o ensino médio completo e idade mínima de 18 anos –, o concursado já tem direito à gratificação semestral de 25% que é paga mensalmente. Dessa forma, a remuneração inicial da empresa é de R$ 1.760 para uma jornada de trabalho de 30 horas semanais.

No edital do atual concurso, algumas vantagens são colocadas, como: possibilidade de ascensão/desenvolvimento profissional, participação nos lucros ou resultados e possibilidade de participação em planos assistenciais e previdenciários complementares. De acordo com o setor de recursos humanos do banco, “ascensão e desenvolvimento são praticados por meio de diversos cursos e incentivos à formação que são oferecidos aos profissionais, bem como o reconhecimento da capacitação e competência nos processos de promoção na carreira”.

Para quem ingressa como escriturário na instituição, a carreira é construída por meio de seleções internas para o exercício de comissões de confiança especial. Existem comissões disponíveis nas mais diversas áreas de conhecimento e níveis hierárquicos da empresa.

Benefícios:

- auxílio alimentação/refeição (no valor de R$ 435,16)
- cesta alimentação (R$ 339,08)
- auxílio creche/babá (R$ 284,84)
- auxílio ao filho com deficiência (R$ 284,84)
- vale-transporte
- plano odontológico
- assistência médica (planos de saúde)
- previdência privada

Segundo explicação do RH da empresa, “no Banco, os candidatos ao tomarem posse na condição de escriturários acessam benefícios classificados como legais e espontâneos. Dentre os legais estão o vale-transporte, auxílio-creche, ajuda alimentação/refeição. Dentre os espontâneos há o auxílio ao filho com deficiência, plano odontológico, assistência médica (planos de saúde) e previdência privada. Os dois últimos requerem a co-participação dos empregados quando da adesão. O acesso a esses benefícios ocorrerá mediante manifestação expressa de cada titular, exceto para a ajuda alimentação e o plano odontológico, que são concedidos diretamente, sem necessidade de requerimento por parte do empregado”.

Entre as principais atribuições do escriturário estão: atendimento ao público, contatos com clientes, prestação de informações aos clientes e usuários; redação de correspondências em geral; conferência de relatórios e documentos; controles estatísticos; divulgação e venda de produtos e serviços oferecidos pelo banco; atualização e manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados e execução de outras tarefas inerentes ao conteúdo ocupacional do cargo, compatíveis com as peculiaridades do órgão.

Renan Abbade/SP

Mais de 533 mil inscritos e milhões de reais com taxas de inscrição

Com vagas disponíveis em oito Estados, além do Distrito Federal, o Banco do Brasil recebeu um grande número de inscrições na seleção que vai formar cadastro no cargo de escriturário (nível médio). De acordo com as estatísticas divulgadas pela Fundação Cesgranrio, organizadora do processo seletivo, o número final de inscritos chegou a 533.788. O quantitativo de interessados em ingressar no setor administrativo da instituição é alto, e o valor arrecadado com a taxa de participação de R$ 42, pelo menos à primeira vista, impressiona: R$ 22.419.096.

É importante destacar que esses milhões de reais citados são uma estimativa feita com o intuito de buscar mais transparência no que tange à organização de concursos como este. A conta tem como base o valor integral da taxa de inscrição, sem considerar as possíveis isenções de pagamento. O JC&E entrou em contato com a Cesgranrio para obter informações oficiais, mas os dados foram mantidos em sigilo.

Em todas as seleções, os valores cobrados dos concorrentes são definidos pela organizadora com o aval do órgão contratante. Não há regras que estabeleçam uma quantia mínima e máxima. Os custos são estipulados de acordo com o porte do processo seletivo e a forma como a empresa responsável por ele atuará.

O montante pago pelos candidatos é utilizado para contratar professores (banca de questões), seguranças e fiscais de sala, imprimir provas e colocar em prática toda a logística que envolve um concurso público. Mas como a quantia gerada pelas inscrições é aplicada nessas áreas? A pergunta ainda fica no ar, pois a organizadora adotou a postura de não falar sobre valores.

Flávio Fernandes/SP

+ Resumo do Concurso Banco do Brasil

Banco do Brasil
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Médio
Faixa de salário: Até R$ 1408,00
Organizadora: Cesgranrio

+ Agenda do Concurso

16/03/2013 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas