Publicado: 01/08/2018 - 10:04 | Atualizado: 09/08/2018 - 16:33

Concurso BOMBEIROS MG: SAIU edital com 500 vagas

As chances no concurso dos Bombeiros de Minas Gerais são para candidatos de níveis médio e técnico, para ingresso no curso de formação de soldados do quadro de praças combatentes e praças especialistas

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Saiu o edital de abertura das inscrições do concurso público para admissão ao curso de formação de soldados bombeiros militar do quadro de praças combatentes e do quadro de praças especialistas do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais. Sob organização e execução da Fundep, a seleção preencherá 500 vagas. 

Do total de ofertas, 465 são para o quadro de praças combatentes, sendo 418 reservadas aos homens e 47 às mulheres. As outras 35 vagas são para praças especialistas, sendo dez destinadas a área de motomecanização (quatro para mecânica leve, quatro para mecânica de motor à diesel e duas para eletricista de autos), 20 para área da saúde (14 para técnico em enfermagem e seis para técnico em saúde bucal) e cinco para área de comunicações (três para técnico em informática/rede de computadores e duas para técnico em telecomunicações). 

• APOSTILAS CONCURSO CBM MG 2018 - SOLDADO BOMBEIRO MILITAR
• CURSO CONCURSO CBM MG 2018 - SOLDADO COMBATENTE

Para ingressar na carreira é necessário possuir ensino médio completo, idade entre 18 e 30 anos e altura mínima de 1,60m. Para o quadro de praças especialistas, também é exigido curso técnico na área da especialidade a qual concorre. 

O curso de formação de soldados bombeiros militar funcionará na Região Metropolitana de Belo Horizonte/MG, sob a coordenação da Academia de Bombeiros Militar, tendo a duração mínima de oito meses, com início previsto para janeiro de 2020, em tempo integral, com regime de dedicação exclusiva e atividades escolares extraclasse após as 18h, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

O ingresso do candidato aprovado será realizado na graduação de soldado de 2ª classe, com vencimento inicial de R$ 3.506,40, além de abono fardamento e assistências médico-hospitalar, psicológica e odontológica. Concluído o curso com aproveitamento, o soldado de 2ª classe será promovido a graduação de soldado de 1ª classe e receberá a remuneração básica de R$ 4.098,42. 

Como participar do concurso dos Bombeiros MG

As inscrições deverão ser realizadas exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico www.gestaodeconcursos.com.br, no período das 9h do dia 1º de outubro às 19h de 27 de novembro. 

Será cobrada uma taxa de participação do concurso dos Bombeiros MG, no valor de R$ 81,96, e o seu pagamento deverá ser efetuado até a data limite do prazo, observados os horários de atendimento e das transações financeiras de cada instituição bancária. 

Provas do concurso dos Bombeiros MG

Todos os candidatos serão submetidos às provas objetiva e de redação, a serem aplicadas na data prevista de 20 de janeiro de 2019 nas seguintes cidades: Belo Horizonte, Divinópolis, Juiz de Fora, Montes Claros, Poços de Caldas, Varginha, Governador Valadares, Uberaba, Uberlândia.

A prova objetiva será composta por 50 questões de múltipla escolha, sendo dez de língua portuguesa, dez de matemática, cinco de geografia, cinco de história, cinco de direitos humanos, cinco de química, cinco de biologia e cinco de física. 

Já a redação versará sobre tema contemporâneo de conhecimento geral. Somente serão corrigidas as 2.000 redações dos candidatos melhores classificados e que obtiverem, no mínimo, 50% dos pontos atribuídos à prova objetiva.

O concurso dos Bombeiros/MG ainda contará com as seguintes etapas: exames médicos preliminares e complementares; teste psicológico; prova teórico/prática para as especialidades de motomecanização, saúde e comunicações; teste de capacitação física; habilidades natatórias; e exame toxicológico. 

Atribuições dos postos dos Bombeiros MG

Soldado de 1ª classe - realiza resgates e salvamentos; combate incêndios; previne acidentes e sinistros; prepara-se para ocorrências. Atende ocorrências com produtos perigosos. Trabalha conforme normas e procedimentos técnicos, de segurança e preservação do meio ambiente. Estabelece comunicação, triando e transmitindo informações, transmitindo e recebendo mensagens, e outras demandas que forem exigidas pelo Corpo de Bombeiros Militar e que atendam as normas em vigor.

Soldado de 1ª classe especialista - exerce as funções inerentes a sua especialidade, e pode, além das atribuições específicas, em conformidade com o §13, do artigo 13, da Lei nº 5.301, de 16 de outubro de 1969, serem aproveitados na atividade fim do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, em circunstâncias especiais ou extraordinárias. Além disso, poderão ser empregados em caráter complementar, como encargo, nas diversas escalas das unidades, dentre estas, a guarda do aquartelamento, motorista e demais ações necessárias.


Ads

Quartas das Carreiras. Inscreva-se!

Toda quarta-feira, às 18 horas, serão entrevistados servidores públicos das mais diversas carreiras de órgãos municipais, estaduais e federais. É a oportunidade que você tem de conhecer melhor sua futura profissão!


     

Vídeos Bombeiros

Mais Lidas

Comissão de Finanças e Tributação

Comissão de Finanças e Tributação

MPU e CNMP: PL que aumenta salários aguarda parecer

Mais Recentes

Atualizado: 01/08/2018 - 10:04

Concurso BOMBEIROS MG: SAIU edital com 500 vagas

As chances no concurso dos Bombeiros de Minas Gerais são para candidatos de níveis médio e técnico, para ingresso no curso de formação de soldados do quadro de praças combatentes e praças especialistas

Ganhos de até R$ 4 mil

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Saiu o edital de abertura das inscrições do concurso público para admissão ao curso de formação de soldados bombeiros militar do quadro de praças combatentes e do quadro de praças especialistas do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais. Sob organização e execução da Fundep, a seleção preencherá 500 vagas. 

Do total de ofertas, 465 são para o quadro de praças combatentes, sendo 418 reservadas aos homens e 47 às mulheres. As outras 35 vagas são para praças especialistas, sendo dez destinadas a área de motomecanização (quatro para mecânica leve, quatro para mecânica de motor à diesel e duas para eletricista de autos), 20 para área da saúde (14 para técnico em enfermagem e seis para técnico em saúde bucal) e cinco para área de comunicações (três para técnico em informática/rede de computadores e duas para técnico em telecomunicações). 

• APOSTILAS CONCURSO CBM MG 2018 - SOLDADO BOMBEIRO MILITAR
• CURSO CONCURSO CBM MG 2018 - SOLDADO COMBATENTE

Para ingressar na carreira é necessário possuir ensino médio completo, idade entre 18 e 30 anos e altura mínima de 1,60m. Para o quadro de praças especialistas, também é exigido curso técnico na área da especialidade a qual concorre. 

O curso de formação de soldados bombeiros militar funcionará na Região Metropolitana de Belo Horizonte/MG, sob a coordenação da Academia de Bombeiros Militar, tendo a duração mínima de oito meses, com início previsto para janeiro de 2020, em tempo integral, com regime de dedicação exclusiva e atividades escolares extraclasse após as 18h, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

O ingresso do candidato aprovado será realizado na graduação de soldado de 2ª classe, com vencimento inicial de R$ 3.506,40, além de abono fardamento e assistências médico-hospitalar, psicológica e odontológica. Concluído o curso com aproveitamento, o soldado de 2ª classe será promovido a graduação de soldado de 1ª classe e receberá a remuneração básica de R$ 4.098,42. 

 

Como participar do concurso dos Bombeiros MG

 

As inscrições deverão ser realizadas exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico www.gestaodeconcursos.com.br, no período das 9h do dia 1º de outubro às 19h de 27 de novembro. 

Será cobrada uma taxa de participação do concurso dos Bombeiros MG, no valor de R$ 81,96, e o seu pagamento deverá ser efetuado até a data limite do prazo, observados os horários de atendimento e das transações financeiras de cada instituição bancária. 

 

Provas do concurso dos Bombeiros MG

 

Todos os candidatos serão submetidos às provas objetiva e de redação, a serem aplicadas na data prevista de 20 de janeiro de 2019 nas seguintes cidades: Belo Horizonte, Divinópolis, Juiz de Fora, Montes Claros, Poços de Caldas, Varginha, Governador Valadares, Uberaba, Uberlândia.

A prova objetiva será composta por 50 questões de múltipla escolha, sendo dez de língua portuguesa, dez de matemática, cinco de geografia, cinco de história, cinco de direitos humanos, cinco de química, cinco de biologia e cinco de física. 

Já a redação versará sobre tema contemporâneo de conhecimento geral. Somente serão corrigidas as 2.000 redações dos candidatos melhores classificados e que obtiverem, no mínimo, 50% dos pontos atribuídos à prova objetiva.

O concurso dos Bombeiros/MG ainda contará com as seguintes etapas: exames médicos preliminares e complementares; teste psicológico; prova teórico/prática para as especialidades de motomecanização, saúde e comunicações; teste de capacitação física; habilidades natatórias; e exame toxicológico. 

 

Atribuições dos postos dos Bombeiros MG

 

Soldado de 1ª classe - realiza resgates e salvamentos; combate incêndios; previne acidentes e sinistros; prepara-se para ocorrências. Atende ocorrências com produtos perigosos. Trabalha conforme normas e procedimentos técnicos, de segurança e preservação do meio ambiente. Estabelece comunicação, triando e transmitindo informações, transmitindo e recebendo mensagens, e outras demandas que forem exigidas pelo Corpo de Bombeiros Militar e que atendam as normas em vigor.

Soldado de 1ª classe especialista - exerce as funções inerentes a sua especialidade, e pode, além das atribuições específicas, em conformidade com o §13, do artigo 13, da Lei nº 5.301, de 16 de outubro de 1969, serem aproveitados na atividade fim do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, em circunstâncias especiais ou extraordinárias. Além disso, poderão ser empregados em caráter complementar, como encargo, nas diversas escalas das unidades, dentre estas, a guarda do aquartelamento, motorista e demais ações necessárias.

 


Ads

Quartas das Carreiras. Inscreva-se!

Toda quarta-feira, às 18 horas, serão entrevistados servidores públicos das mais diversas carreiras de órgãos municipais, estaduais e federais. É a oportunidade que você tem de conhecer melhor sua futura profissão!


 

 

   
Continuar lendo

Atualizado: 07/06/2018 - 10:29

Matozinhos MG divulga edital de concurso para guarda

Com inscrições a partir de 23 de julho, concurso da Prefeitura de Matozinhos destina 16 postos a homens e sete a mulheres. Candidatos devem possuir ensino médio e CNH "AB"

23 vagas

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Prefeitura de Matozinhos, em Minas Gerais, divulgou edital de concurso público destinado a preencher 23 vagas de guarda municipal. No total, são 16 postos para homens e sete para mulheres.

 

O cargo oferece remuneração inicial de R$ 1.224,84 e pode ser disputado por profissionais com ensino médio e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) categoria "AB".

 

As inscrições abrem às 9h de 23 de julho e se encerram às 23h59 de 22 de agosto, por meio do site da banca Fumarc (www.fumarc.com.br). O valor da taxa é de R$ 50.

 

Etapas do concurso da Prefeitura de Matozinhos 2018

 

Em 30 de setembro, os candidatos realizarão prova objetiva e redação. A primeira trará 50 questões de múltipla escolha, enquanto a segunda cobrará a elaboração de um texto dissertativo entre 20 e 30 linhas.

 

O conteúdo programático inclui língua portuguesa, raciocínio lógico, legislação e conhecimentos específicos. No caso do exame escrito, o tema proposto abordará assunto contemporâneo. 

 

As outras fases da seleção incluem avaliações médica, física e psicológica, em datas a serem definidas. Na sequência, os aprovados em todas as etapas passarão por curso de formação profissional. 

 

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Matozinhos terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

 

Concurso Prefeitura Matozinhos: atribuições do guarda municipal

 

Atuar de forma preventiva em espaços públicos ou em eventos de interesse público municipal; atuar na proteção do patrimônio, bens, serviços, equipamentos e instalações públicas municipais e do meio ambiente; atuar em colaboração com as instituições constitucionais de policiamento ostensivo e combate à criminalidade, tais como as polícias militar e civil.

Continuar lendo

Atualizado: 28/05/2018 - 11:57

Câmara de Matozinhos MG publica concurso com nove vagas

A participação no concurso da Câmara Municipal de Matozinhos deverá ser garantida entre os dias 16 de julho e 15 de agosto

Todos os níveis

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

No Estado de Minas Gerais, a Câmara Municipal de Matozinhos divulgou um novo edital de concurso público para provimento de nove vagas para cargos de todos os níveis de escolaridade. Sob organização do Instituto Brasileiro de Gestão e Pesquisa - IBGP, o certame contará com avaliações objetiva e de títulos.

 

Candidatos que concluíram o ensino fundamental podem concorrer para a função de zelador (1 vaga), cujo salário inicial é de R$ 1.641,67.

 

Quem tem o ensino médio completo está apto às carreiras de assistente administrativo (3) e vigia (3). Os respectivos vencimentos são de R$ 2.110,74 e R$ 1.876,25.

 

O cargo de assistente técnico de comunicação (1) tem ganho de R$ 2.158,03 e exige ensino médio e curso técnico.  

 

Nível superior é requisito para o posto de advogado (1), com remuneração de R$ 4.772,59.

 

 

Etapas do concurso da Câmara de Matozinhos MG

 

 

As inscrições serão recebidas entre os dias 16 de julho e 15 de agosto. A ficha cadastral estará disponível no endereço eletrônico do IBGP (www.ibgpconcursos.com.br). Os valores da taxa de participação são de R$ 45 para ensino fundamental, R$ 50 para ensino médio e curso técnico e R$ 70 para formação superior.

 

Todos os inscritos no concurso da Câmara de Matozinhos serão avaliados por meio de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será aplicada no dia 9 de setembro, em dois turnos divididos por cargos, especificados a seguir: período da manhã para assistente administrativo e zelador; e à tarde para advogado, assistente técnico de comunicação e vigia.

 

Apenas os participantes que pleiteiam o emprego de advogado participarão da análise de títulos, de caráter unicamente classificatório. 
Continuar lendo

Atualizado: 17/05/2018 - 11:43

Concurso em Santa Maria do Suaçuí tem quatro postos

As chances no concurso da Câmara Municipal de Santa Maria do Suaçuí são para candidatos de níveis fundamental e médio. A participação deverá ser garantida até o dia 24 de maio

Minas Gerais

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

No Estado de Minas Gerais, a Câmara Municipal de Santa Maria do Suaçuí está com inscrições abertas de concurso público para preenchimento de quatro vagas para cargos de níveis fundamental e médio. O contrato de trabalho será regido pelo regime jurídico estatutário, que garante estabilidade.

 

Candidatos que têm o ensino fundamental podem se inscrever para as funções de auxiliar de serviços gerais (1 vaga) e vigia (1). O salário inicial é de R$ 954.

 

Quem tem o nível médio está apto às carreiras de secretário do legislativo (1) e tesoureiro (1). A remuneração é de R$ 1.128,20

 

O formulário de inscrição estará disponível no endereço eletrônico www.leandrolimaassessoria.com.br até o dia 24 de maio. Os valores da taxa de participação são de R$ 60 para ensino fundamental e R$ 70 para nível médio.

 

O concurso da Câmara de Santa Maria do Suaçuí será constituído de uma única etapa: prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório. Com três horas de duração, ela será aplicada na data prevista de 9 de junho.

 

Para ensino fundamental serão 20 questões, sendo dez de português e dez de matemática. Nível médio também contará com 20 questões, sendo cinco de português, cinco de matemática, cinco de conhecimento em informática e cinco de conhecimentos específicos.

 

 

Atribuições dos cargos da Câmara de Santa Maria do Suaçuí/MG

 

 

Auxiliar de serviços gerais - tarefas relacionadas à circulação do expediente interno e externo, a abertura e fechamento de dependências, auxiliar de cozinha, faxina e outros afins.

 

Secretário do legislativo - elaborar atas das reuniões das sessões ordinárias, extraordinárias, solenes, itinerantes e audiências públicas; realizar pesquisa de leis e o acompanhamento da tramitação das proposições legislativas; Redigir proposições, convites, convocações e outros documentos de maior complexidade afetos ao trabalho legislativo e demais tarefas.

 

Tesoureiro - atividades relativas à tesouraria e contabilidade da câmara municipal. Executar toda a movimentação financeira, tais como os recebimentos, pagamentos e guarda de valores. Executar a conciliação bancária. Entre outras atividades.

 

Vigia - executar a vigilância de instalações equipamentos materiais e pessoas, percorrendo-as sistematicamente e inspecionando suas dependências e áreas delimitadas para evitar roubos, entrada de pessoas estranhas e outras anormalidades.

Continuar lendo

Atualizado: 09/05/2018 - 09:17

Concurso Bombeiros/MG: último dia para vagas de oficial

Novo concurso dos Bombeiros de Minas Gerais é destinado aos homens e mulheres que possuem o nível médio completo

Salário de R$ 5,7 mil

Por JCConcursos - Camila Diodato

Chega ao fim nesta quarta-feira (9) o prazo de inscrição do concurso do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais que preencherá 30 vagas de oficial. Do total de oportunidades, 27 são para o sexo masculino e três para o feminino.

 

Para concorrer a uma das chances disponibilizadas no edital é preciso atender aos seguintes requisitos: ter ensino médio completo; idade entre 18 e 30 anos; altura mínima de 1,60m; estar quite com as obrigações eleitorais e militares; ter aptidão física; ser aprovado em avaliação psicológica e toxicológica; e ter sanidade física e mental.

 

Durante o curso de formação de oficiais, o cadete fará jus a uma remuneração inicial de R$ 5.769,42 e ainda terá abono fardamento e assistência médico-hospitalar, psicológica e odontológica. Ao término do curso, o cadete será declarado aspirante a oficial BM e depois será promovido ao posto de 2º tenente.

 

Os candidatos convocados no concurso dos Bombeiros de MG 2018 serão contratados pelo regime jurídico dos militares estaduais definido pela Constituição da República Federativa do Brasil, Constituição Estadual de Minas Gerais e outras normas complementares.

 

 

Atribuições do cargo

 

 

Como cadete, o profissional terá o dever de exercer atividade estudantil, em regime de dedicação integral e exclusiva ao CBMMG, e demais atividades internas e externas vinculadas à sua formação, durante o período de duração do curso, conforme o Regulamento de Ensino do CBMMG e outras normas afins.

 

APOSTILAS CONCURSO CBM/MG 2018 - CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS (CFO)

 

O aspirante a oficial BM exerce atividades inerentes aos oficiais subalternos (tenentes), com atribuições e deveres semelhantes, respeitadas as restrições previstas em leis, regulamentos e instruções pertinentes.

 

Já o tenente trabalha em unidades do Corpo de Bombeiros Militar; entre outras atividades, atua em equipes de cooperação, sob supervisão de oficiais com patente superior, pode trabalhar em ambientes fechados, abertos ou em veículos, e em horários irregulares; está sujeito ao trabalho confinado, em locais subterrâneos ou em grandes alturas; trabalha, muitas vezes, sob pressão, em posições desconfortáveis por longos períodos, expostos a produtos químicos e materiais radioativos e tóxicos, ruídos, altas temperaturas, enchentes, inundações.

 

 

Inscrições do concurso dos Bombeiros/MG 2018

 

 

A participação deve ser garantida pelo site da Fundep (www.gestaodeconcursos.com.br), a banca organizadora. Quem tiver dificuldade em fazer a inscrição online, poderá se dirigir aos endereços citados no item 4 do edital em anexo.

 

O cadastro só será efetivado após o pagamento da taxa que custa R$ 177,49, desde que seja feito dentro da data de vencimento do boleto. O candidato pode requerer a isenção entre 9 e 11 de abril no endereço eletrônico da organizadora se o mesmo estiver desempregado ou tiver hipossuficiência econômica-financeira.

 

 

Triagem do concurso do Corpo de Bombeiros de MG 2018

 

 

O certame constará de quatro fases: prova objetiva e redação; exames médicos preliminares e complementares e teste psicológico; teste de capacitação física e habilidades natatórias; e exame toxicológico.

 

A prova objetiva apresentará 50 questões de múltipla escolha distribuídas igualmente entre as disciplinas de língua portuguesa, literatura brasileira, matemática, geografia, história, direitos humanos, química, biologia, física e língua estrangeira (inglês ou espanhol). A avaliação será aplicada no dia 10 de junho, em locais e horários a serem revelados oportunamente pela Fundep.

Continuar lendo

Atualizado: 04/05/2018 - 10:30

Últimos dias do prazo para 5.707 vagas em 22 concursos

Oportunidades para cargos de todos os níveis escolares nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Ceará, Bahia, Sergipe, Maranhão, Pará, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná

Ganhos de até R$ 11,9 mil

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Chegam ao fim nesta sexta-feira (4), sábado (5) e domingo (6) as inscrições de 22 concursos públicos. Ao todo, eles selecionarão pelo menos 5.707 profissionais para cargos de todos os níveis escolares, com remunerações iniciais de até R$ 11,9 mil por mês.

As ofertas estão nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Ceará, Bahia, Sergipe, Maranhão, Pará, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

 

São Paulo

 

No Estado de São Paulo, as oportunidades estão no Hospital do Servidor Público Municipal (HSPM); Câmara Pedro de Toledo/SP; e nas prefeituras de Ibaté, Itatiba, Sarapuí, Itariri e Santa Cruz da Esperança.

 

Demais Estados

 

Os interessados ainda podem se inscrever nos concursos do Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde (Iabas/RJ); Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB); Secretaria de Justiça e de Defesa ao Consumidor (Sejuc/SE); Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região de Alagoinhas/BA; Universidade Federal do Pará (UFPA); câmaras de Cocos/BA e Santa Lúcia/PR; e nas prefeituras de Pará de Minas/MG, Itaocara/RJ, Guapó/GO, Eusébio/CE, Olho D’água das Cunhãs/MA, Fortaleza/CE, Liberato Salzano/RS e Mafra/SC.

 

 

Prepare-se para os concursos públicos

 

Videoaulas para concursos públicos

Provas Anteriores de concursos públicos

 

Confira abaixo todos os concursos que encerram inscrições:
 

 

Sexta-feira (4)

 

Salários de até R$ 7,2 mil
Concurso HSPM/SP encerra hoje inscrições para 85 vagas

Todos os níveis
Concurso Pará de Minas/MG: prazo de inscrição acaba hoje

Todos os níveis
Aberto concurso para 26 vagas na Prefeitura de Ibaté/SP

Níveis médio e superior
Inscrições abertas para 46 vagas em concurso da UFPA

 

 

Sábado (5)

 

Salários de até R$ 3,6 mil
Concurso em Sarapuí/SP reúne 13 oportunidades

Nível médio
Concurso em Eusébio/CE abre inscrições para 63 vagas

Nível superior
UFSB recebe inscrições de concurso com 73 vagas

 

Domingo (6)

 

Níveis médio e superior
Pedro de Toledo/SP reabre inscrições de concurso

Salários de até R$ 6 mil
Itaocara/RJ prorroga inscrição de concurso com 264 vagas

Níveis médio, técnico e superior
Itatiba/SP abre inscrições de concurso com 110 vagas

Saúde
Concurso Iabas/RJ: abertas inscrições para 13 vagas

Níveis dundamental e superior
Prefeitura de Itariri/SP: concurso com inscrição aberta

Superior
Santa Cruz da Esperança: concurso com inscrições abertas

Todos os níveis
Guapó/GO divulga edital de concurso com 861 vagas

Nível médio
Concurso Sejuc/SE: últimos dias do prazo para 100 vagas

Todos os níveis
Olho D’água das Cunhãs/MA divulga concurso com 257 vagas

Salários de até R$ 6,2 mil
Câmara de Cocos/BA reabre inscrições para concurso

Salários de até R$ 9,8 mil
Concurso Fortaleza/CE: 2.467 vagas com inscrição até 6/5

Níveis médio/técnico e superior
Consórcio de Saúde de Alagoinhas: concurso tem 57 vagas

Todos os níveis
Liberato Salzano/RS inscreve para concurso com 20 vagas

Salários de até R$ 11,9 mil
Prefeitura de Mafra/SC: concurso reúne 16 ofertas

Nível médio
Câmara de Santa Lúcia/PR: concurso tem vaga para agente

 

 

Confira aqui todos os concursos com inscrições abertas

Continuar lendo

Atualizado: 04/05/2018 - 09:12

Concurso Pará de Minas/MG: prazo de inscrição acaba hoje

Oportunidades no concurso da Prefeitura de Pará de Minas estão distribuídas entre funções destinadas a profissionais de todas as escolaridades

1.217 vagas

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Terminam às 20h desta sexta-feira (4) as inscrições para concurso da Prefeitura de Pará de Minas, no interior mineiro, destinado a preencher 1.217 vagas imediatas, sendo 54 reservadas a pessoas com deficiência.

 

Quem possui ensino fundamental incompleto pode concorrer como ajudante de obras e serviços (40 postos), auxiliar de serviços gerais (40), borracheiro (2), carpinteiro (2), coveiro (4), jardineiro (1), pedreiro (7), pintor (5), servente contínuo (2), servente de obras (5), servente escolar (150) e vigia (35).

 

Já profissionais que concluíram o nível fundamental têm opções no concurso da Prefeitura de Pará de Minas como auxiliar de biblioteca (2), auxilair de laboratório - plantonista (3), auxiliar em saúde bucal (3), bombeiro hidráulico (4), cozinheiro (2), guarda municipal (22), instrutor de artes manuais (2), lavador/lubrificador (1), maqueiro - plantão (4), marceneiro (1), mecânico de autos (2), mecânico de máquinas (2), motorista CNH "D" (40), operador de máquinas pesadas (6) e serralheiro (1). 

 

Ensino médio é requisito para artesão (2), eletricista (2), fiscal ambiental (2), fiscal de obras e edificações (2), fiscal de obras e posturas (2), fiscal de trânsito e transporte (2), fiscal de tributos (3), fiscal sanitário (2), professor auxiliar da educação básica (250) e técnico em administração (90). 

 

Além de segundo grau completo, o processo seletivo cobra formação técnica para técnico enfermagem (58), técnico em enfermagem plantonista (31), técnico em saúde bucal (3), técnico em informática (6), técnico em laboratório (1), técnico em raio X (4), técnico em segurança do trabalho (1), técnico em topografia (1) e técnico em tributação (2). 

 

Em nível superior há oportunidades no concurso da Prefeitura de Pará de Minas 2018 para administrador hospitalar (1), advogado (4), analista de sistemas (2), arquiteto (2), assistente social (5), bibliotecário (1), bioquímico (5), biomédico (1), enfermeiro (15), enfermeiro plantonista (16), engenheiro civil (2), engenheiro do trabalho (1), engenheiro de trânsito (1), especialista em educação (18), farmacêutico (3), fisioterapeuta (3), fonoaudiólogo (4), nutricionista (4), psicólogo (10), terapeuta ocupacional (3) e técnico em música (1).

 

Também serão selecionados professores de educação infantil I (75), educação básica II - 1º ao 5º ano (100) e educação básica III nas áreas de ciências (5), educação física (2), ensino religioso (2), geografia (5), história (3), inglês (2), matemática (6) e português (6). 

 

Completam as vagas com exigência de curso superior no concurso da Prefeitura de Pará de Minas as ofertas para médico nas seguintes especialidades: angiologista (1), caridologista (3), clínico geral (2), endocrinologista (2), gastroenterologista (1), ginecologista (2), mastologista (1), neurologista (2), neurologita pediátrico (1), oftalmologista (1), ortopedista (2), otorrinolaringologista (2), pediatra (1), pneumologista (1), pneumologista pediatra (1), proctologista (1), psiquiatra (2), psiquiatra pediátrico (1), radiologista (1), reumatologista (2), plantonista clínico geral (20) e plantonista pediatra (7).   

 

As remunerações alcançam R$ 1.626,43 para postos de nível fundamental, R$ 1.575,66 de médio/técnico e R$ 3.664,66 de superior.   

 

Como se inscrever no concurso da Prefeitura de Pará de Minas

 

As inscrições são recebidas por meio do site Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep), no endereço: www.gestaodeconcursos.com.br

 

A banca cobrará taxas de R$ 40 (oportunidades de nível fundamental), R$ 65 (médio/técnico), R$ 85 (superior) e R$ 105 (médico).

 

Sobre as provas do concurso da Prefeitura de Pará de Minas 2018

 

O processo seletivo terá: prova objetiva (todos os cargos) e redação (guarda municipal), ambas em 17 de junho, além de teste físico (guarda municipal e maqueiro) e análise de títulos (vagas de nível superior e motorista), em datas a serem definidas.

 

Válida pela primeira etapa da seleção, a avaliação objetiva abordará conteúdos de língua portuguesa, matemática, atualidades, legislação municipal e conhecimentos específicos, variando as disciplinas conforme a carreira.

 

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Pará de Minas terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

 

Atribuições do auxiliar de serviços gerais no concurso da Prefeitura de Pará de Minas

 

Manter rigorosamente limpas as dependências sob sua responsabilidade; auxiliar na mudança de móveis e equipamentos dos postos de saúde; fazer e distribuir café em horários pré-fixados, recolhendo os utensílios utilizados promovendo sua limpeza e cuidando para evitar danos e perdas materiais; e zelar para que os equipamentos e local de seu trabalho estejam em perfeitas condições de utilização, funcionamento, higiene e segurança. 

 

Concurso Prefeitura Pará de Minas 2018: atribuições do servente escolar

 

Varrer, raspar e encerar assoalhos; lavar ladrilhos, azulejos, pisos, vidraças e vasilhame; manter a higiene das instalações sanitárias; limpar as salas antes do início das aulas; zelar pela boa ordem e limpeza do material didático; colaborar na disciplina dos escolares nos corredores, nos recreios e na entrada e saída das aulas; prestar assistência especial aos alunos que durante o período de aulas se ausentarem das classes; colaborar na limpeza e ornamentação do estabelecimento em dias de festa; dar sinal para o início e término das aulas; comparecer a reuniões, quando convocado pelo diretor; receber e transmitir recados; cuidar de hortas, jardins, quadras de esportes e demais dependências da escola; desempenhar tarefas afins.

 

Atribuições do ajudante de obras e serviços no concurso da Prefeitura de Pará de Minas

 

Executar tarefas elementares, sem complexidade, tais como capina e varredura dos logradouros públicos, roçaduras e capinas de estradas vicinais, apontamento e andagem de ferramentas, ajudantes de bombeiro, eletricistas, mecânicos; desempenhar tarefas afins.

Continuar lendo

Atualizado: 20/04/2018 - 15:07

Monte Sião/MG prepara concurso para 314 vagas

A seleção será para 223 vagas para preenchimento imediato e 91 para cadastro reserva de pessoal, com iniciais de até R$ 11,5 mil

Todos os níveis

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

A Prefeitura de Monte Sião, em Minas Gerais, realizará concurso público para o preenchimento de 314 vagas, sendo 210 para preenchimento imediato por meio de concurso público, 89 para formar cadastro reserva de pessoal, 13 para preenchimento em processo seletivo e duas para cadastro no processo seletivo. Os cargos que contarão com oportunidades já estão definidos, com respectiva ofertas. Porém, as exigências de cada carreira ainda serão confirmadas. De qualquer forma já está certo que haverá opções para níveis fundamental, médio e superior, com remunerações iniciais de até R$ 11.583,55.


O processo está em fase de licitação para a escolha da banca e somente após a contratação da empresa poderá ser definida a data de publicação do edital. Assim que iniciadas, as inscrições serão recebidas pelo período de 30 dias.


As oportunidades para o concurso serão as seguintes: advogado creas (1 vaga, com inicial de R$ 2.424,24), agente administrativo I (1 vaga e 2 cadastros reserva, R$ 957,32), agente administrativo IV (1 + 2, R$ 1.651,80), agente de saúde (4, R$ 1.063,21), agente social CRAS (2CR, R$ 1.305,71), assistente social de promoção de assistência social (1 CR, R$ 2.424,24), assistente social (1, R$ 2.107,82), assistente social CRAS (1, R$ 2.424,24), assistente social CREAS (1, R$ 2.424,24),  auxiliar de serviço escolar I (7, R$ 957,32), auxiliar de serviço escolar II (5, 3 CR, R$ 957,32), auxiliar de serviço escolar III (2 CR, R$ 1.219,17), auxiliar de serviço infantil (22 + 13, R$ 957,32), auxiliar de serviços gerais CRAS (1 CR, R$ 957,32), auxiliar de serviço interno/externo (30 + 2 CR, R$ 957,32), auxiliar administrativo I (3 CR, R$ 957,32), auxiliar de enfermagem (3 + 3, R$ 1.219,17), auxiliar de enfermagem PA (1 , R$ 1.443,80), auxiliar de enfermagem II (2, R$ 1.443,80), auxiliar de laboratório (1 CR, R$ 1.305,71), auxiliar maternal (1, R$ 957,32), auxiliar de serviços de promoção de assistência social (1 CR, R$ 957,32), contador (1 CR, R$ 4.480,50), dentista (1 CR, R$ 2.107,82), educador social CREAS (1, R$ 1.305,71), enfermeiro I (1, R$ 2.107,82), enfermeiro II (1 + 1, R$ 5.664,09), enfermeiro III (1, R$ 2.605,14),  enfermeiro de pronto atendimento (1, R$ 2.107,82), farmacêutico (2, R$ 2.107,82), fiscal de obras (2 CR, R$ 1.443,80), fiscal tributário (2, R4 1.443,80), fonoaudiólogo (1, R$ 2.065,07), inspetor de alunos (1 + 1, R$ 1.063,21), médico (5 CR, R$ 2.424,24), médico cardiologista (1 CR, R$ 3.707,84), médico II (3 + 1, R$ 11.583,55),, médico endoscopista (1 CR, R$ 3.707,84), médico plantonista (1 CR, R$ 95,57 a hora), médico psiquiatra (1, R$ 3.707,84), médico radiologista (1CR, R$ 2.424,24), monitor de creche escolar (15, R$ 1.651,80), motorista escolar (4 + 11, R$ 1.219,77), motorista I (1 + 1, R$ 1.063,21), motorista II (1 CR, R$ 1.219,77), motorista de serviços de promoção social (2, R$ 1.219,77), nutricionista (1, R$ 2.107,82), nutricionista II (1, R$ 2.605,14), oficial especializado I (4 CR, R$ 957,32), oficial especializado II (1 + 1, R$ 1.063,21), oficial especializado III (2, R$ 1.305,71), operador de máquinas I (1 CR, R$ 957,32), operador de máquinas II (5 CR, R$ 1.305,71), operário I (32 + 10, R$ 957,32), operário II (3, R$ 957,32), professor de educação básica em letras (1, R$ 1.841,49), professor de educação básica em música (1, R$ 1.841,89), professor de educação física (4, R$ 2.025,66), professor municipal (15, R$ 1.841,49), professor municipal II (28, R$ 2.025,66), psicólogo (1, R$ 2.107,82), psicólogo CREAS (1, R$ 2.424,24), recepcionista PA (1, R$ 1.219,77), supervisor escolar (2 CR, R$ 2.381,44) e visitador domiciliar e cadas PFB ( 1 CR, R$ 1.305,71).

Já no processo seletivo: agente comunitário de saúde (7, R$ 1.103,909), agente de controle de epidemiologia e doenças (5 + 1, R$ 1.103,09), padeiro (1 CR, R$ 1.305,71) e psicólogo do CRAS (1, R$ 2.424,24) .

 

Taxas
As taxas já estão definidas e serão de R$ 50 para cargos com exigência de nível fundamental, R$ 75 para ensino médio e técnico e R$ 90 para superior, exceto para médicos, que será de R$ 140     

 

Provas
A seleção contará com provas objetivas, com questões de conhecimentos gerais e específicos; análise de títulos e provas práticas, somente para os cargos de operário I e II, operador de máquina I e II,  motorista escolar, motorista I e II e motorista de serviço de saúde e promoção social.
        

 

Continuar lendo

Atualizado: 10/04/2018 - 10:12

SEMAD/MG abre processo seletivo com 253 vagas

Oportunidades são destinadas a candidatos de níveis fundamental e médio. Inscrições serão recebidas até o dia 15 de abril

Temporárias

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMAD) abriu nesta terça-feira (10) as inscrições do processo seletivo simplificado que visa o preenchimento de 253 vagas temporárias, além de formação de cadastro reserva. O contrato de trabalho terá duração de quatro meses, podendo ser prorrogado.

 

Do total de ofertas, 252 são destinadas ao cargo de brigadista de prevenção e combate a incêndios florestais, que requer ensino fundamental incompleto e carteira de habilitação na categoria mínima “A”. O salário inicial é de R$ 954, acrescido de valor, a título de periculosidade, no valor de R$ 286,20, auxílio-refeição e auxílio-transporte.

 

Já para líder regional de brigada de prevenção e combate a incêndios florestais foi reservada uma vaga. Interessados devem possuir ensino médio completo e carteira de habilitação na categoria mínima “B”. A remuneração é de R$ 1.908, acrescido de valor, a título de periculosidade, no valor de R$ 572,40, auxílio-refeição e auxílio-transporte.

 

De acordo com o edital, a carga horária de trabalho é de 40 horas semanais, cumprida conforme demanda das unidades de conservação/locais de atuação, podendo ser diurno e/ou noturno incluindo-se finais de semana e feriados, em escala de revezamento, observado o interesse e a oportunidade da administração pública.

 

 

Processo seletivo da SEMAD/MG

 

 

A inscrição do candidato será efetivada, exclusivamente, pela internet, através do endereço eletrônico www.meioambiente.mg.gov.br. A ficha cadastral estará disponível no site até o dia 15 de abril. Não serão cobradas taxas de participação.

 

O processo seletivo da SEMAD/MG para os candidatos que pleiteiam as vagas de brigadista será realizado em inscrição; comprovação documental; curso de formação de brigada e teste de aptidão e de habilidade no uso de ferramentas agrícolas.

 

Já para o posto de líder regional de brigada de prevenção combate a incêndios florestais haverá uma entrevista e curso de formação de brigada.

 

 

Atribuições dos cargos da SEMAD/MG

 

 

Brigadista de prevenção e combate a incêndios florestais - realizar ações de sensibilização e orientação a proprietários rurais, frequentadores e moradores das zonas de amortecimentos de unidades de conservação sobre efeitos dos incêndios florestais e sobre alternativas ao uso do fogo na produção agrícola; realizar rondas preventivas; realizar atividades de combate aos incêndios florestais; apoiar queimas controladas autorizadas; executar abertura e manutenção de aceiros; efetuar a manutenção de equipamentos e instalações utilizados na prevenção e no combate; realizar atividades para manutenção de condicionamento físico; coletar e sistematizar as informações de campo, repassando aos coordenadores e salas da base e sub-bases FTP Previncêndio; auxiliar no preenchimento do registro de ocorrência de incêndios florestais (ROI); realizar coleta de sementes, produção de mudas e recuperação de áreas degradadas; cumprir a jornada de trabalho e as normas estabelecidas pelo Previncêndio/Sisema, respeitando a hierarquia de comando; utilizar adequadamente todos os equipamentos de proteção individual; conduzir veículos quando formalmente autorizado e demandado, zelando pela sua conservação e manutenção; outras atividades relacionadas ao tema incêndios florestais e/ou socioambientais.

 

Líder regional de brigada de prevenção e combate a incêndios florestais - coordenar as atividades e apoiar as brigadas subordinadas à base e sub-bases da força tarefa previncêndio; apoiar em ações de logística interna; zelar pela ordem e disciplina das brigadas sob sua responsabilidade; elaborar a escala de trabalho das brigadas presentes nas sub-bases FTP; coletar e sistematizar as informações de campo, repassando aos coordenadores e salas da base e sub-bases FTP Previncêndio; auxiliar no preenchimento do registro de ocorrência de incêndios florestais (ROI); coordenar e escalar os brigadistas para a execução das atividades de monitoramento, prevenção e combate, bem como de manutenção dos equipamentos e ferramentas, limpeza, manutenção e conservação das instalações da base e sub-bases FTP Previncêndio; solicitar os reforços necessários para o controle dos incêndios sob sua responsabilidade; atender às convocações para atividades fora da sua área de lotação; realizar o controle de material do almoxarifado da base e sub-bases FTP; aplicar conhecimentos adquiridos em educação profissional técnica de nível médio ou superior na área de meio ambiente, quando for o caso; conduzir veículos quando formalmente autorizado e demandado, zelando pela sua conservação e manutenção; realizar oportunamente atividades de combate aos incêndios florestais, de acordo com o interesse e oportunidade da administração pública; outras atividades relacionadas ao tema incêndios florestais.

Continuar lendo

Atualizado: 08/03/2018 - 10:43

Depen: portaria abre caminho para novos concursos

Oportunidades do concurso do Departamento Penitenciário Nacional serão para os cargos de agente, técnico e especialista. Níveis médio, técnico e superior

Pedido de 1.580 vagas

Por JCConcursos - Camila Diodato

Boa notícia para quem pretende ingressar no Departamento Penitenciário Nacional (Depen). Acontece que o secretário executivo interno do Ministério de Segurança Pública, Carlos Alberto dos Santos Cruz, divulgou, por meio de publicação em diário oficial, nesta quinta-feira, 8 de março, a portaria 4/2018, que delega competências ao diretor-geral do Depen, incluindo procedimentos necessários às atividades de recursos humanos, bem como “assinar documentos e baixar atos relativos a provimento e vacância de cargos efetivos, bem como à realização de concurso público para provimento do quadro de pessoal do Depen”. Com isto, o órgão passa a ter maior autonomia para a realização de seus certames.


Vale lembrar que o Depen conta com um pedido de novo concurso para o preenchimento de 1.580 vagas tramitando no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) desde 15 de fevereiro.


Do total de oportunidades do pedido, 1.440 são para o cargo de agente federal de execução penal. Neste caso, para concorrer é necessário possuir ensino médio e carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A remuneração inicial é de R$ 6.030, incluindo gratificação de desempenho e auxílio-alimentação de R$ 458. Para os servidores veteranos, a remuneração chega a R$ 10.202,50.


O pedido também inclui 36 vagas para o cargo de técnico federal de apoio à execução penal, que pede formação de nível médio ou médico técnico, com inicial de R$ 4.120,28.


Por fim, as 104 vagas restantes são para o cargo de especialista federal em assistência à execução penal, para quem possui formação de nível superior em áreas específicas. O inicial, neste caso, é de R$ 5.865,70.

 

Saiba mais sobre o cargo de agente


Conhecido anteriormente como agente penitenciário federal, a função de agente federal de execução penal teve sua nomenclatura alterada com a lei 13.327/2016. Quem ocupa o posto tem o dever de fazer o exercício das atividades de atendimento, vigilância, custódia, guarda, escolta, assistência e orientação de pessoas recolhidas aos estabelecimentos penais e de internamento federais, integrantes da estrutura do Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça e Cidadania, e das atividades de natureza técnica, administrativa e de apoio a elas relacionadas  

Último concurso do Depen

  Em 2014, o Departamento Penitenciário Nacional lançou edital com 258 vagas e cadastro reserva de pessoal. As oportunidades foram distribuídas entre as carreiras de agente, técnico e especialista.   A lotação ocorreu na sede (localizada em Brasília/DF) ou em uma das cinco penitenciárias federais situadas nas cidades de Brasília/DF, Campo Grande/MS, Catanduvas/PR, Mossoró/RN e Porto Velho/RO.   Sob a organização do Cespe/UnB, a triagem constou de provas objetivas, testes discursivos, aptidão física, avaliação psicológica, exame médico e investigação social.   Os exames objetivos apresentaram 120 questões sobre conhecimentos básicos (língua portuguesa, atualidades, noções de ética no serviço público, noções de direitos humanos e participação social), complementares e específicos. Já os testes discursivos foram compostos por um texto dissertativo de até 30 linhas acerca de tema baseado em conhecimentos básicos de atualidades.   As provas foram realizadas em todas as capitais brasileiras, mais o Distrito Federal e as cidades de Catanduvas/PR e de Mossoró/RN.
Continuar lendo

Atualizado: 05/03/2018 - 14:21

Carreira policial: concursos devem abrir 16 mil vagas

Diversos cargos de níveis médio e superior devem fazer parte dos concursos da PRF, Polícia Rodoviária, Polícias Civis e Polícias Militares. Salários de até R$ 22,1 mil

Em todo o país

Por JCConcursos - Da Redação/SP

Não há dúvidas de que os concursos para carreiras policiais estão entre os mais visados do funcionalismo público, seja pela estabilidade, os altos salários que oferecem ou até mesmo pela rotina das funções, que, apesar de “perigosa” para alguns, costuma agradar bastante quem sonha em ingressar no quadro de servidores de uma das polícias.
Fora todos esses atrativos, as carreiras policiais estão em alta também por conta do bom momento pelo qual estão passando, com processos de valorização e reajustes salariais, além de previsões bem seguras de editais nos próximos meses.
A mais recente novidade surgiu na última semana, quando o ministro da nova pasta de segurança pública, Raul Jungmann, anunciou, em uma entrevista coletiva, que a Polícia Federal (PF) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) já possuem autorizações para abrir 1.000 vagas, sendo 500 para cada corporação. 
Segundo Jungmann, as seleções vêm com o objetivo de dobrar o contingente de policiais federais em postos de fronteira, além de reforçar o combate aos crimes de corrupção, principais fatores que desencadearam a criação do novo Ministério de Segurança Pública.
Em paralelo, diversos órgãos estaduais também já se movimentam para lançar novos editais. Ao todo, eles devem preencher 15.932 vagas de níveis médio e superior.
Confira a relação completa de órgãos policiais que pretender abrir novos concursos em 2018:

Concurso PRF

A expectativa é de que, na PRF, as oportunidades sejam todas para a função de policial rodoviário, que admite formação de nível superior em qualquer área e, atualmente, oferece salário de R$ 9,9 mil – um reajuste programado para janeiro de 2019 o aumentará para R$ 10,3 mil. Saiba mais sobre o concurso.

Concurso PF

Já na PF, as ofertas devem ser divididas entre as carreiras de agente policial, perito médico, todos com exigência de nível superior (para agente, em qualquer área; para perito, em áreas específicas; e, para, delegado, em direito). Os vencimentos, neste caso, são de R$ 12,4 mil para agente e de R$ 23,1 mil para delegado - em janeiro de 2019, eles serão elevados para R$ 12,9 mil e R$ 24,1 mil, respectivamente. Saiba mais sobre o concurso.

Concurso Polícia Civil/SP


O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, autorizou concurso com 2.750 vagas para a Polícia Civil, sendo 1.100 para cargos com exigência de ensino médio e 1.650 para carreiras com necessidade de nível superior. Remunerações chegam a R$ 10.142,55. Saiba mais detalhes aqui.

Concurso Polícia Civil/MG


Já foi autorizado um processo seletivo para o preenchimento de 119 chances no cargo de escrivão de polícia. Exigência de ensino superior completo em qualquer área e salário de R$ 4.098,43 para jornadas de 40 horas semanais. O próximo passo é a constituição da comissão organizadora. Saiba mais detalhes aqui.

Concurso Polícia Civil/DF


É grande a expectativa para que seja realizada a seleção da Polícia Civil do Distrito Federal com 2.100 postos distribuídos em diversos cargos, ainda não revelados. Saiba mais detalhes aqui.

Concurso Polícia Civil/GO


O governador Marconi Perillo autorizou concurso para o preenchimento de 650 oportunidades. Um total de 100 ofertas será para a carreira de delegado e o restante distribuído entre as funções de agente e escrivão. Para concorrer será necessário possuir formação superior completa. Saiba mais detalhes aqui.

Concurso Polícia Militar/MS


Foi formada a comissão do concurso da PM do Mato Grosso do Sul com 500 oportunidades. Todas as chances serão para o cargo de soldado, que necessita de ensino médio. Saiba mais detalhes aqui.

Concurso Polícia Civil/RN


No decorrer das próximas semanas deve ser definida a banca organizadora do concurso da Polícia Civil do Rio Grande do Norte. A seleção terá 157 ofertas, sendo 29 para a carreira de delegado de polícia, 17 para escrivão e 111 para agente. Todos os empregos são para quem possui curso superior. Saiba mais detalhes aqui.

Concurso Polícia Civil/AM


Deve ser publicado até dezembro o edital do concurso da Polícia Civil do Amazonas, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública. Ao todo, serão abertos 2.394 postos em diversos cargos. Saiba mais detalhes aqui.

Concurso Polícia Militar/AM


Também no Amazonas, a Polícia Militar se prepara para realizar seleção para o preenchimento de 5.865 vagas. As chances serão para as colocações de soldado (ensino médio) e oficial (médio ou superior, de acordo com a especialidade). Saiba mais detalhes aqui.

Concurso Polícia Civil/PA


O próximo concurso público da Polícia Civil do Pará visará a selecionar 11 profissionais nos cargos de técnico em gestão pública - assistente social (9), técnico em gestão pública - contador (1) e técnico em gestão de informática - engenharia de sistemas (1). Todas as funções são de nível superior e apresentam inicial de R$ 2.727,54. No momento, o órgão está em fase de licitação para escolha da organizadora. Saiba mais detalhes aqui.

Concurso Polícia Civil/RR


Está previsto para ser lançado nos próximos dias o edital da Polícia Civil de Roraima com 330 vagas. Todas as oportunidades serão para a carreira de policial e estarão distribuídas de forma regionalizada. Saiba mais detalhes aqui.

Concurso Polícia Civil/PR


O edital com 776 oportunidades da Polícia Civil do Paraná deve ficar para 2018. Todas as vagas destinam-se ao emprego de investigador de polícia, que exige curso superior em qualquer área de atuação. Saiba mais detalhes aqui.

Concurso Polícia Militar/ES


O governador do Espírito Santo (PM/ES), Paulo Hartung, autorizou concurso para a Polícia Militar com o intuito de preencher 310 chances, sendo 290 para nível médio e 20 para formação superior. As ofertas são para as carreiras de soldado e oficial, cujos salários chegam a R$ 6.971,84. Saiba mais detalhes aqui.

CURSOS SEGURANÇA PÚBLICA
Continuar lendo

Atualizado: 15/01/2018 - 09:24

Concurso Aeronáutica: abertos 183 postos de sargento

As oportunidades do concurso da Aeronáutica são para ingresso no estágio de adaptação à graduação de sargento. Inscrições serão recebidas até o dia 6 de fevereiro

Níveis médio e técnico

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

A Aeronáutica abriu as inscrições de concurso público para o exame de admissão ao estágio de adaptação à graduação de sargento. Serão preenchidas 183 vagas, de ambos os sexos, para atuação em âmbito nacional. 
As ofertas estão distribuídas entre as especialidades de eletrônica (30 vagas), administração (40), enfermagem (45), eletricidade (14), informática (20), laboratório (5), obras (8), pavimentação (8), radiologia (5) e topografia (8). 
Para ingressar na carreira é necessário ter concluído, com aproveitamento, o ensino médio do Sistema Nacional de Ensino (para todos os candidatos) e/ou o curso técnico, além de não ter menos de 17 anos e nem completar 25 anos até o dia 31 de dezembro de 2019. A remuneração inicial do 3º sargento é de R$ 3.584. 

Como participar do concurso da Aeronáutica 


As inscrições serão recebidas até o dia 6 de fevereiro de 2018. O cadastro deverá ser efetuado em um dos endereços eletrônicos: www.fab.mil.br/eear e http://ingresso.eear.aer.mil.br/

CURSO ONLINE AERONÁUTICA APOSTILAS ONLINE E IMPRESSA - SARGENTO DA AERONÁUTICA  DIVERSAS ESPECIALIDADES
O valor da taxa de participação do concurso da Aeronáutica 2018 é de R$ 60 e o seu pagamento deverá ser efetuado até a data limite de 9 de fevereiro, observado o horário de funcionamento da rede bancária. 

Provas do concurso da Aeronáutica 2018


A primeira etapa a ser disputada pelos candidatos será a prova escrita. Ela será composta por questões de múltipla escolha sobre as matérias de língua portuguesa e conhecimentos especializados (relativos à especialidade a que concorre). 
No ato da inscrição, o candidato deverá escolher um dos locais onde desejará realizar a prova: São Paulo/SP, São José dos Campos/SP, Belém/PA, Recife/PE, Fortaleza/CE, Natal/RN, Rio de Janeiro/RJ, Belo Horizonte/MG, Campo Grande/MS, Canoa/RS, Santa Maria/RS, Curitiba/PR, Brasília/DF, Manaus/AM, Porto Velho/RO e Boa Vista/RR. Ela será aplicada no dia 22 de abril de 2018. 
O concurso da Aeronáutica 2018 ainda contará com as seguintes etapas: inspeção de saúde; exame de aptidão psicológica; teste de avaliação do condicionamento físico; prova prática da especialidade; e validação documental. 

Estágio da Aeronáutica


O estágio de adaptação à graduação de sargento da Aeronáutica será ministrado sob regime de internato militar na Escola de Especialistas de Aeronáutica, em Guaratinguetá/SP, em 2019, com duração aproximada de um ano e abrangerá instruções nos campos militar e técnico-especializado.
Durante a realização do estágio, o aluno fará jus à mesma remuneração que percebia por ocasião da matrícula, se militar da ativa da Aeronáutica, ou fixada em lei, além de alimentação, alojamento, fardamento, assistência médico-hospitalar e dentária.
Os alunos realizarão provas teóricas e práticas nos campos militar e técnico-especializado, e a conclusão do estágio está condicionada à sua aprovação, mediante a obtenção de graus e médias previstos no plano de avaliação.
Os formandos serão distribuídos e classificados nas Organizações Militares do Comando da Aeronáutica, abrangendo todo o território nacional, de acordo com a necessidade da administração.
Continuar lendo

Atualizado: 12/01/2018 - 12:15

PEC que cria polícia penitenciária pode ser agilizada

Proposta tem por objetivo criar a nova carreira em âmbito federal, nos estados e municípios, conferindo aos agentes penitenciários direitos iguais às carreiras policiais

Já passou pelo Senado

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

A proposta de emenda à constituição 14/2016 (PEC 14/2016), que cria as polícias penitenciárias federais, estaduais e municipais, aprovada no Senado Federal em 24 de outubro, conta com diversos pedidos, por parte de parlamentares, para que seja incluída na ordem do dia para votação o quanto antes na Câmara dos Deputados. Com isto, é possível que a matéria já possa ser votada a partir de fevereiro, logo após o término do recesso parlamentar. Por enquanto, está em análise na Coordenação de Comissões Permanentes.   

O texto aprovado  no Senado conta com um substitutivo que altera o nome da carreira, de polícia penitenciária para polícia penal, considerando que a atuação dos servidores ocorre na execução penal. 

Caso a PEC seja sancionada, os agentes penitenciários, na nova carreira, passarão a contar com direitos equivalentes às carreiras policiais. A intenção é liberar policiais civis e militares das atividades de guarda e escolta de presos.

Um dos pontos da proposta determina que o preenchimento das vagas para a carreira deverá ser feito somente por meio de concursos públicos ou, em casos isolados, pela transformação das carreiras dos atuais agentes penitenciários, que deverão ser enquadrados na nova função."O estado precisa retomar o controle dos presídios, que muitas vezes têm se tornado um quartel do crime organizado. A PEC é uma expressão do reforço em um tema tão importante hoje, que é a segurança pública, disse o autor da proposta, senador Cássio Cunha (PSDB/PB).


De acordo com as justificativas da proposta, apresentada pelo senador Cássio Cunha Lima (PSDB/PB), os agentes penitenciários prestam serviços públicos essenciais de custódia e vigilância dos presos. “Segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública havia, em 2014, cerca de 608 mil presos no Brasil, sendo 580 mil no sistema penitenciário e 28 mil sob custódia das polícias. Estima-se, no entanto, que haja somente 65 mil agentes penitenciários no país”. De acordo com a justificativa, o objetivo da proposta de emenda à constituição é criar as polícias penitenciárias como órgãos de segurança pública nos âmbito federal, estadual e distrital, conferindo aos agentes penitenciários direitos inerentes à carreira policial, além de liberar policiais civis e militares das atividades de guarda e escolta de presos. 
Continuar lendo

Atualizado: 05/12/2017 - 15:10

Concurso Seds/MG: cresce expectativa para 2.300 vagas

Seleção deve suprir a necessidade de repor agentes penitenciários e socioeducativos que atuam em cargos contratados, sem possibilidade de prorrogação dos contratos

Para agentes

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

Cresce a expectativa pela realização do novo concurso público da Secretaria de Estado de Defesa Social de Minas Gerais (Seds/MG), anunciado em 10 de outubro pela subsecretária Estadual de Gestão de Pessoal de Minas Gerais, Warlene Salum Rezende. A intenção é iniciar o certame já no começo de 2018, para os cargos de agentes penitenciários e agentes socioeducativos, para substituição de pessoal temporário.

A seleção foi anunciada durante audiência da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas  (ALMG), que discutiu a política carcerária do estado e as demandas dos agentes, inclusive a manutenção do pessoal contratado. A expectativa é de que sejam oferecidas aproximadamente 2.300 vagas, para os cargos de agentes penitenciários e socioeducativos.

De acordo com o assessor de relações institucionais da Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag), Carlos Calazans, o estado não pode mais prorrogar o prazo do contrato de 1.800 agente penitenciários, que vencerão em dezembro, uma vez que atingirão o prazo limite permitido, que é de oito anos. Com isto, a expectativa é de que um novo concurso para a carreira seja realizado já no início de 2018.

Calazans disse que o impedimento decorre de decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ/MG) quanto à inconstitucionalidade desses contratos estendidos, mas destacou que a Advocacia Geral do Estado tenta buscar um outro entendimento com o Judiciário.

CURSO ONLINE AGENTE PENITENCIÁRIO

Ressaltou, ainda, que poderão ser mantidos apenas os contratos de outros 5 mil agentes penitenciários, que têm menos de oito anos de contrato.  Disse, ainda que os novos concursos que deverão ocorrer poderão contar com análise de títulos, para que os contratados tenham chances de ingressar efetivamente na carreira.

No dia 30 de setembro, a subsecretária de gestão de pessoas já havia anunciado que o estado voltou ao limite prudencial de despesas estabelecido pela  Lei de Responsabilidade Fiscal, limite que tinha sido ultrapassado desde janeiro, Com isto, ressaltou que o estado já pode voltar a contratar servidores nas áreas de saúde, educação e segurança, desde que para substituir trabalhadores em casos de aposentadorias, demissões e exonerações.

Disse, ainda, que no caso dos agentes socioeducativos, todos os aprovados no último concurso já foram nomeados, tornando necessário realizar novo certame para suprir pessoal que será necessário com as futuras demissões de contratados.  

Continuar lendo

Atualizado: 01/11/2017 - 15:39

Marinha divulga programação de concursos para 2018

Editais dos novos concursos públicos da Marinha devem somar milhares de vagas em todas as regiões do país. Níveis fundamental, médio, técnico e superior de ensino

Diversos cargos

Por JCConcursos - Camila Diodato

A Marinha publicou documento com a programação de todos os concursos que organizará no decorrer de 2018. O número de vagas não foi revelado, mas deverá ser milhares distribuídas em vários níveis de escolaridades.
Pelo que consta no cronograma, na segunda quinzena de janeiro serão divulgados os editais da Escola de Aprendizes-Marinheiros, da Escola Naval e do Colégio Naval. As provas ocorrerão na segunda quinzena de abril para o primeiro, e na segunda quinzena de junho para os demais.
Já na primeira semana de março, o órgão lançará o certame para o Corpo de Engenheiros, cujos testes acontecerão na segunda quinzena do mês de maio.
Em abril, quatro processos seletivos sairão: Corpo de Saúde (médicos, dentistas e apoio à saúde), Quadro Técnico, Capelão Naval e Quadros Complementares de Oficiais da Armada, Fuzileiros Navais e Intendentes da Marinha. Avaliações entre a primeira quinzena de julho e a primeira quinzena de setembro.
E na primeira quinzena de agosto será publicado o edital do concurso da Marinha para o Corpo Auxiliar de Praças. Os exames estão marcados para a segunda quinzena de novembro.

Mais detalhes dos concursos da Marinha


O ingresso na Marinha ocorre por meio de concursos públicos que aceitam participantes de ambos os sexos e com idades mínima e máxima estipuladas no edital.
No geral, os concorrentes são submetidos a provas objetivas com questões de múltipla escolha sobre assunto de conhecimentos gerais, aplicadas em todo o país. Outras fases variam de acordo com cada carreira.
Continuar lendo

Atualizado: 06/10/2017 - 11:22

MGS: concurso reúne 150 vagas de todos os níveis

As inscrições do concurso da MGS - Minas Gerais Administração e Serviços já estão abertas e serão recebidas até o dia 30 de outubro. Salários chegam a R$ 7,9 mil

Minas Gerais

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Já estão abertas as inscrições do concurso da MGS - Minas Gerais Administração e Serviços. A seleção visa o preenchimento de 150 vagas, além de formação de cadastro reserva (CR) para eventuais oportunidades. 
Para ensino fundamental, as chances são para as funções de servente de limpeza (102 vagas + CR), vigia (CR), porteiro/vigia (1 + CR), artífice (CR), copeira (1 + CR), costura e bordado (CR), lavadeiro/passadeira (CR), coveiro (CR), jardineiro (1), ascensorista (CR), capineiro (5), carregador (6), cozinheiro (CR), limpador de vidros (CR), mecânico de automóveis (CR), operador de empilhadeira (CR), viveirista (1 + CR), garçom (CR), lavador de veículos (CR), mensageiro (CR) e agente de serviço de parque (3).
Aqueles que têm o ensino médio estão aptos às carreiras de auxiliar administrativo (22 + CR), motorista (1 + CR), telefonista (CR), digitador (CR), recepcionista (CR), agente de campo (5), operador cinematográfico (CR), teledigifonista (CR) e monitor ambiental (1 + CR).  
Já para os cargos de técnico contábil (CR), técnico de informática (CR), técnico de edificações (CR), técnico de segurança do trabalho (CR) e tecnólogo em redes (CR), a exigência do concurso da MGS é de curso técnico. 
Nível superior é requisito para os postos de administrador (CR), advogado (CR), analista de sistemas (CR),analista de suporte (CR), assistente social (CR), bibliotecário (CR), contador (CR), engenheiro civil (CR), engenheiro de segurança do trabalho (CR), farmacêutico (CR), médico do trabalho (1) e psicólogo (CR). 
APOSTILAS ONLINE E IMPRESSA MGS - DIVERSOS CARGOS DE NÍVEIS FUNDAMENTAL E MÉDIO
Os salários iniciais chegam a R$ 7.964,50. Além dos vencimentos, a MSG ainda oferece para os seus servidores os seguintes benefícios: vale-alimentação, vale-transporte e seguro de vida em grupo. 

Participação no concurso da MSG


A execução do processo seletivo é de responsabilidade do Instituto de Educação e Desenvolvimento Social Nosso Rumo. A ficha de cadastro estará disponível no endereço eletrônico www.nossorumo.org.br até o dia 30 de outubro. 
Será cobrada uma taxa de participação, nos valores de R$ 33 para ensino fundamental, R$ 43 para nível médio/técnico e R$ 57 para formação superior. 
Os candidatos inscritos no concurso da MSG serão avaliados por meio de uma única etapa: prova objetiva. Ela será composta por questões de múltipla escolha sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática e/ou conhecimentos específicos. 
O exame será aplicado no dia 19 de novembro, nos períodos matutino e vespertino, em locais e horários a serem comunicados, oportunamente, através de edital de convocação, a ser divulgado no site do Instituto Nosso Rumo. 
Continuar lendo

Atualizado: 03/10/2017 - 10:57

Oratórios/MG: processo seletivo reúne 36 vagas

Ofertas na Prefeitura Municipal de Oratórios são para os cargos de servente escolar, motorista, bombeiro, auxiliar de secretaria, auxiliar administrativo, orientador social, professor, entre vários outros

Todos os níveis

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Serão abertas no dia 5 de outubro as inscrições do processo seletivo da Prefeitura Municipal de Oratórios, localizada no Estado de Minas Gerais. Oportunidade é de 36 vagas temporárias e cadastro reserva (CR). O prazo de contratação será de 12 meses, renovável por igual período.
Para ensino fundamental, as chances são para as funções de agente comunitário de saúde (3 vagas), agente de endemias (CR), auxiliar administrativo I (CR),auxiliar de secretaria (CR), bombeiro (CR), calceteiro (CR), motorista I e III (2 + CR), operador de máquina motoniveladora (CR), operador de máquina retroescavadeira (CR), operário (3), servente escolar (CR) e vigia (CR).
Aqueles que têm o ensino médio estão aptos às carreiras de auxiliar administrativo II (CR), auxiliar de biblioteca (CR), auxiliar de creche (CR), auxiliar de saúde bucal (1), auxiliar de divisão (1), auxiliar técnico de programas sociais (CR), fiscal de posturas (CR), monitor de creche (CR), orientador social (CR), soldador de manutenção (1) e vigilante sanitário (CR). 
Já para os cargos de técnico em enfermagem (2) e técnico em saúde bucal (CR), a exigência do concurso é de curso técnico específico. 
Nível superior é requisito para os postos de assistente social (1 + CR), coordenador (1), dentista (1), educador físico (1), enfermeiro (4), fisioterapeuta (1), fonoaudiólogo (CR), médico cardiologista (1), médico ginecologista (1), médico pediatra (1), médico PSF (4), nutricionista (1 + CR), professor de informática (CR), professor municipal I (2), professor municipal II nas disciplinas de ciências (CR), educação física (CR) geografia (CR), história (CR), inglês (CR), matemática (CR) e português (CR), psicólogo (2) e supervisor pedagógico (2). 
Os salários iniciais oferecidos pela Prefeitura de Oratórios partem de R$ 937 e chegam a R$ 8.000. 

Processo seletivo da Prefeitura de Oratórios


As inscrições deverão ser realizadas até o dia 19 de outubro, através do endereço eletrônico www.maximaauditores.com.br. Os valores da taxa de participação oscilam entre R$ 37 e R$ 150. 
Será disponibilizado posto de atendimento presencial para quem não tem acesso à internet, na sede da prefeitura, situada na Rua Tabajara, nº 297, Centro, em dias úteis, no horário das 13h às 16h30. 
Todos os inscritos no processo seletivo da Prefeitura de Oratórios serão avaliados por meio de prova objetiva. Ela será composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as matérias de português, matemática, noções de informática e/ou conhecimentos específicos. 
Com duração máxima de três horas, a avaliação será aplicada na cidade de Oratórios no dia 12 de novembro, em locais e horários a serem divulgados a parti do dia 6 desse mesmo mês. 
Continuar lendo

Atualizado: 28/09/2017 - 14:15

Coronel Fabriciano/MG tem concurso com nove vagas

Candidatos de níveis fundamental, médio, técnico e superior poderão se inscrever no concurso da Câmara de Coronel Fabriciano a partir do dia 10 de novembro

Câmara Municipal

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

No Estado de Minas Gerais, a Câmara Municipal de Coronel Fabriciano publicou o edital de abertura das inscrições de concurso público. A seleção visa o preenchimento de nove vagas imediatas, além de formar cadastro reserva para eventuais oportunidades. 
Para ensino fundamental, as chances são para as funções de auxiliar de manutenção (1) e vigia (1), cujo salário inicial é de R$ 1.050, além de motorista (1), com ganhos de R$ 1.820. 
Aqueles que têm o ensino médio e/ou curso técnico estão aptos às carreiras de auxiliar administrativo (1) e técnico em contabilidade (1). Os respectivos vencimentos são R$ 1.300 e R$ 1.800. 
Nível superior é requisito para os cargos de assistente de controle interno (1), agente administrativo (1), advogado (1) e engenheiro civil (1). As remunerações oscilam entre R$ 1.800 e R$ 2.720. 

Participação no concurso da Câmara de Coronel Fabriciano


O processo seletivo será executado pelo Idecan - Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional. As inscrições serão recebidas entre às 14h do dia 10 de novembro e às 14h de 11 de dezembro. O cadastro deverá ser realizado no site www.idecan.org.br. Os valores da taxa oscilam entre R$ 40 e R$ 70. 
Será disponibilizado um posto de inscrição para o candidato que não possui acesso à internet, na sede da câmara, situada na Rua Dr. Querubino nº 173, Centro, no horário das 9h às 12h e das 13h às 16h, em dias úteis. 

Provas do concurso da Câmara de Coronel Fabriciano


Todos os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva. Ela será composta por questões de múltipla escolha sobre as matérias de língua portuguesa, raciocínio lógico, conhecimentos de informática, conhecimentos gerais e/ou conhecimentos específicos.  
Apenas o posto de advogado executará a prova discursiva, que será constituída por uma peça processual. Ela terá o objetivo de avaliar o conhecimento técnico na área de atuação, a capacidade de expressão na modalidade escrita e o uso das normas do registro formal culto da língua portuguesa.
As avaliações objetiva e discursiva serão aplicadas no município de Coronel Fabriciano na data prevista de 23 de dezembro, em locais e horários a serem divulgados a partir do dia 18 desse mesmo mês, no site do Idecan. 
O concurso da Câmara de Coronel Fabriciano ainda será constituído das seguintes etapas: prova prática para o emprego de motorista; teste de aptidão física para vigia; e análise de títulos para os cargos de nível superior. 
Continuar lendo

Atualizado: 27/09/2017 - 11:54

Andradas/MG: concurso tem 11 vagas de guarda municipal

Destinada a profissionais com ensino médio, carreira oferece remuneração que pode chegar a R$ 2,2 mil. Inscrições para o concurso da Prefeitura de Andradas começam em 24 de novembro

Ambos os sexos

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Prefeitura de Andradas, em Minas Gerais, abriu concurso público para o preenchimento de 11 vagas na função de guarda municipal. A seleção também formará cadastro reserva.

Do total de postos em disputa, dez são destinados a homens e um a mulheres. Os candidatos devem possuir ensino médio completo.

A remuneração inicial oferecida no concurso da Prefeitura de Andradas é de R$ 1.448,35, acrescida de adicionais de periculosidade (30% sobre o valor do salário-base) e, eventualmente, noturno (25%), podendo chegar a R$ 2.244,93.   

Concurso Prefeitura Andradas: inscrições e provas


As inscrições para o concurso de guarda municipal da Prefeitura de Andradas custam R$ 52 e poderão ser efetuadas entre 24 de novembro e 20 de dezembro, por meio do site www.ipefae.org.br.
 
Na primeira das cinco fases seletivas, os candidatos farão, em 21 de janeiro de 2018, prova objetiva com 30 questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa, matemática, conhecimentos específicos e noções de direitos humanos.  

Para as demais etapas, a seleção prevê: teste de aptidão física, avaliação psicológica, investigação de conduta social e curso de formação, todas de caráter eliminatório.

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Andradas terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

Atribuições do guarda municipal no concurso da Prefeitura de Andradas


Zelar pelos bens, equipamentos, serviços e instalações do município. Exercer as competências de trânsito que lhes forem conferidas, nas vias e logradouros municipais, nos termos da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997 (Código de Trânsito Brasileiro), ou de forma concorrente, mediante convênio celebrado com órgão de trânsito estadual ou municipal. Prevenir e inibir, pela presença e vigilância, bem como coibir, infrações penais ou administrativas e atos infracionais que atentem contra os bens, serviços e instalações municipais. Cumprir ordens de seus superiores, comunicando imediatamente quaisquer incidentes ou ocorrências verificadas durante seu turno de serviço, relatando as providências tomadas. Articular-se com os órgãos municipais de políticas sociais, visando à adoção de ações interdisciplinares de segurança no Município. Atender as reclamações dos munícipes, procurando solução adequada através de meios suasórios. Manter a ordem e prevenir a prática de delitos e contravenção e preceder todo àquele que for surpreendido em flagrante, conduzindo-o à autoridade policial. Comunicar quaisquer ocorrências de incêndios, acidentes ou acontecimentos graves que demande prontas providências das autoridades e do corpo de bombeiros. Proteger o patrimônio ecológico, histórico, cultural, arquitetônico e ambiental do Município, inclusive adotando medidas educativas e preventivas. A vigilância diurna e noturna dos bens de uso comum do povo, assim entendidos as vias públicas, praças, parques, jardins e quaisquer outros logradouros públicos. Integrar-se com os demais órgãos de poder de polícia administrativa, visando a contribuir para a normatização e a fiscalização das posturas e ordenamento urbano municipal. Atuar mediante ações preventivas na segurança escolar, zelando pelo entorno e participando de ações educativas com o corpo discente e docente das unidades de ensino municipal, de forma a colaborar com a implantação da cultura de paz na comunidade local. Garantir o atendimento de ocorrências emergenciais, ou prestá-lo direta e imediatamente quando deparar-se com elas. Executar atribuições afins que lhe forem determinadas.
Continuar lendo

Atualizado: 05/09/2017 - 12:20

PMs: avança projeto que atualiza lei de concursos

De acordo com a proposta é preciso atualizar lei de 1969, garantindo o ingresso por meio de concursos, além de oficializar a jornada máxima de trabalho

Em todos os estados

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

Avança, no Congresso Nacional, o projeto de lei 7398/2017,do deputado Cabo Daciolo (PT do B/RJ) que visa atualizar a legislação que dispõe sobre a realização de concursos públicos para as Polícias Militares (PMs) em todo o país. De acordo com a proposta, a lei atualmente em validade corresponde ao decreto-lei 667, de julho de 1969, que deve ser adequada para a atual constituição federal. Com isto, visa adequar a ascensão ao cargo de praça por meio de concursos públicos e assegurar aos policiais e bombeiros a carga horária máxima de 120 horas mensais. O projeto, agora, está em fase de análise pela Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público.

De acordo com a justificativa do projeto, o decreto de 1969precisa ser adequado para a atual realidade proposta pela Constituição da República Federativa do Brasil. “Para isto é preciso adequar o ingresso por meio de concursos público, com cargo inicial de soldado. Além disso, o ingresso no quadro de oficiais dar-se-á somente por praças da corporação, sendo necessárias as promoções por todos os postos de praças para então concorrer ao oficialato”,diz.  

O projeto também determina que a escala de trabalho dos militares não atende as necessidades e limites legais, devendo ser regulamentadas.Neste sentido, pretende assegurar aos policiais e bombeiros militares a duração de trabalho normal de até 120 horas mensais. Em caso de dois serviços de mesma natureza ou de natureza diferente, assegura folga na proporção de 48 horas para serviços com até 12 horas diurnas trabalhadas e 72 horas para serviços diurnos com mais de 12 horas trabalhadas, além de 72 horas para serviços noturnos.

   

Continuar lendo

Shopping