Publicado: 05/06/2017 - 09:21 | Atualizado: 05/06/2017 - 09:22

Concurso Caesb/DF: publicado edital com 20 ofertas

As chances no concurso da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb-DF) são para o cargo de analista de suporte ao negócio em medicina do trabalho

Salário de R$ 8,5 mil

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Foi publicado o edital do concurso público da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb-DF). Ao todo, são oferecidas 20 vagas do seu quadro de pessoal, sendo uma efetiva e 19 para formação de cadastro reserva para futuras oportunidades. 
Todas as ofertas são destinadas ao cargo de analista de suporte ao negócio na área de medicina do trabalho. Interessados em participar da seleção devem possuir diploma de conclusão de curso de nível superior em medicina e de curso de especialização em medicina do trabalho, fornecidos por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), além de registro no órgão de classe. 
O salário inicial oferecido pela Caesb-DF é de R$ 8.500,08 para carga horária semanal de 20 horas. 

Inscrição no concurso Caesb-DF


A participação no certame deverá ser garantida no endereço eletrônico do Instituto Quadrix (www.quadrix.org.br), organizador do processo seletivo. A ficha de cadastro estará disponível no site entre o período de 7 de julho a 14 de agosto. 
Será cobrada uma taxa de inscrição, no valor de R$ 85, que deverá ser efetuada até a data limite de 16 de agosto. 

Avaliações do concurso Caesb-DF


A prova objetiva será composta por 50 questões de múltipla escolha, sendo 20 de conhecimentos básicos e 30 de conhecimentos específicos. Já a avaliação discursiva consistirá de uma redação de texto dissertativo, contendo no máximo 30 linhas, acerca de tema baseado nos conhecimentos específicos. 
Com quatro horas de duração, as provas objetiva e discursiva serão aplicadas na cidade de Brasília no dia 17 de setembro. Os locais de realização das avaliações serão divulgados no site do Instituto Quadrix e no Diário Oficial do Distrito Federal no dia 11 desse mesmo mês. 
A etapa final do concurso Caesb-DF será a análise de títulos. Serão avaliados os seguintes documentos: doutorado, mestrado e pós-graduação/especialização. 

Atribuições do cargo da Caesb-DF


Analista de suporte ao negócio em medicina do trabalho - planejar, executar, implementar, controlar e promover atualizações nos trabalhos relativos ao campo da medicina do trabalho, tais como exames de perícia médica, pré-admissionais, periódicas, demissionais e outros: ações de prevenção de acidentes de trabalho e de doenças ocupacionais relativas ao programa médico de saúde ocupacional da Caesb; identificação e análise de causas de acidentes de trabalho e de doenças ocupacionais, propondo ações de eliminação e de redução das ocorrências; avaliação dos ambientes de trabalho para identificação das condições insalubres e proposição de medidas de eliminação/neutralização dos agente nocivos; diagnóstico e tratamento de doenças profissionais; realização de exames e outras ações relativas ao processo de reabilitação profissional; colaborar com a CIPA. Executar outras atribuições de mesma natureza e nível de complexidade, de acordo com a formação exigida e no interesse da Caesb.

Vídeos Caesb

Saiba mais sobre recursos em concursos públicos


Continuar lendo

Atualizado: 14/08/2017 - 09:27

Será que vale a pena prestar esse concurso?

A dúvida é bastante comum entre os concurseiros, já que são muitos os fatores em jogo, como atribuições, perfil da vaga, localidade, entre outras questões abordadas nesta matéria especial. Confira!

Especial

Por JCConcursos - Douglas Terenciano

Prestar um concurso sempre foi uma ótima alternativa para ingressar no mercado de trabalho, já que a carreira em órgãos públicos é mais estável comparada com a iniciativa privada e geralmente oferece boa remuneração. Mesmo assim, é grande a quantidade de concurseiros que ficam receosos na hora de efetuar a inscrição e se questionam: vale a pena prestar esse concurso? Afinal, o candidato precisa avaliar se tem o perfil da vaga, facilidade com as atribuições do cargo e ou se demandará mudança de cidade ou Estado. Pensando nisso, o JC Concursos conversou sobre o tema com professor especialista na área e também um concurseiro para ajudar você a esclarecer esses eternos dilemas na vida dos candidatos. Confira!

Antes de fazer a inscrição, Thállius Moraes, professor e coordenador no AlfaCon Concursos Públicos e Oficial de Justiça Federal, explica que o candidato deve avaliar vários fatores. “Primeiramente, deve ser escolhida uma área que se enquadre nos objetivos traçados, lembrando que se trata de um trabalho e que boa parte da vida será no desempenho do mesmo. Outros pontos como a remuneração e o local de trabalho (se é perto ou longe da família), por exemplo, também são bastante importantes na hora de se fazer o planejamento”.

Ás vezes um concurso é bem remunerado e com boas condições de trabalho, mas a localidade é muito distante. Talvez não seja tão atrativo a longo prazo quanto outro certame que possua um salário menor, porém, fica no local onde o candidato pretende morar. Vale lembrar que esta questão varia muito de cada pessoa. “A dica é manter a mente aberta, pois muitas vezes queremos apenas ficar próximos de casa, mas temos muitos lugares maravilhosos para conhecer e talvez a ‘cidade da vida’ da pessoa ainda esteja para ser descoberta”, incentiva Moraes.

Perfil

Quando perguntado sobre um candidato que pretende concorrer a uma vaga fora do seu perfil profissional, Thállius, responde que em alguns casos, o concurso servirá como um mero treinamento para outra seleção que é realmente almejada. Já em outras situações, se o certame for de um setor que foge muito da área pretendida, essa finalidade fica perdida e a tentativa poderá frustrar o candidato. Um exemplo seria o concurseiro que tem por objetivo uma carreira policial, que é bem específica, ser aprovado em outra área. Nesse caso, a ocupação de um cargo administrativo poderia gerar um servidor insatisfeito e infeliz. “Muitos que buscam apenas um trabalho bem remunerado e estável, sem querer um envolvimento muito grande com o cargo, terminam por se frustrar em algumas atividades de caráter mais intenso, com um contato direto com o público (muitas vezes de maneira não agradável) como nas funções de policial, fiscais em geral ou oficiais de justiça”, explica.

Muitas pessoas se inscrevem em seletivas fora do perfil, mas pensando em passos maiores, conhecidos como “concurso trampolim” ou “concurso escada”. Desta forma, podem complementar os estudos e treinar para outro certame. Este é o caso de Sidnei de Oliveira, morador de Indaiatuba, no interior paulista, que prestou o concurso para o cargo de escrevente do Tribunal de Justiça de São Paulo no último mês de julho. “Fiz a prova por causa das questões sobre direito. Sou estudante da área jurídica e queria testar meus conhecimentos, pois acredito que poderá ajudar para outras vagas”, comenta.

Thállius explica que “os concursos usados como escada fazem parte da vida de pessoas que almejam um cargo cuja preparação demanda um prazo maior, mas enquanto isso precisam de algo para se manter. O ponto positivo é que ao ter uma renda, a pressão no estudo fica um pouco mais aliviada. O ponto negativo é justamente o perigo de se acomodar com essa renda e deixar de batalhar por um cargo mais atrativo, além, é claro, da diminuição do tempo disponível para estudar”. Outra orientação é ficar atento aos postos públicos que pagam pouco e exigem muito no trabalho, a chance de ficar preso em uma situação assim poderá colocar em risco o objetivo final.

Ter familiaridade com a função deve ser levada em consideração? Não necessariamente, explica Moraes. “Varia muito de acordo com a área pretendida. Caso a busca seja por uma atribuição mais tranquila e com boa remuneração, os cargos de natureza administrativa são os mais procurados. Mesmo que sejam em órgãos distintos, as atribuições são semelhantes. Contudo, em algumas áreas que possuem atribuições especiais, são também muito buscadas pelos candidatos, que objetivam a remuneração como algo secundário, pois o real desejo é por determinado cargo em particular”.

Pouco tempo

Candidatos com pouco tempo para estudar devem direcionar a preparação de maneira produtiva. “Fazer questões anteriores, simulados e resumos são algumas das ferramentas que irão auxiliar nessa preparação. Com o tempo mais escasso, deve-se priorizar sempre as matérias mais cobradas e os pontos mais importantes, mas essa estratégia também varia um pouco de acordo com a banca e o cargo desejado”, afirma Thállius.

Sidnei acrescenta que sua conduta é sempre a mesma, independente do concurso. “Preciso focar minha atenção na prova e estudar o que for preciso. Posso não ter interesse no cargo, mas se relaxar, não será proveitoso. Se não levar a sério, corro o risco de apenas perder tempo e dinheiro”, diz.

Outro ponto a ser observado é sobre dificuldade com uma ou mais disciplinas do conteúdo programático, fato que geralmente desanima o candidato. Um bom planejamento pode ajudar a encarar esse desafio, contudo, vale ressaltar que raramente alguém tem sintonia com todas as matérias do edital, afinal, é comum uns sentirem mais dificuldades em língua portuguesa, outros em matemática, alguns em determinadas matérias de direito e assim por diante. “A dica é pensar na disciplina como um simples meio para se alcançar um fim. Não precisa gostar, basta apenas aprender a responder a questão”, orienta Moraes. Muitas vezes o bloqueio com determinado tema é criado pelo próprio candidato. “Pensar de forma positiva, esforçar-se mais e manter-se sempre estudando, mesmo que em alguns momentos o resultado pareça não chegar, é fundamental”, complementa o professor do AlfaCon Concursos.

Vale a pena?

Para o indaiatubano Sidnei, de 27 anos, conhecer o cargo e suas atribuições pode incentivar, mas independentemente dessa identificação, o que muitas vezes faz a diferença é o aprendizado. “Acredito que vale muito a pena tentar! Sinto que saio mais fortalecido a cada concurso que tento a sorte. Na dúvida, sempre opto por fazer a prova. Como meu objetivo é maior, acho que é interessante pela preparação. Isso é muito válido”, conta.  

Ainda sobre motivação, Thállius dá a dica. “O estudo é na maior parte do tempo frustrante, cansativo e solitário, por isso tantos desistem no meio do caminho. O importante é aprender com os erros, ter em mente que desistir não é uma opção e manter sempre uma postura positiva. Pode demorar um pouco, pode ser difícil e exaustivo, mas aqueles que não desistem conseguem chegar lá”, finaliza.

Continuar lendo

Atualizado: 11/08/2017 - 12:05

Concurso MAPA: publicado edital com 300 ofertas

As chances no concurso do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) são para o cargo de médico veterinário, cuja remuneração é de R$ 6,7 mil

Temporárias

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Foi publicado no Diário Oficial da União o edital de abertura das inscrições do concurso do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento). O processo seletivo simplificado visa o preenchimento de 300 vagas temporárias para o cargo de médico veterinário, para atendimento de situações emergenciais ligadas ao comércio internacional de produtos de origem animal. 
Veja também: MAPA abrirá nesta sexta 300 vagas efetivas de auditor
As ofertas estão distribuídas entre os Estados de São Paulo (34 vagas), Acre (2), Amazonas (1), Bahia (7), Distrito Federal (4), Goiás (20), Maranhão (4), Minas Gerais (35), Mato Grosso do Sul (17), Mato Grosso (33), Pará (13), Pernambuco (1), Piauí (1), Paraná (65), Rondônia (9), Roraima (1), Rio Grande do Sul (12), Santa Catarina (36) e Tocantins (5).
Para ingressar na carreira é necessário possuir diploma de conclusão de curso de nível superior em medicina veterinária, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e registro ativo nos Conselhos Regional ou Federal de Medicina Veterinária (CRMV ou CFMV).
O salário inicial oferecido pelo MAPA é de R$ 6.710,58 para carga horária semanal de 40 horas. O prazo de validade dos contratos de trabalho será de um ano, admitida a prorrogação uma única vez por igual período. 

Como participar do concurso MAPA


As inscrições deverão ser realizadas entre os dias 14 e 20 de agosto. A ficha de cadastro estará disponível no endereço eletrônico da organizadora do processo seletivo, a Escola de Administração Fazendária - Esaf (www.esaf.fazenda.gov.br).
O valor da taxa de participação do concurso MAPA é de R$ 100 e o seu pagamento deverá ser efetuado até a data limite do prazo, observado o horário de funcionamento da rede bancária. Membros de família de baixa renda poderão requerer a isenção da taxa durante o período das inscrições. 

Avaliações do concurso MAPA 2017


A primeira etapa a ser disputada pelos candidatos será a prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, composta por 40 questões sobre conhecimentos específicos. Ela será aplicada no dia 17 de setembro.  
A segunda e última fase do concurso MAPA será a análise de títulos e experiência profissional, de caráter apenas classificatório.  

Ads

Aula Gratuita Ao Vivo para Concurso MAPA

O Estratégia Concursos realiza em 18/08/2017, às 19h00 um aulão ao vivo, com informações e dicas sobre o concurso do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para Veterinários. Inscreva-se gratuitamente.


Atribuições do médico veterinário do MAPA


Realização de inspeção ante e post mortem em animais das diferentes espécies de açougue e de caça, que envolvem avaliação documental, do comportamento, e do aspecto do animal e dos sintomas de doenças de interesse de saúde animal e saúde pública, podendo ainda envolver exame clínico, necropsia ou outros procedimentos visando sua destinação. Compreende, ainda, a observação, palpação, incisão e olfação de carcaças e suas partes, visando sua destinação, bem como deslocamento em plataformas altas e baixas em fluxo contínuo de produção e a necessidade de comunicação entre pares em local com alto nível de ruído. Emitir a documentação correlata exclusivamente às atividades de inspeção ante e post mortem.

Concurso MAPA para efetivos


Em 19 de julho, o ministro do Planejamento, Dyogo Henrique Oliveira, liberou as 300 vagas temporárias para médico veterinário e outras 300 efetivas para auditor fiscal federal agropecuário - médico veterinário.
A seleção para efetivos está prevista para ser lançada em novembro. O próximo passo do órgão é contratar a banca organizadora para esse concurso.
O cargo de auditor aceitará candidatos com curso superior em medicina veterinária. A remuneração oferecida é de R$ 14.584,71.
Entre as atribuições da carreira estão: a defesa sanitária animal e vegetal; a inspeção industrial e sanitária dos produtos de origem animal e a fiscalização dos produtos destinados à alimentação animal; a fiscalização de produtos de uso veterinário e dos estabelecimentos que os fabricam e de agrotóxicos, seus componentes e afins; a fiscalização do registro genealógico dos animais domésticos, da realização de provas zootécnicas, das atividades hípicas e turfísticas, do sêmen destinado à inseminação artificial em animais domésticos e dos prestadores de serviços de reprodução animal; a fiscalização e inspeção da produção e do comércio de sementes e mudas e da produção e comércio de fertilizantes, corretivos, inoculantes, estimulantes ou biofertilizantes destinados à agricultura; etc.

Atualizado: 13/06/2017 - 14:43

Concurso Aeronáutica: inscrição aberta para 56 vagas

Oportunidades no concurso da Aeronáutica são para ingresso no curso de adaptação de médicos. As inscrições serão aceitas até 3 de julho

Nível superior

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

A Aeronáutica está com inscrições abertas do concurso público que visa o preenchimento de 56 vagas para ingresso no curso de adaptação de médicos. Após a conclusão do curso, o candidato será nomeado primeiro-tenente e será incluído no quadro de oficiais médicos.
As ofertas estão distribuídas entre as especialidades de alergologia (1 vaga), anestesiologia (7), anatomia patológica (1), cardiologia (7), cancerologia (2), cirurgia cardíaca (1), clínica médica (4), cirurgia torácica (1), cirurgia vascular-periférica (1), geriatria (1), ginecologia e obstetrícia (5), infectologista (2), hematologia (1), hemoterapia (1), nefrologia (2), oftalmologia (2), otorrinolaringologia (1), ortopedia (2), psiquiatria (6), radiologia (4) e urologia (4). 
Para concorrer a uma das vagas é necessário ter concluído com aproveitamento o curso superior em medicina, possuir título de especialista, registro no conselho de classe e idade inferior a 36 anos.
Interessados em participar do concurso da Aeronáutica deverão preencher a ficha de cadastro, disponível na página eletrônica www.fab.mil.br/ciaar, até as 15h do dia 3 de julho. O valor da taxa de inscrição é de R$ 130. 

Avaliações do concurso da Aeronáutica


Os candidatos serão avaliados por meio de prova escrita sobre língua portuguesa e conhecimentos especializados. Com quatro horas de duração, ela será aplicada na data prevista de 3 de setembro. 
No ato da inscrição o candidato deverá escolher a localidade onde deseja realizar a prova: Belém/PA, Recife/PE, Jaboatão dos Guararapes/PE, Fortaleza/CE, Natal/RN, Parnamirim/RN, Salvador/BA, Rio de janeiro/RJ, Belo Horizonte/MG, Lagoa Santa/MG, São Paulo/SP, Guarulhos/SP, Campo Grande/MS, Porto Alegre/RS, Canoa/RS, Curitiba/PR, Brasília/DF e Manaus/AM.
O concurso da Aeronáutica ainda será constituído das seguintes etapas: inspeção de saúde; exame de aptidão psicológica; teste de avaliação do condicionamento físico; prova prático-oral; validação documental; e curso de adaptação. 

Curso de adaptação da Aeronáutica


O curso terá duração aproximada de 17 semanas e abrange instruções nos campos geral, militar e técnico-especializado. Ele será realizado no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), em Belo Horizonte/MG, no ano de 2018.
A instrução ministrada no campo geral proporcionará o conhecimento a respeito de teorias e ensinamentos que possibilitem aos alunos atuar com eficiência na gestão de pessoas e processos e na ampliação da cultura geral.
Já a instrução ministrada no campo militar buscará, primordialmente, transmitir e reforçar os postulados básicos da vida castrense, referentes aos futuros postos, bem como desenvolver elevado grau de vibração, devoção e entusiasmo pela carreira na Força Aérea. 
A instrução ministrada no campo técnico-especializado adaptará o profissional às condições peculiares do ambiente em que exercerá a sua atividade ou especialidade e proporcionará conhecimento sobre a estrutura e o funcionamento do Comando da Aeronáutica, bem como sobre os procedimentos de rotina do oficial nos vários setores, de acordo com a sua área de atuação.

Atualizado: 05/06/2017 - 09:21

Concurso Caesb/DF: publicado edital com 20 ofertas

As chances no concurso da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb-DF) são para o cargo de analista de suporte ao negócio em medicina do trabalho

Salário de R$ 8,5 mil

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Foi publicado o edital do concurso público da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb-DF). Ao todo, são oferecidas 20 vagas do seu quadro de pessoal, sendo uma efetiva e 19 para formação de cadastro reserva para futuras oportunidades. 
Todas as ofertas são destinadas ao cargo de analista de suporte ao negócio na área de medicina do trabalho. Interessados em participar da seleção devem possuir diploma de conclusão de curso de nível superior em medicina e de curso de especialização em medicina do trabalho, fornecidos por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), além de registro no órgão de classe. 
O salário inicial oferecido pela Caesb-DF é de R$ 8.500,08 para carga horária semanal de 20 horas. 

Inscrição no concurso Caesb-DF


A participação no certame deverá ser garantida no endereço eletrônico do Instituto Quadrix (www.quadrix.org.br), organizador do processo seletivo. A ficha de cadastro estará disponível no site entre o período de 7 de julho a 14 de agosto. 
Será cobrada uma taxa de inscrição, no valor de R$ 85, que deverá ser efetuada até a data limite de 16 de agosto. 

Avaliações do concurso Caesb-DF


A prova objetiva será composta por 50 questões de múltipla escolha, sendo 20 de conhecimentos básicos e 30 de conhecimentos específicos. Já a avaliação discursiva consistirá de uma redação de texto dissertativo, contendo no máximo 30 linhas, acerca de tema baseado nos conhecimentos específicos. 
Com quatro horas de duração, as provas objetiva e discursiva serão aplicadas na cidade de Brasília no dia 17 de setembro. Os locais de realização das avaliações serão divulgados no site do Instituto Quadrix e no Diário Oficial do Distrito Federal no dia 11 desse mesmo mês. 
A etapa final do concurso Caesb-DF será a análise de títulos. Serão avaliados os seguintes documentos: doutorado, mestrado e pós-graduação/especialização. 

Atribuições do cargo da Caesb-DF


Analista de suporte ao negócio em medicina do trabalho - planejar, executar, implementar, controlar e promover atualizações nos trabalhos relativos ao campo da medicina do trabalho, tais como exames de perícia médica, pré-admissionais, periódicas, demissionais e outros: ações de prevenção de acidentes de trabalho e de doenças ocupacionais relativas ao programa médico de saúde ocupacional da Caesb; identificação e análise de causas de acidentes de trabalho e de doenças ocupacionais, propondo ações de eliminação e de redução das ocorrências; avaliação dos ambientes de trabalho para identificação das condições insalubres e proposição de medidas de eliminação/neutralização dos agente nocivos; diagnóstico e tratamento de doenças profissionais; realização de exames e outras ações relativas ao processo de reabilitação profissional; colaborar com a CIPA. Executar outras atribuições de mesma natureza e nível de complexidade, de acordo com a formação exigida e no interesse da Caesb.

Atualizado: 01/06/2017 - 11:05

Caesb/DF: edital será publicado nesta sexta, dia 2

Seleção contará com oportunidades para o cargo de analista de suporte ao negócio, com formação em medicina e inicial de R$ 7,7 mil

Veja prazo de inscrições e taxa

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) publicará nesta sexta-feira, 2 de junho, o edital de abertura de inscrições do seu novo concurso público, para a carreira de analista de suporte ao negócio – medicina do trabalho. Para concorrer ao cargo é necessário possuir curso de nível superior em medicina, com especialização em medicina do trabalho e registro no respectivo conselho regional, com remuneração inicial de R$ 7.727,34, passando posteriormente para R$ 8.500. As inscrições serão recebidas a partir de 4 de julho, com atendimento até 14 de agosto.A aplicação das provas está marcada para ocorrer em 17 de setembro.

Saiu o edital do cocurso Caesb-DF: confira aqui!

A oferta de vagas deve ser confirmada com a publicação do edital.

O preenchimento dos postos será em Brasília.

As inscrições poderão ser feitas somente pela internet, na página eletrônica da organizadora, o Instituto Quadrix, que é www.quadrix.org.br

A taxa será de R$ 85, podendo ser paga até 16 de agosto.

A seleção contará com provas objetivas, avaliação discursiva e análise de títulos.

Último Concurso

A expectativa é de que a seleção seja feita de forma semelhante ao último concurso para o cargo, realizado em 2012.

Na ocasião, a banca organizadora foi a Faperp e a seleção contou com três fases, incluindo prova objetiva, exame discursivo e análise de títulos.

Na parte objetiva foram 60 questões, sendo cinco de língua portuguesa,cinco de matemática, três de noções de informática, uma da lei orgânica do Distrito Federal, cinco sobre noções da lei 8.666/93, uma sobre o código de ética e conduta da Caesb, cinco de Prêmio Nacional de Qualidade em Saneamento (PNQS),cinco de legislação de saneamento e 30 de conhecimentos específicos.

Língua portuguesa, conhecimentos específicos e noções da lei8.666 contaram com peso dois, enquanto as demais disciplinas tiveram peso um.

Atribuições

As atribuições da carreira são as seguintes: planejar, executar, implementar, controlar e promover atualizações nos trabalhos relativos ao campo da Medicina do Trabalho,tais como: Exames de perícia médica, pré-admissionais, periódicas, demissionais e outros; ações de prevenção de acidentes de trabalho e de doenças ocupacionais relativas ao Programa Médico de Saúde Ocupacional da Caesb; identificação e análise de causas de acidentes de trabalho e de doenças ocupacionais, propondo ações de eliminação e de redução das ocorrências; avaliação dos ambientes de trabalho para identificação das condições insalubres e proposição de medidas de eliminação/neutralização dos agentes nocivos; diagnóstico e tratamento de doenças profissionais; realização de exames e outras ações relativas ao processo de reabilitação profissional; colaborar com a CIPA. Executar outras atribuições de mesma natureza e nível de complexidade, de acordo com a formação exigida e no interesse da Caesb

 

 

Atualizado: 11/04/2017 - 16:06

Concurso Marinha: publicado novo edital com 146 vagas

Oportunidades no novo concurso da Marinha são para o corpo de saúde, para os quadros de médico, cirurgião-dentista e de apoio à saúde. As inscrições serão aceitas entre 13 de abril e 15 de maio

Nível  superior

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

A Diretoria de Ensino da Marinha (DEnsM) publicou nesta terça-feira (11) um novo edital de concurso público, para provimento de 146 cargos do corpo de saúde, para os quadros de médico, cirurgião-dentista e de apoio à saúde. As oportunidades são para ambos os sexos. 
São oferecidas 123 vagas de médicos, distribuídas entre as especialidades de anestesiologia (7), cancerologia (1), cardiologia (9), cirurgia cardíaca (1), cirurgia geral (9), cirurgia plástica (1), cirurgia vascular (1), clínica médica (7), dermatologia (2), endocrinologia/metabologia (1), gastroenterologia (2), ginecologia e obstetrícia (10), infectologia (1), medicina intensiva (6), nefrologia (1), neurologia (3), oftalmologia (6), ortopedia e traumatologia (8), otorrinolaringologia (4), patologia (1), pediatria (8), pneumologia (2), proctologia (1), psiquiatria (14), radiologia (12), reumatologia (1), urologia (3) e terapia intensiva (1). Desse total de ofertas, 100 são de âmbito nacional e 23 regionais, divididas entre as jurisdições de Salvado/BA (2), Natal/RN (4), Belém/PA (3), Rio Grande/RS (3), Ladário/MS (4), Brasília/DF (4) e Manaus/AM (3). 
As 12 vagas de cirurgião dentista são de âmbito nacional, para as áreas de dentística (3), endodontia (1), odontopediatria (1), periodontia (3) e prótese dentária (4). 
Também de âmbito nacional, as 11 vagas de apoio à saúde estão repartidas entre as funções de enfermagem (4), farmácia (4), fisioterapia (1), fonoaudiologia (1) e nutrição (1). 
Para ingressar em uma dessas carreiras é necessário ter formação superior específica e idade inferior a 36 anos no dia 1° de janeiro do ano do curso. 

Participação no concurso da Marinha 2017


Interessados em participar do certame deverão preencher a ficha de cadastro no endereço eletrônico www.ensino.mar.mil.br, no período de 13 de abril a 15 de maio. 
O concurso da Marinha será constituído das seguintes etapas: prova objetiva e de redação; verificação de dados bibliográficos, inspeção de saúde, teste de aptidão física e análise de títulos; e curso de formação de oficiais. 
No ato da inscrição, o participante deverá escolher a cidade em que realizará a prova objetiva, entre as seguintes opções: Rio de Janeiro/RJ, Vila Velha/ES, Salvador/BA, Natal/RN, Olinda/PE, Fortaleza/CE, Belém/PA, São Luís/MA, Rio Grande/RS, Porto Alegre/RS, Florianópolis/SC, Ladário/MS, Brasília/DF, São Paulo/SP, Manaus/AM ou Cuiabá/MT. 

Curso de formação da Marinha


O candidato aprovado e classificado dentro do número de vagas realizará o Curso de Formação de Oficiais (CFO), no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), em 2018, que tem o objetivo de prepará-lo para o exercício de funções em organizações militares da Marinha, localizadas em qualquer Unidade da Federação, de acordo com as suas qualificações e atendendo à conveniência do serviço, por meio da necessária instrução militar-naval.
O curso tem a duração de cerca de 39 semanas e inicia-se com o período de adaptação de, aproximadamente, três semanas.
Durante esse curso, o candidato é nomeado guarda-marinha e receberá o soldo de R$ 6.625, além de alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa. Além disso, fará um estágio de aplicação, com duração de até seis semanas, em organizações militares sob a supervisão do CIAW.
Após a aprovação no curso de formação, o guarda-marinha será nomeado oficial da Marinha do Brasil, passando a ocupar o posto de primeiro-tenente, com vencimentos mensais de R$ 9.000, já inclusos os adicionais.

Atualizado: 05/04/2017 - 15:35

Confira os principais concursos previstos para 2017

Vários órgãos devem lançar, este ano, editais de concursos públicos para cargos de todos os níveis escolares. Salários iniciais chegam a R$ 22,1 mil. Veja a lista

Diversas áreas de atuação

Por JCConcursos - Camila Diodato

Cresce a expectativa para que saiam do papel os concursos que estão previstos para este ano de 2017. São diversos órgãos federais e estaduais que se programam para selecionar milhares de servidores para os seus quadros de pessoal.
Apesar de ainda haver incertezas econômicas para o país, os economistas esperam que em 2017 a economia fique melhor do que a apresentada no ano passado. E, com isso, aumenta a probabilidade para que as novas seleções sejam liberadas.
Como a defasagem de pessoal é grande em diversos órgãos, as vagas aguardadas para este ano são para todos os níveis de escolaridade e com salários entre R$ 1.072 e R$ 22.102,37. 
Confira abaixo mais detalhes.

Concurso Correios


Status: depende de estudo internoCargos: carteiro e operador de triagem e transbordoInformações: Os servidores dos Correios pressionam o órgão pela realização de concurso. Já é confirmado que a estatal tem uma defasagem de pelo menos 20 mil servidores. As oportunidades do novo certame em análise deve ser para as funções de carteiro e operador de triagem e transbordo (OTT), ambas de nível médio e com remuneração de R$ 2.712,98 e R$ 2.376,48, respectivamente. Sindicatos da categoria querem que a empresa retome em breve os preparativos do certame. Leia mais detalhes aqui

Concurso Receita Federal e Ministério da Fazenda 


Status: aguarda autorizaçãoCargos: assistente, analista e auditorInformações: Está previsto no Orçamento Federal um concurso para Receita Federal para os cargos de analista tributária, auditor fiscal, analista administrativo e assistente-técnico administrativo. Os postos administrativos pertencem ao quadro de pessoal do Ministério da Fazenda. Ensino médio é exigência para assistente e formação superior para os demais postos. Leia mais detalhes aqui.

Concurso Polícia Federal


Status: depende de liberação de verbasCargos: delegado, perito, agente e escrivãoInformações: Quem pretende participar do concurso da Polícia Federal cujo pedido de liberação de verbas tramita no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), pode contar com mais uma boa notícia. O órgão divulgou que também pretender abrir certame para agente e escrivão, e não apenas para delegado e perito. Ao todo, deve ser abertas 1.758 vagas, sendo 600 para escrivão, 600 para agente, 491 para delegado e 67 para perito. Todas as carreiras exigem ensino superior completo e apresentam salários de até R$ 22.102,37. Leia mais detalhes aqui

Concurso Polícia Rodoviária Federal


Status: aguarda autorização e comissão prontaCargo: policial rodoviárioInformações: Embora o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão tenha devolvido para o órgão o pedido de autorização do concurso para o preenchimento de 1.500 vagas no cargo de policial rodoviário, a corporação constituiu, recentemente, um grupo de trabalho para elaboração de um novo edital de concurso, ainda sem data definida para publicação. Para concorrer é necessário possuir nível superior em qualquer área de formação e carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A remuneração é de R$ 9.491,98, com jornada de 40 horas semanais. Leia mais detalhes aqui
Veja também: Concursos que devem sair ainda este ano

Concurso ANTT


Status: aguardando autorizaçãoCargos: diversosInformações: A Agência Nacional de Transportes Terrestres já solicitou ao Ministério do Planejamento 710 vagas para os cargos de analista administrativo, especialista em regulação, técnico em regulação e técnico administrativo. Os postos são de níveis médio, técnico e superior, sendo que os vencimentos ficam entre R$ 5.503,25 e R$ 11.488,90. A categoria pleiteia a realização deste certame devido à alta defasagem de pessoal na agência, já que hoje ela apresenta 40% do seu quadro em aberto. Leia mais detalhes aqui

Concurso Ibama


Status: aguardando autorizaçãoCargos: analista ambiental e analista administrativoInformações: O Ibama deve reencaminhar novo pedido de concurso ao Ministério do Planejamento para cargos de níveis médio e superior. Os salários iniciais correspondem a R$ 3.712,72 para técnico e a R$ 7.760,45 para analista. Leia mais detalhes aqui.

Concurso Ministério do Trabalho


Status: aguardando autorizaçãoCargo: auditor-fiscal do trabalhoInformações: O Ministério do Trabalho reencaminhou ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) o pedido de realização de concurso para 847 vagas de auditor-fiscal do trabalho. Em 2014, o MPOG encaminhou ao Ministério do Trabalho uma nota, na qual informava que concederia o provimento de 847 vagas para o cargo no decorrer dos próximos três anos, ou seja, até 2017. Apesar dos cortes orçamentários anunciado pelo Governo, é grande a expectativa para que o aval seja liberado em breve, pois o órgão sofre com uma grande defasagem de auditores. A carreira exige formação superior e o salário atual é de R$ 16.201,64. Leia mais detalhes aqui

Concurso Centro Paula Souza


Status: aguardando autorizaçãoCargos: diversosInformações: Com a realização de diversos concursos na área docente, iniciados em 2015, cresce a expectativa pela realização do processo seletivo público para a área administrativa. O órgão conta com pedido de autorização para o preenchimento de 2.596 vagas, sendo 428 para cargos de ensino fundamental, 978 para médio e 1.190 para superior. As remunerações partem de R$ 1.072 e chegam a R$ 3.889,60. Leia mais detalhes aqui.

Concurso Jucesp


Status: aguardando autorizaçãoCargo: técnico em processamento de registros públicosInformações: A Jucesp aguarda autorização do governador Geraldo Alckmin para realizar concurso com 110 vagas para técnico em processamento de registros públicos. Para concorrer é necessário apenas possuir ensino médio, com inicial de R$ 2.500. O órgão também conta com 141 vagas de nível superior em pauta, sem previsão de edital, uma vez que não estão no pedido, sendo 101 para analista e 40 para especialista, respectivamente, com iniciais de R$ 5.000 e R$ 6.500. Leia mais detalhes aqui.

Concurso Polícia Civil/SP


Status: aguardando autorizaçãoCargos: diversosInformações: A Polícia Civil de São Paulo encaminhou novo pedido para a Secretaria de Gestão Pública (SGP/SP) para que seja autorizada a contratação de servidores. Embora o pedido anterior fosse de 3.176 oportunidades, a nova solicitação é maior, para 4.438. Destas, 2.074 são para realização de novos concursos e 2.364 para convocação de remanescentes. Das oportunidades para novas seleções, 253 são para cargos de nível médio e 1.821 para carreiras de nível superior, com iniciais que vão de R$ 3.365 a R$ 10.079,28. Porém, independente do pedido, tramita na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) o projeto de lei complementar 37/2016, que visa a reestruturar as carreiras policiais, englobando diversos cargos de ensino médio em uma nova carreira, que poderá se chamar agente de polícia. Leia mais detalhes aqui.

Concurso Câmara dos Deputados


Status: defasagem de pessoalCargos: diversosInformações: Cresce a expectativa para que a Câmara dos Deputados realize em 2017 um novo concurso. Está no Orçamento Federal sancionado a realização de certame para as funções de técnico (nível médio) e analista (superior), com vencimentos respectivos de R$ 13.578,58 e R$ 20.384,43. Leia mais detalhes aqui

Concurso Procon/DF


Status: está no OrçamentoCargos: técnico, analista e fiscalInformações: Consta na lei das diretrizes orçamentárias a realização de novo concurso para o Instituto de Defesa do Consumidor do Distrito Federal (Procon/DF). O documento prevê 39 vagas, sendo seis para técnico de atividade de defesa do consumidor (ensino médio), 15 para analista de atividade de defesa do consumidor (superior) e 18 para fiscal de defesa do consumidor (superior). Os iniciais são de R$ 3.919,13 para técnico e R$ 5.293,30 para analista e fiscal. Leia mais detalhes aqui

Concurso Ministério Público/AL


Status: comissão formadaCargos: diversosInformações: Já foi constituído o grupo que ficará responsável pela concretização do concurso do Ministério Público de Alagoas (MP/AL). Não foram revelados os cargos, mas ao que tudo indica boa parte das oportunidades será para as mesmas funções do certame de 2011. Leia mais detalhes aqui.

Concurso PM/BA


Status: banca definidaCargo: soldadoInformações: A Polícia Militar da Bahia (PM/BA) já definiu a banca organizadora do seu próximo concurso com 2.750 vagas para soldado; a escolhida é a IBFC. A carreira exige ensino médio, idade de 18 a 30 anos até a data da matrícula para o curso de formação, carteira de habilitação categoria “B” e altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres. Os vencimentos atuais correspondem ao valor de R$ 2.197,78. O número de vagas ainda não foi revelado. Leia mais detalhes aqui

Concurso TRE/BA


Status: criada comissãoCargos: técnico e analistaInformações: O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE/BA) definiu a comissão que ficará responsável pelo seu próximo certame para técnico e analista judiciário. A carreira de técnico necessita de nível médio e apresenta inicial de R$ 6.774,52, enquanto o emprego de analista requer formação superior e tem remuneração de R$ 10.548,52. Leia mais detalhes aqui

Concurso PM/AM


Status: depende de verbas orçamentáriasCargos: soldado e oficialInformações: Segue em pauta a abertura do concurso para o quadro de pessoal da Polícia Militar do Amazonas. A expectativa é de que sejam abertas 5.000 vagas para as funções de soldado e oficial, que necessitam de níveis médio e superior, respectivamente. Leia mais detalhes aqui

Concurso TST


Status: em avaliação internaCargos: técnico e analistaInformações: O Tribunal Superior do Trabalho (TST), no Distrito Federal, se programa para realizar concurso público para as funções de técnico e analista, cujos iniciais correspondem a R$ 8.535,24 e a R$ 13.399,17, respectivamente. O próximo passo será a escolha da banca organizadora. Leia mais detalhes aqui.

Concurso ANS


Status: depende de autorizaçãoCargos: analista e especialistaInformações: A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) deve abrir concurso com 231 vagas distribuídas entre os cargos de analista administrativo e especialista em regulação, ambos com exigência de formação superior. Iniciais correspondem a R$ 11.529,29 para analista e a R$ 12.432,49 para especialista, contando com o vale-alimentação de R$ 458. Leia mais detalhes aqui.
Todos os concursos previstos podem ser conferidos aqui.

Shopping