Nível superior

Concurso em Celso Ramos/SC tem vaga para contador

A participação no concurso da Câmara Municipal de Celso Ramos deverá ser garantida até o dia 30 de maio

0,00(0.0%)0 voto(s)

Patricia Lavezzo
Publicado em 22/05/2018, às 10h35

Encontram-se abertas as inscrições do concurso público da Câmara Municipal de Celso Ramos, localizada no Estado de Santa Catarina. Sob organização da Sigma Assessoria e Consultoria, a seleção preencherá uma vaga para o cargo de contador.

Para ingressar na carreira é necessário possuir nível superior em ciências contábeis e registro no órgão de classe. O salário inicial é de R$ 880,50 para carga horária semanal de 10 horas.

As inscrições deverão ser realizadas exclusivamente pela internet, através da página eletrônica http://sigma.concursos.srv.br, até as 12h do dia 30 de maio. O valor da taxa de participação é de R$ 80.

O concurso da Câmara de Celso Ramos será constituído de uma única etapa: prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório. Ela será composta por 30 questões de múltipla escolha, sendo dez de língua portuguesa, cinco de matemática, cinco de legislação e dez de conhecimentos específicos.

A avaliação será aplicada no município de Celso Ramos/SC nos dias 9 ou 10 de junho, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser publicado no site da Sigma em momento oportuno.

Atribuições do contador da Câmara de Celso Ramos/SC

Executar os serviços de contabilidade e finanças previstos na estrutura organizacional da câmara; elaborar, disponibilizar, controlar e manter toda a documentação contábil, financeira, orçamentária e patrimonial; elaborar as propostas orçamentárias; controlar a execução orçamentária; executar o processamento da despesa, contabilização orçamentária, financeira e patrimonial; executar o levantamento e controle patrimonial; coordenar as providências relativas ao controle interno e externo da Câmara de Vereadores e dos processos de prestação de contas em geral; elaborar, analisar e assinar balancetes contábeis e financeiros; elaborar e acompanhar os relatórios da gestão fiscal, inclusive os previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal, dentro dos prazos legais; analisar e controlar as despesas, em relação aos limites previstos em lei; proceder estudos e emitir pareceres técnicos sobre matéria contábil, orçamentária, financeira e patrimonial, submetida a sua apreciação; participar de comissões de licitações, inquéritos; controle interno, e outras, quando formalmente designado; ser responsável pelo recebimento, guarda e movimentação de valores; elaborar empenhos e liberações de pagamentos das despesas autorizadas pelo presidente; efetuar pagamentos e recolhimentos, devidamente autorizados pelo presidente; conferir a documentação relativa ao recebimento, guarda e movimentação de valores; manter registro de movimento bancário atualizado: observar prazos legais para fins de recebimentos e pagamentos; prestar assessoramento ao presidente, à mesa, às comissões e aos vereadores sobre matéria contábil, financeira, patrimonial e orçamentária; fazer levantamento e organizar demonstrativos contábeis, patrimoniais e financeiros; emitir pareceres sobre matéria contábil, financeira, orçamentária e patrimonial; assessorar a comissão de finanças sobre matéria orçamentária e tributária, ou outras comissões que tratem da matéria; elaborar planos de contas e preparar normas de trabalho contábil; executar outras atividades correlatas por determinação superior.

Comentários

Mais Lidas