Interior de SP

Concurso em Campina do Monte Alegre inscreve até dia 21

Concurso de Monte Alegre 2019 preencherá quatro vagas de mãe social. Cargo requer nível fundamental e oferece salário inicial de R$ 1.025

Samuel Peressin
Publicado em 19/02/2019, às 10h38

Encerra-se nesta quinta-feira (21), às 23h59, o prazo de inscrições no concurso de Campina do Monte Alegre, em São Paulo, destinado a preencher quatro vagas temporárias de mãe social.

As candidatas devem possuir ensino fundamental e disponibilidade para atuar em escala de 12 horas de trabalho por 36 horas de descanso. O salário inicial é de R$ 1.025,32.  

A SHDias, banca que organiza a seleção da prefeitura, recebe inscrições exclusivamente via internet, por meio do site www.shdias.com.br. A taxa de participação custa R$ 25.

Marcada para 10 de março, a prova objetiva cobrará a resolução de 30 questões de múltipla escolha abordando conteúdos de língua portuguesa e matemática/raciocínio lógico. 

Atribuições da mãe social

De acordo com o edital do concurso de Campina do Monte Alegre, estão entre as atribuições do cargo:

  • Proporcionar o surgimento de condições próprias de uma família, orientando e assistindo os menores colocados sob seus cuidados;
  • Administrar o lar, realizando e organizando as tarefas a ele pertinentes, cuidando da alimentação dos menores, higiene pessoal, e assim bem como a limpeza do lar;
  • Dedicar-se, com exclusividades, aos menores e à casa da criança que lhes forem confiados, permanecendo durante todo o período de trabalho atendendo os menores inclusos na casa da criança;
  • A Mãe Social, enquanto no desempenho de suas atribuições, deverá permanecer juntamente com os menores que lhe foram confiados, cumprir seu horário de trabalho rigorosamente, não abandonando suas atividades; e
  • Exercer outras atividades pertinentes ao cargo estabelecido pelo Chefe imediato.

Conteúdo programático

Abaixo, mais detalhes sobre as disciplinas que serão abordadas na prova do concurso de Campina do Monte Alegre: 

  • Língua portuguesa - Ortografia; Divisão Silábica; Gênero, Número; Frases; Sinais de Pontuação; Acentuação; Relação entre palavras; Uso da crase; sinônimos, homônimos e antônimos; Fonemas e letras; Substantivo; Adjetivo; Artigo; Numeral; Verbos; Conjugação de verbos; Pronomes; Encontros vocálicos; Encontros consonantais e dígrafo; Tonicidade das palavras; Sílaba tônica; Sujeito e predicado; Formas nominais; Locuções verbais; Adjuntos adnominais e adverbiais; Termos da oração; Concordância nominal; Concordância verbal; Regência verbal; Vozes verbais; Regência nominal; Aposto; Vocativo; Interjeição; Funções e Empregos das palavras “que” e “se”; Uso do "Porquê"; Comparações; Criação de palavras; Uso do travessão; Discurso direto e indireto; Imagens; Pessoa do discurso; Relações entre nome e personagem; História em quadrinhos; Relação entre ideias; Intensificações; Personificação; Oposição; Provérbios; Discurso direto; Onomatopeias; Oposições; Repetições; Relações; Expressões ao pé da letra; Palavras e ilustrações; Metáfora; Associação de ideias. LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO.
  • Matemática/raciocínio lógico - Números inteiros; Números Naturais; Numeração decimal; Operações fundamentais como: Adição, Subtração, Divisão e Multiplicação; Antecessor e Sucessor; Medindo o tempo: horas, minutos e segundos; Problemas matemáticos; radiciação; potenciação; máximo divisor comum; mínimo divisor comum; Sistema de medidas: medidas de comprimento, superfície, volume, capacidade, tempo e massa; problemas usando as quatro operações. Conjunto de números: naturais, inteiros, racionais, irracionais, reais, operações, expressões (cálculo); Porcentagem; Juros Simples; Regras de três simples e composta; Sistema Monetário Nacional (Real); Equações: 1º e 2º graus; Inequações do 1º grau; Expressões Algébricas; Fração Algébrica; Sistemas de numeração; Operações no conjunto dos números naturais; Operações fundamentais com números racionais; Múltiplos e divisores em N; Radiciação; Conjunto de números fracionários; Operações fundamentais com números fracionários; Problemas com números fracionários; Números decimais; introdução à geometria; Geometria Plana: Plano, Área, Perímetro, Ângulo, Reta, Segmento de Reta e Ponto; Teorema de Tales; Teorema de Pitágoras; Noções Básicas de trigonometria; Relação entre grandezas: tabelas e gráficos; Avaliação de sequência lógica e coordenação viso-motora, orientação espacial e temporal, formação de conceitos, discriminação de elementos, reversibilidade, sequência lógica de números, letras, palavras e figuras. Problemas lógicos com dados, figuras e palitos. Compreensão do processo lógico que, a partir de um conjunto de hipóteses, conduz, de forma válida, a conclusões determinadas. Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. Compreensão e elaboração da lógica das situações por meio de: raciocínio verbal, raciocínio matemático, raciocínio quantitativo e raciocínio sequencial. 
     

Sobre Prefeitura Campina do Monte Alegre

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.

Comentários

Mais Lidas