Tudo Sobre

Concurso CG DF

Concurso CGDF: edital para auditor conta com previsão no orçamento

Concurso CGDF (Controladoria Geral do Distrito Federal) será para o cargo de auditor de controle externo, com exigência de nível superior



Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 12/08/2020, às 09h45 - Atualizado às 15h31

Concurso CGDF: sede da CGDF
Divulgação

O novo concurso CGDF (Controladoria Geral do Distrito Federal) já consta com previsão na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2021. Desta forma, ao que tudo indica, o aguardado edital, que vem sendo anunciado desde 2020, tende a ser finalmente liberado no decorrer do próximo ano. De acordo com o documento, a oferta será de 43 vaga para o preenchimento imediato, mas é possível que a seleção também seja destinada a formar cadastro reserva de pessoal. Todas as oportunidades serão para a carreira de auditor de controle interno. Para concorrer a tal função é necessário possuir curso de nível superior em qualquer área de formação. A remuneração inicial ainda será confirmada. Novas informações serão anunciadas em breve.

O quantitativo é bastante inferior ao inicialmente anunciado em 2018, que era de 234 vagas, sendo 87 para provimento imediato e 147 destinado à formação de cadastro reserva de pessoal.

A seleção já conta com comissão formada desde 2018. Desta forma, é possível que, com a previsão orçamentárias, os preparativos sejam retomados, no que diz respeito aos processos de elaboração do edital e escolha da banca organizadora, mesmo ainda não existindo uma data precisa para a liberação do edital 

concurso CGDF: saiba como foi a última seleção

O último concurso CGDF ocorreu em 2013, com uma oferta de 60 vagas para auditor de controle interno, sendo 30 na especialidade de finanças e controle e 30 para planejamento e orçamento. Sob a organização Fundação Universa, o processo seletivo constou das seguintes etapas:

  • Prova objetiva (eliminatório e classificatório);
  • Prova discursiva – redação (eliminatório e classificatório);
  • Sindicância de vida pregressa (eliminatório);
  • Curso de formação (classificatório e eliminatório);
  • Avaliação de títulos (classificatório).

A seleção registrou um total de 9.601 candidatos entre os dois cargos, o que corresponde a uma concorrência aproximada de 135 na especialidade de finanças e 185 na de planejamento.

concursosconcursos df (distrito federal)concursos 2020provas anteriores

Comentários

Mais Lidas