Publicado: 23/07/2018 - 11:04 | Atualizado: 23/07/2018 - 15:55
Publicado: 23/07/2018 - 11:04 | Atualizado: 23/07/2018 - 15:55

Fundação do ABC inscreve para concurso com 633 vagas

As chances no concurso da Fundação do ABC estão distribuídas entre os cargos de técnico de enfermagem e enfermeiro, que requerem níveis técnico e superior de ensino

Grande SP

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

A Fundação do ABC, por meio da Central de Convênios, abriu as inscrições do concurso público que preencherá 633 vagas do quadro de funcionários das unidades da rede de saúde do município de Santo André, situado na região metropolitana de São Paulo. Do total de ofertas, 255 são imediatas e 378 para formação de cadastro reserva (CR). 

Candidatos que concluíram o curso técnico de enfermagem e possuem registro no respectivo órgão de classe podem se inscrever para os cargos de técnico de enfermagem 180 horas nas áreas hospitalar (37 vagas + 56 CR) e urgência (99 +148 CR) e técnico de enfermagem 200 horas nas especialidades de atenção básica (34 + 51 CR), atenção especializada (3 + 4 CR) e hospitalar (1). Os salários iniciais são de R$ 1.660,63 para carga horária de 180 horas e R$ 1.845,14 para 200 horas. 

APOSTILAS CONCURSO FUNDAÇÃO ABC 2018 - TÉCNICO DE ENFERMAGEM E ENFERMEIRO

Aqueles que têm nível superior em enfermagem e registro no órgão de classe estão aptos às carreiras de enfermeiro 180 horas nas áreas de atenção especializada (1 + 1 CR), hospitalar (15 + 22 CR) e urgência (38 + 57 CR), enfermeiro 200 horas nas especialidades de atenção básica (9 + 13 CR), atenção especializada (2 + 3 CR), hospitalar (1 + 1 CR) e vigilância (2 + 3 CR) e enfermeiro ESF 200 horas - atenção básica (13 + 19 CR). As remunerações são de R$ 3.050,82 para carga horária de 180 horas e R$ 3.389,80 para 200 horas.

Participação no concurso da Fundação do ABC

A participação deverá ser garantida até o dia 12 de agosto, através do endereço eletrônico da GSA (www.gsaconcursos.com.br), empresa responsável pela organização e execução do processo de seleção. Os valores da taxa de participação são de R$ 45 para técnico de enfermagem e R$ 60 para enfermeiro. 

De acordo com o edital, os candidatos poderão optar por até duas inscrições, sendo ambas do mesmo cargo com cargas horárias diferentes (180 ou 200 horas).

O concurso da Fundação do ABC será constituído de uma única etapa: prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será aplicada no município de Santo André/SP no dia 26 de agosto, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser divulgado, oportunamente, no site da GSA.

Para o cargo de técnico de enfermagem, a avaliação contará com 40 questões, sendo dez de português, dez de noções de saúde pública e 20 de conhecimentos específicos. Já para enfermeiro serão 50 questões, sendo dez de português, dez de noções de saúde pública e 30 de conhecimentos específicos. 

Conteúdo programático comum a todos os cargos

Português - interpretação de texto. Acentuação gráfica. Ortografia. Divisão silábica. Pontuação. Adjetivos e substantivos (flexão). Verbos (tempos, modos e vozes). Pronome (emprego e colocação). Crase. Concordância verbal e nominal. Regência verbal e nominal. Estrutura e formação das palavras. Sintaxe: termos essenciais, integrantes e acessórios da oração. Significação das palavras: sinônimos, antônimos, parônimos e homônimos.

Noções de saúde pública - Políticas de Saúde: Organização dos serviços de saúde no Brasil, Sistema Único de Saúde: princípios e diretrizes, controle social, indicadores de Saúde, Sistema de vigilâncias em saúde epidemiológica, Endemias e epidemias: situação atual, medidas de controle e tratamento, Modelo Assistencial, Planejamento e programação local de saúde, Política Nacional de Humanização; Constituição Federal /88, Seção II - Da Saúde, Lei Federal nº 8.080 de 19/09/1990, Lei Federal nº 8.142 de 26/12/1990, Política Nacional de Atenção Básica à Saúde- Portaria 2488/2011 Estratégias de Saúde da Família Núcleos de Apoio à Saúde da Família. Cartilha de Direito e Deveres do usuário do SUS, redes de atenção à saúde, Política Nacional de Promoção de saúde, Política Nacional de Educação Permanente em saúde, Modelo de atenção e processo de trabalho no SUS. Determinantes do processo saúde-doença. Políticas de saúde e história das políticas de saúde no Brasil: retrospectiva histórica; reforma sanitária. Sistemas e serviços de saúde. Financiamento público e privado da saúde no Brasil. Controle social: conselhos e conferências de saúde. Conferências Nacionais de Saúde. Organização do SUS. Legislação estruturante, princípios e diretrizes do SUS; Constituição Federal de 1988; Lei 8.080/90 e Lei 8.142/90. Pacto pela Saúde, de Gestão e pela Vida. Planejamento e Gestão em saúde. Modelos de atenção à saúde. Vigilância à Saúde: noções básicas. Programas nacionais de saúde; Promoção da saúde. Política Nacional de Humanização. Atenção Primária à Saúde: conceitos, princípios e organização no Brasil. História da APS. Estratégia de Saúde da Família: histórico, processo de implantação, organização e normatizações. Princípios e Diretrizes. Processo de Trabalho em Saúde. Vigilância à saúde. Epidemiologia básica: indicadores de saúde; sistemas de informações; métodos epidemiológicos; principais agravos de interesse público. Demografia básica: perfis nacionais, alterações recentes e perspectivas.

Vídeos Fundação ABC Santo André

Mais Lidas

Mais Recentes

Shopping