Vários cargos

Concurso em Gramado RS recebe inscrições para 108 vagas

As chances do edital são para candidatos de todos os níveis escolares, com remunerações que chegam a R$ 13 mil

Patricia Lavezzo
Publicado em 05/12/2018, às 13h21

No Estado do Rio Grande do Sul, o município de Gramado está com inscrições abertas em três editais de concurso público que somam 108 vagas, além de formação de cadastro reserva (CR). Ofertas serão lotadas na prefeitura, câmara e Gramadotur. 

Quem tem o ensino fundamental pode disputar as funções de auxiliar de receptivo turístico (1 vaga + CR), motorista I (4 + CR), cozinheiro I (3 + CR), operador de máquinas leve (CR), operador de máquinas pesada (CR), operário II (10 + CR) e pedreiro I (CR). 

Para ensino médio e/ou curso técnico, as chances são para os cargos de atendente de farmácia (CR), técnico agrícola (2 + CR), técnico em enfermagem (1 + CR), técnico em informática (1 + CR), tesoureiro (CR), agente de trânsito (CR), auxiliar administrativo (5 + CR), assistente administrativo (1 + CR), assistente de eventos (1 + CR), auxiliar de consultório dentário (CR), design gráfico (CR), fiscal de posturas (5 + CR), monitor de educação (20 + CR), monitor de laboratório de informática (5 + CR), monitor socioeducativo (5 + CR) e regente (CR).

Nível superior é requisito para os postos de advogado (2 + CR), analista RH (CR), analista de sistemas (CR), analista de comunicação (1 + CR), arquiteto (CR), assessor de gestão de projetos culturais (CR), assistente social (CR), auditor tributário (CR), bibliotecário (CR), biólogo (CR), cirurgião dentista (CR), contador (CR), enfermeiro (1 + CR), enfermeiro sanitarista (CR), engenheiro cartográfico (CR), engenheiro civil (1 + CR), engenheiro de segurança do trabalho (1 + CR), engenheiro eletricista (CR), engenheiro orçamentista (1 + CR), engenheiro químico (1 + CR), engenheiro sanitarista (CR), farmacêutico (CR), fiscal ambiental I (2 + CR), fiscal de engenharia e licença (CR), fiscal sanitário (CR), fisioterapeuta (CR), médico em diversas especialidades (1 + CR), museólogo (1 + CR), nutricionista (CR), psicólogo (1 + CR), terapeuta ocupacional (CR), turismólogo (CR), educador infantil (4 + CR), orientador educacional (3 + CR), supervisor pedagógico (3 + CR) e professor em diversas áreas (21 + CR). 

As remunerações iniciais oferecidas partem de R$ 1.324,28 e chegam a R$ 13.036,20. 

Concurso Gramado RS: inscrições e prova

A participação deverá ser garantida até o dia 2 de janeiro de 2019, exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico www.fundatec.org.br. Os valores da taxa de inscrição são de R$ 60 (ensino fundamental), R$ 90 (níveis médio e técnico) e R$ 150 (formação superior). 

Todos os candidatos serão submetidos à prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, raciocínio lógico, legislação, fundamentos da educação e/ou conhecimentos específicos. 

A avaliação será aplicada no município de Gramado/RS nas datas previstas de 9 e 10 de fevereiro de 2019, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser divulgado em momento oportuno. 
 

Sobre Prefeitura Gramado

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.

Comentários

Mais Lidas