Tudo Sobre

Concurso MDR 2021

Concurso MDR: novo pedido enviado para 206 vagas

Novo concurso MDR (Ministério do Desenvolvimento Regional) poderá ocorrer para cargos de níveis médio e superior, com iniciais de até R$ 11,2 mil



Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 28/05/2021, às 13h21 - Atualizado às 14h17

Concurso MDR: sede do MDR
Divulgação

Um novo concurso MDR (Ministério do Desenvolvimento Regional) está em pauta para ocorrer até 2022. Acontece que o órgão já confirmou o envio de pedido de autorização para novo certame ao Ministério da Economia. A intenção do órgão é preencher 206 vagas, sendo 51 para cargos com exigência de ensino médio e 155 para nível superior, com remunerações iniciais de até R$ 11.208,80. Agora, o certame aguarda um aval por parte do governo para ter seus preparativos iniciados.

No caso de ensino médio, o pedido é para 48 vagas para o cargo de assistente técnico administrativo, que pede apenas a escolaridade, com inicial de R$ 5.640,09, além de mais 3 para o cargo de técnico em contabilidade, com necessidade de formação específica. Neste caso, o inicial é de R$ 8.255,72.

Para nível superior, a distribuição de vagas por cargos é a seguinte: analista técnico administrativo (65), arquiteto (5), analista técnico de políticas sociais (2), assistente social (9), contador (5), economista (18), engenheiro (31), engenheiro agrônomo (7), engenheiro civil (1), engenheiro florestal (2), estatístico (3), geógrafo (2), geólogo (2),  meteorologista (1) e técnico em comunicação social (1). As remunerações iniciais variam de R$ 8.255,72 a R$ 11.208,80.

Concurso MDR: saiba como foi a última seleção

O último concurso MDR  ocorreu em 2020, quando foram oferecidas 249 vagas para preenchimento em caráter temporário.  As oportunidades foram destinadas a ex-servidores já aposentados pelo Regime Próprio de Previdência Social da União. O contrato de trabalho contou com duração de 12 meses, com possibilidade de prorrogação por mais 12.

As ofertasforam  para engenheiro (144 postos) e analista administrativo (105). A primeira carreira requer formação em engenharia ou arquitetura, enquanto a segunda pode ser disputada por graduados em qualquer área.

Além da de Brasília/DF, o chamamento público disponibilizou postos para trabalhar nas cidades de Fortaleza/CE, Salvador/BA, Belo Horizonte/MG, Belém/PA, Recife/PE, Rio de Janeiro/RJ e Porto Alegre/RS.

concursosconcursos federaisconcursos 2022provas anteriores

Comentários

Mais Lidas