MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Concurso Nacional Unificado: mais de 500 mil vão fazer a prova sem pagar inscrição

Nesta segunda-feira, 29 de janeiro, foi divulgado o resultado dos pedidos de isenção da taxa de inscrição para o Concurso Nacional Unificado (CNU). Saiba como consultar

Notas de cem reais e moedas de um real ao lado do logo do Concurso Nacional Unificado
Notas de cem reais e moedas de um real ao lado do logo do Concurso Nacional Unificado - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 29/01/2024, às 16h38 - Atualizado em 30/01/2024, às 23h10

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Nesta segunda-feira, 29 de janeiro, foi divulgado o resultado dos pedidos de isenção da taxa de inscrição para o Concurso Nacional Unificado(CNU). Dos 662.018 pedidos recebidos até a última sexta-feira, 78,17% foram aceitos, beneficiando 517.468 candidatos que agora poderão realizar a prova sem a necessidade de pagamento.

Os candidatos que tiveram seus pedidos inicialmente negados têm até amanhã, 30 de janeiro, para apresentar recurso. Todo o processo, desde a solicitação até a análise recursal, é realizado pelo site oficial do concurso (https://cpnu.cesgranrio.org.br/login), onde os candidatos devem fazer o login utilizando a conta GOV.BR.

A análise recursal será concluída até o dia 5 de fevereiro, e o resultado final será publicado em 6 de fevereiro. Têm direito à isenção da taxa de inscrição aqueles que estão no Cadastro Único (CadÚnico), os que fazem ou fizeram ensino superior pelo ProUni ou Fies, além dos doadores de medula óssea.

Os doadores devem anexar o REDOME – que é o Registro Brasileiro de Doadores Voluntários de Medula Óssea, emitido pelo INCA por meio do aplicativo – ou laudo emitido por médico inscrito no Conselho Regional de Medicina que comprove a doação.

Aqueles que tiverem seus recursos negados terão até o dia 9 de fevereiro, último dia de inscrição, para efetuar o pagamento da taxa e concorrer a uma das 6.640 vagas oferecidas pelos 21 órgãos participantes do concurso CNU.

Fique de olho no cronograma dos pedidos de isenção:

  • 29/jan: Resposta se foi aceita a isenção ou não
  • 30/jan: Prazo para recorrer do pedido de isenção
  • 6/fev: Resposta final sobre pedido de isenção
  • 9/fev: Prazo final para pagamento da taxa pelos que tiveram o pedido de isenção negado

+Concurso Nacional Unificado retifica os 8 editais; Confira todas as alterações

Inscrição com pagamento de taxa

Os interessados em participar do Concurso Nacional Unificado que não solicitaram isenção têm até o dia 9 de fevereiro para realizar a inscrição e efetuar o pagamento da taxa. O valor é de R$ 60 para cargos de nível médio e R$ 90 para os de nível superior.

A inscrição deve ser feita no Portal GOV.BR, sendo necessário possuir uma conta GOV.BR de nível bronze, prata ou ouro, que pode ser criada por qualquer pessoa com CPF por meio do aplicativo (iOS e Android) ou no próprio site gov.br.

O modelo inovador permite que cada candidato concorra a vários cargos em diferentes órgãos, realizando uma única prova e pagando apenas uma taxa de inscrição. É possível se inscrever para todas as vagas do mesmo bloco temático, sendo necessário indicar a ordem de preferência para convocação e posse. Só é permitido se candidatar para um bloco temático e é aceita uma única inscrição por CPF.

CNU blocos

Provas e Resultados

Conhecido como o "Enem dos concursos", o CNU selecionará servidores para órgãos e entidades da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional. A prova será aplicada dia 5 de maio, em 220 cidades, em dois turnos, com questões objetivas específicas e dissertativas por área de atuação.

Os resultados das provas objetivas e preliminares das provas discursivas e redações serão divulgados em 3 de junho, enquanto os resultados finais sairão em 30 de julho. A etapa de convocação para posse e realização de cursos de formação começará em 5 de agosto.

O Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) destaca que o concurso CNU é fundamental para a reconstrução do Estado brasileiro, promovendo a recuperação das capacidades governamentais. O concurso, capilarizado e democrático, busca construir um serviço público com a cara do Brasil.

Saiba mais sobre o Concurso CNU

O CNU oferece 6.640 vagas em 21 órgãos, com 692 vagas para nível médio e o restante para nível superior. Cerca de mil vagas não requerem curso superior específico, podendo ser disputadas por qualquer pessoa com graduação, independente da área de formação. Os salários variam de R$ 3.741 a R$ 22.921.

A ministra da Gestão e Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, destaca que o concurso unificado, ao ser aplicado em todos os estados brasileiros, promove diversidade ao permitir que candidatos de todo o país concorram às vagas. A diversidade, segundo ela, contribui para pensar soluções inovadoras de acordo com as múltipolas realidades das pessoas num país tão diverso como o Brasil. 

Todas as informações sobre o concurso estão disponíveis no página gov.br/concursonacional.

+++Acompanhe o andamento do processo seletivo na página do Concurso Nacional Unificado.

Siga o JC Concursos no Google News

+ Resumo do Concurso Nacional Unificado 2024

Governo Federal
Vagas: 6640
Taxa de inscrição: De R$ 60,00 Até R$ 90,00
Cargos: Médico, Contador, Engenheiro
Áreas de Atuação: Administrativa, Saúde
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 3741,84 Até R$ 22921,71
Organizadora: Fundação Cesgranrio
Estados com Vagas: AC, AL, AP, AM, BA, CE, DF, ES, GO‍, MA, MT, MS, MG, PA, PB, PR, PE, PI, RJ, RN, RS, RO, RR, SC, SP, SE, TO

+ Agenda do Concurso

19/01/2024 Abertura das inscrições Adicionar no Google Agenda
09/02/2024 Encerramento das inscrições Adicionar no Google Agenda
05/05/2024 Prova Adicionar no Google Agenda
SociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.