Tudo Sobre

Concurso PF (Polícia Federal) 2021

Concurso PF: "edital sai em janeiro", reforça presidente Bolsonaro

O edital do concurso PF (Polícia Federal) deve sair nos próximos dias e depende apenas de ajustes finais com o Cebraspe. Serão 1500 vagas de nível superior, até R$ 22,6 mil



Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 11/01/2021, às 08h41 - Atualizado às 14h49

Concurso PF: servidores da Polícia Federal
Divulgação

O edital do aguardado  concurso PF (Polícia Federal) está em fase de ajustes finais com a banca, o  Cebraspe e deve ser publicado já no decorrer dos próximos dias. A novidade é que a informação foi ratificada no último domingo, 10 de janeiro, pelo próprio presidente Jair Bolsonaro. Em sua conta no twitter, o presidente disse "O edital do concurso histórico da Polícia Federal deverá ser publicado ainda este mês". Com a liberação do edital em janeiro, os candidatos devem reforçar os estudos, tendo em vista que a aplicação das provas objetivas deverá ocorrer já em março. Os interessados devem ficar de sobreaviso

No último dia 6 de janeiro foi publicada, em diário oficial, a portaria 25.634, do Ministério da Economia, que permite a aplicação das provas dois meses após a publicação do edital. Isso representa uma exceção no funcionalismo público federal. O decreto 9739, de 2019,do presidente Bolsonaro, determina um prazo de quatro meses entre a publicação do edital e a aplicação das provas em concursos federais.  Porém, a PF solicitou aval da economia para reduzir esse período  no caso do novo concurso, no sentido de permitir realizar o curso de formação ainda em 2021. 

Concurso PF (Polícia Federal):   saiba mais sobre a seleção

O concurso PF contará com uma oferta de 1.500 vagas para preenchimento imediato. Além disso, de acordo com o diretor-geral da corporação, Rolando Alexandre, outras 500 deverão ser preenchidas logo em seguida, com o objetivo de completar as 2000 vagas inicialmente anunciadas por Bolsonaro. Todas as oportunidades são para cargos da área policial, com exigência de nível superior e iniciais de até R$ 22.672,48.

A distribuição de vagas por cargos é a seguinte: agente (893 postos), delegado (123), escrivão (400) e papiloscopista (84).  As remunerações iniciais são de R$ 11.983,26 para agente, escrivão e papiloscopista e R$ 22.672,48 para delegado. 

Concurso PF (Polícia Federal): saiba como foi a última seleção

O último concurso PF, em 2018, contou com uma oferta de 500 vagas, sendo 150 para delegado, 60 para perito criminal, 80 para escrivão, 30 para papiloscopista e 180 para agente. Ao todo, a seleção registrou 147.744 inscritos. Para todos os cargos foi exigida formação de nível superior, com iniciais de R$ 11.983,26 para agente, escrivão e papiloscopista e R$ 22.672,48 para delegado e perito. 

No caso de delegado, a prova objetiva contou com 120 questões e a dissertativa, com  três questões e elaboração de peça profissional

Para agente, escrivão e papiloscopista, a parte objetiva contou com 120 questões, em três blocos, com 60 no bloco I, 36 no II e 24 no III, além de texto dissertativo

No caso de delegado, posteriormente a seleção contou com exames de aptidão física, prova oral, avaliação médica, exame psicológico e títulos.

Para agente e papiloscopista, aptidão física, avaliação médica e psicológica e, no caso de escrivão, aptidão física, prova prática de digitação, avaliação médica e exames psicológicos.

No caso de delegado, o conteúdo incluiu temas de direito administrativo, constituicional, civil, processual civil, empresarial, direito internacional público e cooperação internacional, direito penal, direito processual penal, criminologia, direito previdenciário e direito financeiro e tributário.

Para agente de polícia, no bloco I, língua portuguesa, noções de direito administrativo, noções de direito constitucional, noções de direito penal e processual penal, legislação especial, estatística e raciocínio lógico. No bloco II, informática. No bloco III, contabilidade geral.

Para escrivão, no bloco I, língua portuguesa, noções de direito administrativo, noções de direito constitucional, noções de direito penal e processual penal, legislação especial, estatística e raciocínio lógico. No bloco II, informática e no bloco III, contabilidade geral e arquivologia.    

Para papiloscopista, no bloco I, língua portuguesa, noções de direito administrativo, noções de direito constitucional, noções de direito penal e processual penal, legislação especial, estatística e raciocínio lógico. No bloco II, informática, e no bloco III, arquivologia, biologia, física e química 

+ Resumo do Concurso PF (Polícia Federal) 2021

PF - Polícia Federal
Vagas: 1500
Taxa de inscrição: De R$ 180,00 Até R$ 250,00
Cargos: Delegado, escrivão, Papiloscopista, Agente Policial
Áreas de Atuação: Segurança Pública
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 12522,00 Até R$ 23692,00
Organizadora: Cebraspe
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

+ Agenda do Concurso

30/03/2021 Abertura das inscrições Adicionar no Google Agenda
01/04/2021 Encerramento das inscrições Adicionar no Google Agenda
23/05/2021 Prova Adicionar no Google Agenda
concursosconcursos 2021concursos federaisprovas anteriores

Comentários

Mais Lidas