Tudo Sobre

Concurso PF (Polícia Federal)

Concurso PF: Associação cobra vagas para peritos

Novo concurso PF (Polícia Federal) conta com edital para até 2.508 vagas previsto para ser publicado até dezembro, para diversos cargos



Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 07/08/2020, às 12h23 - Atualizado às 15h17

Concurso PF: viatura da Polícia Federal
Divulgação

O aguardado concurso PF (Polícia Federal), que aguarda apenas aval do governo, mas conta com previsão de ter seu edital de abertura de inscrições publicado até dezembro, de acordo com declaração do diretor-geral da corporação,  Rolando Alexandre de Souza, tem gerado descontentamento pela falta de inclusão de oportunidades para a carreira de perito. De acordo com as informações divulgadas continuamente, a expectativa é de 2.000 vagas para áreas policiais e possivelmente mais 508 para a área administrativa. Porém, as primeiras englobam apenas as carreiras de agente, delegado, escrivão e papiloscopista. Neste sentido, o presidente da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), Marcos de Almeira, divulgou, por meio de redes sociais, que uma nova autorização de concurso também está sendo solicitada ao governo federal, para o preenchimento de 200 vagas para a carreira. 

De acordo com ele, "fazer concurso para a Polícia Federal sem contemplar a perícia criminal federal é completamente equivocado". A expectativa é de que alguma novidade sobre a inclusão de postos de perito seja anunciada em breve, mas ainda não há nenhum confirmação oficial neste sentido.

Por enquanto, o que está confirmado é que seleção será destinada para quem possui  ensino médio  e nível superior, com remunerações iniciais que variam de R$ 4.746,16 a R$ 7.841,95, com jornada de trabalho de 40 horas semanais

A distribuição das 2.000 vagas, já confirmadas,  para as áreas policiais é a seguinte: agente (1016), delegado (300), escrivão (600) e papiloscopista (84). 

Já os 508 postos administrativo estão distribuídos da seguinte forma: agente administrativo (349), administrador (21),  arquivista (8), assistente social (10), bibliotecário (1), contador (9),  economista (3), enfermeira (3), engenheiro (1), estatístico (4), farmacêutico (1), médico (65), nutricionista (1), odontólogo (11), psicólogo (5), técnico em assuntos educacionais (13) e técnico em comunicação social (3). 

Concurso PF: Cargos solicitados

No pedido de liberação de verbas do concurso PF (Polícia Federal), para os cargos já definidos da área administrativa, o destaque é para a carreira de agente administrativo, que pede apenas ensino médio e conta com remuneração inicial de R$ 4.746,16, incluindo 2.279,16 de salário básico e R$ 2.467 de gratificação de desempenho de atividade de apoio técnico administrativo.

Para os médicos, o inicial é de R$ 7.841,95, incluindo o salário básico de R$ 4.804,95 e a gratificação, no valor de R$ 3.037.

Para os cargos de nível superior, iniciais de R$ R$ 11.983,26 para agente, escrivão e papiloscopista e R$ 22.672,48 para delegado.

 

+ Resumo do Concurso PF (Polícia Federal)

PF - Polícia Federal
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Delegado, escrivão, Perito, Agente Policial
Áreas de Atuação: Segurança Pública
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário:
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

concursosconcursos federaisconcursos 2020provas anteriores

Comentários

Mais Lidas