Campo Grande MS: inscrições abertas para 300 vagas

Oportunidades são para auxiliar pedagógico. Prazo para quem pretende se candidatar vai até as 22h desta quinta-feira (6)

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro
Publicado: 05/12/2018 - 11:38 | Atualizado: 05/12/2018 - 11:42

Foram abertas nesta quarta-feira (5) as inscrições para o processo seletivo da Prefeitura de Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, destinado a preencher 300 vagas de auxiliar pedagógico especializado, além de formar cadastro reserva.  

Será possível se candidatar somente até as 22h desta quinta-feira (6), mediante a realização de cadastro pelo link http://www.campogrande.ms.gov.br/seges/processoseletivo/. Não há cobrança de taxa.  

Os interessados devem possuir curso superior na área da educação, além de especialização lato sensu concluída ou em andamento – neste caso, a finalização deve ocorrer até a data da posse. 

Os contratados no concurso da Prefeitura de Campo Grande atuarão nos Centros de Educação Infantil (Ceinfs) e em escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme). A jornada semanal é de 20 horas. O salário atual do cargo, no entanto, não é informado no edital

A seleção dos candidatos ocorrerá por meio de análise de títulos, de caráter eliminatório e classificatório. A divulgação do resultado final está prevista para ocorrer até 30 de janeiro.  

Concurso Prefeitura Campo Grande: atribuições do auxiliar pedagógico

a) atuar na sala de aula e nos espaços físicos das unidades de ensino para viabilizar o acesso dos alunos público-alvo da educação especial que pertencerem ao grupo destinado ao específico atendimento, aos conhecimentos e conteúdos curriculares, por meio da adequação de atividades didático-pedagógicas e da disponibilização de recursos de acessibilidade; b) promover a interação e a integração do aluno na sala de aula, nos diferentes espaços da unidade de ensino e em eventos promovidos pela Divisão de Educação Especial/DEE/ SEMED, quando lhe for solicitada a presença; c) organizar as estratégias e os recursos, a partir das necessidades específicas descritas no estudo de caso do aluno para a elaboração do plano educacional individualizado, com base no planejamento do professor regente, em consonância ao referencial curricular previsto para o ano letivo do aluno; d) registrar o processo de desenvolvimento da aprendizagem do aluno, com anotações das intervenções e adequações didático-pedagógicas e os resultados alcançados, por meio de diário de bordo e relatório bimestral; e) compilar, periodicamente, as intervenções pedagógicas e os resultados do desenvolvimento da aprendizagem do aluno, por meio de portfólio, para subsidiar o professor regente no processo avaliativo durante o período letivo; f) participar das reuniões pedagógicas, dos conselhos de classe e demais encontros que se fizerem necessários, a fim de que haja a troca de informações importantes para o desempenho do aluno; g) auxiliar e orientar os alunos nas atividades de vida diária, tais quais assessorar na higiene, alimentação e mobilidade do aluno, tanto na unidade de ensino quanto em atividades escolares externas; h) participar dos encontros de formação continuada, palestras, fóruns, cursos e encontros oferecidos pela Divisão de Educação Especial/DEE/SEMED; i) ter domínio das diferentes tecnologias de informação, comunicação alternativa/ aumentativa e tecnologia assistiva; j) atender aos alunos público-alvo da educação especial, designados pelos técnicos da Divisão de Educação Especial/DEE/SEMED, nos espaços físicos das unidades de lotação, no que abrange as atribuições previstas na Resolução n. 188, de 5 de novembro de2018, e outras que se fizerem necessárias;
 

Vídeos Prefeitura Campo Grande

Concursos Relacionados

Mais Lidas

Mais Recentes

Shopping