Todos os níveis

Aberto concurso para seis vagas em Cesário Lange SP

Concurso da Prefeitura de Cesário Lange tem vagas para auxiliar, instrutor, controlador interno, coordenador e professor. Inscrições vão até 10 de fevereiro

0,00(0.0%)0 voto(s)

Samuel Peressin
Publicado em 14/01/2019, às 15h06

No interior de São Paulo, a Prefeitura de Cesário Lange abriu inscrições para um concurso público que oferece seis vagas distribuídas entre funções de todas as escolaridades.

Para disputar a carreira de auxiliar de desenvolvimento infantil (1 posto e salário de R$ 1.273,50) basta possuir nível fundamental.

Ensino médio é requisito para instrutor de dança (1 - R$ 1.766,74) e instrutor de artes cênicas (1 - R$ 1.766,74).

O edital tem cargos de nível superior para controlador interno (1 - R$ 3.965,53), coordenador pedagógico (1 - R$ 2.818,31) e professor de educação física (1 - R$ 15,53 por hora/aula). 

As inscrições seguem disponíveis até 10 de fevereiro, devendo ser efetuadas pelo site www.publiconsult.com.br. São cobradas taxas de R$ 8,40 (auxiliar e instrutor) e R$ 11,20 (controlador, coordenador e professor). 

Provas

Com aplicação em 24 de fevereiro, a avaliação objetiva trará 35 questões de múltipla escolha para serem solucionadas em, no máximo, três horas.

No mesmo dia, os concorrentes aos postos de coordenador e professor deverão entregar os documentos relativos à análise de títulos. 

A validade do concurso será de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério da Prefeitura de Cesário Lange, conforme estabelece o edital.

O que estudar para a prova de auxiliar de desenvolvimento infantil

Língua portuguesa - Leitura e interpretação de textos literários e não literários – descrição, narração, dissertação, etc. Novo acordo ortográfico da Língua Portuguesa. Fonética: Encontros vocálicos – ditongo, tritongo, hiato. Encontros consonantais. Dígrafos. Classificação das palavras quanto ao número de sílabas - monossílabas, dissílabas, trissílabas, polissílabas. Divisão silábica. Sílaba tônica. Classificação das palavras quanto ao acento tônico - oxítonas, paroxítonas, proparoxítonas. Ortoepia. Prosódia. Ortografia. Acentuação Gráfica. Crase. Abreviatura, siglas e símbolos. Classificação e flexão das palavras - substantivo, artigo, adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição, conjunção, interjeição, etc. Semântica: Significação das palavras – sinônimos e antônimos. Termos Essenciais da Oração - sujeito, predicado. Sinais de Pontuação – emprego da vírgula, ponto-e-vírgula, dois-pontos, ponto final, ponto de interrogação, ponto de exclamação, reticências, parênteses, travessão, aspas, colchetes, asterisco, parágrafo. Sintaxe de concordância – nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Sintaxe de colocação. Modos e tempos verbais, infinitivo, gerúndio e particípio. Bibliografia referencial: BECHARA, Evanildo. Moderna Gramática Portuguesa. Nova Fronteira, 2015. CEGALLA, D. P. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia Editora Nacional, 2007. HOUAISS, Antonio. Dicionário Houaiss de Sinônimos e Antônimos. Publifolha, 2011. MICHAELIS Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa (http://michaelis.uol.com.br). ROCHA LIMA. Gramática Normativa da Língua Portuguesa. José Olympio, 53ª ed. 2017. SENADO FEDERAL. Acordo ortográfico da Língua Portuguesa, 2013. Sites para estudo do conteúdo: http://portugues.uol.com.br/, http://www.soportugues.com.br, https://www.conjugacao.com.br/, http://brasilescola.uol.com.br.

Matemática - Números inteiros: operações e propriedades. Números racionais, representação fracionária e decimal: operações e propriedades. Razão, proporção e progressões. Porcentagem. Regra de três simples e composta. Equação do 1.º grau. Média, mediana e moda. Sistema métrico: medidas de tempo, comprimento, superfície e capacidade. Relação entre grandezas: tabelas e gráficos. Coleta, organização e apresentação de dados. Raciocínio lógico. Reconhecimento de sequências e padrões Compreensão de estruturas lógicas. Dedução. Conclusão. Verificação da verdade dos argumentos. Bibliografia referencial: IMENES, Luiz Márcio; MILANI, Estela; LELLIS, Marcelo. Matemática – Projeto Presente - 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Editora Moderna, 3ª ed. 2012. MORGADO. Augusto C.; CESAR, Benjamim. Raciocínio Lógico-Quantitativo, Campus/Elsevier, 2010. GYURICSA. Gyorgy Laszlo. Lógica de Argumentação, Yalis Editora, 2006. Sites para estudo do conteúdo: www.somatematica.com.br, www.matematiques.com.br, www.brasilescola.com.br/matematica.

Conhecimentos gerais e atualidades - Questões de conhecimentos gerais e atualidades relacionadas à Política, Economia, Sociedade, Saúde e Nutrição, Ciências e Tecnologia, Meio Ambiente, Educação, Cultura, Esporte, Religião, História (Brasil e Mundo), Geografia (Brasil e Mundo). Bibliografia referencial e sites para estudo do conteúdo: Revistas de atualidades (Veja, Isto é, Época, etc.); sites de notícias (www.folhaonline.com.br, www.estadao.com.br, www.uol.com.br/noticias, www.g1.com.br, www.terra.com.br, etc.).

Conhecimentos específicos - Direitos e Proteção da criança. Deveres e obrigação do Agente de Desenvolvimento Infantil. Os fazeres e as atividades na educação infantil. Leitura, brincadeiras, música e jogos na educação infantil. Tópicos do Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil: A criança; Educar; Cuidar; Brincar; Interação; Diversidade e individualidade; crianças com necessidades especiais. Organização do espaço. Organização do tempo. Utilização adequada de materiais em atividades. Recepção dos alunos. Atendimento de pais. Controle de acesso. Controle de frequência e evasão. Controle e movimentação do aluno. Orientação aos alunos quanto às normas da Escola. Controle e movimento dos alunos nas imediações da Escola. Disciplina e vigilância dos alunos. Direitos das crianças em ambiente de creche: brincadeira; atenção individual; ambiente aconchegante, seguro e estimulante; contato com a natureza; higiene e saúde; alimentação sadia; desenvolvimento da curiosidade, imaginação e capacidade de expressão; movimento em espaços amplos; proteção, afeto e amizade; expressão dos sentimentos; especial atenção durante seu período de adaptação à creche; desenvolvimento da identidade cultural, racial e religiosa. Cuidando de crianças. Cuidando da alimentação. Cuidando da Higiene. Protegendo e cuidando quando as crianças ficam doentes. Cuidados para não machucar. Cuidando dos direitos das crianças. Cuidando do direito da criança à participação. Cuidando do desenvolvimento da criança. Recomendações com relação aos cuidados para o desenvolvimento da criança: Recém-nascido, do nascimento à 1ª semana; Da 1ª semana 6 meses de idade; Dos 6 aos 9 meses de idade; Dos 9 aos 12 meses de idade; Dos 12 meses aos 2 anos de idade; Dos 2 anos de idade em diante. Higiene e segurança na escola. Prevenção de acidentes. Noções de Primeiros Socorros na Escola. Telefones de emergência: Pronto Socorro, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Violência contra Crianças, Defesa Civil. Bibliografia referencial: BRITO. Teca Alencar de. Música na Educação Infantil. São Paulo: Ed. Peirópolis, 2003. FERREIRA, Maria Clotilde Rossetti (org.). Os fazeres na educação infantil. São Paulo: Cortez, 2011. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil: Volume 1 – Introdução. Critérios para um atendimento em creches que respeite os direitos fundamentais das crianças. Estatuto da Criança e do Adolescente: Das disposições preliminares - artigos 1º ao 6º. Do Direito à Vida e à Saúde – artigos 7º ao 14. Do Direito à Liberdade, ao Respeito e à Dignidade – artigos 15 a 18-B. Do Direito à Convivência Familiar e Comunitária – artigos 19 a 24. Da Prevenção – artigos 70 a 73. Do Direito à Educação, à Cultura, ao Esporte e ao Lazer - artigos 53 a 59. Da Autorização para Viajar – artigos 83 a 84. Toda hora é hora de cuidar – Unicef, 2003. Cuidados para o desenvolvimento da criança: Manual de Orientação à Famílias, Programa Criança Feliz – Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, 2012. Primeiros Socorros e Prevenção de Acidentes Aplicados ao Ambiente Escolar – UEM, 2008. Telefones de emergência.
 

Sobre Prefeitura Cesário Lange

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.

Comentários

Mais Lidas