Uma vaga

Coronel Pilar RS realiza concurso para farmacêutico

Inscrições terminam em 14 de novembro. Cargo exige ensino superior e paga R$ 2,9 mil

0,00(0.0%)0 voto(s)

Samuel Peressin
Publicado em 07/11/2018, às 10h00

O município de Coronel Pilar, no Rio Grande do Sul, oferece uma vaga para farmacêutico por meio de concurso público realizado pela prefeitura.

Com salário de R$ 2.968,12 e jornada semanal de 40 horas, o cargo exige curso superior e registro no conselho da categoria.

As inscrições terminam em 14 de novembro, devendo ser efetuadas pelo site www.legalleconcursos.com.br. O valor da taxa é de R$ 120,60.

Agendada para 8 de dezembro, a prova objetiva terá 40 questões abordando língua portuguesa, matemática, informática, legislação e conhecimentos específicos.

O concurso da Prefeitura de Coronel Pilar será válido por dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal, conforme prevê o edital.

Concurso Prefeitura Coronel Pilar: atribuições do farmacêutico

Manipular drogas de várias espécies; aviar receitas, de acordo com as prescrições médicas; manter registros do estoque de drogas; fazer requisições de medicamentos, drogas e materiais necessários à farmácia; conferir, guardar e distribuir drogas e abastecimentos entregues à farmácia; ter sob sua custódia drogas tóxicas e narcóticos; realizar inspeções relacionadas com a manipulação farmacêutica e aviamento do receituário médico; efetuar análises clínicas ou outras dentro de sua competência; responsabilizar-se por equipes auxiliares necessárias à execução das atividades próprias do cargo; administrar e organizar o armazenamento de produtos farmacêuticos e medicamentos, adquiridos pelo Município; controlar e supervisionar as requisições e/ou processos de compra de medicamentos e produtos farmacêuticos; prestar assessoramento técnico aos demais profissionais da saúde, dentro do seu campo de especialidade; participar nas ações de vigilância epidemiológica e sanitária; executar tarefas afins.

Sobre Prefeitura Coronel Pilar

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.

Comentários

Mais Lidas