Publicado: 29/08/2017 - 14:54 | Atualizado: 29/08/2017 - 14:58

Gurupi/TO reabre concurso com 813 ofertas

Inscrições para concurso da Prefeitura de Gurupi serão recebidas entre 11 de setembro e 10 de outubro. Salários iniciais chegam a R$ 2,3 mil

Todos os níveis

Por JCConcursos - Da Redação

A Prefeitura de Gurupi, no Tocantins, reabrirá entre 11 de setembro e 10 de outubro as inscrições do concurso público que admitirá 813 servidores em carreiras de todos os níveis de escolaridade. Os salários iniciais vão de R$ 937 a R$ 2.352,63.

A seleção, que havia sido suspensa em março, foi retomada com a inclusão de novos cargos e a retificação dos dois editais.

Quem possui ensino fundamental incompleto poderá se inscrever para auxiliar de consultório odontológico, auxiliar de obras e serviços, auxiliar de serviços gerais, borracheiro, cozinheiro, mecânico de veículos, mecânico de máquinas e servente de obras.

Já para profissionais com fundamental completo, o concurso da Prefeitura de Gurupi traz oportunidades como armador de estrutura de concreto, carpinteiro, eletricista de auto, encanador, frentista/lubrificador, motorista de veículos leves, operador de espargidor, operador de máquinas leves, operador de máquinas pesadas, operador de máquinas pesadas, pedreiro, agente de combate a endemias, auxiliar administrativo, lavador de veículos e merendeiro.

Em nível médio, as chances são para técnico auxiliar em regulação médica, técnico em enfermagem, professor normalista, agente administrativo, almoxarife, apropriador, assistente administrativo, auxiliar de topografia, desenhista projetista, eletricista predial, fiscal de meio ambiente, fiscal de transito, greidista, motorista de veículos pesados, motorista de veículos pesados, soldador, técnico em edificação, técnico em segurança do trabalho, técnico em sinalização de transito, topógrafo, fiscal de vigilância sanitária, fiscal de zoonoses, operador de frota, técnico em laboratório, técnico em radiologia, apontador de serviços, comprador, encarregado de pavimentação e executor de sistemas. 

Com exigência de formação superior, há ofertas no concurso da Prefeitura de Gurupi nas carreiras de assistente social, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, médico angiologista, médico auditor em regulação médica, médico cardiologista, médico clínico geral, médico dermatologista, médico do trabalho, médico endocrinologista, médico infectologista, médico obstetra, médico mastologista, médico nefrologista, médico neurologista, médico oftalmologista, médico ortopedista, médico psiquiatra, médico urologista, médico veterinário, nutricionista, odontólogo, psicólogo, procurador, assistente jurídico, analista jurídico, professor, administrador, analista de sistemas, arquiteto, auditor fiscal da receita municipal, bibliotecário, contador, economista, engenheiro agrônomo, engenheiro civil, engenheiro elétrico, jornalista, biomédico, neuropediatra, oncologista, pediatra, pneumologista, radiologista, terapeuta ocupacional e apontador de campo.

Inscrições e provas do concurso da Prefeitura de Gurupi


As inscrições para o concurso da Prefeitura de Gurupi custam R$ 70 (funções de nível fundamental), R$ 100 (médio) e R$ 130 (superior).

O formulário para cadastro deverá ser preenchido no site da banca organizadora Copese (http://www.copese.uft.edu.br), onde também serão divulgados os editais.

Haverá prova objetiva para todos os inscritos no concurso de Gurupi, com aplicação prevista para 19 de novembro e 3 de dezembro, e avaliação de títulos para as carreiras de professor.

Vídeos Prefeitura Gurupi

O que fazer quando a banca não divulga o resultado?


Continuar lendo

Atualizado: 16/01/2018 - 16:48

Ibram: pedido de concurso ainda é avaliado pelo MPDG

Pedido de concurso do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) encaminhado ao Ministério do Planejamento é para carreiras com exigência de níveis médio e superior de ensino

306 vagas

Por JCConcursos - Camila Diodato

Continua em análise no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) o pedido para a abertura do concurso público do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). O órgão solicitou autorização para o preenchimento de 306 vagas em cargos com exigência de níveis médio e superior.
As oportunidades apresentadas no requerimento estão distribuídas da seguinte maneira: 82 para assistente técnico, dez para técnico em assuntos educacionais, 116 para técnico em assuntos culturais e 98 para analista.
O posto de assistente técnico exige nível médio completo, enquanto as demais colocações se destinam aos profissionais com formação superior em diversas áreas de atuação. Os salários iniciais vigentes não foram divulgados.

Último concurso do Ibram


Organizado pela Funcab e lançado em 2010, o edital anterior apresentou 294 ofertas distribuídas nos empregos de assistente técnico I, técnico em assuntos educacionais, técnico em assuntos culturais e analista. A remuneração oferecida chegou a R$ 3.012,82.
Na época, a lotação das vagas ocorreu nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, além do Distrito Federal.
A seleção constou de prova objetiva para todos os concorrentes. Em seguida, houve avaliação discursiva e análise de títulos para os postos de nível superior.
O teste objetivo aplicado no processo seletivo foi composto de perguntas sobre língua portuguesa, noções de informática, conhecimentos gerais e conhecimentos específicos. Os exames para técnico e analista também tiveram perguntas de língua estrangeira (inglês ou espanhol).
Para os empregos de nível médio, a validade do certame expirou em abril de 2014. Já para as colocações que necessitam de ensino superior, o prazo terminou em 16 de junho do mesmo ano.

Sobre o órgão


O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) foi criado pelo ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em janeiro de 2009, com a assinatura da lei nº 11.906. A nova autarquia sucedeu o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no que se refere aos direitos, deveres e obrigações dos museus federais.
O órgão é responsável pela Política Nacional de Museus (PNM) e pela melhoria dos serviços do setor – aumento de visitação e arrecadação dos museus, fomento de políticas de aquisição e preservação de acervos e criação de ações integradas entre os museus brasileiros. Atualmente, cuida da administração direta de 30 museus.
Continuar lendo

Atualizado: 15/01/2018 - 14:47

EBSERH realizará novo concurso para 1.594 vagas

Concurso EBSERH 2018 contará com oportunidades para diversas carreiras, em 21 estados, além de oportunidades no Distrito Federal

Diversos cargos

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) realizará novo concurso público para o preenchimento de nada menos do que 1.594 vagas, em 35 hospitais universitários, distribuídos por 21 estados, além do distrito federal. O processo já está em fase de licitação para a escolha da banca organizadora, que será feito por meio de análise de propostas, que deverão ser apresentadas até o próximo dia 21. De acordo com o projeto básico do certame, a publicação do edital deve ocorrer após dias 30 da assinatura do contrato com a banca. A distribuição de vagas por cargos ainda será anunciada.
Do total de vagas, 572 são para a área médica, em 81 cargos, distribuídos por 34 unidades da rede. Já na área assistencial são 903 postos, em 61 cargos, para 29 unidades. Por fim, na área administrativa serão mais 119 vagas, em 25 cargos, para 17 unidades. 
Dois cargos com grandes possibilidades de ser incluídos no certame são os de médico, em várias especialidades, bem como enfermeiros e técnicos de enfermagem, além de assistente administrativo, carreira que pede apenas ensino médio para concorrer. As remunerações iniciais são de R$ 2.104,69 para cargos de nível médio e de R$ 2.500 a R$ 4 mil para nível superior, exceto para médicos, com iniciais de R$ 7.425,31.

Cidades de Lotação


Já está certo que as oportunidades serão para  as cidades de Maceió (AL), Manaus (AM), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Brasília (DF), Goiânia (Goiás), São Luís (MA), Cuiabá (MT), Campo Grande (MS), Belo Horizonte (MG), Juiz de Fora (MG), Uberaba (MG), Belém (PA), Cajazeira (PB), Campina Grande (PB), João Pessoa (PB), Curitiba (PR), Petrolina (PE), Recife (PE), Teresina (PI), Niterói (RJ), Natal (RN), Santa Cruz (RN), Pelotas (RS), Santa Maria (RS), Rio Grande (RS), Florianópolis (SC), São Carlos (SP), Aracaju (SE), Lagarto (SE) e Araguaína (TO). 

Último Concurso


O último concurso da Ebserh ocorreu em 2016, quando foram oferecidas oportunidades para diversos cargos. A banca organizadora, na ocasião, foi o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). 
Continuar lendo

Atualizado: 12/01/2018 - 10:47

Câmara de Palmas/TO divulga concurso com 195 vagas

O concurso da Câmara Municipal de Palmas tem chances para candidatos de todos os níveis escolares, com salários iniciais de até R$ 3,1 mil

Vários cargos

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

No Estado do Tocantins, a Câmara Municipal de Palmas divulgou dois novos editais de concurso público. Ao todo, a seleção preencherá 195 vagas, sendo 44 para posse imediata e 151 para formação de cadastro reserva (CR) de futuras oportunidades. 
Candidatos que possuem o ensino fundamental incompleto podem concorrer para a função de auxiliar de serviços gerais (9 vagas + 30 CR). O salário inicial é de R$ 937.
Já para quem concluiu o ensino fundamental, as chances são para os empregos de agente de segurança (7 + 24 CR) e vigia (6 + 20 CR), ambos com ganhos de R$ 1.057,98. 
Aqueles que têm o ensino médio e/ou curso técnico estão aptos às carreiras de assistente administrativo (2 + 10 CR), assistente de almoxarifado e patrimônio (1 + 3 CR), assistente de áudio (1 + 5 CR), assistente de compras (1 + 3 CR), cinegrafista (1 + 3 CR), fotógrafo (1 + 3 CR), técnico em informática (2 + 6 CR) e técnico legislativo (1 + 3 CR). O vencimento é de R$ 1.375,55. 
Nível superior é requisito para os cargos de procurador (3 CR), analista de sistemas (1 + 3 CR), analista de recursos humanos (1 + 3 CR), consultor parlamentar na área de direito (5 + 17 CR), contador (1 + 3 CR), controle interno (1 + 3 CR), gestor público (1 + 3 CR) e jornalista (2 + 6 CR). A remuneração é de R$ 3.129,69.

Como participar do concurso da Câmara de Palmas/TO 2018


O processo seletivo será executado pela Comissão Permanente de Seleção (COPESE), da Fundação Universidade Federal do Tocantins (UFT). O formulário de inscrição estará disponível no endereço eletrônico www.copese.uft.edu.br entre os dias 22 de janeiro e 22 de fevereiro. 
APOSTILAS ONLINE E IMPRESSA CÂMARA DE PALMAS/TO - ASSISTENTE DE ALMOXARIFADO E PATRIMÔNIO / ASSISTENTE ADMINISTRATIVO / ASSISTENTE DE SERVIÇOS GERAIS / CARGOS DE NÍVEIS MÉDIO E SUPERIORCURSO ONLINE CÂMARA DE PALMAS/TO - DIVERSOS CARGOS
Será cobrada uma taxa de participação do concurso da Câmara de Palmas, nos valores de R$ 80 para ensino fundamental, R$ 120 para nível médio e curso técnico e R$ 140 para formação superior, exceto para o cargo de procurador, cujo custo será de R$ 200. O pagamento do boleto bancário poderá ser efetuado até a data limite de 23 de fevereiro, observado o horário de funcionamento do banco. 

Provas do concurso da Câmara de Palmas/TO


Todos os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva, composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, raciocínio lógico, noções de informática, conhecimentos regionais, legislação pertinente à Câmara de Palmas e/ou conhecimentos específicos. 
A avaliação será aplicada no município de Palmas/TO no dia 1º de abril. As informações sobre os locais e horários de realização do exame serão divulgadas no site da UFT em momento oportuno. 
O concurso da Câmara de Palmas 2018 ainda será constituído das seguintes etapas: teste de aptidão física, avaliação psicológica e investigação social documental para as funções de agente de segurança e vigia; e prova discursiva e análise de títulos para procurador.
APOSTILAS ONLINE E IMPRESSA CÂMARA PALMAS/TO - DIVERSOS CARGOS
Continuar lendo

Atualizado: 05/01/2018 - 12:50

MPU: continua expectativa por novo concurso

Oportunidades do concurso do MPU 2018 serão para os cargos de técnico e analista, que apresentam salários de até R$ 10,1 mil. Níveis médio e superior de ensino

Em planejamento

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

Ainda sem data definida para ter início, continua em pauta a realização do novo concurso público do Ministério Público da União (MPU) 2018 . A expectativa é de que a seleção seja efetivamente realizada ainda no decorrer deste ano, mas número de vagas e banca organizadora  são pontos que ainda deverão ser definidos.

O órgão já divulgou, em 30 de agosto, a portaria 84, que fixa as atribuições e requisitos para ingresso nas carreiras de analistas e técnicos, que serão oferecidas no certame. 

Para concorrer ao cargo de técnico basta possuir ensino médio, com remuneração inicial de R$ 6.708,53. No caso de analista, com necessidade de nível superior, o salário corresponde a R$ 11.006,83.

Melhorias salariais


É importante ressaltar que as carreiras contarão com mais três reajustes salariais até 2019. No caso de técnico, os valores básicos passarão a ser de R$ 6.862,73 em junho, R$ 7.080,21 em novembro e R$ 7.591,37 em janeiro de 2019.

CURSO ONLINE TÉCNICO E ANALISTA DO MPU
Para o analista: R$ 11.259,81 em junho, R$ 11.616,61 em novembro  e R$ 12.455,30 em janeiro de 2019.

Dois cargos definidos para contar com oportunidades no concurso são os de técnico na área administrativa, que pede apenas ensino médio, e analista na área de direito, com superior específico. A nova portaria também inclui a carreira de analista, para quem possui formação em qualquer área, bem como de técnico na área de administração, apenas com necessidade de ensino médio.
APOSTILA TÉCNICO DO MPU
A comissão do concurso do MPU, instituída dede março de 2017, é presidida pelo servidor Blal Yassine Dalloul e conta, ainda, com os seguintes participantes: Eloá Todarelli Junqueira, Denise Costa Recedive, Sandra Roberta de Souza Oliveira, Tatiane Diniz da Silva e Rayza Madlum de Paula.

Atribuições


De acordo com a portaria, as atribuições do técnico são as seguintes: Auxiliar, dentro ou fora do ambiente da sede de trabalho, os membros e as chefias em processos judiciais e administrativos e em procedimentos extrajudiciais; atuar em processos judiciais e administrativos e em procedimentos extrajudiciais; auxiliar os membros e as chefias em eventos oficiais, audiências e diligências; elaborar e analisar informações, certidões, declarações, relatórios e documentos congêneres; elaborar minutas de atos administrativos e normativos; atuar em planos, programas, projetos e convênios; atuar na gestão de contratos quando formalmente designado; realizar estudos, pesquisas e levantamentos de dados; participar de reuniões, comissões, grupos e equipes de trabalho; participar do planejamento estratégico institucional e dos planos da sua unidade de atuação; observar e zelar pela segurança institucional no âmbito de sua área de atuação; atender o público interno e externo por telefone, correio eletrônico ou presencialmente; prestar informações sobre a localização e tramitação de processos e documentos; orientar quanto à aplicação das normas internas ou de sua área de atuação; contribuir para a melhoria contínua dos processos e rotinas de trabalho; orientar e supervisionar estagiários e aprendizes; inserir dados e utilizar os sistemas de informação corporativos; observar e zelar pelo cumprimento dos prazos; realizar tarefas de expediente; realizar atividades relativas à instrução, tramitação e movimentação de processos, procedimentos e documentos; manter e controlar o arquivo setorial; e executar demais atividades necessárias ao desempenho do cargo ou outras que eventualmente venham a ser determinadas pela autoridade competente, sempre respeitando, quando for o caso, os limites impostos pelos órgãos de classe

Prepare-se para o concurso do Ministério Público da União

PROVA ANTERIOR DO MPU
Para os técnicos, na área de administração: Auxiliar na prática de atos em processos judiciais e na instrução e acompanhamento de processos administrativos e procedimentos extrajudiciais; desempenhar atividades de apoio técnico-administrativo; atuar na elaboração, execução e avaliação de planos, programas e projetos; realizar atividades, estudos, pesquisas e levantamentos de dados inerentes às atividades de suporte administrativo do órgão, dentre elas, as relacionadas a orçamento, finanças e controle interno; atuar na fiscalização, instrução e acompanhamento de contratos e convênios; atuar nas atividades de compras e de contratação de bens e serviços; registrar e controlar dados e informações cadastrais; emitir certidões, declarações e atestados; expedir e/ou anexar documentos e correspondências oficiais; elaborar atas, estatísticas setoriais e minutas de expedientes e de atos; organizar eventos, ações e atividades institucionais; preparar malotes; publicar documentos oficiais; realizar atividades de gestão de bens materiais e patrimoniais; realizar diligências; realizar serviços técnicos e especializados; manter atualizado o conteúdo de páginas virtuais na internet e na intranet; e analisar a conformidade documental.
APOSTILAS ONLINE E IMPRESSA - TÉCNICO E ANALISTA DO MPU
Para analista: Assessorar, dentro ou fora do ambiente da sede de trabalho, os membros e as chefias em processos judiciais e administrativos e em procedimentos extrajudiciais; atuar em processos judiciais e administrativos e em procedimentos extrajudiciais; assessorar os membros e as chefias em eventos oficiais, audiências e diligências; realizar avaliações e vistorias; realizar perícias quando formalmente designado pelo órgão competente; acompanhar o desenvolvimento de trabalhos periciais; realizar estudos, pesquisas e levantamentos de dados; elaborar e analisar informações, certidões, declarações, laudos, pareceres, relatórios e documentos congêneres; elaborar minutas de atos administrativos e normativos; propor planos, projetos, programas, diretrizes e políticas de atuação; atuar em planos, programas, projetos e convênios; atuar na gestão de contratos quando formalmente designado; participar de reuniões, comissões, grupos e equipes de trabalho; participar do planejamento estratégico institucional e dos planos da sua unidade de atuação; observar e zelar pela segurança institucional no âmbito de sua área de atuação; atender o público interno e externo por telefone, correio eletrônico ou presencialmente; prestar informações sobre a localização e tramitação de processos e documentos; orientar quanto à aplicação das normas internas ou da sua área de atuação; contribuir para a melhoria contínua dos processos e rotinas de trabalho; orientar e supervisionar estagiários e aprendizes; inserir dados e utilizar os sistemas de informação corporativos; observar e zelar pelo cumprimento dos prazos; realizar tarefas de expediente; realizar atividades relativas à instrução, tramitação e movimentação de processos, procedimentos e documentos; manter e controlar o arquivo setorial; e executar demais atividades necessárias ao desempenho do cargo ou outras que eventualmente venham a ser determinadas pela autoridade competente, sempre respeitando, quando for o caso, os limites impostos pelos órgãos de classe.
Para analista, na área de direito: Assessorar os membros e chefias na coordenação e supervisão das atividades de processos judiciais e administrativos e de procedimentos extrajudiciais; planejar e executar tarefas relativas à análise jurídica de atos, documentos, processos judiciais e administrativos e de procedimentos extrajudiciais, produzindo os atos e documentos pertinentes; elaborar minutas de petições, denúncias, recursos, acordos judiciais ou extrajudiciais, termos de ajustamento de conduta, decisões, despachos, pareceres, notas técnicas, notificações, votos e atos congêneres, bem como manifestações jurídicas para subsidiar decisão administrativa; receber, analisar, acompanhar e dar andamento a processos e a outros documentos; auxiliar na instrução de processos, procedimentos e inquéritos civis e analisar inquéritos policiais; controlar prazos prescricionais; proceder à oitiva de vítimas, testemunhas e quaisquer outras pessoas que possam, direta ou indiretamente, colaborar com a instrução processual, reduzindo a termo suas declarações; realizar análise prévia e triagem de representações, denúncias, processos e procedimentos; realizar pesquisa, seleção, indexação e estudo de legislação, doutrina e jurisprudência; acompanhar a atualização legislativa; observar os prazos processuais e de conclusão de investigações; conferir atos e andamentos processuais; providenciar o cumprimento de decisões e despachos; atuar na manualização de processos e na elaboração de instrumentos normativos; e acompanhar a tramitação de processos judiciais e administrativos e de procedimentos extrajudiciais 


Último concurso do MPU


No concurso de 2013,  a seleção contou com 263 vagas para níveis médio e superior. As oportunidades foram para os cargos de técnico do MPU, técnico na área técnico administrativa especialidade tecnologia da informação e comunicação, técnico na área de saúde – enfermagem e técnico na área de saúde – saúde bucal.

No caso de analista, as opções foram para analista do MPU, analista na área técnico-administrativa – especialidade arquivologia, analista na área técnico administrativa – biblioteconomia, analista na área técnico administrativa – comunicação social, analista na área técnico administrativa – educação, analista na área técnico administrativa – estatística, analista na área técnico especializado – finanças e controle, analista na área técnico especializado – gestão pública, analista técnico especializado - planejamento e orçamento, analista na área de clínica médica, analista área de medicina – psiquiatria, analista na área de perícia – antropologia, analista na área de perícia – arquitetura, analista na área de perícia -contabilidade,analista na área de perícia – economia, analista na área de perícia – engenharia agronômica, analista na área de perícia – engenharia ambiental, analista na área de perícia – engenharia civil, analista na área de perícia – engenharia de segurança do trabalho, analista na área de perícia – engenharia elétrica, analista na área de perícia - engenharia florestal, analista na área de perícia – engenharia mecânica, analista na área de perícia – engenharia sanitária, analista na área de perícia – geografia, analista na área de perícia – medicina, analista na área de perícia medicina do trabalho, analista na área de perícia – oceanografia, analista na área de saúde – enfermagem, analista na área de saúde – odontologia, analista na área de saúde – psicologia, analista na área de saúde – serviço social, analista na área de tecnologia da informação e comunicação – desenvolvimento de sistemas e analista na área de tecnologia da informação e comunicação – suporte e infraestrutura.

Na ocasião, o concurso do MPU contou com oportunidades para o Distrito Federal e Eestados de Pernambuco, São Paulo, Amazonas, Rondônia, Maranhão, Pará, Rio Grande do Sul, Acre, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais,Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Alagoas, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba e Tocantins.

A banca foi o Cespe/UnB.
Continuar lendo

Atualizado: 20/12/2017 - 12:15

PGE de Tocantins divulga concurso com 40 vagas

As oportunidades do concurso da Procuradoria Geral do Estado do Tocantins (PGE/TO) são para o cargo de procurador. Inscrições durante o mês de janeiro

Inicial de R$ 26,1 mil

Por JCConcursos - Camila Diodato

Foi divulgado o edital do concurso da Procuradoria Geral do Estado do Tocantins (PGE/TO) com um total de 40 vagas para a carreira de procurador. Destas oportunidades, 20 são de caráter imediato e 20 para formação de cadastro reserva de pessoal.
Para concorrer a uma das ofertas é necessário possuir diploma de bacharel em direito expedido por instituição de ensino oficial ou devidamente reconhecida. A remuneração inicial corresponde ao valor de R$ 26.125,17 por mês.
O edital do concurso da PGE/TO apresenta que as atribuições básicas do cargo, privativo de advogado, estão previstas no art. 132 da Constituição Federal, na Constituição Estadual, bem como na Lei Complementar nº 20/1999 e alterações.
As inscrições serão aceitas no período de 4 a 31 de janeiro de 2018 no endereço eletrônico da Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br). É necessário pagar uma taxa de participação que custa R$ 250.

Etapas do concurso da PGE/TO


A seleção constará de prova objetiva, teste discursivo e análise de títulos. Primeira fase, a prova objetiva terá 100 questões, sendo 15 de direito constitucional, 15 de direito administrativo, dez de direito civil, 15 de direito processual civil, cinco de direito penal, cinco de direito processual penal, dez de direito financeiro e tributário, cinco de direito do trabalho, cinco de direito processual do trabalho e 15 de direitos difusos, coletivos e individuais homogêneos; já o exame discursivo consistirá em uma peça processual e em quatro questões discursivas.
O exame objetivo acontecerá na cidade de Palmas no dia 4 de março, no período da manhã, em locais e horários a serem divulgados oportunamente pela banca organizadora.
Continuar lendo

Atualizado: 27/11/2017 - 13:47

Concurso MAPA: anuladas provas objetivas

Nova data para realização das provas objetivas do concurso para auditor fiscal federal agropecuáriodo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) já foi marcada. Confira aqui

300 vagas

Por JCConcursos - .

Foram anuladas as provas objetivas do concurso para auditor fiscal federal agropecuário - médico veterinário do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), aplicadas no último domingo, dia 26 de novembro. Segundo comunicado divulgado no site da organizadora, a Escola de Administração Fazendária (Esaf), a anulação se deve ao  erro de material consistente na impressão gráfica dos cadernos de provas com números de gabarito 3 e 4.
A denúncia de troca de provas e gabaritos foi registrada por candidatos goianos na delegacia da Polícia Civil. A prova objetiva já foi remarcada para o dia 17 de dezembro. 
A avaliação será composta por 70 questões de múltipla escolha, sendo 10 de língua portuguesa, cinco de língua inglesa ou espanhola, 10 de direito constitucional, direito administrativo e ética pública, cinco de informática básica e 40 de conhecimentos específicos.
A prova  será aplicada nas cidades de Aracaju/SE, Belém/PA, Belo Horizonte/MG, Boa Vista/RR, Brasília/DF, Campo Grande/MS, Cuiabá/MT, Curitiba/PR, Florianópolis/SC, Fortaleza/CE, Goiânia/GO, João Pessoa/PB, Macapá/AP, Maceió/AL, Manaus/AM, Natal/RN, Palmas/TO, Porto Alegre/RS, Porto Velho/RO, Recife/PE, Rio Branco/AC, Rio de Janeiro/RJ, Salvador/BA, São luís/MA, São Paulo/SP, Teresina/PI e Vitória/ES. 
APOSTILAS ONLINE E IMPRESSA MAPA - AUDITOR FISCAL FEDERAL AGROPECUÁRIO - MÉDICO VETERINÁRIOCURSO CONCURSO MAPA - AUDITORCURSO CONCURSO MAPA - AGRÔNOMO CURSO CONCURSO MAPA - ZOOTECNISTACURSO CONCURSO MAPA - MÉDICO VETERINÁRIOCURSO CONCURSO MAPA - AGRÔNOMO FARMACÊUTICO E QUÍMICOCURSO CONCURSO MAPA - NOVO RIISPOA
Serão convocados para a prova discursiva os candidatos aprovados na objetiva, no total de 900. Ela consistirá de um estudo de caso, cuja resposta deverá conter entre 45 e 60 linhas.
A etapa final do concurso do MAPA será a análise de títulos acadêmicos. Somente serão aceitos os documentos expedidos até a data anterior ao início do período de inscrição. 

Mais informações sobre o concurso do MAPA


concurso do MAPA preencherá 300 vagas efetivas para auditor fiscal federal agropecuário - médico veterinário. Desse total de ofertas, 15 são reservadas às pessoas com deficientes e 60 para os negros. 
A carreira exige diploma de nível superior em medicina veterinária e registro no órgão de classe. A remuneração inicial é de R$ 14.584,71, para jornada de trabalho de 40 horas semanais, flexível conforme a necessidade do posto de trabalho. 
Segundo o edital, o Mapa divulgará as vagas disponíveis, por município e Estado, para a escolha de lotação dos candidatos, após a publicação da classificação final e anteriormente a sua nomeação efetiva.
A Escola de Administração Fazendária (Esaf) é a responsável pela organização e execução do processo seletivo. O seu endereço eletrônico é www.esaf.fazenda.gov.br.


Ads

NOVO CURSO ONLINE VETERINÁRIO - MAPA 2017 

Curso completo destinado a interessados em passar nos próximos CONCURSOS DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO ( MAPA) 2017 Confira.

Atribuições do cargo do MAPA


Médico veterinário - defesa sanitária animal e vegetal; inspeção industrial e sanitária dos produtos de origem animal e fiscalização dos produtos destinados à alimentação animal; a fiscalização de produtos de uso veterinário e dos estabelecimentos que os fabricam e de agrotóxicos, seus componentes e afins; a fiscalização do registro genealógico dos animais domésticos, da realização de provas zootécnicas, das atividades hípicas e turfísticas, do sêmen destinado à inseminação artificial em animais domésticos e dos prestadores de serviços de reprodução animal; a fiscalização e inspeção da produção e do comércio de sementes e mudas e da produção e comércio de fertilizantes, corretivos, inoculantes, estimulantes ou biofertilizantes destinados à agricultura; etc.

Processo seletivo para temporários do MAPA


Em abril, o MAPA recebeu as inscrições do processo seletivo que vai contratar 300 médicos veterinários temporários para atendimento de situações emergenciais ligadas ao comércio internacional de produtos de origem animal. 
As chances serão lotadas entre as regiões de São Paulo (34 vagas), Acre (2), Amazonas (1), Bahia (7), Distrito Federal (4), Goiás (20), Maranhão (4), Minas Gerais (35), Mato Grosso do Sul (17), Mato Grosso (33), Pará (13), Pernambuco (1), Piauí (1), Paraná (65), Rondônia (9), Roraima (1), Rio Grande do Sul (12), Santa Catarina (36) e Tocantins (5).
APOSTILAS MAPA - AUDITOR FISCAL AGROPECUÁRIO - MÉDICO VETERINÁRIO

Atualizado: 24/11/2017 - 09:19

Aeronáutica: inscrições para 917 vagas terminam hoje

São oferecidas vagas temporárias em diversas áreas de atuação nos editais da Aeronáutica. Carreiras são para profissionais no nível superior

Em diversos Estados

Por JCConcursos - Camila Diodato

A Aeronáutica lançou três editais que, juntos, somam 917 vagas temporárias distribuídas entre diversos cargos. Todas as oportunidades são para profissionais com nível superior e serão lotadas entre diversos Estados do país.
Para técnicos, há chances nas especialidades de administração, análise de sistemas I, análise de sistemas II, arquitetura, arquivologia, biblioteconomia, ciências contábeis, economia, educação física, enfermagem I, enfermagem II, engenharia cartográfica, engenharia civil, engenharia da computação, engenharia elétrica, engenharia eletrônica, engenharia mecânica, engenharia de metalurgia, engenharia de produção, engenharia química, engenharia de telecomunicações, estatística, fisioterapia, fonoaudiologia, história, jornalismo, museologia, nutrição, pedagogia I, pedagogia II, pedagogia III, pedagogia IV, pedagogia V, psicologia clínica, psicologia educacional, psicologia organizacional, relações públicas, serviço social, serviços jurídicos e terapia ocupacional.
O edital parara magistério tem ofertas para magistério do ensino superior em administração, educação física, língua espanhola, língua inglesa, física; magistério do ensino médio em história, filosofia, língua inglesa, língua portuguesa, artes plásticas, biologia, educação física, sociologia, língua espanhola; e magistério do ensino básico em educação religiosa.
E, por fim, na área da saúde, o concurso da Aeronáutica dispõe de postos nas seguintes especialidades: anestesiologia, cancerologia, cardiologia, cirurgia de cabeça e pescoço, clínica geral, clínica médica, cirurgia pediátrica, cirurgia plástica, cirurgia vascular periférica, dermatologia, endocrinologia, gastroenterologia, geriatria, ginecologia e obstetrícia, hematologia, hemoterapia, infectologia, medicina intensiva, mastologia, medicina de família e comunidade, neurocirurgia, nefrologia, neurologia, oftalmologia, oncologia, otorrinolaringologia, ortopedia, pediatria, pneumologia, proctologia, psiquiatria, radiologia, reumatologia, urologia, cirurgia e traumatologia bucomaxilofaciais, clínica geral odontológica, dentística, endodontia, estomatologia, implantodontia, odontogeriatria, odontologia para pacientes com necessidades especiais, odontopediatria, ortodontia, prótese dentária, periodontia, prótese dental, radiologia odontológica e imaginologia, farmácia bioquímica, farmácia hospitalar, farmácia industrial e medicina veterinária.

Mais detalhes do concurso da Aeronáutica


Os interessados deverão se inscrever até o dia 24 de novembro pessoalmente, ou por intermédio de procurador, nos locais apresentados nos editais em anexo.
A triagem dos participantes ocorrerá por meio de avaliação curricular, concentração inicial, inspeção de saúde inicial, avaliação didática, concentração final e habilitação à incorporação.
Mais informações podem ser conferidas no site da Aeronáuticawww3.fab.mil.br/quadro_de_oficiais_temporarios.php.

Shopping