Jacareí SP abre inscrições de concurso com 121 vagas

Oportunidades do edital são para candidatos de todos os níveis de escolaridade. As inscrições serão recebidas até o dia 1º de outubro

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro
Publicado: 03/09/2018 - 10:02 | Atualizado: 12/09/2018 - 15:56

No Estado de São Paulo, a Prefeitura de Jacareí abriu as inscrições de concurso público destinado ao preenchimento de 121 cargos públicos efetivos, sendo 11 ofertas reservadas a pessoas com deficiência. A banca organizadora é a SHDias Consultoria e Assessoria. 

As inscrições serão recebidas até o dia 1º de outubro, exclusivamente pela internet, através do site www.shdias.com.br. Será cobrada uma taxa de participação, nos valores de R$ 4,08 (ensino fundamental), R$ 5,22 (nível médio/técnico) e R$ 7,55 (superior). 

O certame será constituído das seguintes avaliações: prova objetiva para todos os empregos; teste de aptidão física para agente de desenvolvimento infantil; e prova prática para motorista. 

Marcada para o dia 21 de outubro, a prova objetiva terá duração máxima de três horas e será composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática e raciocínio lógico e/ou conhecimentos específicos. 

• APOSTILA CONCURSO PREFEITURA DE JACEREI 2018 - AGENTE DES. INFANTIL

As informações sobre os locais e horários de realização do exame serão comunicadas no edital de convocação, a ser publicado em momento oportuno. 

Os candidatos deverão acompanhar as divulgações e informações sobre o concurso nas páginas eletrônicas da SHDias e da Prefeitura de Jacareí (www.jacarei.sp.gov.br).

Vagas do concurso da Prefeitura de Jacareí SP

O emprego de motorista (11 vagas) exige ensino fundamental incompleto, carteira de habilitação na categoria “C” ou “D”, curso de transporte de emergência e experiência comprovada de, no mínimo, um ano na função. O salário inicial é de R$ 1.712,84. 

Aqueles que têm o ensino médio podem disputar os cargos de agente de desenvolvimento infantil (83) e fiscal ambiental (2), com respectivos ganhos são de R$ 1.712,84 e R$ 1.525,88. O último posto ainda requer curso técnico em gestão ambiental, técnico florestal ou técnico em meio ambiente e carteira de habilitação na categoria “B”. 

Quem tem o nível superior está apto as carreiras de engenheiro ambiental (2), executivo público (22) e geólogo (1). A remuneração é de R$ 3.652,78. 

Como benefícios, a Prefeitura de Jacareí ainda oferece aos seus servidores vale-refeição, vale-alimentação e vale-transporte.

Vídeos Prefeitura Jacareí

Mais Lidas

Mais Recentes

Notícias Recentes Prefeitura

Notícias Relacionadas Prefeitura

Atualizado: 12/09/2018 - 14:34

Concurso Consirc SP: publicado edital com 81 vagas

O processo seletivo do Consórcio Público Intermunicipal de Saúde da Região de Catanduva reúne vários cargos, de todos os níveis escolares. Inscrições serão recebidas entre 13 e 27 de setembro

Ganhos de até R$ 7,9 mil

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

No interior do Estado de São Paulo, o Consórcio Público Intermunicipal de Saúde da Região de Catanduva - Consirc publicou o edital de abertura das inscrições do processo seletivo público destinado ao preenchimento de 81 vagas temporárias. Do total de ofertas, sete são reservadas a pessoas com deficiência. 

Quem tem ensino fundamental pode disputar as funções de auxiliar de serviços gerais (3 vagas) e motorista socorrista categoria “D” (22), cujos respectivos salários iniciais são de R$ 1.099,53 e R$ 1.583,33. 

Para ensino médio, as chances do edital são para os empregos de auxiliar administrativo (3), técnico auxiliar de regulação médica (16) e técnico de enfermagem (16). O último cargo ainda exige curso técnico na área. Os vencimentos são de R$ 1.539,34, R$ 1.385,20 e R$ 1.583,33, respectivamente. 

Candidatos que têm o nível superior estão aptos às carreiras de enfermeiro (8), farmacêutico (1), médico socorrista 60h (7) e médico socorrista 120h (5), com respectivas remunerações de R$ 2.968,74, R$ 2.748,83, R$ 3.958,32 e R$ 7.916,63. 

Concurso Consirc SP: inscrições e provas

A participação deverá ser garantida entre os dias 13 e 27 de setembro, através do site da banca organizadora, que é a GL Consultoria (www.glconsultoria.com.br). Os valores da taxa são de R$ 12,10 (ensino fundamental), R$ 14,59 (nível médio) e R$ 18,31 (superior). 

Serão aceitas inscrições para mais de um cargo, desde que a prova seja aplicada em horário distinto, especificado a seguir: bloco A para auxiliar administrativo, auxiliar de serviços gerais, farmacêutico, médico socorrista e técnico de enfermagem; e bloco B para enfermeiro, técnico auxiliar de regulação médica e motorista socorrista.

O processo seletivo do Consirc constará de prova objetiva para todos os postos, de caráter eliminatório e classificatório; prova prática para motorista socorrista, eliminatória e classificatória; e análise de títulos para nível superior, apenas classificatória.

Marcada para o dia 21 de outubro, a prova objetiva terá duração de três horas e será composta por 40 questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, raciocínio lógico, conhecimentos gerais e/ou conhecimentos específicos. 

Mais informações sobre o Consirc

O Consórcio Público Intermunicipal de Saúde da Região de Catanduva foi constituído como um instrumento para a resolução de problemas e para alcançar objetivos comuns. Tem personalidade jurídica de direito público na área da saúde, constituição de associação pública e deve obedecer aos princípios, diretrizes e normas que regulam o Sistema Único de Saúde. Seu objetivo é a participação em gestão cooperado entre os municípios consorciados, observados os limites constitucionais.
 

Continuar lendo

Atualizado: 12/09/2018 - 13:30

Câmara de Pradópolis SP reúne seis cargos em concurso

Com inscrições até 21 de setembro, edital reúne chances para auxiliar de secretaria, recepcionista, contador, procurador, secretário geral e técnico legislativo

Níveis médio e superior

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

A Câmara de Pradópolis, no interior do Estado de São Paulo, abriu concurso público destinado a formar cadastro reserva em seis cargos. 

 

Os empregos de auxiliar de secretaria (salário de R$ 2.954,14) e recepcionista (R$ 2.091,10) são opções para profissionais com ensino médio.

 

Curso superior é requisito para as funções de contador (R$ 4.881,76), procurador jurídico (R$ 7.723,22), secretário geral (R$ 5.434,07) e técnico legislativo (R$ 3.582,08).

 

Os vencimentos informados já incluem o auxílio alimentação mensal no valor de R$ 788.

 

Concurso Câmara Pradópolis: inscrição e etapas

 

Será possível se inscrever até 21 de setembro, mediante a realização de cadastro no site www.consesp.com.br. As taxas de participação variam de R$ 45 a R$ 85.

 

O processo seletivo envolverá provas objetiva (todos os cargos) e prático profissional (procurador jurídico), com aplicação em 21 de outubro.

 

De acordo com o edital, o concurso da Câmara de Pradópolis terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do Legislativo. 

 

Concurso Câmara Pradópolis: atribuições dos cargos de nível médio

 

Auxiliar de secretaria - Controlar a presença dos vereadores nas reuniões das sessões legislativas, a fim de elaborar a folha de pagamento mensal; Datilografar e/ou digitar e encaminhar toda a correspondência a ser assinada pela secretaria e pela presidência da Mesa Diretora; Assegurar o funcionamento regular do sistema de som do plenário e fazer a gravação sonora das sessões ordinárias, extraordinárias e solenes da Câmara Municipal, sejam em períodos diurnos, sejam em períodos noturnos. Datilografar e/ou digitar requerimentos, indicações, recomendações e outros documentos de caráter legislativo; Organizar e manter sob sua guarda, em pastas próprias e individualizadas, cópias de todas as proposituras e documentos do legislativo apresentadas pelo presidente da Câmara, pelos vereadores e pelas comissões permanentes; Receber, transmitir e encaminhar a pessoa interessada fax, e-mail e outros documentos; Organizar e manter atualizado o arquivo de documentos da Câmara, classificando-os por assunto, código ou ordem alfabética, para facilitar sua localização quando necessário; Executar outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.

 

Recepcionista - Atender as pessoas que procurem a Câmara Municipal, identificando-o e averiguando suas pretensões, para prestar-lhe informações e providenciar o seu devido encaminhamento; Efetuar atendimento telefônico da Câmara, distribuir as ligações e efetuar ligações externas; Registrar as visitas e os telefonemas atendidos, anotando dados pessoais e comerciais do visitante, para possibilitar o controle dos atendimentos diários; Receber e distribuir a correspondência endereçada a Câmara Municipal, bem como aos funcionários; Receber, protocolar e encaminhar às unidades correspondentes os documentos que devam tramitar pela Câmara; Executar serviço de fotocópia; Executar outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.
 

Continuar lendo

Atualizado: 12/09/2018 - 12:42

Ministério da Fazenda planeja concurso com 1.301 vagas

Solicitação para a abertura de concurso do Ministério da Fazenda refere-se a vários cargos com exigência de níveis médio e superior de ensino

Em avaliação

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

É grande a expectativa para que o concurso do Ministério da Fazenda (MF) seja liberado o mais rápido possível pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG). O órgão solicitou autorização de 1.301 vagas.

A seleção precisa realizada devido à grande defasagem de pessoal no MF. Atualmente, existem 3.148 postos vagas, sendo 2.254 referente aos cargos de nível médio e 894 para ensino superior.

As oportunidades do concurso do Ministério da Fazenda requeridas ao Planejamento estão distribuídas da seguinte maneira: assistente técnico administrativo (904), analista técnico administrativo (257), arquiteto (12), arquivista (9), bibliotecário (12), contador (53), engenheiro (15), enfermeiro (5), pedagogo (6), psicólogo (6) e técnico em comunicação social (22).

Para concorrer ao posto de assistente é necessário possuir ensino médio completo, enquanto as demais funções aceitam candidatos com formação superior em diversas áreas de atuação. Os salários iniciais atuais oscilam entre R$ 3.953,68 e R$ 6.388,27, já incluindo o vale-alimentação de R$ 458.

A solicitação do concurso do Ministério da Fazenda 2018/2019 encaminhada ao MPDG não apresentou as regiões de lotação das oportunidades, mas é bem provável que São Paulo e Distrito Federal sejam os locais com a maior quantidade de oportunidade, e o motivo é que no último certame eles não foram abrangidos.

• CURSO CONCURSO MINISTÉRIO DA FAZENDA 2018 - DIVERSOS

O detalhe do processo seletivo que pode ser dado como certo é a escolha da empresa organizadora, que será a Esaf (Escola de Administração Fazendária), como de costume nos concursos do órgão. Assim, os candidatos podem ir se preparando com as provas e os editais de seleções anteriores, uma vez que a banca se repete.

Concurso Ministério da Fazenda: outras oportunidades

Junto com as vagas para o seu próprio quadro de pessoal, o MF pediu mais 3.040 chances distribuídas entre os seus órgãos vinculados. Os postos são para os níveis médio e superior.

Para a Receita Federal são as 630 vagas para auditor-fiscal e as 1.453 para analista tributário. O quadro do Tesouro Nacional é composto pelas colocações de auditor federal de finanças e controle (30) e técnico de finanças e controle (70), enquanto a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) fica com a função de procurador da Fazenda (240). 

Para a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o pedido contempla 16 oportunidades para a carreira de inspetor, 30 para analista e 82 para agente executivo.

Na Superintendência de Seguros Privados (Susep), são 55 chances para analista técnico. Por fim, as demais profissões se destinam ao quadro da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), sendo elas as de especialista em previdência social (48), analista administrativo (23), técnico administrativo (39), administrador (11) e atuário (7).

Esses detalhes foram divulgados pelo Sistema Eletrônico do Serviço de Informação ao Cidadão (e-SIC). 

Concurso Ministério da Fazenda: edital anterior

No início de 2014, o MF abriu processo seletivo visando a contratar 1.026 profissionais na carreira de assistente. As chances disponibilizadas pelo certame foram distribuídas entre os Estados do Acre (18 vagas), Alagoas (14), Amazonas (28), Amapá (6), Bahia (80), Ceará (53), Espírito Santo (14), Goiás (31), Maranhão (30), Minas Gerais (101), Mato Grosso do Sul (34), Mato Grosso (27), Pará (55), Paraíba (20), Pernambuco (52), Piauí (17), Paraná (97), Rio de Janeiro (61), Rio Grande do Norte (17), Rondônia (13), Roraima (8), Rio Grande do Sul (155), Santa Catarina (74), Sergipe (9) e Tocantins (12).

Todos os candidatos passaram por provas objetivas de conhecimentos básicos e específicos com 70 perguntas de múltipla escolha. Os assuntos abordados nos testes foram língua portuguesa; matemática e raciocínio lógico; conhecimentos de informática; atualidades; gestão de pessoas e do atendimento ao público; ética do servidor na administração pública; administração pública brasileira; e regime jurídico dos agentes públicos.

Concurso Ministério da Fazenda: sobre o órgão

O Ministério da Fazenda é o órgão da estrutura administrativa da República Federativa do Brasil responsável pela formulação e execução da política econômica.

Continuar lendo

Atualizado: 12/09/2018 - 11:51

DPU: projeto que cria 2.751 vagas volta a tramitar

Do total de postos, 1.092 são para técnico e 1.659 para analista, cargos com salários iniciais de R$ 4.363 e R$ 7.323, respectivamente. Proposta pode ser votada nos próximos dias

Níveis médio e superior

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Depois de quase dois anos sem avanços, o projeto de lei 7922/14,  que cria 2.751 vagas para a Defensoria Pública da União (DPU), voltou a tramitar na  Câmara dos Deputados. O projeto agora já conta com relator na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania. O escolhido é o deputado André Moura (PSC/PE). Com isto, o parlamentar já pode avaliar a proposta, para que possa ser efetivamente votada pela comissão.

Uma vez criadas, as oportunidades serão para preenchimento por meio de realização de concurso público ou aproveitamento de remanescentes do concurso em validade, além de estruturar o plano de carreiras e definir novos valores salariais. 

O projeto tramita na casa desde 29 de agosto de 2014, quando encaminhada pelo então defensor público-geral, Haman de Moraes e Córdova.    

Do total de vagas prevista para criação, 1.659 são para cargos de analista, com exigência de nível superior, e 1.092 para técnicos, de ensino médio. De acordo com a proposta, as remunerações iniciais serão de R$ 4.363,94 para os técnicos e R$ 7.323,60 para analistas.


Prepare-se para o concurso da Defensoria Pública da União (DPU)

VIDEOAULA PARA DPU

PROVA ANTERIOR DA DPU

Situação atual

O órgão ainda não possui um quadro próprio de pessoal Conta, atualmente, com 1.163 servidores, além de 2.000 estagiários. Do pessoal ativo, 820 são cedidos ou requisitados. Os demais foram preenchidos pelo primeiro concurso público realizado pelo órgão para a área administrativa, em 2010, que somente foi possível em decorrência da redistribuição de cargos do plano geral de cargos do Poder Executivo, feito pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Os servidores cedidos ou requisitados poderão expressar a vontade de ser redistribuídos para o quadro da DPU em até 90 dias da promulgação da lei que cria as vagas.

De acordo com a proposta, o quantitativo de vagas, que deverá ser preenchido gradativamente, é o necessário para os primeiros quatro anos de funcionamento do órgão em sua nova fase, que deixou de ser dependente da estrutura do Ministério da Justiça, desde agosto de 2013, quando o Congresso Nacional promulgou a emenda constitucional 74, que concede ao DPU autonomia funcional, administrativa e iniciativa de sua proposta orçamentária.

Evolução

Conforme o plano de cargos, a carreira de técnico contará com três classes, com três padrões na primeira (A), cinco na segunda (B) e seis na terceira (C), da seguinte forma: A-1 – R$ 4.363,94; A-2 – R$ 4.518,90; A-3, R$ 4.679,35; B-4 – R$ 4.845,50; B-5 – R$ 5.017,55; B-6 – R$ 5.195,72; B-7 – R$ 5.380,20; B-8 – R$ 5.567,24; C-9 – R$ 5.769,06; C-10 – R$ 5.973,90; C-11 – R$ 6.186,02; C-12 – R$ 6.405,67; e C-13 – R$ 6.633,12.     

No caso dos analistas, com a mestra estrutura, a progressão é a seguinte: A-1 – R$ 7.323,60; A-2 – R$ 7.569,38; A-3 – R$ 7.823,41; B-4 – R$ 8.058,96; B-5 – R$ 8.357,79; B-6 – R$ 8.637,79; B-7 – R$ 8.927,67; B-8 – R$ 9.227,28; C-9 – R$ 9.536,95; C-10 – R$ 9.875; C-11 – R$ 10.187,80; C-12 – R$ 10.529,70; e C-13 – R$ 10.883,07.    

Adicional

O projeto também institui o adicional de qualificação aos servidores do órgão, sendo considerado 12,5% de aumento para quem possui título de doutorado, 10% para mestrado, 7,5% para curso de especialização, 5% para diploma de curso superior além daquele  exigido para ingresso no cargo e 2,5% para o servidor que possuir conjunto de ações de treinamento que totalize 120 horas, observando o limite de 5%.



Continuar lendo

Atualizado: 11/09/2018 - 15:23

Concurso Bacen: pedido com 220 vagas continua em análise

A solicitação de um novo edital do concurso Banco Central conta com 220 vagas nas carreiras de analista e procurador

Até R$ 17,7 mil

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Segue em avaliação no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) o pedido de concurso do Bacen (Banco Central do Brasil, também conhecido BC ou BCB), encaminhado no último dia 30 de maio. No total, foram solicitadas 220 oportunidades - número bem inferior ao requerimento anterior, que era de 990 vagas.

Das oportunidades pleiteadas pelo órgão, 200 destinam-se à carreira de analista e 20 de procurador; desta vez não foi contemplado o cargo de técnico. A solicitação anterior era para 800 postos de analista, 150 de técnico e 40 de procurador.

É grande a expectativa de que seja concedida a autorização do novo concurso do Bacen devido à sua grande defasagem de servidores. Atualmente, existem mais de 2.000 postos vagos, sem contar com as futuras aposentadorias, ou seja, cerca de 36% do quadro de pessoal do Banco Central não está preenchido. O déficit total é de 2.356 servidores, sendo 1.944 analistas, 289 técnicos e 123 procuradores - vale ressaltar que o número pode sofrer alterações a qualquer momento.

Em entrevista anterior ao JC, o presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), Dario Piffer, chegou a comentar que o Bacen não consegue atender a toda demanda e que “essa situação traz problemas de toda a ordem, sendo uma das áreas mais prejudicadas a da fiscalização; por conta disso, o Banco Central prioriza somente as demandas consideradas mais importantes".

Concurso Bacen: Sobre os cargos

A função de técnico, não contemplada mais no pedido, requer certificado de ensino médio emitido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e oferece salário inicial de R$ 6.463,44.

Já os postos de analista de procurador aceitam candidatos com formação superior em diversas áreas de atuação - neste caso, os vencimentos correspondem a R$ 16.286,90 e a R$ 17.788,33, respectivamente.

Vale ressaltar que as remunerações já incluem o valor do benefício-alimentação, que equivale a R$ 458 mensais.

APOSTILAS CONCURSO BANCO CENTRAL (BACEN) - TÉCNICO DE SUPORTE ADMINISTRATIVO

CURSO ONLINE CONCURSO BANCO CENTRAL (BACEN) - PROCURADOR

Concurso Bacen: edital anterior para técnico e analista

Em 2013, o Banco Central promoveu seleção com 500 vagas destinadas aos cargos de técnico e analista. Na ocasião, a banca organizadora foi o Cespe/UnB e a remuneração inicial oscilou entre R$ 5.158,23 e R$ 14.289,24.

A carreira de técnico apresentou 100 oportunidades e estava dividida entre as áreas de suporte técnico-administrativo e segurança institucional. A exigência era de ensino médio completo.

Destinado a profissionais de nível superior, o cargo de analista (400) estava distribuído em seis áreas de conhecimentos: análise e desenvolvimento de sistemas, suporte à infraestrutura de tecnologia da informação, política econômica e monetária, contabilidade e finanças, infraestrutura e logística, e gestão e análise processual.

O processo seletivo constou de prova objetiva, teste discursivo e análise de títulos – este último apenas para analista. Depois, houve um programa de capacitação aos candidatos aprovados.

Todos os profissionais contratados pelo concurso foram lotados em Brasília (DF), Belém (PA), São Paulo (SP), Salvador (BA) e Porto Alegre (RS).

Concurso Bacen: último edial de procurador

O Banco Central publicou em agosto de 2013 um edital com 15 oportunidades na função de procurador. Do total de ofertas, 14 foram para Brasília e uma para Belém.

Também sob a organização do Cespe/UnB, o processo seletivo avaliou os concursandos por meio de teste objetivo, inscrição definitiva, provas discursivas, exame oral e análise de títulos.

Continuar lendo

Atualizado: 11/09/2018 - 10:55

Jacupiranga SP reabre inscrição de concurso com 31 vagas

Chances em disputa estão distribuídas entre funções destinadas a profissionais de todas as escolaridades. Salários chegam a R$ 6,1 mil

Até 21/9

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

A Prefeitura de Jacupiranga, cidade paulista com cerca de 20 mil habitantes, retificou o concurso público que disponibiliza 31 vagas, além de chances para cadastro reserva (CR). As principais mudanças no edital envolvem a reabertura do prazo de inscrições, entre 6 e 21 de setembro, e o adimamento da prova da primeira fase para 21 de outubro. 

 

Para concorrer como auxiliar de serviços gerais (3 postos e salário de R$ 964,64), borracheiro (1 - R$ 1.088,83) e operário braçal (3 - R$ 964,64) basta ser alfabetizado.  

 

Profissionais com nível fundamental têm opções como auxiliar de saúde bucal (CR - R$ 1.143,32), guarda para policiamento administrativo/vigia (1 - R$ 964,64), mecânico (1 - R$ 1.502,68), motorista de ambulância (CR - R$ 1.143,32), motorista de veículos e cargas em geral (CR - R$ 1.143,32), operador de máquinas (CR - R$ 1.153,13) e recepcionista hospitalar (1 - R$ 1.016,40).

 

Quem possui ensino médio e, em alguns casos, formação técnica, está apto a se inscrever no concurso da Prefeitura de Jacupiranga para as funções de agente comunitário de saúde (2 + CR - R$ 1.214,08), agente de combate a endemias (1 - R$ 1.214,08), agente de organização escolar (2 - R$ 1.153,13), auxiliar de desenvolvimento infantil (CR - R$ 1.173,04), auxiliar de farmácia (1 - R$ 971,86), eletricista (1 - R$ 1.203,66), eletricista de veículos automotores (1 - R$ 1.502,68), escriturário (2 - R$ 1.153,13), fiscal geral (CR - R$ 1.502,68), monitor de transporte escolar (1 - R$ 1.153,13), office boy (CR - R$ 964,64), secretário de escola (CR - R$ 1.163,04), técnico de enfermagem (1 - R$ 1.163,04), técnico de informática (1 - R$ 1.701,35), técnico de raio X (CR - R$ 1.929,28) e técnico em segurança do trabalho (1 - R$ 1.849,85).  

 

São ofertadas carreiras de nível superior para assistente social (CR - R$ 3.110,31), bibliotecário (CR - R$ 2.192,93), contador (CR - R$ 4.464,46), dentista (CR - R$ 3.110,31), enfermeiro (1 - R$ 3.110,31), engenheiro agrônomo (CR - R$ 3.110,31), engenheiro de segurança do trabalho (1 - R$ 3.406,95), farmacêutico (1 - R$ 3.110,31), fiscal tributário (CR - R$ 3.110,31), fisioterapeuta (1 - R$ 3.110,31), médico do trabalho (1 - R$ 6.159,16), ginecologista (1 - R$ 3.406,95), médico plantonista (CR - R$ 805,34 por plantão), nutricionista (CR - R$ 3.110,31), procurador jurídico (CR - R$ 3.110,31), professor de artes (CR - R$ 2.701,08), professor de educação básica - especial (1 - R$ 2.701,08) e psicólogo (CR - R$ 3.110,31).

 

 

Concurso Prefeitura Jacupiranga: inscrições e etapas

 

 

A RBO Assessoria, banca que organiza o certame, recebe inscrições por meio do site www.rboconcursos.com.br. A empresa cobra taxas de R$ 35 (alfabetizados e nível fundamental), R$ 45 (médio) e R$ 60 (superior).   

 

Todos os candidatos farão prova objetiva com questões de conhecimentos básicos e específicos, em 21 de outubro. A seleção será finalizada com outras duas etapas: teste prático (para motorista e operador de máquinas) e avaliação de títulos (professor). 

 

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Jacupiranga terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

 

 

Principais atribuições do auxiliar de serviços gerais no concurso da Prefeitura de Jacupiranga

 

 

Executar tarefas de natureza operacional em obras públicas, conservação e manutenção de próprios municipais. Auxiliar nos serviços de armazenagem de materiais leves e pesados, tais como cal, cimento, areia, tijolos e outros, acondicionando-os em prateleiras ou pátios dos almoxarifados, para assegurar o estoque dos mesmos. Auxiliar nos serviços de jardinagem, aparando gramas, preparando a terra, plantando sementes e mudas, podando árvores, visando conservar, cultivar e embelezar canteiros em geral. Efetuar a limpeza e conservação de áreas verdes, praças, terrenos baldios, ruas e outros logradouros públicos, carpindo, limpando, lavando, varrendo, transportando entulhos, visando melhorar o aspecto do município. Efetuar a limpeza e conservação nos cemitérios e nos jazigos, bem como auxiliando na preparação de sepulturas, abrindo e fechando covas, para permitir o sepultamento dos cadáveres. Auxiliar os motoristas nas atividades de carregamento, descarregamento e entrega de materiais e mercadorias, valendo-se do esforço físico e/ou outros recursos, visando contribuir para a execução dos trabalhos. Auxiliar na preparação de ruas para a execução de serviços de pavimentação, compactando o solo, esparramando terra, pedra, para manter a conservação de trechos desgastados ou na abertura de novas vias. Auxiliar nas instalações e manutenções elétricas, fornecendo materiais necessários e utilizando ferramentas manuais, para estruturar a parte geral das instalações. Apreender animais soltos em vias públicas, tais como vaca, cavalo, cachorros, cabritos, etc., laçando-os e conduzindo-os ao local apropriado, para evitar acidentes e garantir a saúde da população. Entre outras atividades.
 

Continuar lendo

Atualizado: 11/09/2018 - 10:26

Bady Bassit SP: cancelada licitação para 95 vagas

Expectativa é de que um novo edital seja publicado em breve

Todos os níveis

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

A Prefeitura de Bady Bassit, no interior paulista, a 465 km da capital e próxima a São José do Rio Preto, cancelou, por motivos administrativos, a realização do processo licitatório para a escolha da banca organizadora do seu novo concurso público. A confirmação ocorreu nesta terça-feira, 11 de setembro, por meio de publicação em diário oficial. Com isto, a expectativa é de que um novo edital de licitação seja divulgado em breve. Somente após a definição da empresa poderá ser confirmada a data de publicação do edital de abertura de inscrições.

Ao todo serão oferecidas 95 vagas, sendo 38 para cargos com exigência de ensino fundamental, 19 para ensino médio e 38 para nível superior. As remunerações iniciais ainda serão confirmadas.

 

Ensino Fundamental
Quem possui ensino fundamental pode concorrer aos cargos de agente comunitário de saúde (30 vagas, com necessidade de residir na área onde for atuar) e agente de controle de endemias (8).

 

Ensino Médio
Para ensino médio: auxiliar de saúde bucal (1, com registro no conselho), técnico de enfermagem (13, com registro no conselho), técnico em farmácia (4, com registro no conselho) e tesoureiro (1).

 

Nível Superior
Por fim, para nível superior: arquiteto (1, com registro no conselho), contador (1, com registro no conselho), controlador interno (1, com inscrição na OAB), encarregado do setor de regulação (1, com certificado em especialização de regulação em saúde do SUS), engenheiro civil (1, com inscrição no CREA), médico clínico geral (3, com inscrição no CRM), médico ESF (2, com inscrição no CRM), médico ginecologista (3, com especialização e CRM), médico oftalmologista (1, com especialização e CRM), médico pediatra (3, com especialização e CRM),  médico urologista (1, com especialização e CRM), médicos plantonistas diurnos (5, com inscrição no CRM), médicos plantonistas noturnos (4, com inscrição no CRM), nutricionista (1, com inscrição no CRN) e professor de educação básica I (10, com licenciatura plena em pedagogia, com habilitação para educação infantil e nas séries iniciais do ensino fundamental ou curso normal superior com habilitação em educação infantil e nas séries iniciais do ensino fundamental).


De acordo com o primeiro edital de licitação cancelado, caso estas condições sejam mantidas, a publicação do edital deve ocorrer dentro de 15 dias após a assinatura do contrato com a banca organizadora e cinco dias após a aprovação do documento final, por parte da comissão do concurso. O prazo de inscrições deverá ser de, no mínimo, 15, dias, com aplicação das provas entre 30 e 35 dias a partir do término das inscrições.    
 

Continuar lendo

Atualizado: 11/09/2018 - 09:41

Concurso Liquigás: abertas inscrições para 1.349 vagas

Oportunidades do edital são para diversos cargos, de todos os níveis de escolaridade. Os salários iniciais chegam a R$ 4,8 mil

Em 17 Estados e DF

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Encontram-se abertas as inscrições do processo seletivo público da Liquigás. A seleção visa o preenchimento de 1.349 vagas, sendo 74 imediatas e 1.275 para formação de cadastro reserva (CR) de futuras oportunidades. 

Candidatos que têm o ensino fundamental incompleto podem disputar a função pública de ajudante de carga e descarga I (19 vagas + 345 CR), cujo salário inicial é de R$ 1.321,09.

Quem concluiu o ensino fundamental pode se inscrever para o emprego de oficial de produção I (23 + 725 CR), com ganho de R$ 1.691,10.

Para ensino médio, as chances do edital são para os cargos de ajudante de motorista granel I (1 + 5 CR), assistente administrativo I (1 + 5 CR), assistente de logística I (8 + 40 CR), oficial de manutenção I elétrica (1 + 5 CR), oficial de manutenção I mecânica (1 + 10 CR), operador de gás I (5 + 35 CR), técnico de instalações I (1 + 5 CR) e técnico de segurança do trabalho I (1 + 5 CR). Os vencimentos oscilam entre R$ 1.321,09 e R$ 2.984,14.

• APOSTILAS CONCURSO LIQUIGÁS 2018 - DIVERSOS CARGOS
• CURSOS CONCURSO LIQUIGÁS 2018 - DIVERSOS CARGOS

Nível superior é requisito para profissional de vendas júnior (6 + 30 CR), profissional júnior - comunicação social (1 + 20 CR), profissional júnior - direito (1 + 15 CR), profissional júnior - economia (3 + 20 CR), profissional júnior TI analista de sistemas (1 + 5 CR) e profissional júnior TI arquiteto de soluções (1 + 5 CR). As remunerações são de R$ 3.583,26 para profissional de vendas júnior e R$ 4.894,08 para os demais postos. 

A Liquigás ainda oferece para os seus servidores os seguintes benefícios: vale-gás; vale-refeição ou refeitório no local; vale-alimentação; vale-transporte; convênio farmácia; convênio odontológico; auxílio a filho excepcional; auxílio-funeral; seguro de vida em grupo; e auxílio-creche.

Ofertas serão lotadas nos Estados de Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rio Grande do Norte, Tocantins e Espírito Santo, além do Distrito Federal. Somente em São Paulo, são oferecidas 346 vagas.

Como participar do concurso da Liquigás

A Fundação Cesgranrio é a banca organizadora do certame. As inscrições deverão ser realizadas entre os dias 11 de setembro e 1º de outubro, exclusivamente pela internet, através do site www.cesgranrio.org.br

Será cobrada uma taxa de participação do processo seletivo da Liquigás nos valores de R$ 37 (ensino fundamental), R$ 47 (nível médio) e R$ 67 (superior). O pagamento do boleto bancário deverá ser efetuado até a data limite do prazo, observado o horário de funcionamento do banco. 

Concurso Liquigás: informações sobre as provas

Os candidatos serão submetidos às seguintes avaliações: prova objetiva para todos os cargos; prova discursiva para profissional júnior - direito; e prova de capacidade física para ajudante de carga e descarga e de oficial de produção.

As provas objetiva e discursiva serão aplicadas no dia 18 de novembro, nas cidades de Belo Horizonte/MG, Curitiba/PR, Recife/PE, Rio de Janeiro/RJ, Macaé/RJ, Porto Alegre/RS, Florianópolis/SC, São Paulo/SP, Salvador/BA, Fortaleza/CE, Brasília/DF, Goiânia/GO, São Luís/MA, Cuiabá/MT, Belém/PA, Natal/RN, Palmas/TO, Vitória/ES e Campo Grande/MS.  

O gabarito será divulgado no dia 19 de novembro e o participante deverá acompanhar todas as publicações referentes ao processo seletivo no site da Fundação Cesgranrio. 

Mais informações sobre a Liquigás 

A Liquigás, fundada em 1953, foi adquirida pela Petrobras Distribuidora S.A. em 2004 e em novembro de 2012 passou a ser subsidiária direta da Petrobras. Ela atua no engarrafamento, distribuição e comercialização de gás liquefeito de petróleo, também conhecido como GLP. Está presente em 23 Estados (exceto Amazonas, Acre e Roraima).

A empresa conta com 23 centros operativos, 19 depósitos, 1 base de armazenagem e carregamento rodo-ferroviário, 4 unidades de envasamento em terceiros e uma rede com aproximadamente 4.800 revendedores autorizados, além de sua sede, na cidade de São Paulo/SP.

Continuar lendo

Atualizado: 10/09/2018 - 15:58

Concurso em Bauru SP tem vaga para nível médio

Oferta do edital do Departamento de Água e Esgoto do município é de uma vaga para o cargo de operador de estação de tratamento de esgoto

Salário de R$ 1,5 mil

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Serão abertas no dia 13 de setembro as inscrições do concurso do Departamento de Água e Esgoto (DAE) do município de Bauru, situado no Estado de São Paulo. Oportunidade é de uma vaga para a função pública de operador de estação de tratamento de esgoto. 

O cargo exige diploma de conclusão de curso de ensino médio emitido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). O salário inicial é de R$ 1.597,08, além do benefício mensal de R$ 451 de vale-alimentação. 

As inscrições deverão ser realizadas exclusivamente pela internet, através do site www.daebauru.sp.gov.br, até o dia 4 de outubro. O valor da taxa de participação é de R$ 35. 

Marcada para o dia 4 de novembro, a prova objetiva será composta por 40 questões de múltipla escolha, sendo dez de língua portuguesa, dez de matemática e 20 de conhecimentos gerais. 

Os 30 primeiros candidatos habilitados na objetiva serão convocados para realizar a prova prática. Ela consistirá na execução de tarefas típicas do cargo, como reconhecimento de ferramentas, peças e materiais; simulação real de limpeza de gradeamento e desarenador para a demonstração de conhecimentos e habilidades no domínio dos equipamentos/ferramentas, peças e força física de forma condizente com os conhecimentos exigidos para o desenvolvimento das funções.

Descrição do cargo do DAE de Bauru SP

Operador de estação de tratamento de esgoto - Executar os serviços de limpeza dos gradeamentos, caixas de areia do processo de tratamento de esgoto. Realizar limpeza das áreas internas e externas, conforme necessidade operacional. Executar a remoção periódica dos resíduos sólidos retirados da estação elevatória de esgotos (poço de sucção, gradeamento grosseiro, grade fina/peneira, caixa de areia) e de tratamento do lodo (desidratação mecânica) da ETE e acompanhar o transporte interno, acondicionamento e destinação final adequada. Verificar as condições de funcionamento dos equipamentos eletromecânicos do sistema de tratamento biológico; controlar os estoques de produtos químicos utilizados na operação e outros materiais de uso na unidade. Acompanhar o funcionamento dos painéis de controle, leituras de campo e ações de controle em todas as unidades das ETE(s), de forma manual ou automatizada, utilizando-se de medidores de vazão; temporizadores; inversores/conversores de frequência; direcionadores de fluxo; rotação de bombas, misturadores e raspadores; aeradores, dosagem de produtos químicos; abertura/fechamento de válvulas/registros, sensores de gás sulfídrico. Operacionalizar e acompanhar serviços de nivelamento de vertedores e lâminas líquidas nas diversas unidades. Executar tarefas correlatas. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 10/09/2018 - 15:31

Centro Paula Souza SP prepara concurso com 540 vagas

Concurso do Ceeteps (Centro Paula Souza) terá oportunidades para três cargos administrativos. As chances são para agente, analista e especialista

Até R$ 4,3 mil

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

O Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (Ceeteps) deve avanar, em breve, com os preparativos do seu novo concurso público, autorizado em 17 de maio pelo governador Márcio França. No total, a seleção disponibilizará 540 vagas imediatas distribuídas entre cargos com exigência de níveis médio e superior de ensino.

A escolha da banca organizadora é o proximo passo para a abertura do processo seletivo. Após selecionar a empresa, o órgão já pode elaborar o cronograma contendo as datas de lançamento do edital, do período de inscrições e da aplicação das provas objetivas.

Das oportunidades oferecidas no concurso da Ceeteps, 326 são para a carreira de agente e técnico administrativo, 208 para analista de suporte e gestão e seis para especialista em planejamento educacional, obras e gestão.

Para concorrer ao posto de agente, basta possuir ensino médio completo. A remuneração inicial oferecida para quem ocupa tal posição corresponde a R$ 1.535,94.

Com relação aos demais empregos do concurso do Ceeteps, ambos aceitam candidatos com formação superior em diversas áreas de atuação. O salário para analista é de R$ 2.789,68 e para especialista, R$ 4.306,87.

Concurso Ceeteps: principais atribuições 

Agente técnico e administrativo - Desenvolver serviços de apoio administrativo em geral, bem como manter a ordem e a disciplina, controlando e orientando os alunos para a prática de bons hábitos e respeito às normas institucionais, visando o atendimento às necessidades das rotinas e sistemas estabelecidos, conforme sua área de atuação.

Analista de suporte e gestão – Os deveres variam de acordo com a especialidade contemplada no edital, que pode ser uma das seguintes: administrador, bibliotecário, contador, tecnólogo em construção civil, tecnólogo em informática e orientador educacional.

Especialista em planejamento educacional, obras e gestão – Dependendo da especialidade, arquiteto, engenheiro ou área de gestão, as funções serão diferenciadas.

Concurso Ceeteps: edital anterior

A seleção anterior para cargos administrativos aconteceu em 2009 e contou com uma oferta para 1.781 vagas. O processo seletivo foi organizado pela Fundação Vunesp e registrou 52.037 inscritos.

Neste certame, foram oferecidas chances para a capital e as cidades de Araçatuba, Ilha Solteira, Santos, São Vicente, Barretos, Bauru, Campinas, Rio Claro, São Carlos, Araraquara, Franca, Marília, Assis, Ourinhos, Tupã, Presidente Prudente, Dracena, Iguape, Ribeirão Preto, Jaboticabal, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Guaratinguetá, Guarulhos, Osasco, Franco da Rocha, Mogi das Cruzes, São Bernardo do Campo, Sorocaba, Botucatu e Itapeva.

Concurso Ceeteps: sobre o órgão

O Ceeteps, vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, administra as Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, além das classes descentralizadas, que são unidades que funcionam com um ou mais cursos técnicos sob a supervisão de uma ETEC, em aproximadamente 300 municípios. As Etecs atendem mais de 208 mil estudantes, nos ensinos médio, técnico e técnico integrado ao médio, para os setores industrial, agropecuário e de serviços. Nas Fatecs, o número de alunos matriculados nos cursos de graduação tecnológica ultrapassa 75 mil.

Continuar lendo

Atualizado: 10/09/2018 - 14:10

Câmara de Biritiba Mirim SP tem seis vagas em concurso

Chances são para ajudante geral, recepcionista, escriturário e contador, com salários acima de R$ 4 mil. Inscrições vão até 8 de outubro

Todos os níveis

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

A Câmara de Biritiba Mirim, no interior do Estado de São Paulo, abriu concurso público destinado a preencher seis vagas imediatas.


O cargo de ajudante geral (3 postos e salário de R$ 1.051,71) pode ser disputado por candidatos que cursaram ao menos até a quarta série do nível fundamental.


As funções de recepcionista (1 - R$ 1.427,41) e escriturário (1 - R$ 1.427,41) são opções para profissionais com ensino médio.

 

A carreira de contador (1 - R$ 4.098,44) tem como requisitos: curso superior em ciências contábeis e registro no conselho da categoria. 


Concurso Câmara Biritiba Mirim: inscrição e etapas


As inscrições vão até as 13h de 8 de outubro, devendo ser efetuadas pelo site https://biritibamirim.listaeditais.com.br/. As taxas custam R$ 35 (ensino fundamental), R$ 50 (médio) e R$ 70 (superior). 


Com aplicação em 21 de outubro, a prova objetiva apresentará 30 questões de múltipla escolha para ajudante geral e 40 para os concorrentes aos demais postos.


O conteúdo programático inclui língua portuguesa, atualidades e conhecimentos gerais e específicos para todos os empregos, além de legislação e matemática para recepcionista, escriturário e contador. 


O concurso da Câmara de Biritiba Mirim terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do Legislativo, conforme estabelece o edital. 


Concurso Câmara Biritiba Mirim: atribuições dos cargos


Ajudante geral - Executa serviços em diversas áreas da Administração, exercendo tarefas de natureza operacional na conservação e manutenção dos prédios municipais e outras atividades, executa tarefas rotineiras e de natureza simples e recebe instruções e supervisão constante de seu chefe imediato.


Recepcionista - O Servidor ocupante deste cargo tem como finalidade de atender o munícipe ou visitante, identificando-o e averiguando suas pretensões, para presta-lhe informações e providenciar o seu devido encaminhamento. Registra as visitas e os telefonemas atendidos, anotando dados pessoais e comerciais do munícipe e visitante, para possibilitar o controle dos atendimentos diários. Recebe a correspondência endereçada à Administração e dos Srs. Vereadores, bem como aos servidores, registrando em livro próprio para possibilitar sua correta distribuição. Executa outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato da qual receberá instrução e supervisão, respondendo pelo patrimônio público como sendo os equipamentos e materiais que utiliza.


Escriturário - Digitação e ou datilografia de cartas, memorandos, relatórios, ofícios e demais correspondências da Administração e dos Srs. Vereadores, atendendo às exigências de padrões estéticos, baseando-se nas minutas fornecidas para atender às rotinas administrativas. Recepcionar pessoas que procuram a unidade inteirando-se dos assuntos a serem tratados, objetivando prestar-lhes as informações desejadas. Organiza e mantém atualizado o arquivo de documentos da unidade, classificando-os por assunto, em ordem alfabética, visando a agilização de informações. Efetua controle relativamente complexos envolvendo interpretações e comparação de dois ou mais dados, conferência de cálculos de licitações, controle de férias, contábil e outros tipos similares de controle, para o cumprimento das necessidades administrativas. Efetua cálculo utilizando e evolvendo dados comparativos: cálculos de áreas, metragens de muros e passeios, cálculos de juros de mora, correção monetária e outros. Atende e efetua ligações telefônicas, anotando ou enviando recados e dados de rotina ou prestando informações relativas aos serviços executados, recebe e transmite fax. Controla o recebimento e expedição de correspondência, registrando-a em livro próprio, com a finalidade de encaminha-la despacha-la para as pessoas interessadas. Redige memorandos, circulares, relatórios, ofícios simples, observando os padrões estabelecidos para assegurar o funcionamento do sistema de comunicação administrativa. Executa outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato, recebendo instrução e supervisão, bem como, ter a discrição sobre os documentos de caráter sigiloso, além de manter a segurança dos equipamentos e materiais que utiliza sob sua responsabilidade.


Contador - Supervisionar, planejar, coordenar e executar serviços inerentes a contabilidade geral da Câmara. Escriturar analiticamente os atos ou fatos administrativos, efetuando os correspondentes lançamentos contábeis, para possibilitar o controle contábil e orçamentário. Promover a prestação, acertos e conciliação de contas em geral, conferindo saldos, localizando e retificando possíveis erros, para assegurar a correção das operações contábeis. Examinar empenhos de despesas, verificando a classificação e a existência de recursos nas dotações orçamentárias, para pagamentos dos compromissos assumidos. Elaborar demonstrativos contábeis mensais, trimestrais, semestrais e anuais, relativos à execução orçamentária e financeira, em consonância com as leis, regulamentos e normas vigentes, para apresentar resultados da situação patrimonial, econômica e financeira. Executar outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato, mantendo sigilo correlato em face da manipulação de dados financeiros de custos elevados, além de manter a segurança dos equipamentos e materiais que utiliza sob sua responsabilidade. Demais assuntos correlatos e inerentes a qualificação profissional e atribuições legais do Contador.
 

Continuar lendo

Atualizado: 10/09/2018 - 13:17

Prefeitura de Buri SP abre concurso com 34 vagas

Seleção preencherá postos em cargos de todas as escolaridades. Inscrições vão até 9 de outubro

Três editais

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

A Prefeitura de Buri, em São Paulo, abriu concurso público com 34 vagas efetivas, além de chances temporárias para cadastro reserva (CR). As oportunidades estão distribuídas entre três editais.

 

A função de eletricista (1 posto e remuneração de R$ 2.196,39) é destinada a profissionais que possuem nível fundamental e curso técnico.

 

Estão em disputa cargos com exigência de ensino médio como atendente de creche (1 - R$ 958) e inspetor de alunos (1 - R$ 1.045,90). 

 

As ofertas de nível superior são para assistente técnico pedagógico - história e geografia (1 - R$ 3.000), assistente técnico pedagógico - educação infantil (1 - R$ 3.000), coordenador pedagógico (1 - R$ 3.000), diretor de escolar (1 - R$ 3.400), fonoaudiólogo (2 - R$ 2.405,57) e terapeuta ocupacional (1 - R$ 2.405,57).  

 

Também serão selecionados professores com habilitação para as áreas de educação básica (7 + CR), educação especial para salas de recursos multifuncionais (10), arte (2 + CR), ciências (1 + CR), educação física (3 + CR), língua portuguesa (1 + CR), desenvolvimento infantil (CR), educação especial e auxiliar para AEE (CR), história (CR), geografia (CR), inglês (CR) e matemática (CR). Os vencimentos variam de R$ 10,04 a R$ 13,60 por hora/aula, exceto para educação especial, cujo salário vai de R$ 1.255,08 (30 horas semanais) a R$ 1.568,65 (40 horas). 

 

Concurso Prefeitura Buri: inscrição e etapas

 

Disponíveis até 9 de outubro, as inscrições devem ser registradas por meio do site da Publiconsult Assessoria (www.publiconsult.com.br), banca que organiza o certame. São cobradas taxas entre R$ 11,31 e R$ 13,81. 

 

A seleção será iniciada com a aplicação de prova objetiva para todos os cargos, marcada para duas datas de dezembro: dias 2 (oportunidades efetivas) e 9 (chances para CR). 

 

As outras fases envolvem avaliação prática (eletricista), em data a ser definida, e análise de títulos/contagem de tempo de serviço (professor, assistente técnico pedagógico, coordenador e diretor), com entrega dos documentos durante o exame da primeira etapa. 

 

Concurso Prefeitura Buri: conteúdo programático para eletricista

 

Língua portuguesa - Leitura e interpretação de textos literários e não literários – descrição, narração, dissertação, etc. Novo acordo ortográfico da Língua Portuguesa. Fonética: Encontros vocálicos – ditongo, tritongo, hiato. Encontros consonantais. Dígrafos. Classificação das palavras quanto ao número de sílabas - monossílabas, dissílabas, trissílabas, polissílabas. Divisão silábica. Sílaba tônica. Classificação das palavras quanto ao acento tônico - oxítonas, paroxítonas, proparoxítonas. Ortoepia. Prosódia. Ortografia. Acentuação Gráfica. Crase. Abreviatura, siglas e símbolos. Classificação e flexão das palavras - substantivo, artigo, adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição, conjunção, interjeição, etc. Semântica: Significação das palavras – sinônimos e antônimos. Termos Essenciais da Oração - sujeito, predicado. Sinais de Pontuação – emprego da vírgula, ponto-e-vírgula, dois-pontos, ponto final, ponto de interrogação, ponto de exclamação, reticências, parênteses, travessão, aspas, colchetes, asterisco, parágrafo. Sintaxe de concordância – nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Sintaxe de colocação. Modos e tempos verbais, infinitivo, gerúndio e particípio. Bibliografia referencial: BECHARA, Evanildo. Moderna Gramática Portuguesa. Nova Fronteira, 2015. CEGALLA, D. P. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia Editora Nacional, 2007. HOUAISS, Antonio. Dicionário Houaiss de Sinônimos e Antônimos. Publifolha, 2011. MICHAELIS Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa (http://michaelis.uol.com.br). ROCHA LIMA. Gramática Normativa da Língua Portuguesa. José Olympio, 53ª ed. 2017. SENADO FEDERAL. Acordo ortográfico da Língua Portuguesa, 2013 (https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/508145/000997415.pdf?sequence=1). Sites para estudo do conteúdo: http://portugues.uol.com.br/, http://www.soportugues.com.br, https://www.conjugacao.com.br/, http://brasilescola.uol.com.br.

 

Matemática e raciocínio lógico - Números inteiros: operações e propriedades. Números racionais, representação fracionária e decimal: operações e propriedades. Razão, proporção e progressões. Porcentagem. Regra de três simples e composta. Equação do 1.º grau. Média, mediana e moda. Sistema métrico: medidas de tempo, comprimento, superfície e capacidade. Relação entre grandezas: tabelas e gráficos. Coleta, organização e apresentação de dados. Raciocínio lógico. Reconhecimento de sequências e padrões Compreensão de estruturas lógicas. Dedução. Conclusão. Verificação da verdade dos argumentos. Bibliografia referencial: IMENES, Luiz Márcio; MILANI, Estela; LELLIS, Marcelo. Matemática – Projeto Presente - 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Editora Moderna, 3ª ed. 2012. MORGADO. Augusto C.; CESAR, Benjamim. Raciocínio Lógico-Quantitativo, Campus/Elsevier, 2010. GYURICSA. Gyorgy Laszlo. Lógica de Argumentação, Yalis Editora, 2006. Sites para estudo do conteúdo: www.somatematica.com.br, www.matematiques.com.br, www.brasilescola.com.br/matematica.

 

Conhecimentos gerais e atualidades - Questões de conhecimentos gerais e atualidades relacionadas à Política, Economia, Sociedade, Saúde e Nutrição, Ciências e Tecnologia, Meio Ambiente, Educação, Cultura, Esporte, Religião, História (Brasil e Mundo), Geografia (Brasil e Mundo). Bibliografia referencial e sites para estudo do conteúdo: Revistas de atualidades (Veja, Isto é, Época, etc.); sites de notícias (www.folhaonline.com.br, www.estadao.com.br, www.uol.com.br/noticias, www.g1.com.br, www.terra.com.br, etc.).

 

Conhecimentos específicos - Introdução às instalações elétricas de luz e força em baixa tensão: Generalidades. Geração. Transmissão. Distribuição. Alternativas Energéticas. Conceitos básicos necessários aos projetos e à execução das instalações elétricas: Preliminares. Composição da Matéria. Carga Elétrica. Corrente Elétrica. Diferença de Potencial ou Tensão. Resistências Elétricas. Lei de Ohm. Circuitos Séries. Circuitos Paralelos. Circuitos Mistos. Lei de Kirchhoff. Potência e Energia Elétrica. Medidores de Potência. Medidores de Energia. Economia de Energia Elétrica. Cálculo Matemático de Energia. Noções de Magnetismo e Campo Magnético. Geração de F.E.M. Indução Eletromagnética. Força Eletromotriz. Corrente Contínua e Corrente Alternada. Circuitos de Corrente Alternada em Regime Permanente. Circuitos Monofásicos e Trifásicos. Fator de Potência. Ligação em Triângulo e em Estrela. Projeto das instalações elétricas: Símbolos Utilizados. Carga dos Pontos de Utilização. Previsão da Carga de Iluminação e Pontos de Tomada. Divisão das Instalações. Dispositivos de Comando dos Circuitos. Linhas Elétricas. Dimensionamento dos Condutores pela Queda de Tensão Admissível. Fator de Demanda. Fator de Diversidade. Eletrodutos. Dispositivos de Seccionamento, Proteção e Aterramento: Prescrições Comuns. Chaves de Faca com Porta-fusíveis. Disjuntores em Caixa Moldada para Correntes Nominais de 5 a 100 A. Proteção contra Corrente de Sobrecarga. Proteção contra Corrente de Curto-circuito. Coordenação e Seletividade de Proteção. Os Dispositivos Diferencial-residuais (DR). Dispositivos de Proteção contra Sobretensões. Sistema de Aterramento. Tensões. Luminotécnica: Lâmpadas e Luminárias. Iluminação Incandescente. Iluminação Fluorescente. Iluminação a Vapor de Mercúrio. Outros Tipos de Iluminação. Comparação entre os Diversos Tipos de Lâmpadas. Grandezas e Fundamentos da Luminotécnica. Métodos de Cálculo de Iluminação. Método dos Lumens. Método das Cavidades Zonais. Método de Ponto por Ponto. Iluminação de Ruas - Regras Práticas. Instalações para Força Motriz e Serviços de Segurança. Instalações de Motores. Instalações. Elétricas para Serviços de Segurança. Transmissão de Dados, Circuitos de Comando e Sinalização. Transmissão por Fibra Ótica. Sistema contra Roubo em Residências. Sistema de Boias em Reservatórios. Comandos por Sistema Infravermelho. Comando da Iluminação por Células Fotoelétricas. Instalações de Para-raios Prediais. Generalidades sobre os Raios. Sistemas de Proteção contra Descargas Atmosféricas. Descidas. Critérios da Norma Brasileira - NBR-5419/2005. Materiais Utilizados em Sistemas de Proteção contra Descargas Atmosféricas – SPDA. Exemplos de Instalações de Para-raios. Correção do Fator de Potência e Instalação de Capacitores: Generalidades. Fundamentos Teóricos. Significado do Fator de Potência. Fator de Potência de uma Instalação com Diversas Cargas. Correção do Fator de Potência. Regulamentação para Fornecimento de Energia Reativa. Causas do Baixo Fator de Potência. Localização dos Capacitores. Capacitores Junto às Grandes Cargas Indutivas. Capacitores no Secundário dos Transformadores. Níveis Admissíveis Máximos de Tensão e de Corrente. Dispositivos de Manobra e Proteção dos Capacitores. Capacidade de Corrente dos Condutores. Liberação de Capacidade do Sistema. Bancos Automáticos de Capacitores. Harmônicos 3 Capacitores. Instalação de Capacitores no Lado de Alta Tensão. Estudo de Correção do Fator de Potência. Dados para os Projetos. Técnica da Execução das Instalações Elétricas: Prescrições para Instalações. Entrada de Energia Elétrica nos Prédios em Baixa Tensão: Disposições Gerais do Fornecimento em BT para Algumas Concessionárias. Terminologia e Definições.Solicitação de Fornecimento. Preceitos Básicos para Definição do Tipo de Atendimento e Projeto de Entrada de Serviço. Como Dimensionar a Demanda de Entrada. Projeto de uma Subestação Abaixadora do Tipo Abrigada: Generalidades. Estudo das Cargas. Demanda Provável. Critérios para Ligação em Alta Tensão. Dados para o Projeto da Subestação. Exemplo de um Projeto de Subestação. Cálculo da Corrente de Curto-circuito resumível de Subestações Abrigadas. Uso de Equipamentos de Produção Individual, EPIs. Procedimentos de Segurança. Outros conhecimentos específicos exigidos para desempenho da função. Bibliografia referencial: CREDER, Hélio. Instalações Elétricas (LTC - 15ª ed. - 2013). Normas regulamentadoras do MTE: NR 6 – Equipamentos de Proteção Individual (http://www.guiatrabalhista.com.br/legislacao/nr/nr6.htm). NR 10 – Segurança em instalações e serviços de eletricidade (http://www.guiatrabalhista.com.br/legislacao/nr/nr10.htm). Manual de Primeiros Socorros do Ministério da Saúde - FIOCRUZ, 2003 (http://livros01.livrosgratis.com.br/fi000007.pdf ).
 

Continuar lendo

Atualizado: 10/09/2018 - 11:36

Concurso Sefaz SP: novo pedido para 249 vagas de técnico

Com grande necessidades de pessoal, órgão encaminhou novo pedido para preenchimento das vagas mais prementes para o cargo de técnico da fazenda estadual, que contam com inicial de até R$ 3 mil

Ensino médio

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

A Secretaria Estadual da Fazenda de São Paulo (Sefaz/SP) reforçou, junto à Secretaria Estadual de Gestão Pública (SGP/SP) o pedido para que seja autorizada a realização do novo concurso público para o cargo de técnico da fazenda estadual. Sem a possibilidade de contratar novos servidores para o cargo desde maio de 2015, quando encerrada a validade do último certame, o órgão visa preencher 294 vagas na carreira. O quantitativo do novo pedido, que tramita desde maio na SGP/SP, é menor que a solicitação anterior, encaminhada pelo órgão em 2017, no sentido de permitir melhor viabilizar o concurso financeiramente, diminuindo a defasagem de servidores, com menor impacto aos cofres públicos.    


Para concorrer ao cargo basta possuir ensino médio completo, com remuneração inicial de R$ 2.110,52 em caso de 50% do Prêmio de Incentivo à Qualidade (PIQ) e R$ 3.078,40, em caso de 100% do prêmio, com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

• CURSO CONCURSO SEFAZ SP 2018 - TÉCNICO DA FAZENDA ESTADUAL

A realização do novo concurso foi, inclusive, discutida em reunião recente realizada entre o Sindicato dos Técnicos de Apoio à Arrecadação Tributária (Sitesp) com o secretário da Fazenda, Luiz Cláudio Rodrigues de Carvalho. De acordo com informações obtidas com a diretoria do sindicato, o novo concurso vem sendo discutido com o secretário dentro de uma série de medidas que deverão ser adotadas em breve, no sentido de garantir melhores condições de trabalho para os aprovados na seleção. Dentre os pontos que estão sendo avaliados estão a possibilidade de mudanças no dissídio da categoria, bem como na forma de realização das promoções e, inclusive, uma melhor definição das atribuições da carreira. Ainda de acordo com a diretoria do sindicato, a intenção é de que alguns desses pontos sejam revistos em breve, para que o novo concurso possa ser efetivamente discutido logo após as eleições de outubro.


Vale ressaltar que o pedido do concurso, encaminhado para a SGP/SP prevê a nomeação dos aprovados a partir de agosto de 2019. Desta forma, a seleção pode eventualmente ser autorizada ainda este ano, pelo governador Márcio França, ou no início de 2019, pelo seu sucessor.


De qualquer forma, o quantitativo solicitado está muito aquém do total necessário para suprir a necessidade de pessoal. De acordo com o último levantamento funcional, divulgado em 28 de abril, com base até 31 de dezembro de 2017, a carreira conta com um total de 941 vagas em aberto, número muito mais próximo do pedido de autorização de concurso anterior, enviado em 2017, que era de 849 postos. De um total de 2.122 vagas na carreira, a pasta conta com apenas 1.181 postos preenchidos.


Um ponto importante já definido para o novo concurso, segundo o presidente do Sitesp, Joaquim Goma, é que a seleção contará com distribuição de vagas de forma regionalizada, permitindo que os aprovados possam ser empossados em locais mais próximos de suas residências. Ainda de acordo com o sindicalista, em declaração para o Jornal dos Concursos, no primeiro semestre, em virtude da carência de pessoal, a Fazenda tem alocado pessoal não qualificado, em muitos casos, pessoas nem mesmo concursadas, para atender ao público, sem levar em conta o sigilo fiscal, que é prerrogativa apenas dos técnicos e agentes fiscais de rendas.   

 

Atribuições

  Cabe aos técnicos prestar apoio técnico e administrativo necessários ao desenvolvimento das atividades fazendárias, bem como o atendimento ao público, no âmbito da secretaria.      

Último Concurso

Na última seleção para o cargo, realizada em 2010, foram registrados 49.716 inscritos para a oferta inicial de 550 vagas. A organizadora foi a Fundação Carlos Chagas e a prova foi composta de 80 questões, sendo 40 de conhecimentos gerais e 40 de conhecimentos específicos. Conhecimentos gerais contou com temas de língua portuguesa (20 perguntas), matemática e raciocínio lógico (dez), noções de informática (cinco) e atualidades (cinco). Em conhecimentos específicos, noções de direito constitucional (dez), noções de direito administrativo (dez), noções de direito penal (cinco), noções de direito tributário (dez) e noções de direito civil (cinco).       
Continuar lendo

Atualizado: 10/09/2018 - 11:17

Prefeitura de Pedreira SP oferece 34 vagas em concurso

Edital tem chances para agente administrativo, auxiliar de desenvolvimento infantil, secretário de escola, técnico de enfermagem, enfermeiro, nutricionista, oficial administrativo e professor

Níveis médio e superior

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

A cidade paulista de Pedreira, com cerca de 45 mil habitantes, abriu concurso para preencher 34 vagas imediatas no quadro de servidores da prefeitura

 

Ensino médio é requisito para agente administrativo (2 postos e salário de R$ 1.045,85), auxiliar de desenvolvimento infantil (10 - R$ 951,50), secretário de escola (3 - R$ 1.045,85) e técnico de enfermagem (2 - R$ 1.045,85).

 

As carreiras de nível superior são para enfermeiro (1 - R$ 2.086,60), nutricionista (1 - R$ 2.086,60), oficial administrativo (5 - R$ 1.753,30) e professor adjunto de educação básica (10 - até R$ 1.842).

 

Concurso Prefeitura Pedreira: inscrição e etapas

 

Com taxa de R$ 15,80, as inscrições seguem disponíveis até 30 de setembro. Os interessados devem realizar cadastro pelo site da Publiconsult (www.publiconsult.com.br), banca que organiza a seleção. 

 

Marcada para 21 de outubro, a prova objetiva trará 50 questões de múltipla escolha para serem solucionadas em, no máximo, três horas. A seleção inclui, ainda, análise de títulos professor, com entrega dos documentos na mesma data. 

 

O concurso da Prefeitura de Pedreira terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal, conforme estabelece o edital.  

 

Concurso Pedreira: conteúdo programático para auxiliar de desenvolvimento infantil

 

Língua portuguesa - Leitura e interpretação de textos literários e não literários – descrição, narração, dissertação, etc. Novo acordo ortográfico da Língua Portuguesa. Fonética: Encontros vocálicos – ditongo, tritongo, hiato. Encontros consonantais. Dígrafos. Classificação das palavras quanto ao número de sílabas - monossílabas, dissílabas, trissílabas, polissílabas. Divisão silábica. Sílaba tônica. Classificação das palavras quanto ao acento tônico - oxítonas, paroxítonas, proparoxítonas. Ortoepia. Prosódia. Ortografia. Acentuação Gráfica. Crase. Notações léxicas. Abreviatura, siglas e símbolos. Morfologia: Estrutura das palavras – raiz, radical, palavras primitivas e derivadas, palavras simples e compostas. Formação das palavras – derivação, composição, redução, hibridismos. Sufixos. Prefixos. Radicais. Classificação e flexão das palavras - substantivo, artigo, adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição, conjunção, interjeição, etc. Semântica: Significação das palavras – sinônimos e antônimos. Análise sintática - frase, oração e período. Termos Essenciais da Oração - sujeito, predicado. Termos integrantes e acessórios da oração - objeto direto, objeto indireto, complemento nominal, agente da passiva, adjunto adnominal, adjunto adverbial, aposto, vocativo, etc. Classificação das orações: principal, coordenadas, subordinadas, reduzidas, etc. Sinais de Pontuação – emprego da vírgula, ponto-e-vírgula, dois-pontos, ponto final, ponto de interrogação, ponto de exclamação, reticências, parênteses, travessão, aspas, colchetes, asterisco, parágrafo. Sintaxe de concordância – nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Sintaxe de colocação. Modos e tempos verbais, infinitivo, gerúndio e particípio. Bibliografia referencial: BECHARA, Evanildo. Moderna Gramática Portuguesa. Nova Fronteira, 2015. CEGALLA, D. P. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia Editora Nacional, 2007. HOUAISS, Antonio. Dicionário Houaiss de Sinônimos e Antônimos. Publifolha, 2011. MICHAELIS Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa (http://michaelis.uol.com.br). ROCHA LIMA. Gramática Normativa da Língua Portuguesa. José Olympio, 53ª ed. 2017. SENADO FEDERAL. Acordo ortográfico da Língua Portuguesa, 2013 (https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/508145/000997415.pdf?sequence=1). Sites para estudo do conteúdo: http://brasilescola.uol.com.br/portugues, http://portugues.uol.com.br/, http://www.soportugues.com.br, https://www.conjugacao.com.br/.

 

Matemática e raciocínio lógico - Números inteiros: operações e propriedades. Números racionais, representação fracionária e decimal: operações e propriedades. Razão, proporção e progressões. Porcentagem. Regra de três simples e composta. Equação do 1.º grau. Média, mediana e moda. Sistema métrico: medidas de tempo, comprimento, superfície e capacidade. Relação entre grandezas: tabelas e gráficos. Coleta, organização e apresentação de dados. Análise combinatória: contagem, fatorial, permutações, arranjo, combinação. Probabilidade. Geometria plana: ponto, reta, posição relativa entre duas retas, distância entre ponto e reta; inequações do 1º grau; área de triângulos. Raciocínio lógico. Reconhecimento de sequências e padrões Compreensão de estruturas lógicas. Dedução. Conclusão. Princípios de contagem e probabilidade. Verificação da verdade dos argumentos. Bibliografia referencial: IMENES, Luiz Márcio; MILANI, Estela; LELLIS, Marcelo. Matemática – Projeto Presente - 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Editora Moderna, 3ª ed. 2012. GIOVANNI, José Ruy; GIOVANNI JR., José Ruy. Matemática Completa. FTD Editora, 1ª ed. 2001). IEZZI, Gelson et al. Matemática - Volume Único - Ensino Médio. Atual. 2011). MORGADO. Augusto C.; CESAR, Benjamim. Raciocínio Lógico-Quantitativo, Campus/Elsevier, 2010. GYURICSA. Gyorgy Laszlo. Lógica de Argumentação, Yalis Editora, 2006. Sites para estudo do conteúdo: www.somatematica.com.br, www.matematiques.com.br, www.brasilescola.com.br/matematica.

 

Conhecimentos gerais e atualidades - Questões de conhecimentos gerais e atualidades relacionadas à Política, Economia, Sociedade, Saúde e Nutrição, Ciências e Tecnologia, Meio Ambiente, Educação, Cultura, Esporte, Religião, História (Brasil e Mundo), Geografia (Brasil e Mundo). Bibliografia referencial e sites para estudo do conteúdo: Revistas de atualidades (Veja, Isto é, Época, etc.); sites de notícias (www.folhaonline.com.br, www.estadao.com.br, www.uol.com.br/noticias, www.g1.com.br, www.terra.com.br, etc.).

 

Legislação do ensino - Resolução CNE/CP nº 2/2017 - Institui e orienta a implantação da Base Nacional Comum Curricular (http://basenacionalcomum.mec.gov.br/wp-content/uploads/2018/04/RESOLUCAOCNE_CP222DEDEZEMBRODE2017.pdf). Lei Federal nº 9.394/1996 - Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm). Lei Federal nº 11.494/2007 - Regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação - FUNDEB (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/lei/l11494.htm). Lei Federal nº 8.069/1990 - Estatuto da Criança e do Adolescente, artigos 1º ao 6º, 53 a 59, 83 a 85 (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8069.htm). Resolução CNE/CEB nº 4/2010 - Define Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica (http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/rceb004_10.pdf). Resolução CNE/CEB nº 7/2010 - Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental de 9 anos (http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/rceb007_10.pdf). Resolução CNE/CEB nº 5/2009 - Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil (http://www.seduc.ro.gov.br/portal/legislacao/RESCNE005_2009.pdf).

 

Conhecimentos específicos - Direitos e Proteção da criança. A criança: Educar: Cuidar; Brincar; Interação; Diversidade e individualidade; crianças com necessidades especiais. Direitos das crianças em ambiente de creche: brincadeira; atenção individual; ambiente aconchegante, seguro e estimulante; contato com a natureza; higiene e saúde; alimentação sadia; desenvolvimento da curiosidade, imaginação e capacidade de expressão; movimento em espaços amplos; proteção, afeto e amizade; expressão dos sentimentos; especial atenção durante seu período de adaptação à creche; desenvolvimento da identidade cultural, racial e religiosa. Noções gerais de higiene; Noções básicas de nutrição de crianças; Prevenção de acidentes; Noções de Primeiros Socorros na Escola. Bibliografia referencial: Critérios para um atendimento em creches que respeite os direitos fundamentais das crianças (http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/direitosfundamentais.pdf). Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil: Volume 1 – Introdução (http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/rcnei_vol1.pdf); Volume 2 – Formação Pessoal e Social (http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/volume2.pdf); Volume 3 – Conhecimento de Mundo (http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/volume3.pdf). Primeiros Socorros e Prevenção de Acidentes Aplicados ao Ambiente Escolar – UEM, 2008 (http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/2104-6.pdf).
 

Continuar lendo

Atualizado: 10/09/2018 - 11:12

Saúde SP: governador autoriza realização de concursos

Autorização do governador é apenas para reposição de vagas que forem surgindo, durante o período de um ano, em postos exclusivamente da saúde. Pasta ainda aguarda autorização de 3.223 vagas, em diversos cargos

Reposição automática

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

O governador Márcio França divulgou, no último dia 7 de setembro, uma autorização para o preenchimento de vagas na Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo (SES/SP). Porém, o aval do governador é para a realização de novos concursos públicos e convocação de remanescentes de concursos em validade apenas para a reposição de postos que forem surgindo a partir da data da autorização e apenas durante o período de um ano. Além disso, o aval está limitado somente a funções-atividade diretamente ligadas à área de saúde. Vale lembrar que a pasta conta com um pedido de autorização de novo concurso para o preenchimento de nada menos do que 3.223 vagas em diversos cargos, nas áreas de saúde e operacionais.


De acordo com informações obtidas junto ao setor de recursos humanos do órgão, embora a pasta conte com grande carência de pessoal, a nova autorização não permite o preenchimento das vagas do pedido encaminhado para a Secretaria Estadual de Gestão (SGP/SP) em maio. Atende apenas a reposição automática de postos que forem surgindo a partir da autorização e somente pelo período de um ano. Desta forma, a tendência é de que o órgão realize alguns concursos pequenos, pontuais, de acordo com as necessidades que forem surgindo. Além disso, de acordo com responsáveis pelo RH, nada impede que remanescentes sejam chamados, além das vagas inicialmente oferecidas, durante o prazo de validade.


É importante ressaltar que a pasta é uma das que contam com maior carência de pessoal no funcionalismo público estadual. De acordo com o último levantamento funcional, divulgado em 28 de abril, com base até 31 de dezembro de 2017, o órgão conta com uma carência de 57.550 servidores. Desta forma, o pedido para novo concurso, encaminhado para a SGP/SP, de 3.223 postos, pode ser considerado muito aquém do total necessário para suprir as necessidades. As 57.550 vagas em aberto no quadro de pessoal da Secretaria da Saúde correspondem a praticamente metade do total de postos existentes no órgão, que é 107.567.


A Secretaria de Saúde não contava com possibilidade de reposição de pessoal desde 15 de maio de 2015, quando encerrado o prazo de validade da última autorização governamental, que ocorreu em 2011.

 

Autorização

No processo SS-120-2015, vols. I e II (SG-85.604-15), sobre autorização para a contratação de pessoal: “Diante dos elementos de instrução do processo, da exposição de motivos do Secretário da Saúde e tendo presente os pronunciamentos favoráveis das Secretarias de Planejamento e Gestão e da Fazenda, autorizo a Pasta requerente a adotar as providências necessárias para a reposição automática, pelo prazo de 1 ano, de cargos e funções-atividades, exclusivamente da área da saúde, nos termos do parágrafo único do art. 1º da LC 13.683-2009, que vierem a vagar a partir da publicação desta autorização, mediante a abertura de concursos públicos e/ou aproveitamento de remanescentes de concursos públicos com prazo de validade em vigor, observadas as vedações previstas na LF 9.504-97 (Lei Eleitoral), e na Lei Complementar federal 101-2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal), e obedecidos os demais preceitos legais e regulamentares atinentes à espécie.”

 

 

Pedido de novo concurso

Do total de 3.223 vagas que estão sendo solicitadas no novo pedido encaminhado para a SGP/SP, 241 são para cargos com exigência de ensino fundamental, 1.836 para ensino médio e 1.146 para cargos de nível superior, com remunerações iniciais que variam de R$ 1.292.64 a R$ 7.542.

O destaque fica para o cargo de técnico de enfermagem, que conta com pedido de 953 vagas. Neste caso, para concorrer é necessário possuir ensino médio e formação específica, com inicial de R$ 1.454,14 para 50% do Prêmio de Incentivo (PIN) e R$ 1.765,64 para 100% do benefício.


Outro destaque é para a carreira de oficial administrativo, também de ensino médio, com 332 vagas e inicial de R$ 1.292,64 para 50% do PIN e R$ 1.442,64 para 100%

 

Ensino Fundamental
No caso de ensino fundamental, o pedido é para os cargos de oficial de apoio à pesquisa científica e tecnológica (5 vagas, com inicial de R$ 1.672,42 para 50% do Prêmio de Incentivo – PIN – e R$ 1.972,43 para 100% do benefício), auxiliar de saúde (201, R$ 1.355,14 para 50% do PIN e R$ 1.569,64 para 100%), auxiliar de radiologia (1, R$ 1.342,64 para 50% e R$ 1.542,64), auxiliar de laboratório (31, R$ 1.342,64 e R$ 1.542,64) e auxiliar de apoio à pesquisa científica e tecnológica (3, R$ 1.526,63 e R$ 1.826,63).

 

Ensino Médio
Para ensino médio, além das 953 vagas de técnico de enfermagem e 332 para oficial administrativo, também estão sendo solicitados postos para técnico de radiologia (22, R$ 1.367,64 para 50% do PIN e R$ 1.592,49 para 100%), técnico de laboratório (39, R$ 1.367,64 e R$ 1.592,49),  técnico de apoio à pesquisa científica e tecnológica (8,R$ 2.449,19 e R$ 2.849,19), oficial operacional (65, R$ 1.292,64 e R$ 1.442,64), oficial de saúde (44, R$ 1.424,14 e R$ 1.705,64),   motorista de ambulância (150, R$ 1.275,14 e R$ 1.407,64), agente técnico de saúde (48, R$ 1.424,14 e R$ 1.705,84), agente de saúde (21, R$ 1.424,14 E R$ 1.705,84) e agente de apoio à pesquisa científica e tecnológica (4, R$ 2.083,05 e R$ 2.403,05).

 

Nível Superior
Por fim, para nível superior:  tecnólogo em radiologia (67, R$ 1.646,96 e R$ 1.871,96), pesquisador científico (20, R$ 4.729,94 e R$ 5.139,94), médico veterinário (1, R$ 2.616,10 e R$ 3.291,84), médico I – 24 horas (382, R$ 5.371,65 para 50% de Prêmio de Produtividade Médica – PPM – e R$ 7.452 para 100%), médico I – 20 horas (96, R$ 4.476,37 para 50% do PPM e R$ 6.210 para 100%), médico I – 12 horas (159, R$ 2.685,82 e R$ 3.726), executivo público (9, R$ 3.730,92 para 50% do PIN e R$ 4.261,42 para 100%), engenheiro (10, R$ 4.890,69 e R$ 5.240,69), enfermeiro (170, R$ 2.391 e R$ 3.266,10), cirurgião dentista (56, R$ 2.512,77 e R$ 2.762,77), assistente técnico de pesquisa científica e tecnológica (4, R$ 3.968,97 e R$ 4.718,97), agente técnico de assistência à saúde (167, R$ 1.972,43 e R$ 2.631,43), arquiteto (1, R$ 4.890,69 e R$ 5.240,69), analista sociocultural (2, R$ 2.364,45 e R$ 2.714,45) e analista administrativo (2, R$ 2.364,45 e R$ 2.714,45).


Além disso, o pedido também contempla o preenchimento de mais 150 vagas em caráter temporário, sendo 100 para o cargo de técnico de enfermagem, de ensino médio, e 50 para enfermeiros, de nível superior.


Concurso Anterior

A última autorização governamental, já expirada, divulgada em 2011, pelo então governador Geraldo Alckmin, foi para o preenchimento de 3.266 vagas, que incluía 837 postos para auxiliar de enfermagem, 500 para enfermeiros e 700 para médicos, além de 150 auxiliares de serviços de saúde

 

Continuar lendo

Atualizado: 10/09/2018 - 09:18

Concurso Iphan: inscrições para técnico acabam hoje

Válido apenas para vagas na área de arqueologia, prazo termina às 18h. Provas para os demais cargos foram aplicadas em 26 de agosto

411 vagas

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

O concurso do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) encerra às 18h desta segunda-feira (10) as inscrições para a carreira de técnico - área 2 (arqueologia), cujos requisitos foram retificados (confira as mudanças aqui). O prazo foi reaberto em 27 de agosto.

 

As candidaturas devem ser registradas mediante a realização de cadastro no site http://www.cespe.unb.br/concursos/iphan_18/. A taxa custa R$ 117. 

 

Para os demais cargos envolvidos no concurso do Iphan, as provas objetiva e discursiva foram aplicadas em 26 de agosto. No caso das chances para técnico - área 2, as avaliações estão previstas para 21 de outubro. 

 

No total, o processo seletivo preencherá 411 vagas distribuídas em todo o Brasil, além de formar cadastro reserva. São 131 postos para auxiliar institucional (R$ 3.877,97), 176 para técnico (R$ 5.493,29) e 104 para analista (R$ 5.493,29). A primeira posição requer ensino médio completo, enquanto as demais cobram formação superior. Os valores já incluem o auxílio-alimentação de R$ 458.

• APOSTILAS CONCURSO IPHAN 2018 - CARGOS DE NÍVEIS MÉDIO E SUPERIOR
• CURSO ONLINE CONCURSO IPHAN 2018 - TÉCNICO E ANALISTA

As oportunidades estão distribuídas entre a sede do órgão, em Brasília, e superintendências/escritórios técnicos em todos os Estados brasileiros. Para São Paulo, foram disponibilizados 18 postos.  

 

Concurso Iphan: distribuição das vagas por área de formação


Parte das chances para auxiliar institucional é destinada a candidatos que possuem, além de segundo grau, formação técnica em conservação e restauração de bens culturais móveis; edificações; e agronomia ou jardinagem.  

 

As oportunidades para técnico no concurso do Iphan atendem profissionais formados em ciências sociais ou antropologia; arqueologia; arquitetura e urbanismo; arquivologia; biblioteconomia; ciências biológicas; engenharia agronômica; engenharia civil; história; educação, pedagogia ou ciências humanas; e graduação em qualquer área, com experiência em arqueologia. 

 


Ads

Curso Intensivo Gratuito para Concurso IPHAN

Para ajudar na preparação dos que realmente desejam passar nesse concurso, transmitiremos ao vivo e gratuitamente a partir de 18 de junho, o Curso Intensivo IPHAN. O conteúdo engloba desde português a história. São várias matérias de relevância com conteúdo de qualidade. Confira.


 

Já para analista, as opções são voltadas a participantes com curso superior em qualquer área; comunicação social, jornalismo ou relações públicas; engenharia cartográfica, geografia ou geociências; e relações internacionais.

Sobre as provas do concurso do Iphan 2018


O processo seletivo envolve provas objetiva e discursiva para todos os cargos, com aplicação nas capitais dos 26 Estados, além do Distrito Federal.

 

A primeira avaliação reúne 120 questões de múltipla escolha, enquanto a segunda cobrará a elaboração de um texto dissertativo com até 30 linhas abordando tema da atualidade. 

 

O conteúdo programático inclui conhecimentos básicos (língua portuguesa, fundamentos da preservação do patrimônio cultura, noções de gestão/administração pública e atualidades) e específicos.

 

Haverá também análise de títulos para funções de nível superior, em período a ser definido. Os candidatos convocados poderão apresentar diplomas de especialização, mestrado e doutorado, bem como documentos que comprovem experiência profissional nos setores público e privado. 


De acordo com o edital, o concurso do Iphan terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério da instituição. 

 

Atribuições do auxiliar institucional no concurso do Iphan

 

Desenvolver atividades de nível intermediário de suporte às áreas administrativa e finalística, que compreendam a execução de atividades rotineiras de cunho administrativo e logístico; dar suporte às atividades que compõem o ciclo de gestão documental; dar suporte à análise, diagnóstico e intervenção em bens culturais móveis; dar apoio às atividades técnicas relativas à elaboração e análise de projetos e orçamentos e fiscalização de obras; dar suporte às atividades de fiscalização; realizar atividades de conservação e manutenção dos jardins históricos sob a gestão do Iphan; e outras atividades compatíveis com as atribuições profissionais e competências institucionais.

 

Concurso Iphan 2018: atribuições do técnico

 

Desenvolver atividades de nível superior, de complexidade e responsabilidade elevadas, que compreendam elaborar estudos, análises, pareceres, laudos, notas, relatórios e avaliações técnicas para instrução e acompanhamento de processos relativos à salvaguarda e à preservação do patrimônio cultural; avaliar o impacto ao patrimônio cultural em projetos e empreendimentos, inclusive no âmbito do licenciamento ambiental; realizar vistorias, levantamentos e avaliações de campo; acompanhar e se manifestar em processos relacionados a políticas intersetoriais e temáticas transversais ao patrimônio cultural; desenvolver e participar das atividades de articulação e mobilização social necessárias às ações institucionais; integrar conselhos representativos, comissões, grupos e equipes de trabalho de interesse da administração; elaborar e analisar orçamentos; acompanhar e fiscalizar intervenções e(ou) serviços; realizar intervenções conservativas e(ou) restaurativas de bens culturais e acervos sob a gestão do Iphan; elaborar termos de referência, projetos e editais; fiscalizar contratos, convênios e instrumentos congêneres e outras atividades compatíveis com as atribuições profissionais e competências institucionais.

 

Atribuições do analista no concurso do Iphan


Desenvolver atividades de nível superior, de complexidade e responsabilidade elevadas que compreendam o assessoramento especializado voltado para a gestão dos processos relativos à salvaguarda e à preservação do patrimônio cultural; acompanhar e se manifestar em processos relacionados a políticas intersetoriais e temáticas transversais ao patrimônio cultural; desenvolver e participar das atividades de articulação e mobilização social necessárias às ações institucionais; participar em conselhos representativos, comissões, grupos e equipes de trabalho de interesse da administração; elaborar e analisar orçamentos; executar atividades de gestão administrativa, orçamentária e financeira; acompanhar e fiscalizar projetos e(ou) serviços; elaborar termos de referência, projetos e editais; fiscalizar contratos, convênios e instrumentos congêneres; e outras atividades compatíveis com as atribuições profissionais e competências institucionais.

 

Conteúdo programático parcial para o concurso do Iphan

 

Língua portuguesa - 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade.

 

Fundamentos da preservação do patrimônio cultura - Noções sobre história política, econômica e social do Brasil. 1.1 Noções sobre história e institucionalização do patrimônio cultural no Brasil e no mundo, com ênfase na trajetória do IPHAN. 2 Marcos internacionais da preservação: Convenção relativa à Proteção do Patrimônio Mundial, Cultural e Natural (1972); Convenção para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial (2003). 3 Legislação brasileira sobre preservação de bens culturais. 3.1 Constituição Federal (artigos 20, 23, 24, 30, 215 e 216). 3.2 Decreto-Lei nº 25/1937, e suas alterações. 3.3 Lei nº 3.924/1961. 3.4 Lei nº 11.483/2007, e suas alterações (art. 9º). 3.5 Decreto nº 3.551/2000. 3.6 Decreto nº 9.238/2017. 4 Legislação aplicada ao patrimônio cultural. 4.1 Portaria IPHAN nº 187/2010; Portaria IPHAN nº 420/2010; Portaria IPHAN nº 127/2009; Portaria IPHAN nº 137/2016.

 

Noções de gestão e administração pública - 2.1 Princípios e normas referentes à administração direta e indireta. 2.2 Lei nº 8.666/1993, e suas alterações (Licitações e contratos administrativos). 3 Legislação administrativa. 3.1 Lei nº 8.112/1990, e suas alterações. 3.2 Lei nº 9.784/1999, e suas alterações (Processo Administrativo). 3.3 Lei nº 12.527/2011 (Lei de acesso à informação). 3.4 Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, instituído pelo Decreto nº 1.171/1994, e suas alterações. 4 Gestão de pessoas no setor público. 4 Gestão de processos. 4.1 Conceitos da abordagem por processos. 4.2 Técnicas de mapeamento, análise e melhoria de processos.

 

Atualidades - (somente para a prova discursiva): 1 Tópicos atuais e relevantes de diversas áreas, tais como: política, economia, sociedade, educação, cultura, desenvolvimento sustentável e meio ambiente, relacionados ao patrimônio cultural.

 

Confira o conteúdo programático completo para o concurso do Iphan 2018

Continuar lendo

Atualizado: 06/09/2018 - 15:53

Maracaí SP inscreve para concurso com 16 oportunidades

Edital do concurso da Prefeitura de Maracaí tem vagas para candidatos de todos os níveis de escolaridade. Remuneração inicial chega a R$ 3,8 mil por mês

Até 14/9

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

A Prefeitura Municipal de Maracaí, no interior do Estado de São Paulo, realiza concurso público que visa a preencher 16 oportunidades em seu quadro de pessoal. Os salários iniciais ficam entre R$ 921,85 e R$ 3.809,06 por mês.

Candidatos com ensino fundamental incompleto têm como opção as carreiras de coveiro (1 vaga) e pedreiro (1), enquanto os que concluíram tal nível podem pleitear as funções de eletricista (1), encanador (1), merendeira (1) e motorista (1).

Os postos de agente de apoio educacional (3) e auxiliar de atendimento escolar (1) apresentam como exigência o nível médio concluído, sendo que no primeiro caso ainda é necessário ter experiência comprovada de seis meses.

Profissionais formados em nível superior estão habilitados para disputar as posições de médico generalista - clínico geral (1), médico psiquiatra (1), professor de educação básica I (2), psicopedagogo (1) e técnico em TI (1).

Concurso Prefeitura Maracaí: saiba mais

As inscrições do concurso da Prefeitura de Maracaí já estão abertas e serão aceitas até o dia 14 de setembro pela página eletrônica da Didática Consultoria & Assessoria  (www.didaticaconsultoria.com.br), a banca organizadora do certame. As taxas cobradas custam de R$ 40 a R$ 60.

Todos os concorrentes passarão por uma prova objetiva, na cidade de Maracaí, em 21 de outubro. Os endereços de aplicação serão divulgados com antecedência no site da organizadora.

A seleção ainda constará de avaliação prática para as colocações de eletricista, encanador, motorista e pedreiro. De caráter eliminatório e classificatório, o teste ocorrerá no dia 1 de novembro.

Concurso Prefeitura Maracaí: atribuições dos cargos de nível médio

Agente de apoio educacional - Atuar em unidades de Educação Infantil e/ou creches; auxiliar o educador nas ações dentro da sala. Acompanhar os alunos em atividades extracurriculares, envolvendo a seleção de conteúdos, de técnicas e de procedimentos de avaliação do desempenho dos alunos. Auxiliar na solução individual de alunos, aconselhando-os sobre a conduta a ser seguida. Confeccionar material didático a ser utilizado. Zelar pela conservação e manutenção de equipamentos e materiais colocados à sua disposição. Obedecer às normas administrativas concernentes as atividades do órgão de atuação. Integrar a equipe de educação da Unidade.

Auxiliar de atendimento escolar - Recepcionar os alunos da Rede Municipal de Ensino, nos horários de entrada e saída dos períodos, intervalos, recreios, refeições e locomoção, sempre que necessário, e nos horários estabelecidos pela equipe gestora; auxiliar na organização, manutenção e higiene dos materiais e equipamentos da unidade escolar; zelar pela segurança e bem-estar dos alunos; colaborar no atendimento ao público, inclusive encaminhando pais e munícipes a secretaria da unidade escolar; manter a organização do seu local de trabalho e todos os bens públicos que estiverem sob o domínio de sua área de atuação, bem como zelar pela economicidade de materiais e bom atendimento ao público; participar de cursos, reuniões e encontros de formação continuada; entre outras atividades correlatas.

Continuar lendo

Atualizado: 06/09/2018 - 15:52

Maracaí SP inscreve para concurso com 16 oportunidades

Edital do concurso da Prefeitura de Maracaí tem vagas para candidatos de todos os níveis de escolaridade. Remuneração inicial chega a R$ 3,8 mil por mês

Até 14/9

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

A Prefeitura Municipal de Maracaí, no interior do Estado de São Paulo, realiza concurso público que visa a preencher 16 oportunidades em seu quadro de pessoal. Os salários iniciais ficam entre R$ 921,85 e R$ 3.809,06 por mês.

Candidatos com ensino fundamental incompleto têm como opção as carreiras de coveiro (1 vaga) e pedreiro (1), enquanto os que concluíram tal nível podem pleitear as funções de eletricista (1), encanador (1), merendeira (1) e motorista (1).

Os postos de agente de apoio educacional (3) e auxiliar de atendimento escolar (1) apresentam como exigência o nível médio concluído, sendo que no primeiro caso ainda é necessário ter experiência comprovada de seis meses.

Profissionais formados em nível superior estão habilitados para disputar as posições de médico generalista - clínico geral (1), médico psiquiatra (1), professor de educação básica I (2), psicopedagogo (1) e técnico em TI (1).

Concurso Prefeitura Maracaí: saiba mais

As inscrições do concurso da Prefeitura de Maracaí já estão abertas e serão aceitas até o dia 14 de setembro pela página eletrônica da Didática Consultoria & Assessoria  (www.didaticaconsultoria.com.br), a banca organizadora do certame. As taxas cobradas custam de R$ 40 a R$ 60.

Todos os concorrentes passarão por uma prova objetiva, na cidade de Maracaí, em 21 de outubro. Os endereços de aplicação serão divulgados com antecedência no site da organizadora.

A seleção ainda constará de avaliação prática para as colocações de eletricista, encanador, motorista e pedreiro. De caráter eliminatório e classificatório, o teste ocorrerá no dia 1 de novembro.

Concurso Prefeitura Maracaí: atribuições dos cargos de nível médio

Agente de apoio educacional - Atuar em unidades de Educação Infantil e/ou creches; auxiliar o educador nas ações dentro da sala. Acompanhar os alunos em atividades extracurriculares, envolvendo a seleção de conteúdos, de técnicas e de procedimentos de avaliação do desempenho dos alunos. Auxiliar na solução individual de alunos, aconselhando-os sobre a conduta a ser seguida. Confeccionar material didático a ser utilizado. Zelar pela conservação e manutenção de equipamentos e materiais colocados à sua disposição. Obedecer às normas administrativas concernentes as atividades do órgão de atuação. Integrar a equipe de educação da Unidade.

Auxiliar de atendimento escolar - Recepcionar os alunos da Rede Municipal de Ensino, nos horários de entrada e saída dos períodos, intervalos, recreios, refeições e locomoção, sempre que necessário, e nos horários estabelecidos pela equipe gestora; auxiliar na organização, manutenção e higiene dos materiais e equipamentos da unidade escolar; zelar pela segurança e bem-estar dos alunos; colaborar no atendimento ao público, inclusive encaminhando pais e munícipes a secretaria da unidade escolar; manter a organização do seu local de trabalho e todos os bens públicos que estiverem sob o domínio de sua área de atuação, bem como zelar pela economicidade de materiais e bom atendimento ao público; participar de cursos, reuniões e encontros de formação continuada; entre outras atividades correlatas.

Continuar lendo

Atualizado: 06/09/2018 - 12:07

Concurso INSS: defasagem está cada vez mais crítica

Pedido de concurso do INSS encaminhado recentemente ao Ministério do Planejamento é de 7.888 vagas entre os cargos de técnico, analista e perito

Níveis médio e superior

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Cresce cada vez mais a expectativa da abertura do concurso do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Acontece que o órgão está em uma crítica defasagem de pessoal, conforme vem sendo divulgado constantemente pelos sindicatos da categoria.

Um ofício encaminhado, recentemente, pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) à Fenasps (Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social) relata os critérios para que seja liberada autorização do edital.

O documento aponta que, antes de conceder o aval, são avaliados alguns aspectos, como a necessidade atual e futuro (que está bastante preocupante, com o déficit de 16.000 servidores) e o orçamento disponível.

Enviado este ano ao Planejamento, o pedido do concurso do INSS solicitou 10.468 vagas ao seu quadro de pessoal, porém 2.580 eram para excedentes - que não foram convocados durante a validade do certame anterior, encerrada em 5 de agosto.

Das oportunidades destinadas à nova seleção, 3.984 são referentes ao cargo de técnico (área meio), 1.692 a analista (diversas formações) e 2.212 a perito.

A Fenasps já salientou que o instituto precisa urgentemente repor 16 mil vagas, pois há uma situação calamitosa de defasagem de pessoal. A entidade ainda revelou que, se nada for feito, o atendimento prestado pelo INSS entrará em colapso.

• APOSTILAS CONCURSO INSS 2018 - TÉCNICO E ANALISTA DO SEGURO SOCIAL
• CURSO ONLINE CONCURSO INSS 2018 - TÉCNICO DO SEGURO SOCIAL

Concurso INSS: sobre os cargos 

A carreira de técnico do seguro social é uma das mais visadas pelos concurseiros, ainda mais que exige apenas ensino médio completo e apresenta salário inicial de R$ 5.344,87, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

O emprego de analista exige formação superior em diversas áreas de atuação (incluindo serviço social, administração, engenharia, direito, pedagogia, psicologia, comunicação, ciências sociais, arquitetura e letras, entre outras), sendo que a remuneração corresponde a R$ 7.954,09 por mês, contado com o benefício alimentação.

Já a posição de perito destina-se aos profissionais com graduação em medicina e registro no respectivo conselho regional. O inicial é de R$ 8.988,41, também com o auxílio.

Concurso INSS: defasagem de pessoal 

Atualmente, o órgão conta com uma defasagem de quase 16 mil servidores em todo o país, sendo que o maior déficit é para a função de técnico. Com esse quadro, o INSS não consegue atender com eficiência à população.

A situação ainda está calamitosa porque o governo federal diminuiu os recursos para o instituto. Consta no site da Fenasps que um técnico do seguro social, não identificado, comentou que o cenário está caótico: "Falta dinheiro para tudo. Estamos operando no limite da irresponsabilidade. Não por acaso, as pessoas têm reclamado demais do atendimento. O estresse é total".

Veja também:

Artigo: Sim, existe vida após o INSS

Como estudar ao cargo analista do INSS

Dicas de aprovada no concurso do INSS

Dicas de professores ao concurso do INSS

Justiça proíbe papanicolau em concurso do INSS

Concurso INSS: edital de 2015

No final de 2015, foi lançado o edital com o objetivo de preencher 950 vagas. Um total de 800 oportunidades era na função de técnico e as outras 150 para analista - serviço social.

A banca organizadora foi o Cespe/UnB e os participantes passaram por uma prova com questões no estilo certo ou errado.

O último certame (Instituto Nacional do Seguro Social), cujo resultado foi publicado no dia 4 de agosto, foi um dos mais concorridos da história. Ao todo, a seleção registrou nada menos que 1.087.789 inscrições, sendo 1.043.807 somente para técnico do seguro social - em número de inscritos, o concurso INSS 2016 perde apenas para duas outras seleções: a da Caixa Econômica Federal (CEF) realizada 2014, com 1.156.744 candidatos; e a da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) promovida em 2011, com 1.120.393 participantes.

Considerando que o concurso do INSS ofereceu 800 oportunidades para técnico, é possível concluir que a concorrência foi de aproximadamente 1.304 candidatos por vaga.

Confira o depoimento da 1ª colocada no último concurso do INSS

Concurso INSS: atribuições do técnico e analista 

Quanto às atribuições dos cargos, de acordo com o edital do último concurso INSS, o técnico do seguro social é responsável por proceder ao reconhecimento inicial, manutenção, recurso e revisão de direitos aos benefícios administrados pelo INSS; exercer atividades internas e externas ligadas ao suporte e apoio técnico especializado; executar as atividades de orientação e informação, de acordo com as diretrizes estabelecidas nos atos específicos e outras relacionadas aos fins institucionais do INSS, que venham ser determinadas pela autoridade superior.

Já o analista do seguro social é responsável por prestar atendimento e acompanhamento aos usuários dos serviços prestados pelo INSS e aos seus servidores, aposentados e pensionistas; elaborar, executar, avaliar planos, programas e projetos na área de serviço social e reabilitação profissional; realizar avaliação social quanto ao acesso aos direitos previdenciários e assistenciais; promover estudos socioeconômicos visando a emissão de parecer social para subsidiar o reconhecimento e a manutenção de direitos previdenciários, bem como a decisão médico-pericial; e executar de conformidade com a sua área de formação as demais atividades de competência do INSS.

Concurso INSS: conhecimentos básicos de técnico

ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal: Decreto nº 1.171/1994 e Decreto nº 6.029/2007. REGIME JURÍDICO ÚNICO: 1 Lei 8.112/1990 e alterações, direitos e deveres do Servidor Público. 2 O servidor público como agente de desenvolvimento social. 3 Saúde e qualidade de vida no serviço público.

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL: Direitos e deveres fundamentais: direitos e deveres individuais e coletivos; direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade; direitos sociais; nacionalidade; cidadania; garantias constitucionais individuais; garantias dos direitos coletivos, sociais e políticos. 2 Administração Pública (artigos de 37 a 41, capítulo VII, Constituição Federal de 1988 e atualizações).

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO: Estado, governo e Administração Pública: conceitos, elementos, poderes e organização; natureza, fins e princípios. 2 Direito Administrativo: conceito, fontes e princípios. 3 Organização administrativa da União; administração direta e indireta. 4 Agentes públicos: espécies e classificação; poderes, deveres e prerrogativas; cargo, emprego e função públicos; regime jurídico único: provimento, vacância, remoção, redistribuição e substituição; direitos e vantagens; regime disciplinar; responsabilidade civil, criminal e administrativa. 5 Poderes administrativos: poder hierárquico; poder disciplinar; poder regulamentar; poder de polícia; uso e abuso do poder. 6 Ato administrativo: validade, eficácia; atributos; extinção, desfazimento e sanatória; classificação, espécies e exteriorização; vinculação e discricionariedade. 7 Serviços Públicos: conceito, classificação, regulamentação e controle; forma, meios e requisitos; delegação: concessão, permissão, autorização. 8 Controle e responsabilização da administração: controle administrativo; controle judicial; controle legislativo; responsabilidade civil do Estado. Lei nº 23 8.429/1992 (sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função da administração pública direta, indireta ou fundacional e dá outras providências). 9 Lei n°9.784/1999 (Lei do Processo Administrativo).

LÍNGUA PORTUGUESA: Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Ortografia oficial. 4 Acentuação gráfica. 5 Emprego das classes de palavras. 6 Emprego do sinal indicativo de crase. 7 Sintaxe da oração e do período. 8 Pontuação. 9 Concordância nominal e verbal. 10 Regências nominal e verbal. 11 Significação das palavras. 12 Redação de correspondências oficiais (conforme Manual de Redação da Presidência da República).

RACIOCÍNIO LÓGICO: Conceitos básicos de raciocínio lógico: proposições; valores lógicos das proposições; sentenças abertas; número de linhas da tabela verdade; conectivos; proposições simples; proposições compostas. 2 Tautologia. 3 Operação com conjuntos. 4 Cálculos com porcentagens.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: Conceitos de Internet e intranet. 2 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática. 3 Conceitos e modos de utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações utilizando-se a suíte de escritório LibreOffice. 4 Conceitos e modos de utilização de sistemas operacionais Windows 7 e 10. 5 Noções básicas de ferramentas e aplicativos de navegação e correio eletrônico. 6 Noções básicas de segurança e proteção: vírus, worms e derivados.

Concurso INSS: conhecimentos específicos de técnico

Seguridade Social : 1.1 Origem e evolução legislativa no Brasil. 1.2 Conceituação. 1.3 Organização e princípios constitucionais. 2 Legislação Previdenciária. 2.1 Conteúdo, fontes, autonomia. 2.3 Aplicação das normas previdenciárias. 2.3.1 Vigência, hierarquia, interpretação e integração. 3 Regime Geral de Previdência Social. 3.1 Segurados obrigatórios. 3.2 Filiação e inscrição. 3.3 Conceito, características e abrangência: empregado, empregado doméstico, contribuinte individual, trabalhador avulso e segurado especial. 3.4 Segurado facultativo: conceito, características, filiação e inscrição. 3.5 Trabalhadores excluídos do Regime Geral. 4 Empresa e empregador doméstico: conceito previdenciário. 5 Financiamento da Seguridade Social. 5.1 Receitas da União. 5.2 Receitas das contribuições sociais: dos segurados, das empresas, do empregador doméstico, do produtor rural, do clube de futebol profissional, sobre a receita de concursos de prognósticos, receitas de outras fontes. 5.3 Salário-de-contribuição. 5.3.1 Conceito. 5.3.2 Parcelas integrantes e parcelas não-integrantes. 5.3.3 Limites mínimo e máximo. 5.3.4 Proporcionalidade. 5.3.5 Reajustamento. 5.4 Arrecadação e recolhimento das contribuições destinadas à seguridade social. 5.4.1 Competência do INSS e da Secretaria da Receita Federal do Brasil. 5.4.2 Obrigações da empresa e demais contribuintes. 5.4.3 Prazo de recolhimento. 5.4.4 Recolhimento fora do prazo: juros, multa e atualização monetária. 6 Decadência e prescrição. 7 Crimes contra a Seguridade Social. 8 Recurso das decisões administrativas. 9 Plano de Benefícios da Previdência Social: beneficiários, espécies de prestações, benefícios, disposições gerais e específicas, períodos de carência, salário-de-benefício, renda mensal do benefício, reajustamento do valor dos benefícios. 10 Manutenção, perda e restabelecimento da qualidade de segurado. 11 Lei nº 8.212/1991 e alterações. 12 Lei nº 8.213/1991 e alterações. 13 Decreto nº 3.048, de 06/05/1999 e alterações. 14 Lei de Assistência Social (LOAS): conteúdo; fontes e autonomia (Lei nº 8.742/1993 e Decreto nº 6.214/2007 e alterações).

 



Ads

Seja um dos aprovados no concurso do INSS

Garanta uma das 3.984 vagas de técnico do seguro social. Antecipe a sua preparação e conquiste a sua estabilidade financeira. Confira.

 

 

   

 
Continuar lendo

Atualizado: 06/09/2018 - 11:40

Prefeitura de Taubaté SP lança concurso com 13 vagas

As inscrições serão recebidas entre os dias 7 e 30 de setembro. Prova objetiva será aplicada em outubro

Níveis médio e superior

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Serão abertas no dia 7 de setembro as inscrições de dois editais de concurso da Prefeitura Municipal de Taubaté, localizada no interior do Estado de São Paulo. Ao todo, a seleção preencherá 13 funções públicas. 

O cargo de agente de trânsito (10 vagas) exige ensino médio completo e carteira de habilitação na categoria “AB”. O salário inicial é de R$ 1.458,83. 

Candidatos que têm o nível superior podem disputar os emprego de historiógrafo (1), museólogo (1) e paleógrafo (1), cujo vencimento é de R$ 1.978,67, além de 40% de adicional de nível universitário. 

• APOSTILAS CONCURSO PREFEITURA DE TAUBATÉ 2018 - AGENTE DE TRÂNSITO

Para participar será necessário preencher o formulário de inscrição no site do organizador do certame, que é o Instituto Excelência (www.institutoexcelenciapr.com.br), e efetuar o pagamento da taxa, no valor único de R$ 15,65. O prazo se encerrará no dia 30 de setembro. 

Concurso Prefeitura de Taubaté SP: provas

Todos os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório. Ela será composta por 50 questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, interpretação de textos, informática, legislação de trânsito, conhecimentos gerais e atualidades e/ou conhecimentos específicos. 

 

Com três horas de duração, a prova será aplicada na cidade de Taubaté/SP no dia 21 de outubro. A confirmação da data e os locais e horários do exame serão divulgados com antecedência mínima de três dias. 

Aqueles que pleiteiam o cargo de agente de trânsito ainda serão submetidos ao teste de capacitação física, eliminatório, sendo convocados os primeiros 300 candidatos habilitados na objetiva. Ele será constituído por três provas, que serão aplicadas por equipe comandada por profissional de educação física: flexão de braços; flexão abdominal (remador); e corrida de 50m. 

Atribuições do agente de trânsito 

Monitorar trânsito em unidades móveis, interagindo em situações emergenciais. Remover obstáculos da via pública bem como sinalizá-los. Criar rotas alternativas para o tráfego. Orientar condutores por meio de gestos e apitos. Sinalizar existência de obras nas vias públicas. Sincronizar semáforos a condição de trânsito. Aplicar as penalidades de advertência por escrito e multa, por infrações de trânsito previstas no Código Nacional de Trânsito, notificando os infratores. Fiscalizar o cumprimento das normas contidas no Artigo 95 do Código Nacional de Trânsito, aplicando as penalidades previstas. Credenciar os serviços de escolta, fiscalizar e adotar as medidas de segurança relativas aos serviços de remoção de veículos, escolta e transporte de carga indivisível. Registrar e licenciar, na forma da legislação, ciclomotores, veículos de tração e propulsão humana e de tração animal, fiscalizando, autuando, aplicando penalidades decorrentes de infrações. Fiscalizar o nível de emissão de poluentes e ruído produzidos pelos veículos automotores ou pela sua carga, de acordo com o estabelecido no Código Nacional de Trânsito, além de dar apoio a ações específicas de órgão ambiental local, quando solicitado. Realizar outras atividades correlatas inerentes ao cargo.
 

Continuar lendo

Shopping