Dois editais

Prefeitura de Leme SP abre concurso com 46 vagas

Prazo para se inscrever termina em 14 de novembro. Há chances para professor, advogado, psicólogo, terapeuta ocupacional, entre outros cargos

0,00(0.0%)0 voto(s)

Samuel Peressin
Publicado em 25/10/2018, às 11h59

Localizado a cerca de 200 km da capital paulista, o município de Leme abriu concurso público para preenchimento de 46 vagas no quadro de servidores da prefeitura

Foram divulgados dois editais, ambos com cargos de nível superior. Os vencimentos iniciais variam de R$ 1.468,26 a R$ 4.178,65, já considerando o abono salarial de R$ 306,68.  

Há oportunidades para diretor de escola (2 postos), advogado (1), assistente social (2), auditor de controle interno (1), fonoaudiólogo (1), psicólogo (2), psicopedagogo (1), terapeuta ocupacional (1), supervisor de ensino (1), professor substituto (5), professor de educação básica I (20) e professor de educação básica II nas áreas de artes (1), autismo e patologias associadas (1), ciências (1), deficiência auditiva (1), deficiência mental (1), deficiência visual (1), educação física (1), espanhol (1) e inglês (1).   

O prazo para inscrições permanece aberto até 14 de novembro. Os interessados devem se cadastrar pelo site da RBO Assessoria (www.rboconcursos.com.br) e pagar taxa de R$ 30 ou R$ 50, a depender da função escolhida. 

Etapas do concurso da Prefeitura de Leme SP

Todos os participantes realizarão prova objetiva de conhecimentos básicos e específicos com 40 perguntas de múltipla escolha. A aplicação está agendada para 16 de dezembro.

Haverá também análise de títulos para os concorrentes aos postos de professor. Os documentos (diplomas de especialização, mestrado e doutorado) devem ser encaminhados à banca, via Sedex, durante o período para registro de candidaturas. 

O concurso da Prefeitura de Leme terá validade de dois anos, a contar da data de homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, a critério do governo municipal, conforme estabelecem os editais. 

Concurso Leme: atribuições do auditor de controle interno

I - Execução de atividades de controle interno, correição, ouvidoria e promoção da integridade pública, bem como a promoção da gestão pública ética, responsável e transparente, na Administração Direta e Indireta da Prefeitura de Leme; II - Execução de auditorias, fiscalizações, diligências e demais ações de controle e de apoio à gestão, nas suas diversas modalidades, relacionadas à aplicação de recursos públicos, bem como à administração desses recursos, examinando a legalidade, legitimidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, economicidade, eficiência e efetividade dos atos governamentais, em seus aspectos financeiro, orçamentário, contábil, patrimonial e operacional, podendo, inclusive, apurar atos ou fatos praticados por agentes públicos ou privados na utilização de recursos do Município; III - Realização de estudos e trabalhos técnicos que promovam o incremento da transparência pública, a participação da sociedade civil na prevenção da corrupção e o fortalecimento do controle social; IV - Realização de atividades inerentes à garantia da regularidade das sindicâncias e dos processos administrativos disciplinares instaurados no âmbito da Administração Municipal; V - Realização de estudos e trabalhos técnicos que contribuam para a promoção da ética e para o fortalecimento da integridade das instituições públicas. VI - Executar outras tarefas correlatas que lhe forem determinadas pelo superior imediato e os demais serviços concernentes a função.
 

Sobre Prefeitura Leme

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.

Comentários

Mais Lidas