Saúde e educação

Monte Alegre do Sul SP oferece 21 vagas em concurso

Chances em disputa no concurso da Prefeitura de Monte Alegre do Sul são destinadas a professor e fisioterapeuta. Inscrições vão até 28 de janeiro

Samuel Peressin
Publicado em 17/01/2019, às 11h28

No interior de São Paulo, a Prefeitura de Monte Alegre do Sul abriu processo seletivo para contratação temporária de 21 servidores em cargos nas áreas da saúde e educação. 

Há oportunidades para fisioterapeuta (1 posto e salário de R$ 1.426,05) e professor nas especialidades de educação básica I (13 - R$ 1.479,52), arte (1), ciências (1), história (1), inglês (1), língua portuguesa (2) e matemática (1), com vencimentos de R$ 11,68 por hora/aula.

Inscrições e provas

Disponíveis até 28 de janeiro, as inscrições custam R$ 39 e devem ser registradas por meio do site da Integri Brasil (www.integribrasil.com.br), banca que organiza a seleção.

Agendada para 10 de fevereiro, a avaliação objetiva trará 25 questões de múltipla escolha abordando conteúdos de legislação e conhecimentos específicos. Os candidatos terão duas horas e meia para concluir o teste.

Na mesma data, a empresa examinadora receberá os documentos comprobatórios relativos à análise de títulos. Serão considerados diplomas de especialização, mestrado e doutorado.  

O concurso terá validade de um ano, com possibilidade de prorrogação por mais um, a critério da Prefeitura de Monte Alegre do Sul, conforme estabelece o edital.

Conteúdo programático para fisioterapeuta

Legislação – BRASIL, Constituição Federal de 1988 – Título VIII, Capítulo II, Seção II, Artigos de 196 a 200, Da Saúde. BRASIL. Ministério da Saúde. Lei nº 8.080 de 19/09/1990. Diário Oficial da União. Brasília, 20/09/1990. BRASIL. Ministério da Saúde. Lei nº 8.142 de 28/12/1990. Diário Oficial da União. Brasília, 29/12/1990. BRASIL. Ministério da Saúde - Portaria nº 2488/GM, de 21.10.2011, p. no DOU, Seção 1, de 24.10.2011 – aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes e normas para a organização da Atenção Básica, para Estratégia Saúde da Família – ESF e o Programa de Agentes Comunitários de Saúde - PACS; revoga a Portaria nº 648/GM, de 28.3.2006; BRASIL. Ministério da Saúde - Portaria nº 2.226/GM, de 18.9.2009, rep. no DOU, Seção 1, de 20.11.2009: institui, no âmbito da Política Nacional de Atenção Básica, o Plano Nacional de Implantação de Unidades Básicas de Saúde para Equipes de Saúde da Família; BRASIL. Ministério da Saúde - Portaria nº 340/GM, de 04.03.2013, Redefine o Componente Construção do Programa de Requalificação de Unidades Básicas de Saúde (UBS). Implantação de Unidades Básicas de Saúde para Equipes de Saúde da Família; BRASIL. Ministério da Saúde - Portaria Interministerial nº 2087/MS/MEC, de 1º.9.2011, rep. DOU, Seção 1, de 21.9.11: institui o Programa Valorização do Profissional da Atenção Básica.

Conhecimentos específicos – Fundamentos nas ciências: Conhecimentos básicos: anatomia, fisiologia, histologia, bioquímica, neuroanatomia, patologia. Conhecimentos em anatomofisiopatologia das alterações musculoesqueléticas, neurológicas e mental, cardiorrespiratórias, angiológicas e pediátricas. Fundamentos de Fisioterapia. Técnicas básicas em: cinesioterapia motora, manipulações, cinesioterapia respiratória, fisioterapia respiratória em UTI. Técnicas preventivas nas: alterações musculoesqueléticas, prevenção de escaras de decúbito, complicações do aparelho respiratório. Técnicas de treinamento em locomoção e de ambulação: conhecimentos básicos em eletro, foto e termoterapia. Conhecimentos básicos em mecanoterapia e em métodos e técnicas cinesioterápicas que promovam a reeducação funcional. Fisioterapia nos diferentes aspectos clínicos e cirúrgicos (fase hospitalar ou ambulatorial). Atendimento nas fases pré e pós-operatórias nas diversas patologias. Ortopedia e traumatologia- pacientes submetidos à tração transesquelética, osteossínteses e fixadores externos, amputações e alterações neurológicas periféricas. Clínica médica - pacientes com alterações cardiorrespiratórias, metabólicas, infectocontagiosas, com sequelas ou não. Neurocirurgia e Neuroclínica - pacientes com alterações de consciência ou não, submetidos a tratamento clínico, pré ou pós-operatórios de patologias neurológicas, sequelados ou não, com vários graus de acometimento. Pediatria-pacientes com alterações respiratórias, motoras ou metabólicas decorrentes de afecções cirúrgicas, neurológicas, ortopédicas e outros. Clínica cirúrgica- pacientes em pré ou pós-operatórios de cirurgias abdominais ou torácicas com alterações respiratórias ou não. Fisioterapia Na Ortopedia E Medicina Do Esporte, 2ª Edição.1993, James A. Gouíd, Editora Manole; Krusen. Tratado De Medicina Física E Reabilitação, 3ª Edição. 1986, Frederic J. Kottke, G. Keith Stillwell, Justus F. Lehmann, Editora Manole. Propedeutica Neurologica Básica, 1996 - 5< Reimpressão, Editora Atheneu, Wilson LuisSanvito. Medicina De Reabilitação- Princípios E Pratica, Volume1e2 1992, Joel A. Delisa, Editora Manole, Fisioterapia - Avaliação E Tratamento, 2ª Edição – 1993, Susan B. U'sullivan, Thomas J. Schimitz Cash Neurologia Para Fisioterapeutas, 4ª Edição. 1987, Patricia A. Downie, Editora Panamericana.

Orgão: Prefeitura Monte Alegre do Sul
Nº vagas: 21
Taxa de inscrição: R$ 39
Cargos: Professor, Fisioterapeuta
Áreas de Atuação: Saúde, Educação
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 1426,05 Até R$ 1479,52
Organizadora: Integri Brasil
Estados com Vagas: SP
Cidades: Monte Alegre do Sul - SP

Mais Lidas