Saúde

Morro Grande/SC abre prazo de concurso com 11 vagas

Os cargos oferecidos pela Prefeitura Municipal de Morro Grande exigem níveis médio e superior. As inscrições serão aceitas até o dia 9 de agosto

Patricia Lavezzo
Publicado em 18/07/2017, às 09h56

A Prefeitura Municipal de Morro Grande, no Estado de Santa Catarina, abriu inscrições de concurso público para provimento de 11 vagas para o quadro de pessoal da administração direta do Fundo Municipal de Saúde. Haverá, ainda, formação de cadastro reserva (CR) para futuras oportunidades. 
O cargo de fiscal de vigilância sanitária e dengue (1 vaga + CR) exige ensino médio completo, curso de ações básicas na área de vigilância sanitária e curso de PNDC - Programa Nacional de Controle da Dengue. O salário inicial é de R$ 1.873,58.
Aqueles que têm nível superior estão aptos às carreiras de enfermeiro (1 + CR), farmacêutico (1 + CR), fonoaudiólogo (1 + CR), odontólogo (1 + CR), fisioterapeuta (1 + CR) e médico nas especialidades da família (1 + CR), clínico geral (1 + CR), ginecologista e obstetra (1 + CR), pediatra (1 + CR) e psiquiatra (1 + CR). As remunerações partem de R$ 526,85 e chegam a R$ 10.537.

Participação no concurso da Prefeitura de Morro Grande


As inscrições deverão ser realizadas exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico www.epbazi.com.br. A ficha de cadastro estará disponível no site até o dia 9 de agosto. 
Os valores da taxa de participação são de R$ 100 para ensino médio e R$ 180 para nível superior. O pagamento do boleto bancário deverá ser realizado até a data limite do prazo, em qualquer banco. 
O concurso da Prefeitura de Morro Grande será constituído de uma única etapa: prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será composta por 30 questões de múltipla escolha sobre as disciplinas de português, conhecimentos gerais e informática e conhecimentos específicos. 
Com duração máxima de três horas, o exame será aplicado no dia 27 de agosto. As informações sobre os locais e horários de realização da avaliação serão divulgados a partir do dia 18 desse mesmo mês. 

Atribuições do cargo de nível médio


Fiscal de vigilância sanitária e dengue - orientar e fiscalizar as atividades de prevenção/preservação ambiental e da saúde, por meio de vistorias, inspeções e análises técnicas de locais, atividades, obras, projetos e processos, visando o cumprimento da legislação ambiental e sanitária; promover educação sanitária e ambiental; desenvolver atividades definidas na Lei da Vigilância Sanitária; realizar pesquisa larvária em imóveis para levantamento do índice e descobrimento de focos de vetores nas localidades; eliminar criadouros tendo como método de primeira escolha o controle mecânico; executar tratamento focal e perifocal como medidas complementares aplicando larvicidas, inseticidas; conforme orientação técnica; orientar a população com relação aos meios de evitar a proliferação dos vetores; utilizar corretamente os equipamentos de proteção individual indicados para cada situação; repassar ao superior hierárquico os problemas de maior grau de complexidade não solucionados; manter atualizado o cadastro de imóveis e pontos estratégicos; encaminhar os serviços de saúde os casos suspeitos de dengue; desenvolvimento de outras atividades correlatas.

Sobre Prefeitura

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.

Comentários

Mais Lidas