Todos os níveis

Pescaria Brava SC inscreve para concurso com 21 vagas

Edital do concurso da Prefeitura de Pescaria Brava traz oportunidades para diversas carreiras. Iniciais de até R$ 3,9 mil por mês

Camila Diodato
Publicado em 11/09/2018, às 12h19

Situada no Estado de Santa Catarina, a Prefeitura Municipal de Pescaria Brava realiza concurso público que visa a contratar 21 servidores em seu quadro de pessoal.

Candidatos no nível fundamental estão aptos para as funções de agente de serviços gerais (5 vagas), eletricista (1), motorista de veículos leves (5) e motorista de veículos pesados (4).

O certificado de ensino médio e habilitação no mínimo "B" são requisitos para participar nas carreiras de auxiliar administrativo (3) e fiscal de vigilância sanitária (1).

As colocações de controlador interno (1) e tesoureiro (1) destinam-se aos profissionais que possuem formação superior completa e carteira de habilitação no mínimo "B".

Consta no edital do concurso da Prefeitura de Pescaria Brava que os contratados farão jus a salários iniciais que partem de R$ 954 a R$ 3.900.

Concurso Prefeitura Pescaria Brava: mais detalhes

Os interessados devem preencher a ficha de inscrição até as 11h do dia 1 de outubro pelo site da Concursul Assessoria e Consultoria (www.concursul.com.br). São cobradas taxas de R$ 100 (nível fundamental), R$ 120 (médio) e R$ 150 (superior).

Todos os concorrentes passarão por uma prova objetiva com 40 questões de múltipla escolha. O exame terá dez perguntas de língua portuguesa, dez de matemática e raciocínio lógico, cinco de conhecimentos gerais e 15 de conhecimentos específicos.

A avaliação objetiva está marcada para 21 de outubro, das 14h10 às 18h30, em endereços a serem divulgados a partir de 16 de outubro na página eletrônica da banca organizadora.

Concurso Prefeitura Pescaria Brava: principais atribuições

Tesoureiro - Realização dos pagamentos dos empenhos liquidados. Manter sob sua responsabilidade cofre forte, numerário, talões de cheque e outros valores pertencentes à organização, examinando os documentos que lhe forem apresentados, para atender aos interesses da Administração Municipal; recolher aos bancos, em conta corrente em nome do órgão público, todo numerário recebido, mantendo em caixa apenas o necessário ao atendimento do expediente normal; entre outras atividades. 

Fiscal de vigilância sanitária - Determinar o cumprimento de normas técnicas da ABNT e Secretaria Estadual de Saúde no caso de pesagens, aferições, acondicionamento, procedência e conservação de produtos; realiza trabalho de fiscalização de atividades, locais e ambientais, para se detectarem situações ou comportamentos individuais ou de grupos, nocivos à saúde coletiva; entre outras atividades.

Controlador interno - Coordenar as atividades relacionadas com o Sistema de Controle Interno da Prefeitura, promover a sua integração operacional e expedir atos normativos sobre procedimentos de controle; apoiar o controle externo no exercício de sua missão institucional, centralizando, a nível operacional, o relacionamento com o Tribunal de Contas do Estado; entre outras atividades.

Auxiliar administrativo - Elaboração, análise e assinatura de documentos, relatórios e demonstrativos e gráficos; responsabilidade na guarda e utilização de senhas e assinaturas eletrônicas, lançamentos e registros próprios de escritório, inclusive lançamentos contábeis (empenhos, pagamentos, elaboração de balancetes e demonstrativos) e de administração tributária; entre outras atividades.

Agente de serviços gerais - Executar serviços braçais simples, que não exijam conhecimentos ou habilitações específicas, relacionados à limpeza, manutenção e conservação de prédios, vias e logradouros públicos; executar serviços de limpeza de rios, córregos e valas; executar serviços de limpeza e desobstrução de galerias e caixas de captação de águas pluviais e de tubulações em geral; executar tarefas de caiação em meios-fios; entre outras atividades.

Eletricista - Executar todos os serviços ligados à infraestrutura de instalações elétricas e lógicas (dados e voz) que seja de interesse do Município; execução de trabalhos e serviços técnicos projetados e dirigidos por profissionais de nível superior; operação e/ou utilização de equipamentos, instalações e materiais; entre outras atividades.

Motorista de veículos leves - Direção de veículos automotores leves, realizar o transporte de pessoas e materiais; abastecer e garantir a manutenção do veículo verificando o óleo, água, estado de funcionamento e dos pneus; realização de serviços de transporte e entrega de documentos, materiais e volumes em expedientes externos junto a estabelecimentos e repartições diversas; entre outras atividades.

Motorista de veículos pesados - Direção de veículos automotores, incluídos os utilitários, caminhões, de transporte de pessoas e materiais e condução de enfermos nas ambulâncias ou micro ônibus em transporte municipal e fora do município; inclui-se o abastecimento, a conservação e manutenção do veículo verificando o óleo, água, estado de funcionamento e dos pneus; entre outras atividades.

Sobre Prefeitura

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.

Mais Lidas