Santana de Parnaíba SP tem concurso com inscrição aberta

Oferta do edital é de seis vagas para o cargo de assistente técnico jurídico, cujo salário inicial é de R$ 5,1 mil

Para nível superior

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro
Publicado: 18/09/2018 - 10:26

A Prefeitura Municipal de Santana de Parnaíba, localizada na região metropolitana de São Paulo, abriu as inscrições de concurso para provimento de seis vagas destinadas a função pública de assistente técnico jurídico. Do total de ofertas, uma é reservada a pessoas com deficiência. 

Para disputar o cargo, o candidato deve possuir nível superior em direito e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O salário inicial é de R$ 5.174,63 para jornada de trabalho de 30 horas semanais. 

Entre as atribuições do posto, estão: realizar análises, minutas, estudos, exames, pesquisas e demais atividades de natureza técnica jurídica, objetivando propiciar o apoio necessário para o bom desempenho e defesa dos interesses da administração pública municipal, em especial assistindo os procuradores municipais.

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pela internet, através do site do Instituto Mais (www.institutomais.org.br), organizador do certame. O cadastro será recebido até o dia 18 de outubro. O valor da taxa é de R$ 59,80. 

Provas do concurso da Prefeitura de Santana de Parnaíba SP

Os participantes serão avaliados por meio de provas objetiva e discursiva, ambas de caráter eliminatório e classificatório. Elas serão aplicadas na cidade de Santana de Parnaíba/SP no dia 11 de novembro, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser divulgado nos sites do Instituto Mais e da prefeitura (www.santanadeparnaiba.sp.gov.br) a partir do dia 1º de novembro.

A prova objetiva será composta por 40 questões do tipo múltipla escolha, sendo cinco de língua portuguesa, cinco de conhecimentos básicos de legislação municipal, cinco de atualidades e 25 de conhecimentos específicos. 

Já a prova dissertativa contemplará quatro questões que deverão conter de cinco a dez linhas, sendo duas questões sobre direito administrativo e duas sobre direito constitucional, conforme conteúdo programático. Somente serão avaliadas as provas dissertativas, dos 200 primeiros candidatos classificados na objetiva.
 

Vídeos Prefeitura Santana de Parnaíba

Mais Lidas

Mais Recentes

Notícias Recentes Prefeitura

Notícias Relacionadas Prefeitura

Atualizado: 18/09/2018 - 10:26

Santana de Parnaíba SP tem concurso com inscrição aberta

Oferta do edital é de seis vagas para o cargo de assistente técnico jurídico, cujo salário inicial é de R$ 5,1 mil

Para nível superior

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

A Prefeitura Municipal de Santana de Parnaíba, localizada na região metropolitana de São Paulo, abriu as inscrições de concurso para provimento de seis vagas destinadas a função pública de assistente técnico jurídico. Do total de ofertas, uma é reservada a pessoas com deficiência. 

Para disputar o cargo, o candidato deve possuir nível superior em direito e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O salário inicial é de R$ 5.174,63 para jornada de trabalho de 30 horas semanais. 

Entre as atribuições do posto, estão: realizar análises, minutas, estudos, exames, pesquisas e demais atividades de natureza técnica jurídica, objetivando propiciar o apoio necessário para o bom desempenho e defesa dos interesses da administração pública municipal, em especial assistindo os procuradores municipais.

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pela internet, através do site do Instituto Mais (www.institutomais.org.br), organizador do certame. O cadastro será recebido até o dia 18 de outubro. O valor da taxa é de R$ 59,80. 

Provas do concurso da Prefeitura de Santana de Parnaíba SP

Os participantes serão avaliados por meio de provas objetiva e discursiva, ambas de caráter eliminatório e classificatório. Elas serão aplicadas na cidade de Santana de Parnaíba/SP no dia 11 de novembro, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser divulgado nos sites do Instituto Mais e da prefeitura (www.santanadeparnaiba.sp.gov.br) a partir do dia 1º de novembro.

A prova objetiva será composta por 40 questões do tipo múltipla escolha, sendo cinco de língua portuguesa, cinco de conhecimentos básicos de legislação municipal, cinco de atualidades e 25 de conhecimentos específicos. 

Já a prova dissertativa contemplará quatro questões que deverão conter de cinco a dez linhas, sendo duas questões sobre direito administrativo e duas sobre direito constitucional, conforme conteúdo programático. Somente serão avaliadas as provas dissertativas, dos 200 primeiros candidatos classificados na objetiva.
 

Continuar lendo

Atualizado: 17/09/2018 - 16:19

Concurso Alesp está autorizado e deve ocorrer em breve

Novo concurso da Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) deve ter oportunidades para técnico, analista e procurador

Organizadora em breve

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

O novo concurso da Assembleia Legislativa de Sâo Paulo (Alesp) já está autorizado e, em breve, o órgão deve avançar com os seus preparativos. O aval para a abertura do certame foi concedido em 5 de julho, conforme publicado em diário oficial.

Ainda não foram revelados muitos detalhes sobre o processo seletivo, mas sim que haverá vagas imediatas e de cadastro reserva para os cargos que pertencem ao seu quadro de pessoal, que é composto pelas carreiras de técnico, analista e procurador.

Para técnico, há funções com exigência de níveis médio e/ou técnico, enquanto o analista apresenta especialidades que aceitam candidatos com formação superior em diversas áreas de atuação. A colocação de procurador do concurso da Alesp requer ensino superior em direito e inscrição, há no mínimo dois anos, na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O vencimento inicial oferecido é de R$ 6.642,70 para técnico e R$ 10.885,29 para analista. No decorrer da carreira, os servidores contam com reajustes salariais que apresentam 20 níveis.

Vale ressaltar que o documento autorizativo publicado também há a informação que o órgão está liberado para iniciar o processo de escolha da banca organizadora, o que deverá ocorrer em breve.

Concurso Alesp: estrutura remuneratória

No caso do técnico, a remuneração atual tem as seguintes alterações: nível 02 – R$ 6.746,85; 03 – R$ 6.854,92; 04 – R$ 6.967,05; 05 – R$ 7.083,37; 06 – R$ 7.204,05; 07 – R$ 7.329,28; 08 – R$ 7.459,19; 09 – R$ 7.593,97; 10 – R$ 7.733,79; 11 – R$ 7.878,88; 12 – R$ 8.029,38; 13 – R$ 8.185,56; 14 - R$ 8.347,58; 15 – R$ 8.515,68; 16 – R$ 8.690,08; 17 – R$ 8.871,01; 18 – R$ 9.058,73; 19 – R$ 9.253,48; e 20 – R$ 9.455,55.

Já para o analista: 02 – R$ 11.095,91; 03 – R$ 11.314,43; 04 – R$ 11.541,15; 05 – R$ 11.776,38; 06 – R$ 12.020,41; 07 – R$ 12.273,62; 08 – R$ 12.536,30; 09 – R$ 12.808,83; 10 – R$ 13.091,60; 11 – R$ 13.384,97; 12 – R$ 13.689,34; 13 – R$ 14.005,11; 14 – R$ 14.332,73; 15 – R$ 14.672,64; 16 – R$ 15.025,29; 17 – R$ 15.391,18; 18 – R$ 15.770,76; 19 – R$ 16.174,61; e 20 – R$ 16.573,19.

A carreira de procurador conta com níveis, sendo estes: 01 - R$ 18.772,15; 02 - R$ 19.109,69; 03 - R$ 19.459,86; 04 - 19.823,15; 05 - 20.199,98; 06 - 20.590,97; 07 - R$ 20.996,57; 08 - R$ 21.417,37; 09 - 21.853,90; 10 - 22.306,78; 11 - R$ 22.776,62; 12 - R$ 23.264,02; 13 - R$ 23.769,68; 14 - R$ 24.294,27; e 15 - R$ 24.838,47.

Nesses valores não está incluso o vale-refeição diário de R$ 41,24 que, se considerados 22 dias, corresponde a R$ 907,28.

Concurso Alesp: defasagem de pessoal

Agora, o próximo passo para a abertura do concurso da Alesp é definir a quantidade de vagas e as especialidades dos cargos. Mas dá para ter uma noção das oportunidades que serão contempladas com base na quantidade de postos vagos.

Consta no site da Alesp que, no momento, há um déficit de 340 profissionais, sendo 86 analistas legislativos, dois procuradores e 252 técnicos legislativos.

Concurso Alesp: editais anteriores

As seleções anteriores da Assembleia ocorreram em 2010 e 2012, e ambas foram organizadas pela Fundação Carlos Chagas.

Na de 2010, havia oportunidades para agente técnico legislativo (atualmente chamado de analista legislativo), para agente legislativo de serviços técnicos e administrativos (técnico legislativo) e para procurador. As chances estavam distribuídas em diversas especialidades.

Em 2012, foram abertas ofertas apenas para analista nas áreas de taquígrafo e cirurgião-dentista, além de técnico na função de técnico em enfermagem.

Continuar lendo

Atualizado: 17/09/2018 - 13:35

Câmara de Santo André SP abre inscrições para concurso

Legislativo preencherá 28 vagas distribuídas entre cargos de níveis fundamental e superior. Prova está marcada para 18 de novembro

Salários até R$ 8,5 mil

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Foram abertas nesta segunda-feira (17) as inscrições para o concurso da Câmara de Santo André, na Grande São Paulo, destinado a preencher 28 vagas, além de formar cadastro reserva, de acordo com o edital

O cargo de motorista (1 posto e salário de R$ 3.005,95) admite profissionais com ensino fundamental e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) categoria "D".

As carreiras de nível superior são para controlador interno (1 - R$ 7.549,48), procurador (2 - R$ 8.503,49) e técnico legislativo nas áreas administrativa (13 - R$ 3.756,94), fotografia (1 - R$ 3.756,94), som e imagem (1 - R$ 3.756,94), ciências contábeis (1 - R$ 6.859,54),desenvolvimento de sistemas web (1 - R$ 6.859,54), designer gráfico (1 - R$ 6.859,54), economia e finanças (1 - R$ 6.859,54), engenharia (1 - R$ 6.859,54), gestão de pessoas (1 - R$ 6.859,54), jornalismo (1 - R$ 6.859,54), psicologia (1 - R$ 6.859,54) e relações públicas (1 - R$ 6.859,54).  

Concurso Câmara Santo André: inscrição e etapas


O prazo para inscrições termina em 18 de outubro. A ficha cadastral está disponível no site www.ibamsp-concursos.org.br. As taxas foram fixadas em R$ 45 para motorista e variam de R$ 70 a R$ 81 para funções de nível superior.

A prova objetiva está marcada para 18 de novembro. Os candidatos responderão 40 questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa e conhecimentos específicos, além de matemática apenas para motorista e técnico na área administrativa. 

As outras fases da seleção incluem exame prático para técnico em som e imagem, em data a ser definida, e avaliação de títulos para procurador, com entrega dos documentos no mesmo dia do teste escrito.

O concurso da Câmara de Santo André terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do Legislativo, conforme estabelece o edital.

Concurso Câmara Santo André: conteúdo programático para motorista

Língua portuguesa - 1. Organização textual: interpretação dos sentidos construídos nos textos (verbais e não verbais); características de textos descritivos, narrativos e dissertativos. 2. Aspectos morfológicos e semânticos das palavras: sentido e emprego dos vocábulos; tempos e modos do verbo; linguagem figurada; reconhecimento das classes gramaticais; mecanismos de flexão dos nomes e dos verbos. 3. Processos de constituição dos enunciados: coordenação e subordinação; concordâncias verbal e nominal; regências verbal e nominal; uso dos pronomes. 4. Sistema gráfico: ortografia; regras de acentuação; uso dos sinais de pontuação.

Matemática - 1. Conjuntos. Noções: definição, propriedades e operações Conjuntos dos números naturais, inteiros e racionais. 2. Sistema de Numeração: Classes. Números ordinais. 3. Números Reais: Operações com números reais: Resolução de problemas envolvendo adição, subtração, multiplicação, divisão e potenciação. 4. Múltiplos e Divisores: Mínimo Múltiplo Comum. Divisores. Regras de divisibilidade por 2, 3 e 5. Divisibilidade por 10, 100, 1000. Máximo Divisor Comum. Decomposição em fatores primos. 5. Números Fracionários: Frações equivalentes. Simplificação de frações. Redução ao Menor Denominador Comum. Operações de soma, subtração, multiplicação e divisão. 6. Números Decimais: Representação e leitura. Operações. 7. Números e grandezas proporcionais. Razão e proporção. 8. Regra de três simples, Porcentagem e juros simples: Operações para uso no dia-a-dia. Acréscimos e descontos percentuais. 9. Sistema Monetário Brasileiro. 10. Sistema de Medidas: Unidades de comprimento, superfície, capacidade, volume, tempo e massa. Múltiplos e submúltiplos. Transformação de unidades. Operações para uso no dia-a-dia. 11. Fatoração e Produtos Notáveis. 12. Equações e sistemas de equações do 1º grau. Resolução de problemas. 13. Equações do 2º grau. 14. Geometria Plana: Ângulos. Figuras geométricas planas. Perímetros e áreas: triângulos, quadriláteros, circunferência e círculo. Relações métricas no triângulo retângulo. 15. Gráficos de barras, colunas e setores. Análise e interpretação básica. 16. Resolução de situações – problema envolvendo todos os itens do programa.

Conhecimentos específicos - Legislação e Sinalização de Trânsito. Normas gerais de circulação e conduta. Sinalização de Trânsito. Direção defensiva. Primeiros Socorros. Proteção ao Meio Ambiente. Cidadania. Noções de mecânica básica de autos.
 

Continuar lendo

Atualizado: 17/09/2018 - 09:48

TJ SP abre inscrições de concurso com 310 postos de juiz

Para concorrer ao cargo é necessário possuir formação superior em direito e três anos de atividade jurídica

Inicial de R$ 24,8 mil

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ/SP) abriu as inscrições do concurso público para o cargo de juiz substituto. Ao todo são oferecidas 310 vagas, sendo 16 destinadas a portadores de deficiência. 


Para concorrer ao cargo é necessário possuir formação superior em direito, com pelo menos três anos de atividade jurídica comprovada. A remuneração inicial da carreira é de R$ 24.818,71.


As inscrições podem ser feitas somente pela internet, na página eletrônica da organizadora, a Fundação Vunesp, que é www.vunesp.com.br. A taxa é de R$ 248,18. O prazo se encerrará no dia 16 de outubro.

• CURSO CONCURSO TJ SP 2018 - JUÍZ SUBSTITUTO


A aplicação da primeira prova objetiva está marcada para ocorrer em 2 de dezembro


Provas do concurso para juiz do TJ SP 2018


O concurso será composto de cinco fases, incluindo provas objetivas, prova escrita, inscrição definitiva, avaliação de cunho oral e análise de títulos.


A parte objetiva conta com 100 questões, divididas em três blocos. No primeiro são 30 sobre direito civil, direito processual civil, direito do consumidor e direito da criança e do adolescente. No segundo, 35 de direito penal, processual penal, direito constitucional e direito eleitoral. Finalmente, no terceiro, 35 de direito empresarial, direito tributário, direito ambiental e direito administrativo.


A segunda fase consta de prova discursiva e prova prática de sentença, com temas sobre noções gerais de direito e formação humanística e outras questões sobre pontos do conteúdo programático, além de lavratura de sentença.


Já a prova oral versa sobre direito civil, processo civil, direito do consumidor, direito da criança e do adolescente, direito penal, processual penal, direito eleitoral, direito empresarial, direito tributário, direito ambiental, direito administrativo, sociologia do direito, psicologia judiciária, ética e estatuto jurídico da magistratura nacional, filosofia do direito e teoria geral do direito e política. 


 

Continuar lendo

Atualizado: 14/09/2018 - 15:48

Concurso em Salmourão SP tem vaga para procurador

Oferta do edital é de uma vaga para candidatos que têm nível superior em direito e registro na OAB. Inscrições serão aceitas até 30 de setembro

Câmara Municipal

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Encontram-se abertas as inscrições do concurso público da Câmara Municipal de Salmourão, situada no Estado de São Paulo. A seleção visa a contratação de um profissional para o cargo de procurador jurídico, sob o regime estatutário.  

A carreira exige diploma de conclusão de curso de nível superior em direito e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A remuneração inicial é de R$ 2.370,99 para jornada de trabalho de 20 horas semanais. 

As inscrições deverão ser realizadas exclusivamente pela internet, através da página eletrônica www.unisisp.com.br, até o dia 30 de setembro. O valor da taxa de participação é de R$ 50.

Os candidatos serão avaliados por meio de uma única etapa: prova objetiva. Ela contemplará 40 questões de múltipla escolha, sendo dez de língua portuguesa, cinco de conhecimentos básicos de informática e 25 de conhecimentos específicos. 

O exame será aplicado no dia 21 de outubro, com início às 8h, na EMEFI Stela Boer Maioli, situada na Rua Professor Roberto Hottinger, nº 110, Centro de Salmourão/SP. 

Atribuições do procurador jurídico da Câmara de Salmourão

Direção geral nos assuntos jurídicos da câmara municipal, competindo-lhe se pronunciar sobre toda matéria legal que lhe for apresentada pelo presidente da câmara, pela mesa e vereadores, comissões permanentes e temporárias e servidores, quando solicitados e autorizados pela presidência; assessorar à presidência e à mesa, inclusive fora do município; elaboração de minuta de contratos e pareceres, quando solicitado pelo presidente da câmara; defender, em juízo ou fora dele, os direitos e interesses da câmara municipal, mediante procuração ou autorização para tanto; assessorar as comissões permanentes e temporárias, vereadores e servidores, relativo a assuntos e orientações jurídicas; emitir parecer sobre a juridicidade e constitucionalidade de proposições em trâmite na câmara; outros serviços jurídicos de interesse da Câmara de Salmourão. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 14/09/2018 - 11:51

São Luiz do Paraitinga SP: assinado contrato com a banca

Seleção terá 20 vagas imediatas, além de formar cadastro reserva de pessoal para diversos cargos, com iniciais de até R$ 10,5 mil

Edital nos próximos dias

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

A Prefeitura de São Luiz do Paraitinga, na região do Vale do Paraíba, a 171 km da capital paulista, divulgou, por meio de publicação em diário oficial, nesta sexta-feira, 14 de setembro, a assinatura do contrato com a  banca organizadora do seu próximo concurso público,  o Instituto Excelência. Com isto, a publicação do edital de abertura de inscrições pode ocorrer já nos próximos dias.

A seleção será para o preenchimento de 20 vagas imediatas, além de formar cadastro reserva de pessoal em diversos cargos. Das oportunidades imediatas, 14 são para quem possui ensino fundamental, três para ensino médio e três para nível superior, com remunerações iniciais que variam de R$ 960,05 a R$ 10.561,11, com jornadas de trabalho de 16 a 40 horas semanais.

Ensino Fundamental
Quem possui ensino fundamental poderá concorrer aos cargos de agente comunitário de saúde (7 vagas, com inicial de R$ 1.119,47, para 40 horas semanais), conserveiro de estradas (cadastro reserva, com 5 série do ensino fundamental, R$ 960,05, 40 horas), eletricista (CR, R$ 1.394,06, 40 horas), gari (CR, 5 série do ensino fundamental, R$ 960,05, 40horas), merendeira (CR, 5 série do ensino fundamental, R$ 960,05,40 horas), motorista (1, com 5 série do ensino fundamental e carteira de habilitação específica, R$ 1.394,06, 40 horas), operador de máquinas (CR, 5 série do ensino fundamental e habilitação, R$ 2.112,23, 40 horas), pedreiro (CR, 5 série do ensino fundamental, R$ 1.394,06, 40 horas), pessoal de obras (CR, 5 série do ensino fundamental, R$ 960,05, 40 horas) e servente de serviços gerais (6 + CR, 5 série do ensino fundamental, R$ 960,05, 40 horas).

 

Ensino Médio
Para ensino médio: auxiliar administrativo (CR, R$ 1.309,58, 40 horas), auxiliar de enfermagem do PSF (2 + CR, R$ 1.478,57, 40 horas), fiscal de obras (1, R$ 1.879,89, 40 horas), fiscal de trânsito (R$ 1.394,06, 40 horas), fiscal de tributos (CR, R$ 1.879,89, 40 horas), fiscal municipal (CR, R$ 1.879,89, 40 horas), técnico de segurança do trabalho (CR, com curso técnico e registro no Ministério do Trabalho, R$ 1.572,61, 40 horas) e técnico em informática (CR, com curso específico, R$ 1.394,06, 40 horas).

 

Nível Superior
Por fim, para nível superior: advogado (CR, R$ 2.957,09, 30 horas), arquiteto (CR R$ 2.957,09, 30 horas), contabilista (CR, R$ 4.013,20, 40 horas), controlador interno (CR, R$ 3.590,75, 40 horas), enfermeira (CR, R$ 3.168,34, 40 horas), enfermeiro do PSF (1 + CR, R$ 4.436,42, 30 horas), engenheiro civil (CR, R$ 3.168,34, 30 horas), farmacêutico (1, R$ 3.168,34, 40 horas), fonoaudiólogo (CR, R$ 2.745,90, 30 horas), médico do trabalho (CR 3.273,93, 16 horas), médico generalista do PSF (1 + CR, R$ 10.561,11, 40 horas), médico ginecologista (CR, R$ 4.013,20, 16 horas), médico pediatra (CR, R$ 4.013,20, 16 horas), médico psiquiatra (CR, R$ 4.013,20, 16horas), professor de educação básica de educação infantil para crianças de 4 e 5 anos (CR, R$ 1.659,82, 25 a 32 horas), professor de educação básica II ensino fundamental de 6 a 9 ano – matemática (CR, R$ 14,74 por hora aula, de duas a 40 horas aulas semanais), professor de educação básica II – ensino fundamental de 6 a 9 séries – língua portuguesa (CR, R$ 14,74, duas a 40 horas semanais), professor de educação básica I – ensino fundamental 1 a 5 anos (CR, R$ 1.991,77,30 a 32 horas), professor de educação básica II – ensino fundamental de 6 a 9 séries – ciências (CR, R$ 14,74 por hora aula,  de duas a 40 horas semanais), professor de educação básica  II – ensino fundamental de 6 a 9 séries – educação física (CR, R$ 14,74 por hora aula para duas a 40 horas semanais), professor de educação básica II – ensino fundamental de 6 a 9 séries – geografia (CR, R$ 14,74 por hora aula, de duas a 40 horas semanais), professor de educação básica II – ensino fundamental de 6 a 9 séries – história (CR, R$ 14,74 por hora aula para duas a 40 horas), professor de educação básica II – ensino fundamental de 6 a 9 séries – inglês (CR, R$ 14,74 para duas a 40 horas semanais) e psicólogo (CR, R$ 2.323,42, 20 horas).


De acordo com o edital de licitação, as taxas previstas são de R$ 30,83 para cargos de ensino fundamental, R$ 34,83 para ensino médio e R$ 49,16 para nível superior.                     

 

Continuar lendo

Atualizado: 14/09/2018 - 11:45

Concurso TRT SP: saiu resultado das provas da 1ª fase

Com mais de 162 mil inscritos, seleção tem ofertas para profissionais de níveis médio, técnico e superior. Salários variam de R$ 7,5 mil a R$ 13,6 mil

Técnico e analista

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

A Fundação Carlos Chagas divulgou o resultado preliminar das provas objetiva e discursiva do concurso para técnico e analista do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT SP), com sede na capital paulista. A classificação pode ser consultada aqui. A seleção preencherá 320 vagas, além de formar cadastro reserva (CR). 

As avaliações foram aplicadas em 22 de julho. O exame objetivo cobrou a resolução de 60 questões para técnico e de 70 para analista. A redação, por sua vez, exigiu entre 20 e 30 linhas abordando tema proposto pela banca. 

O conteúdo programático previa língua portuguesa, matemática/raciocínio lógico, informática, noções sobre direitos das pessoas com deficiência, legislação e ética no serviço público e conhecimentos específicos.

O processo seletivo inclui, ainda, testes prático e físico para técnico - especialidade segurança, em datas a serem definidas. 

 

• APOSTILA CONCURSO TRT2/SP 2018 - ANALISTA E TÉCNICO JUDICIÁRIOS
• CURSO ONLINE TRT2/SP 2018 - ANALISTA E TÉCNICO JUDICIÁRIO

 

As oportunidades no concurso do TRT SP são para carreiras de técnico (salários entre R$ 7.592,53 e R$ 8.650,18) e analista (de R$ 11.890,83 a R$ 13.626,14), com exigência de ensino médio e superior, respectivamente. Os vencimentos já incluem o auxílio-alimentação de R$ 884 e foram atualizados conforme retificação do edital divulgada em 17 de maio.

Do total de empregos em disputa, o edital reserva 63 a candidatos que se declararem negros e 18 a pessoas com deficiência.

Além da cidade de São Paulo, o TRT/2 tem jurisdição sobre a região metropolitana da capital e a Baixada Santista.

O certame recebeu o total de 162.340 inscritos, sendo 85.998 somente para técnico judiciário - área administrativa e 30.370 para analista judiciário - área judiciária. A estatística de candidatos por opção pode ser conferida no site da banca organizadora. 

 

Vagas no concurso do TRT SP 2018

 

As chances para técnico estão distribuídas entre as áreas administrativa (144 postos), telefonia (1), segurança (35), enfermagem (CR) e tecnologia da informação (1) - as duas últimas especialidades também requerem formação técnica.

 

Já para analista, há ofertas em 20 áreas: judiciária (53), oficial de justiça avaliador federal (54), administrativa (27), contabilidade (1), arquivologia (CR), biblioteconomia (1), enfermagem (CR), enfermagem (CR), especialidade engenharia (CR), engenharia - segurança do trabalho (CR), estatística (CR), medicina (CR), medicina - cardiologia (CR), medicina - clínico geral (CR), medicina do trabalho (CR), medicina - psiquiatria (CR), nutrição (CR), psicologia (CR), serviço social (1), tecnologia da informação (1) e história (1).    

 
Ads

Prepare-se para o concurso do TRT/SP

A Central de Concursos oferece curso preparatório 100% presencial, com 28 anos de experiência em aprovação. Antecipe seus estudos e garanta sua vaga! Confira.  


PROVA ANTERIOR DO CONCURSO TRT/SP

 

 

O concurso terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do Tribunal Regional do Trabalho 2ª Região de São Paulo, de acordo com o edital.

 

Concurso TRT SP 2018: atribuições do técnico - área administrativa (144 vagas)

 

Prestar apoio técnico e administrativo pertinente às atribuições das unidades organizacionais; executar tarefas de apoio à atividade judiciária; arquivar documentos; efetuar tarefas relacionadas à movimentação e à guarda de processos e documentos; atender ao público interno e externo; classificar e autuar processos; realizar estudos, pesquisas e rotinas administrativas; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

 

Atribuições do técnico - especialidade segurança (35 vagas) no concurso do TRT2 SP

 

I - Atuar na segurança dos magistrados, servidores e demais autoridades na área de jurisdição do órgão e em qualquer localidade do território nacional, quando autorizado pelo Presidente do Tribunal; II - realizar a segurança de magistrados e servidores no exercício de suas funções institucionais; III - atuar na preservação da ordem em recintos oficiais, conduzindo à autoridade policial, pessoas em situação de flagrante delito, ou ato infracional, ou, ainda, por determinação de autoridade judiciária; IV - realizar a guarda e vigilância dos bens móveis e imóveis do Tribunal, bem como auxiliar na segurança do patrimônio intelectual e imaterial; V - auxiliar, quando solicitado pela Presidência do Tribunal, na segurança das equipes de trabalho executantes das políticas institucionais e de erradicação do trabalho análogo ao de escravo e infantil, em cooperação com outros Órgãos. VI - realizar ações da atividade de inteligência destinadas a instrumentalizar o exercício da segurança institucional, produzindo conhecimentos e informações que subsidiem ações, de forma a neutralizar e coibir ameaças e atos criminosos na esfera de competência do Tribunal; VII - realizar investigações preliminares de interesse institucional, quando autorizadas pela Presidência do Tribunal; VIII - auxiliar na escolta de presos nas dependências do Tribunal; IX - fiscalizar as atividades de controle de acesso, circulação e permanência de pessoas, materiais, equipamentos e volumes nas dependências do Tribunal; X - conduzir, utilizando técnicas de segurança e prevenção, veículos em missão oficial; XI - executar ações de prevenção e combate a incêndio e outros sinistros de qualquer natureza, bem como atendimento a primeiros socorros; XII - executar a gestão e fiscalização dos contratos de segurança, conforme o caso; XIII - cooperar com outros órgãos de esfera pública, quando autorizado pela Presidência do Tribunal; XIV - executar outras tarefas de interesse institucional, mediante autorização expressa do Presidente do Tribunal; sem prejuízo das atribuições descritas no Ato CSJT.GP.SG.CGPES n.° 193/2008, para servidores ocupantes da área de segurança.

 

Concurso TRT SP 2018: atribuições do analista - área administrativa (27 vagas)

 

Realizar tarefas relacionadas à administração de recursos humanos, materiais, patrimoniais, orçamentários e financeiros, de desenvolvimento organizacional, licitações e contratos, contadoria e auditoria; emitir informações e pareceres; elaborar, analisar e interpretar dados e demonstrativos; elaborar, implementar, acompanhar e avaliar projetos pertinentes à área de atuação; elaborar e aplicar instrumentos de acompanhamento, avaliação, pesquisa, controle e divulgação referentes aos projetos desenvolvidos; atender ao público interno e externo; redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

 

Conteúdo programático parcial para o concurso do TRT 2ª Região

 

Língua portuguesa – Interpretação de texto. Argumentação. Pressupostos e subentendidos. Níveis de linguagem. Articulação do texto: coesão e coerência. Termos da oração. Processos de coordenação e subordinação. Discurso direto e indireto. Tempos, modos e vozes verbais. Classes de palavras. Flexão nominal e verbal. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Ocorrência da Crase. Ortografia e acentuação. Pontuação. Equivalência e transformação de estruturas. Redação.

 

Matemática e raciocínio lógico-matemático – Números inteiros e racionais: operações (adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação); expressões numéricas; múltiplos e divisores de números naturais; problemas. Frações e operações com frações. Números e grandezas proporcionais: razões e proporções; divisão em partes proporcionais; regra de três; porcentagem e problemas. Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. Compreensão e elaboração da lógica das situações por meio de: raciocínio verbal, raciocínio matemático, raciocínio sequencial, orientação espacial e temporal, formação de conceitos, discriminação de elementos. Compreensão do processo lógico que, a partir de um conjunto de hipóteses, conduz, de forma válida, a conclusões determinadas.

 

Informática – Noções de sistema operacional (ambientes Linux e Windows 7, 8 e 10). Edição de textos, planilhas e apresentações (ambientes Microsoft Office 2010, 2013 e LibreOffice 5 ou superior). Redes de computadores: Conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet e Intranet; Programas de navegação (Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox e Google Chrome); Programas de correio eletrônico (Microsoft Outlook e Mozilla Thunderbird); Sítios de busca e pesquisa na Internet; Grupos de discussão; Redes sociais; Computação na nuvem (cloud computing). Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. Segurança da informação: Procedimentos de segurança; Noções de vírus, worms e outras pragas virtuais; Aplicativos para segurança (antivírus, firewall, antispyware etc.); Procedimentos de backup; Armazenamento de dados na nuvem (cloud storage).

 

Noções sobre direitos das pessoas com deficiência (Resolução CNJ nº 230/2016 - art. 19) – Inclusão, direitos e garantias legais e constitucionais das pessoas com deficiência (Lei nº 13.146/2015; Lei nº 11.126/2005 e Constituição Federal). Normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida (Lei nº 10.098/2000 e Decreto 5.296/2004). Prioridade de atendimento às pessoas portadoras de deficiência (Lei nº 10.048/2000 e Decreto 5.296/2004). Direitos no sistema de transporte coletivo (Lei nº 8.899/1994) e Decreto 3.691/2000). Símbolo de identificação de pessoas portadoras de deficiência auditiva (Lei nº 8.160/1991). Normas de apoio às pessoas portadoras de deficiência e sua integração social (Lei nº 7.853/1989 e Decreto 3.298/1999).

 

Legislação e ética no serviço público – Ética e moral. Ética, princípios e valores. Ética e democracia: exercício da cidadania. Ética e função pública. Ética no Setor Público: Estatuto de Ética Profissional do Servidor do TRT da 6ª Região. Lei nº 8.112/1990 e alterações posteriores: Provimento, vacância, remoção, redistribuição e substituição; Direitos e vantagens; Regime disciplinar: deveres, proibições, acumulação, responsabilidades, penalidades, processo administrativo disciplinar. Lei nº 8.429/1992 e alterações posteriores: disposições gerais, atos de improbidade administrativa.

• APOSTILAS CONCURSO TRT2 2018 - TÉCNICO E ANALISTA JUDICIÁRIOS

Confira o conteúdo programático completo para a prova do concurso do TRT/SP 2018

Continuar lendo

Atualizado: 13/09/2018 - 15:32

Concurso Previc: pedido em análise é para 121 vagas

Solicitação para a abertura do concurso da Previc é para os cargos de especialista, analista, técnico, administrador e atuário. Oportunidades nos níveis médio e superior de ensino

Pedido no Planejamento

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Está em análise no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) o pedido do concurso público da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc). No ano passado, o Ministério da Fazenda encaminhou solicitação para 121 vagas distribuídas entre cargos de níveis médio e superior.

O Serviço de Informações ao Cidadão do MPDG chegou a informar que o requerimento refere-se aos cargos de  especialista em previdência social (48 oportunidades), analista administrativo (23), técnico administrativo (39), administrador (11) e atuário (7).

A função de técnico se destina aos participantes que concluíram o ensino médio, enquanto as demais aceitam profissionais com formação superior em diversas áreas de atuação.

O próximo passo para a realização do concurso da Previc é a autorização por parte do ministro do MPDG. Assim que sair o aval será possível iniciar os preparativos da seleção.

Concurso Previc: edital anterior

A Previc lançou, em 2010, um processo seletivo com 100 postos destinados a profissionais com níveis médio e superior. Na ocasião, o Cespe/UnB organizou o certame e as chances foram lotadas no Distrito Federal e em Minas Gerais.

Profissionais com certificado de ensino médio conseguiram se candidatar à colocação de técnico administrativo, que apresentou 20 oportunidades.

Aos candidatos com formação superior foram disponibilizadas vagas para os cargos de analista administrativo/administrativa (14), analista administrativo/contábil (1), analista administrativo/tecnologia da informação (5), especialista em previdência complementar/atuarial (27) e especialista em previdência/finanças e contábil (33).

Na época, as remunerações iniciais oferecidas pela superintendência oscilaram entre R$ 4.582,79 e R$ 10.019,20.

A triagem ocorreu por meio de provas objetivas e testes discursivos para todos os participantes. Depois houve contagem por ponto de títulos para especialista.

Sobre a Previc

Criada pela lei nº 12.154, de 23 de dezembro de 2009, a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) é uma autarquia de natureza especial, dotada de autonomia administrativa e financeira e patrimônio próprio, vinculada ao Ministério da Previdência Social e com sede e foro no Distrito Federal.

A Previc atua em todo o território nacional como entidade de fiscalização e de supervisão das atividades das entidades fechadas de previdência complementar. Ela é responsável também pela execução das políticas para o regime de previdência complementar, operado pelas entidades fechadas de previdência complementar (EFPC), observadas as disposições constitucionais e legais aplicáveis.

Os escritórios regionais do órgão estão localizados nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Pernambuco.

Continuar lendo

Atualizado: 13/09/2018 - 14:56

TRF 3 SP MS: cresce expectativa pelo novo concurso

Seleção foi confirmada em abril e deverá contar com oportunidades para quem possui níveis médio e superior, com remunerações iniciais de até R$ 11,8 mil

Técnicos e analistas

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Cresce a expectativa pela realização do novo concursos público que será promovido pelo  Tribunal Regional Federal da 3ª região (TRF 3ª) que engloba os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul. De acordo com informações obtidas junto ao setor de concursos para servidores, o processo segue em fase de análise para definição de vagas e áreas de atuação que contarão com oportunidades no certame. A expectativa inicial é de que o edital de abertura de inscrições seja possa ser publicado ainda neste semestre., mas isto ainda depende do término do levantamento das necessidades e, posteriormente, contratação da banca organizadora.

A seleção é aguardada desde abril, quando anunicada pela coordenadora da Comissão de Acessibilidade e Inclusão do órgão, juíza Luciana Ortiz Tavares Costa Zanoni, durante reunião com a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal do Estado de São Paulo (Sintrajud). 

Na ocasião, a juíza adiantou que o TRF iria reservar de R$ 6 a R$ 8 milhões do orçamento de 2018 para a realização do novo certame. “Há toda uma estratégia quem tem como prioridade a realização do concurso”, declarou a juíza. Durante a reunião, confirmou que o problema de déficit de pessoal se agravou em decorrência do aumento do número de aposentadorias, provocada pelas preocupações dos servidores com a Reforma da Previdência e com os efeitos da Emenda Constitucional 95/2016, que congelou os orçamentos dos órgãos públicos por 20 anos. “Ainda que façamos economia em outras áreas, não podemos nomear servidores, salvo nos casos autorizados”, lembrou a juíza, mencionando as limitações impostas pela EC 95. “Ficamos de mãos amarradas. Assim como servidores, faltam juízes”, disse.

• CURSO PARA O CONCURSO TRF 3ª REGIÃO 2018 - TÉCNICO E ANALISTA JUDICIÁRIO

A intenção é de que os preparativos para a seleção sejam iniciados o quanto antes, uma vez que a validade da última grande seleção, iniciada em 2013, encerrou em 25 de abril. Depois disso, o órgão realizou outro concurso, em 2015, somente para algumas áreas específicas de técnicos e analistas.

Com isto, embora os cargos e vagas do novo certame ainda não estejam confirmadas, a tendência é de que sejam aproximadamente para as mesmas opções do concurso de 2013, para as carreiras de técnico e analista judiciário, destinadas, respectivamente, a quem possui níveis médio e superior. As três principais áreas, que tendem a ser oferecidas na próxima seleção, são as de técnico judiciário na área administrativa, que pede apenas ensino médio; analista judiciário na área administrativa, para quem possui formação de nível superior em qualquer área; e analista judiciário na área judiciária, para quem possui formação em direito.
As remunerações iniciais atualmente são de R$ 7.887,24 para os técnicos e R$ 12.374,34 para analistas, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 884 por mês.


Além disso, em decorrência da lei 13.317, de 21 de junho de 2016, as duas carreiras contarão com mais dois reajustes, em novembro de 2018 e janeiro de 2019.


Com isto, para técnicos, já com o auxílio-alimentação, os valores passarão a ser de R$ 8.178,65 e R$ 8.475,36. Para analistas, R$ 12.852,49; e R$ 13.339,30.

 


Último Concurso
No concurso de 2013 foram oferecidas 260 vagas, sendo 125 para analistas e 135 para técnicos. Do total, 195 foram para a região metropolitana de São Paulo, 50 para o interior e 15 para o Mato Grosso do Sul. A banca organizadora, na ocasião, foi a Fundação Carlos Chagas.


No caso de técnicos, a seleção foi para as áreas administrativa, administrativa – segurança e transporte,  telecomunicações e eletricidade, contabilidade, enfermagem, informática e segurança do trabalho.
Para os analistas, áreas judiciária, judiciária oficial de justiça avaliador federal, arquivologia, biblioteconomia, contador, engenharia civil, engenharia mecânica, informática, informática – banco de dados, informática –infraestrutura, medicina – cardiologia, medicina – ortopedia,  medicina – psiquiatria, psicologia do trabalho e serviço social.

 

Continuar lendo

Atualizado: 13/09/2018 - 12:01

Câmara de Olímpia SP divulga novo concurso público

As inscrições deverão ser realizadas entre os dias 20 de setembro e 29 de outubro. Os salários iniciais chegam a R$ 6 mil

Todos os níveis

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Foi divulgado o edital de abertura das inscrições do concurso público da Câmara Municipal de Olímpia, localizada no Estado de São Paulo. A seleção visa a contratação de oito profissionais, sob o regime jurídico estatutário, que garante estabilidade. 

Aqueles que concluíram o ensino fundamental poderão disputar a função de jardineiro, cujo salário inicial é de R$ 1.599,86.

Quem possui ensino médio completo está apto ao emprego de telefonista (1), com vencimento de R$ 1.860,30. 

Para nível superior, as chances são para os cargos de administrativo do expediente (1), analista de recursos humanos (1), contador especialista (1), jornalista (1) e procurador jurídico (2). As remunerações variam de R$ 3.373,64 a R$ 6.000. 

De acordo com o edital, o candidato contratado prestará serviços na câmara dentro do horário estabelecido pela administração, podendo ser diurno e/ou noturno, em dias de semana, sábados, domingos e/ou feriados, em escalas de plantão, obedecida à carga horária semanal de trabalho.

Concurso Câmara de Olímpia SP: inscrições e provas

As inscrições serão recebidas entre os dias 20 de setembro e 29 de outubro, exclusivamente pela internet, através do site da banca organizadora do certame, que é a Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br). Os valores da taxa são de R$ 50 (ensino fundamental), R$ 60 (nível médio) e R$ 90 (superior). 

Todos os inscritos serão avaliados por meio de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela contemplará questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, noções de informática, atualidades, legislação e/ou conhecimentos específicos. 

O exame será aplicado cidade de Olímpia/SP no dia 9 de dezembro, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser publicado no site da Fundação Vunesp em momento oportuno. 

Somente o cargo de procurador jurídico será submetido à prova prático-profissional na mesma data da objetiva. Serão analisados: conhecimento técnico; capacidade teórico-prática em desenvolver a peça apresentada com clareza, coerência e objetividade; organização do texto; a análise e síntese dos fatos examinados; a adequação de legislação; correção gramatical; raciocínio jurídico; fundamentação e a sua consistência; capacidade de interpretação e exposição; e a técnica profissional demonstrada.

Aqueles que pleiteiam o posto de jardineiro ainda serão avaliados por meio de prova prática. Ela será realizada com base nas atribuições e nos conhecimentos específicos. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 12/09/2018 - 16:18

Ministério do Trabalho: pedido de concurso em análise

Solicitação para abertura de concurso para o Ministério do Trabalho é para cargos com exigência de níveis médio e superior de ensino. Iniciais de até R$ 16,2 mil

2.873 vagas

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Ainda está em análise no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) o pedido de concurso do Ministério do Trabalho, encaminhado este ano. A solicitação é para o preenchimento de 2.873 vagas em seu quadro de pessoal.

Das oportunidades requeridas, 1.309 são para o cargo de auditor fiscal do trabalho e 1.307 para agente administrativo. As demais chances estão distribuídas da seguinte maneira: administrador (93), arquivista (32), bibliotecário (2), contador (58), engenheiro (5), estatístico (5), sociólogo (4), psicólogo (26), técnico em assuntos educacionais (10), técnico em comunicação social (10) e economista (12).

Em julho, o Sinait (Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho) teve uma reunião como novo ministro do Trabalho, Caio Luiz. Um dos assuntos discutidos é a autorização urgente de novo concurso para o Ministério do Trabalho.

Com relação ao posto de fiscal, os dados do Sinait apontam que o órgão tem mais de 1.300 cargos vagos e cerca de 500 auditores em condições de se aposentar. O presidente do sindicato, Carlos Silva, ressaltou que “não há fiscalização sem fiscais”.

A expectativa é de que ainda em 2018 seja concedida a autorização para o novo concurso do Ministério do Trabalho.

Concurso Ministério do Trabalho: solicitação anterior

O último pedido enviado ao Ministério do Planejamento solicitou a abertura de 2.595 vagas distribuídas em diversos cargos com exigência de níveis médio e superior. Do total de oportunidades requeridas, 1.163 era para a função de agente administrativo, que pede apenas ensino médio e apresenta inicial de R$ 3.881,97, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

CURSO ONLINE MTE - AUDITOR FISCAL DO TRABALHO

As outras 1.432 oportunidades foram para para candidatos com formação superior, sendo 1.190 para a função de auditor-fiscal do trabalho, 85 para administrador, 34 para arquivista, 54 para contador, cinco para engenheiro, cinco para estatístico, três para sociólogo, 26 para psicólogo, dez para técnico em assuntos educacionais, dez para técnico em comunicação social e 12 para economista. Os salários oferecidos chegam a  R$ 16.201,64, contando com o benefício de alimentação.

Principais atribuições do agente e do auditor

Cabe ao agente administrativo exercer atividades que envolvam o suporte administrativo ás unidades organizacionais do órgão, com atuação nas áreas finalísticas, de gestão de pessoas, material, patrimônio, orçamento e finanças, compreendendo tarefas de natureza repetitivas ou não, como operar os sistemas corporativos e governamentais, atender ao público interno e externo por telefone, correio eletrônico ou presencial, elaborar documentos e correspondências, elaborar e analisar informações, certidões, declarações, relatórios e documentos, elaborar e conferir cálculo, realizar atividades relativas à instrução, tramitação e movimentação de processos e documentos, manter e controlar arquivos, orientar a aplicação de noras internas ou de sua área de atuação, participar de reuniões, comissões, grupos e equipes de trabalho, participar do plano de trabalho institucional de sua unidade, realizar levantamento de dados de natureza técnica e atuar na gestão e fiscalização de contratos e convênios. 

No caso de auditor fiscal, entre as atividades estão o cumprimento das disposições legais e regulamentares, inclusive as relacionadas à segurança e medicina do trabalho, no âmbito das relações de trabalho e emprego, verificação dos registros em Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), visando à redução dos índices de informalidade, verificação do recolhimento do Fundo de Garantia Por Tempo de Serviço (FGTS), com o objetivo de maximizar os índices de arrecadação, e cumprimento de acordos, convênios e contratos coletivos de trabalho celebrados entre empregadores e empregados.

Últimos concursos do Ministério do Trabalho

Para agente, o processo seletivo anterior do Ministério do Trabalho ocorreu em 2014 e foi organizada pelo Cespe/UnB. O exame contou com 120 tópicos, sendo 50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos, além de prova discursiva de conhecimentos específicos.

Em conhecimentos básicos foram cobrados temas de língua portuguesa, noções de informática, noções de direito administrativo, atualidades, ética no serviço público e noções de administração financeira e orçamentária. Em conhecimentos específicos, legislação específica, noções de gestão de pessoas nas organizações, noções de administração de recursos materiais, noções de arquivologia e noções de gestão e fiscalização de contratos e convênios.

Para auditor, o último certame ocorreu em 2013 e também organizado pelo Cespe/UnB. A seleção constou de provas objetivas, exames discursivos e sindicância de vida pregressa. As provas objetivas tiveram 220 perguntas, sendo 100 de conhecimentos básicos e 120 de conhecimentos específicos.   

Continuar lendo

Atualizado: 12/09/2018 - 13:30

Câmara de Pradópolis SP reúne seis cargos em concurso

Com inscrições até 21 de setembro, edital reúne chances para auxiliar de secretaria, recepcionista, contador, procurador, secretário geral e técnico legislativo

Níveis médio e superior

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

A Câmara de Pradópolis, no interior do Estado de São Paulo, abriu concurso público destinado a formar cadastro reserva em seis cargos. 

 

Os empregos de auxiliar de secretaria (salário de R$ 2.954,14) e recepcionista (R$ 2.091,10) são opções para profissionais com ensino médio.

 

Curso superior é requisito para as funções de contador (R$ 4.881,76), procurador jurídico (R$ 7.723,22), secretário geral (R$ 5.434,07) e técnico legislativo (R$ 3.582,08).

 

Os vencimentos informados já incluem o auxílio alimentação mensal no valor de R$ 788.

 

Concurso Câmara Pradópolis: inscrição e etapas

 

Será possível se inscrever até 21 de setembro, mediante a realização de cadastro no site www.consesp.com.br. As taxas de participação variam de R$ 45 a R$ 85.

 

O processo seletivo envolverá provas objetiva (todos os cargos) e prático profissional (procurador jurídico), com aplicação em 21 de outubro.

 

De acordo com o edital, o concurso da Câmara de Pradópolis terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do Legislativo. 

 

Concurso Câmara Pradópolis: atribuições dos cargos de nível médio

 

Auxiliar de secretaria - Controlar a presença dos vereadores nas reuniões das sessões legislativas, a fim de elaborar a folha de pagamento mensal; Datilografar e/ou digitar e encaminhar toda a correspondência a ser assinada pela secretaria e pela presidência da Mesa Diretora; Assegurar o funcionamento regular do sistema de som do plenário e fazer a gravação sonora das sessões ordinárias, extraordinárias e solenes da Câmara Municipal, sejam em períodos diurnos, sejam em períodos noturnos. Datilografar e/ou digitar requerimentos, indicações, recomendações e outros documentos de caráter legislativo; Organizar e manter sob sua guarda, em pastas próprias e individualizadas, cópias de todas as proposituras e documentos do legislativo apresentadas pelo presidente da Câmara, pelos vereadores e pelas comissões permanentes; Receber, transmitir e encaminhar a pessoa interessada fax, e-mail e outros documentos; Organizar e manter atualizado o arquivo de documentos da Câmara, classificando-os por assunto, código ou ordem alfabética, para facilitar sua localização quando necessário; Executar outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.

 

Recepcionista - Atender as pessoas que procurem a Câmara Municipal, identificando-o e averiguando suas pretensões, para prestar-lhe informações e providenciar o seu devido encaminhamento; Efetuar atendimento telefônico da Câmara, distribuir as ligações e efetuar ligações externas; Registrar as visitas e os telefonemas atendidos, anotando dados pessoais e comerciais do visitante, para possibilitar o controle dos atendimentos diários; Receber e distribuir a correspondência endereçada a Câmara Municipal, bem como aos funcionários; Receber, protocolar e encaminhar às unidades correspondentes os documentos que devam tramitar pela Câmara; Executar serviço de fotocópia; Executar outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.
 

Continuar lendo

Atualizado: 12/09/2018 - 12:42

Ministério da Fazenda planeja concurso com 1.301 vagas

Solicitação para a abertura de concurso do Ministério da Fazenda refere-se a vários cargos com exigência de níveis médio e superior de ensino

Em avaliação

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

É grande a expectativa para que o concurso do Ministério da Fazenda (MF) seja liberado o mais rápido possível pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG). O órgão solicitou autorização de 1.301 vagas.

A seleção precisa realizada devido à grande defasagem de pessoal no MF. Atualmente, existem 3.148 postos vagas, sendo 2.254 referente aos cargos de nível médio e 894 para ensino superior.

As oportunidades do concurso do Ministério da Fazenda requeridas ao Planejamento estão distribuídas da seguinte maneira: assistente técnico administrativo (904), analista técnico administrativo (257), arquiteto (12), arquivista (9), bibliotecário (12), contador (53), engenheiro (15), enfermeiro (5), pedagogo (6), psicólogo (6) e técnico em comunicação social (22).

Para concorrer ao posto de assistente é necessário possuir ensino médio completo, enquanto as demais funções aceitam candidatos com formação superior em diversas áreas de atuação. Os salários iniciais atuais oscilam entre R$ 3.953,68 e R$ 6.388,27, já incluindo o vale-alimentação de R$ 458.

A solicitação do concurso do Ministério da Fazenda 2018/2019 encaminhada ao MPDG não apresentou as regiões de lotação das oportunidades, mas é bem provável que São Paulo e Distrito Federal sejam os locais com a maior quantidade de oportunidade, e o motivo é que no último certame eles não foram abrangidos.

• CURSO CONCURSO MINISTÉRIO DA FAZENDA 2018 - DIVERSOS

O detalhe do processo seletivo que pode ser dado como certo é a escolha da empresa organizadora, que será a Esaf (Escola de Administração Fazendária), como de costume nos concursos do órgão. Assim, os candidatos podem ir se preparando com as provas e os editais de seleções anteriores, uma vez que a banca se repete.

Concurso Ministério da Fazenda: outras oportunidades

Junto com as vagas para o seu próprio quadro de pessoal, o MF pediu mais 3.040 chances distribuídas entre os seus órgãos vinculados. Os postos são para os níveis médio e superior.

Para a Receita Federal são as 630 vagas para auditor-fiscal e as 1.453 para analista tributário. O quadro do Tesouro Nacional é composto pelas colocações de auditor federal de finanças e controle (30) e técnico de finanças e controle (70), enquanto a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) fica com a função de procurador da Fazenda (240). 

Para a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o pedido contempla 16 oportunidades para a carreira de inspetor, 30 para analista e 82 para agente executivo.

Na Superintendência de Seguros Privados (Susep), são 55 chances para analista técnico. Por fim, as demais profissões se destinam ao quadro da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), sendo elas as de especialista em previdência social (48), analista administrativo (23), técnico administrativo (39), administrador (11) e atuário (7).

Esses detalhes foram divulgados pelo Sistema Eletrônico do Serviço de Informação ao Cidadão (e-SIC). 

Concurso Ministério da Fazenda: edital anterior

No início de 2014, o MF abriu processo seletivo visando a contratar 1.026 profissionais na carreira de assistente. As chances disponibilizadas pelo certame foram distribuídas entre os Estados do Acre (18 vagas), Alagoas (14), Amazonas (28), Amapá (6), Bahia (80), Ceará (53), Espírito Santo (14), Goiás (31), Maranhão (30), Minas Gerais (101), Mato Grosso do Sul (34), Mato Grosso (27), Pará (55), Paraíba (20), Pernambuco (52), Piauí (17), Paraná (97), Rio de Janeiro (61), Rio Grande do Norte (17), Rondônia (13), Roraima (8), Rio Grande do Sul (155), Santa Catarina (74), Sergipe (9) e Tocantins (12).

Todos os candidatos passaram por provas objetivas de conhecimentos básicos e específicos com 70 perguntas de múltipla escolha. Os assuntos abordados nos testes foram língua portuguesa; matemática e raciocínio lógico; conhecimentos de informática; atualidades; gestão de pessoas e do atendimento ao público; ética do servidor na administração pública; administração pública brasileira; e regime jurídico dos agentes públicos.

Concurso Ministério da Fazenda: sobre o órgão

O Ministério da Fazenda é o órgão da estrutura administrativa da República Federativa do Brasil responsável pela formulação e execução da política econômica.

Continuar lendo

Atualizado: 11/09/2018 - 10:55

Jacupiranga SP reabre inscrição de concurso com 31 vagas

Chances em disputa estão distribuídas entre funções destinadas a profissionais de todas as escolaridades. Salários chegam a R$ 6,1 mil

Até 21/9

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

A Prefeitura de Jacupiranga, cidade paulista com cerca de 20 mil habitantes, retificou o concurso público que disponibiliza 31 vagas, além de chances para cadastro reserva (CR). As principais mudanças no edital envolvem a reabertura do prazo de inscrições, entre 6 e 21 de setembro, e o adimamento da prova da primeira fase para 21 de outubro. 

 

Para concorrer como auxiliar de serviços gerais (3 postos e salário de R$ 964,64), borracheiro (1 - R$ 1.088,83) e operário braçal (3 - R$ 964,64) basta ser alfabetizado.  

 

Profissionais com nível fundamental têm opções como auxiliar de saúde bucal (CR - R$ 1.143,32), guarda para policiamento administrativo/vigia (1 - R$ 964,64), mecânico (1 - R$ 1.502,68), motorista de ambulância (CR - R$ 1.143,32), motorista de veículos e cargas em geral (CR - R$ 1.143,32), operador de máquinas (CR - R$ 1.153,13) e recepcionista hospitalar (1 - R$ 1.016,40).

 

Quem possui ensino médio e, em alguns casos, formação técnica, está apto a se inscrever no concurso da Prefeitura de Jacupiranga para as funções de agente comunitário de saúde (2 + CR - R$ 1.214,08), agente de combate a endemias (1 - R$ 1.214,08), agente de organização escolar (2 - R$ 1.153,13), auxiliar de desenvolvimento infantil (CR - R$ 1.173,04), auxiliar de farmácia (1 - R$ 971,86), eletricista (1 - R$ 1.203,66), eletricista de veículos automotores (1 - R$ 1.502,68), escriturário (2 - R$ 1.153,13), fiscal geral (CR - R$ 1.502,68), monitor de transporte escolar (1 - R$ 1.153,13), office boy (CR - R$ 964,64), secretário de escola (CR - R$ 1.163,04), técnico de enfermagem (1 - R$ 1.163,04), técnico de informática (1 - R$ 1.701,35), técnico de raio X (CR - R$ 1.929,28) e técnico em segurança do trabalho (1 - R$ 1.849,85).  

 

São ofertadas carreiras de nível superior para assistente social (CR - R$ 3.110,31), bibliotecário (CR - R$ 2.192,93), contador (CR - R$ 4.464,46), dentista (CR - R$ 3.110,31), enfermeiro (1 - R$ 3.110,31), engenheiro agrônomo (CR - R$ 3.110,31), engenheiro de segurança do trabalho (1 - R$ 3.406,95), farmacêutico (1 - R$ 3.110,31), fiscal tributário (CR - R$ 3.110,31), fisioterapeuta (1 - R$ 3.110,31), médico do trabalho (1 - R$ 6.159,16), ginecologista (1 - R$ 3.406,95), médico plantonista (CR - R$ 805,34 por plantão), nutricionista (CR - R$ 3.110,31), procurador jurídico (CR - R$ 3.110,31), professor de artes (CR - R$ 2.701,08), professor de educação básica - especial (1 - R$ 2.701,08) e psicólogo (CR - R$ 3.110,31).

 

 

Concurso Prefeitura Jacupiranga: inscrições e etapas

 

 

A RBO Assessoria, banca que organiza o certame, recebe inscrições por meio do site www.rboconcursos.com.br. A empresa cobra taxas de R$ 35 (alfabetizados e nível fundamental), R$ 45 (médio) e R$ 60 (superior).   

 

Todos os candidatos farão prova objetiva com questões de conhecimentos básicos e específicos, em 21 de outubro. A seleção será finalizada com outras duas etapas: teste prático (para motorista e operador de máquinas) e avaliação de títulos (professor). 

 

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Jacupiranga terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

 

 

Principais atribuições do auxiliar de serviços gerais no concurso da Prefeitura de Jacupiranga

 

 

Executar tarefas de natureza operacional em obras públicas, conservação e manutenção de próprios municipais. Auxiliar nos serviços de armazenagem de materiais leves e pesados, tais como cal, cimento, areia, tijolos e outros, acondicionando-os em prateleiras ou pátios dos almoxarifados, para assegurar o estoque dos mesmos. Auxiliar nos serviços de jardinagem, aparando gramas, preparando a terra, plantando sementes e mudas, podando árvores, visando conservar, cultivar e embelezar canteiros em geral. Efetuar a limpeza e conservação de áreas verdes, praças, terrenos baldios, ruas e outros logradouros públicos, carpindo, limpando, lavando, varrendo, transportando entulhos, visando melhorar o aspecto do município. Efetuar a limpeza e conservação nos cemitérios e nos jazigos, bem como auxiliando na preparação de sepulturas, abrindo e fechando covas, para permitir o sepultamento dos cadáveres. Auxiliar os motoristas nas atividades de carregamento, descarregamento e entrega de materiais e mercadorias, valendo-se do esforço físico e/ou outros recursos, visando contribuir para a execução dos trabalhos. Auxiliar na preparação de ruas para a execução de serviços de pavimentação, compactando o solo, esparramando terra, pedra, para manter a conservação de trechos desgastados ou na abertura de novas vias. Auxiliar nas instalações e manutenções elétricas, fornecendo materiais necessários e utilizando ferramentas manuais, para estruturar a parte geral das instalações. Apreender animais soltos em vias públicas, tais como vaca, cavalo, cachorros, cabritos, etc., laçando-os e conduzindo-os ao local apropriado, para evitar acidentes e garantir a saúde da população. Entre outras atividades.
 

Continuar lendo

Atualizado: 04/09/2018 - 15:34

Concurso Receita Federal: cresce expectativa por aval

Oportunidades solicitadas ao Ministério do Planejamento são para as carreiras de auditor-fiscal e analista tributário. Iniciais do concurso da Receita serão de até R$ 16,2 mil

2.083 vagas solicitadas

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Cresce a expectativa de que o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) autorize a realização do concurso da Receita Federal do Brasil (RFB). O órgão solicitou autorização para preencher 2.083 vagas em seu quadro de pessoal.

Dados indicam que a falta de servidores na RFB está cada vez mais crítica, ainda mais que a cada novo levantamento cresce o número de postos vagos. A tendência é que a quantidade de servidores fique cada vez mais escassa, caso uma nova seleção não ocorra.

APOSTILAS CONCURSO RECEITA FEDERAL 2018 - AUDITOR

CURSO ONLINE PARA CONCURSO RECEITA FEDERAL 2018 - AUDITOR FISCAL

Último levantamento, de dezembro de 2017, aponta que a Receita Federal tem 20.830 postos em aberto, número em constante crescimento. Do déficit de servidores, 10.922 são de auditores e 9.908 de analista. A situação pode ficar mais crítica, ainda mais que cerca de 20% do pessoal já está apto a se aposentar.

Pedido do concurso da Receita Federal 2018

Em maio de 2017, o Ministério da Fazenda encaminhou ao Ministério do Planejamento pedido para que sejam liberadas à Receita Federal 2.083 oportunidades para auditor-fiscal e analista tributário.

Do total de ofertas requeridas para o concurso da Receita Federal, 630 são para auditor e 1.453 para analista. Ambas as carreiras aceitam profissionais com formação superior completa em diversas áreas de atuação. A remuneração inicial corresponde a R$ 16.201,64 e a R$ 9.714,42, respectivamente, já incluindo o vale-alimentação de R$ 458.

Veja também: simulado completo para o concurso da Receita 2018

Concurso da Receitra Federal para a área administrativa

Outra seleção aguardada é a que contempla 400 vagas para os cargos de assistente-técnico administrativo e analista administrativo, com lotação no quadro de pessoal da Receita Federal. Vale ressaltar que o lançamento do edital, assim que autorizado pelo MPDG, é feito pelo Ministério da Fazenda, que depois distribui as oportunidades para o seu quadro e o da RFB.

Para concorrer a assistente é necessário possuir ensino médio, sendo que o salário inicial, atualizado, é de R$ 4.137,97, considerando o vale-alimentação de R$ 458. Já a função de analista administrativo pede nível superior e oferece vencimento de R$ 5.490,09, incluindo o benefício.

Uma vez autorizado, o concurso contará com uma grande parte das vagas destinada para o Estado de São Paulo, por não ter sido contemplado na última seleção para os cargos administrativos.

Preparação para o concurso da Receita Federal 2018

Por ser considerado um dos concursos mais concorridos do Brasil, já que soma milhares de concorrentes, quem deseja conquistar um posto na RFB deve iniciar os estudos com antecedência. Em entrevista anterior ao JC, o auditor-fiscal da Receita Federal e ex-presidente do Sindifisco Nacional (Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil), Pedro Delarue, comentou que “as provas são disputadíssimas e as pessoas que estão estudando estão super preparadas, então, é necessário estudar bastante, já que há uma grande variedade de temas”.

Uma opção para se preparar para a seleção é analisar o conteúdo programático e as avaliações dos processos seletivos anteriores. 

Último concurso da Receita Federal

No caso de assistente técnico-administrativo, o concurso anterior ocorreu em 2014, sendo organizado pela Escola de Administração Fazendária (Esaf). A prova contou com 70 questões, sendo 50 de conhecimentos básicos e 20 de conhecimentos específicos. Em conhecimentos básicos foram 20 de língua portuguesa, dez de matemática e raciocínio lógico, dez de conhecimentos de informática e dez de atualidades. Em conhecimentos específicos, cinco de gestão de pessoas e atendimento ao público, cinco de ética do servidor na administração pública, cinco de administração pública brasileira e cinco do regime jurídico dos agentes públicos. Informática e atualidades contaram com peso um e as demais disciplinas, com peso dois.  

Prepare-se para o concurso Receita Federal

PROVA ANTERIOR CONCURSO RFB

Para analista técnico administrativo, a última seleção foi em 2013, também organizada pela Esaf. O cargo contou com duas provas, sendo a primeira com 65 questões de conhecimentos básicos e a segunda com 50 de conhecimentos específicos. Em conhecimentos gerais foram 15 de língua portuguesa, dez de atualidades, dez de raciocínio lógico quantitativo, dez de direito constitucional dez de direito administrativo e dez de informática básica. Língua portuguesa e conhecimentos específicos tiveram peso dois, enquanto as demais disciplinas contaram com peso um. Além disso, os candidatos foram submetidos a uma prova discursiva.

Saiba mais sobre o concurso da Receita Federal 2018

 


Ads

Uma das vagas na Receita Federal será sua!

Essa é sua chance. São mais de 2 mil oportunidades com remuneração de até R$ 20.123. Garanta sua vaga e construa uma carreira de sucesso!

 

 

 


Continuar lendo

Atualizado: 03/09/2018 - 14:37

Prefeitura de Descalvado SP oferece 34 vagas em concurso

Com remunerações acima de R$ 13,1 mil, oportunidades estão distribuídas entre funções destinadas a profissionais de todas as escolaridades

Dois editais

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Com cerca de 30 mil habitantes, o município de Descalvado, no interior de São Paulo, divulgou dois editais de concurso público para preencher 34 oportunidades imediatas na prefeitura.     

 

Foram abertas vagas de nível fundamental para ajudante geral (1 posto e salário de R$ 993,68), artífice (1 - R$ 1.183,64), cozinheira (1 - R$ 1.052,14), inspetor de alunos (1 - R$ 1.052,14), monitor de creche (1 - R$ 993,68), motorista (1 - R$ 1.461,29) e operador de máquinas (1 - R$ 1.753,55).  

 

A seleção cobra ensino médio dos candidatos a agente comunitário de saúde (10 - R$ 1.183,64), comprador (1 - R$ 1.753,55), escriturário (1 - R$ 1.461,29), operador de estação de tratamento de água e esgoto (1 - R$ 1.052,14) e técnico em enfermagem (1 - R$ 1.461,29). 

 

Curso superior é requisito para as carreiras de contador (1 - R$ 3.214,86), enfermeiro (1 - R$ 3.214,86), farmacêutico (1 - R$ 3.214,86), fonoaudiólogo (1 - R$ 3.214,86), psicólogo (1 - R$ 3.214,86), procurador jurídico (1 - R$ 3.945,50), professor de educação básica (1 - R$ 13,50 por hora/aula), professor de ciências (1 - R$ 13,50 por hora/aula) e médico nas seguintes áreas: infectologista (1 - R$ 11.690,37), neurologista (1 - R$ 11.690,37), otorrinolaringologista (1 - R$ 11.690,37), psiquiatra (1 - R$ 11.690,37) e especialista em programa da saúde (1 - R$ 13.151,69).     

 

 

Concurso Prefeitura Descalvado: inscrição e etapas

 

 

Organizado pela RBO Assessoria, o concurso abre inscrições na próxima quarta-feira (5), com taxa de R$ 9,93 para todas as funções. O cadastro poderá ser realizado até 28 de setembro, por meio do site www.rboconcursos.com.br.

 

A aplicação das provas objetiva (todas as vagas) e dissertativa (procurador) está prevista para 21 de outubro. As outras fases incluem avaliação prática (artífice, cozinheira, motorista e operador de máquinas), em data a ser definida, e análise de títulos (procurador e professor), com entrega dos documentos durante o período para registro de candidaturas.  

 

O concurso da Prefeitura de Descalvado terá validade de dois anos, com possibilidade de prorrogação por mais dois, a critério do governo municipal, conforme estabelecem os editais.

 

 

Concurso Prefeitura Descalvado: atribuições do artífice

 

 

Desempenha as atividades gerais, relativas à manutenção, conservação, consertos, reformas, construção, instalação, pavimentação de solos de estradas, ruas e obras similares, coloca guias e sarjetas para facilitar o sistema viário, escoamento de águas pluviais e instalação de redes hidráulicas e de esgoto.

 

Atribuições do inspetor de alunos no concurso da Prefeitura de Descalvado

 

Inspeciona alunos em todas as dependências do estabelecimento de ensino, garantindo a disciplina e segurança dos mesmos. Ajuda na fiscalização da alimentação (merenda escolar), das crianças da pré-escola e das quatro primeiras séries do ensino de 1° grau; Zela pela manutenção da ordem e disciplina dos educandos no recinto da escola; Controla a entrada e saída dos alunos do recinto da escola; Comunica ocorrências à direção da escola.
 

Continuar lendo

Atualizado: 03/09/2018 - 13:43

Batatais SP inscreve para concurso com 176 vagas

Prefeitura preencherá postos em cargos de níveis fundamental, médio e superior de ensino. Salários chegam a R$ 12 mil

Até 7/10

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Estão abertas as inscrições para o concurso da Prefeitura de Batatais, em São Paulo, destinado a preencher 176 vagas e a formar cadastro reserva (CR). Os salários ficam entre R$ 1.362,71 e R$ 12.013,89.

 

A seleção disponibiliza postos de nível fundamental para coletor de lixo (6 oportunidades + CR), encanador (2 + CR), eletricista (2 + CR), pedreiro (2 + CR), jardineiro (4 + CR), motorista (6 + CR) e servente (10 + CR).

 

Ensino médio é requisito para agente comunitário de saúde (16 + CR), escriturário (10 + CR), recepcionista (10 + CR), agente de combate a endemias (6 + CR), agente leiturista (2 + CR), agente de saneamento (2 + CR), atendente de consultório dentário (3 + CR), auxiliar de farmácia (2 + CR), fiscal (2 + CR), fiscal de tributação (1 + CR), guarda municipal (6 + CR), guia turístico (1 + CR), operador de ETA (2 + CR), operador de máquinas (2 + CR) e supervisor de agente comunitário de saúde (1 + CR).

 

Além de segundo grau, o concurso da Prefeitura de Batatais requer formação técnica para topógrafo (1 + CR) e técnicos em eletroencefalograma (1 + CR), enfermagem (5 + CR), informática (2 + CR), radiologia médica (2 + CR) e segurança do trabalho (1 + CR).

 

Profissionais com curso superior têm chances como arquiteto (1 + CR), assistente social (8 + CR), bibliotecário (1 + CR), contador (CR), dentista (2 + CR), diretor de controle e fiscalização ambiental (1 + CR), enfermeiro (8 + CR), engenheiro civil (1 + CR), farmacêutico (2 + CR), fisioterapeuta (1 + CR), veterinário (1 + CR), procurador jurídico (1 + CR), psicólogo (3 + CR), técnico desportivo (1 + CR), terapeuta ocupacional (1 + CR) e médico nas seguintes funções: auditor (1 + CR), cardiologista (1 + CR), cirurgião geral (1 + CR), cirurgião vascular (1 + CR), clínico geral (2 + CR), dermatologista (1 + CR), emergencialista (3 + CR), medicina do trabalho (1 + CR), gastroenterologista (1 + CR), generalista da família (3 + CR), ginecologista obstetra (2 + CR), infectologista (1 + CR), neurologista (1 + CR), oftalmologista (1 + CR), ortopedista (1 + CR), otorrinolaringologista (1 + CR), pediatra (3 + CR), plantonista (5 + CR), psiquiatra (2 + CR), reumatologista (1 + CR) e urologista (1 + CR).

 

 

Concurso Prefeitura Batatais: inscrição e etapas

 

 

Será possível se inscrever até as 23h59 de 7 de outubro, mediante a realização de cadastro no site www.institutoindec.com.br. São cobradas taxas de R$ 35 (ensino fundamental), R$ 50 (médio/técnico) e R$ 75 (superior). 

 

Prevista para 25 de novembro, a prova objetiva trará 40 perguntas de múltipla escolha para serem solucionadas em, no máximo, duas horas. As questões abordarão língua portuguesa, matemática, informática e/ou conhecimentos educacionais e específicos.

 

As outras fases do processo seletivo incluem: teste físico, avaliação psicológica, investigação social e curso de formação para guarda municipal, em datas a serem definidas, além de análise de títulos para técnico desportivo, com entrega dos documentos durante o período para inscrição. 

 

O concurso da Prefeitura de Batatais terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal, conforme estabelece o edital

 

 

Concurso Prefeitura Batatais: conteúdo programático para servente

 

 

Língua portuguesa - Fonética e Fonologia, Divisão Silábica, Acentuação gráfica, Emprego do hífen, Ortografia, Pontuação, Estruturas das palavras, Classes Gramaticais, Flexão verbal e nominal, Emprego e Colocação, Pronomes: Empregos de tempos e modos verbais, vozes do verbo, Concordância nominal e verbal, Crase, Interpretação de texto, Analise Sintática: termos da oração e classificação das orações.

 

Matemática - Conjunto numérico R, N, Inteiro, Potenciação, Radiciação, Equação e inequação do 1º grau, Equação do 2º grau, Fatoração, Porcentagem, Juros simples e compostos, Relações e Funções, Área, Perímetro, Volume e Densidade, Áreas das figuras planas, Sistema decimal de medidas, Razões e Proporções.
 

Continuar lendo

Atualizado: 03/09/2018 - 09:06

Concurso Core SP: inscrições abertas para 147 vagas

Seleção preencherá cargos de todas as escolaridades distribuídos entre a capital, interior e litoral. Salários chegam a R$ 5,3 mil

Oito cidades

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Foram abertas nesta segunda-feira (3) as inscrições para o concurso do Core SP (Conselho Regional dos Representantes Comerciais do Estado de São Paulo). A seleção preencherá 147 vagas, sendo 33 imediatas e 114 para formação de cadastro reserva (CR). 

 

Os cargos de copeiro (1 + 4 CR e salário de R$ 1.429,09) e office boy (1 + 4 CR - R$ 1.429,09) são opções para candidatos que possuem nível fundamental.

 

Ensino médio é requisito para assistente administrativo (19 + 62 CR - R$ 2.828,49), operador de teleatendimento (2 + 7 CR - R$ 2.571,36), telefonista (2 + 7 CR - R$ 2.571,36), motorista (1 + 4 CR - R$ 2.828,49), fiscal (2 + 7 CR - R$ 2.828,49) e técnico de TI (1 + 4 CR - R$ 3.438,03). 

 

Profissionais com curso superior têm chances no concurso do Core SP como assistente jurídico (2 + 7 CR - R$ 5.382,85), contador (1 + 4 CR - R$ 5.382,85) e analista de TI (1 + 4 CR - R$ 5.382,85).

• APOSTILAS CONCURSO CORE SP - DIVERSOS CARGOS

Todas as funções têm lotação na cidade de São Paulo, com exceção para a carreira de assistente administrativo, que destina parte das vagas, além da capital, aos municípios de Campinas, Bauru, Ribeirão Preto, Presidente Prudente, Araraquara, Sorocaba e Santos. 

 

 

Concurso Core SP: inscrição e etapas

 

 

Será possível se inscrever até as 23h59 de 15 de outubro, mediante a realização de cadastro pelo site da banca Inaz do Pará (http://paconcursos.com.br/). As taxas custam R$ 9 (nível fundamental), R$ 9,10 (médio) e R$ 9,20 (superior). 

 

As provas objetiva (todos os cargos) e discursiva (analista, contador e assistente jurídico) estão marcadas para ocorrer em 20 de janeiro, com aplicação na cidade de São Paulo. 

 

O conteúdo programático abrange língua portuguesa, informática, raciocínio lógico e conhecimentos gerais e específicos, variando as disciplinas conforme a carreira em disputa. 

 

Para os concorrentes aos postos com exigência de ensino superior, a seleção inclui, ainda, avaliação de títulos. A entrega dos documentos à empresa examinadora está programada para 4 e 5 de abril. 

 

O concurso do Core SP terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do conselho, conforme estabelece o edital

 

 

Concurso Core SP: conteúdo programático para cargos de nível fundamental

 

 

Língua portuguesa - 1. Elementos de construção do texto e seu sentido: gênero do texto (literário e não – literário, narrativo, descritivo e argumentativo); interpretação e organização interna. 2. Semântica: sentido e emprego dos vocábulos; campos semânticos; emprego de tempos e modos dos verbos em português. 3. Morfologia: reconhecimento, emprego, flexão e sentido das classes gramaticais; processos de formação de palavras. 4. Sintaxe: frase, oração e período; termos da oração; concordância nominal e verbal; transitividade e regência de nomes e verbos; mecanismos de coesão textual. 5. Ortografia. Acentuação gráfica. Pontuação. 

 

Raciocínio lógico - ESTRUTURAS LÓGICAS: sentença abertas e fechadas, proposições, operadores lógicos, negação, Tabua lógica, tautologia, contradição, quantificadores, negação das proposições, equivalência lógica, condição suficiente e necessária, logica da argumentação. TEORIA DOS CONJUNTOS: Representação de conjuntos, relações entre conjuntos, relações entre elementos e conjuntos, operações com conjuntos.

 

Conhecimentos gerais - 1. Domínio de tópicos atuais e relevantes de diversas áreas, tais como: Política, economia, sociedade, educação, tecnologia, energia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável, segurança, artes e literatura e suas vinculações históricas. 2. Fatos da atualidade: locais e nacionais. 3. Higiene e saúde no ambiente de trabalho; 4. Noções de Ética: 4.1. Conceitos: ética, moral, valores e virtudes. 4.2. Ética aplicada: Noções de ética empresarial e profissional 4.3. O padrão ético no serviço público; 4.4. A gestão da ética nas empresas públicas e privadas; conflito de interesses; 4.5. Ética e responsabilidade social; 4.6 Código de Ética e Disciplina dos Representantes Comerciais; 5. Relacionamento interpessoal e trabalho em equipe; 6. Atendimento ao público. 7. Lei n° 4.886/1965 e suas alterações/atualizações; 8. Portaria n° 06/2018 – Plano de Cargos e Salários do Core-SP; 9. Regimento Interno do Core-SP.

 

Confira aqui o conteúdo programático completo para todos os cargos do concurso do Core SP

 

 

 

Atribuições do copeiro no concurso do Core SP

 

 

Preparar e servir sucos, cafés, chás, água e outros gêneros correlatos; receber, conferir, separar, armazenar e fiscalizar a validade dos gêneros alimentícios; cuidar da higienização de utensílios, equipamentos e local de trabalho; operar aparelhos ou equipamentos de preparo e manipulação dos gêneros alimentícios e aparelhos de aquecimento ou refrigeração; executar o tratamento e descarte dos resíduos de materiais provenientes do seu local de trabalho; zelar pela guarda e conservação, manutenção dos equipamentos utilizados no trabalho e informar defeitos que venham ocorrer nos mesmos; informar a necessidade de aquisição dos gêneros alimentícios; executar outras tarefas correlatas, conforme necessidade ou a critério de seu superior.

 

 

Concurso Core SP: atribuições do assistente administrativo

 

 

Realizar atividades relacionadas com atendimento ao público, tais como: encaminhar para os setores, efetuar registros profissionais, emitir boletos de pagamentos, negociar débitos, inscrever e acompanhar processos envolvendo inscrição de pessoas físicas e jurídicas. Acompanhar vencimentos e prazos de validades, transferências, cancelamentos, baixas, registros ativos, inativos e secundários. Levantar situações profissionais de qualquer natureza quando constar de processos em trâmite no Core-SP. Organizar processos, verificando os documentos necessários à sua composição e efetuando o registro. Receber e expedir correspondências eletrônicas. Realizar entrega de documentos e recebimento de materiais e malotes. Tirar cópias de documentos. Realizar atividades de apoio administrativo, tais como: efetuar e receber ligações telefônicas e ainda fornecer informações por telefone, enviar e receber fax, anotar recados e arquivar documentos em geral. Colaborar e/ou organizar eventos desenvolvidos pelo Core-SP e realizar contatos telefônicos com os Representantes Comerciais para a divulgação dos eventos. Elaborar e preparar relatórios e planilhas, coletando informações em arquivos e outras fontes. Executar tarefas nos sistemas operacionais do Core-SP, incluindo o Portal da Transparência, quando autorizado. Elaborar tabelas e gráficos ilustrativos. Proceder a inventários de materiais e de bens móveis permanentes. Realizar levantamentos de dados referentes a assuntos-administrativos, a fim de serem utilizados pelos órgãos competentes. Conferir, redigir e elaborar correspondências, memorandos, ofícios, relatórios e outros trabalhos administrativos. Organizar o processo de arquivos de documentos de acordo com a ordem numérica, alfabética, por assunto ou cronológica, a fim de manter o controle e facilitar sua-localização. Organizar e controlar as publicações expedidas; em estoque e o arquivo inativo do conselho. Realizar o controle de estoque de material, anotando os dados em formulário apropriado, bem como preparar requisições para solicitar novas remessas. Realizar a cobrança dos inadimplentes e de gerenciar as baixas automáticas e manuais. Representar o Core-SP em Repartições Públicas municipais, estaduais e federais quando necessário. Responsável pelas chaves do Escritório Seccional, quando lotado neste local. Responsável pela abertura e fechamento do Escritório Seccional no seu horário de expediente, quando lotado neste local. Redigir documentos diversos. Zelar pela guarda e segurança dos equipamentos de trabalho e documentação. Zelar pelo bom funcionamento e organização do ambiente de trabalho. Executar outras atividades correlatas ao departamento. Integrar a composição de Comissões instituídas para atender às necessidades do Core-SP. Executar outras tarefas semelhantes em complexidade e natureza às anteriormente descritas, por necessidade do trabalho elou por solicitação superior.
 

Continuar lendo

Atualizado: 31/08/2018 - 13:59

Prefeitura de Assis SP abre concurso com 130 vagas

Município oferece salários acima de R$ 11,5 mil. Inscrições começam neste sábado (1)

Todos os níveis

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Começam neste sábado (1) as inscrições para o concurso da Prefeitura de Assis, em São Paulo, destinado a preencher 130 vagas imediatas, além de formar cadastro reserva (CR).

 

O edital tem chances com exigência de nível fundamental incompleto para auxiliar de conservação de vias urbanas e rurais (20 postos + CR e salário de R$ 1.079,03), mecânico (2 + CR - R$ 1.126,01), motorista (10 + CR - R$ 1.227,16), motorista plantonista (6 + CR - R$ 1.227,16), motorista de transporte coletivo (20 + CR - R$ 1.227,16), merendeira (10 + CR - R$ 1.034,31), pedreiro (3 + CR - R$ 1.126,01), soldador (1 + CR - R$ 1.126,01), vigia (1 + CR - R$ 991,63) e operador de máquina de esteira e veículos (1 + CR - R$ 1.801,60), operador de máquinas, equipamentos e veículos (10 + CR - R$ 1.263,21), operador de motoniveladora e veículos (2 + CR - R$ 1.801,60), operador de pá carregadeira e veículos (2 + CR - R$ 1.801,60) e operador de retroescavadeira e veículos (2 + CR - R$ 1.801,60). 

 

Com ensino médio é possível concorrer como agente comunitário ESF (CR - R$ 1.227,16), agente de combate a endemias (5 + CR - R$ 1.175,39), agente fiscal de trânsito (6 + CR - R$ 1.506,64), assistente administrativo (5 + CR - R$ 1.575,07), assistente farmacêutico (1 + CR - R$ 1.126,01), auxiliar de comunicação externa e recadastramento (6 + CR - R$ 1.126,01), auxiliar de enfermagem (5 + CR - R$ 1.126,01), auxiliar de saúde bucal (1 + CR - R$ 1.227,16) e cuidador social (6 + CR - R$ 1.263,21).

• APOSTILAS CONCURSO PREFEITURA DE ASSIS 2018 - DIVERSOS CARGOS E NÍVEIS

Estão em disputa cargos de nível superior para assistente social (1 + CR - R$ 3.126,07), dentista (1 + CR - R$ 5.504,62), enfermeiro (1 + CR - R$ 3.126,07), engenheiro civil (CR - R$ 4.773,79), procurador jurídico (1 + CR - R$ 4.342,72), professor de educação básica - ensino fundamental (CR - R$ 1.884,80), psicólogo (CR - R$ 3.126,07) e médico nas seguintes áreas: saúde da família (1 + CR), ginecologista (CR), clínico geral (CR), endocrinologia pediátrica (CR), psiquiatra (CR), dermatologista (CR), reumatologista (CR), neurologista (CR), hematologista (CR), endocrinologista (CR), cirurgia geral - pequenas cirurgias (CR), ortopedista/traumatologista (CR), proctologista (CR) e urologista (CR), com vencimentos entre R$ 3.951,77 e R$ 11.586,41.      

 

 

Concurso Prefeitura Assis: inscrição e etapas

 

 

Os interessados devem realizar cadastro pelo site www.fema.edu.br. Disponíveis até 16 de setembro, as inscrições custam R$ 25 (ensino fundamental), R$ 40 (médio) e R$ 100 (superior).

 

Ainda sem data definida, a prova objetiva trará 50 questões de múltipla escolha para serem solucionadas em, no máximo, três horas. Na segunda fase haverá avaliação prática - exceto para as vagas de médico, dentista e professor.  

 

O concurso da Prefeitura de Assis será válido por dois anos, com possibilidade de prorrogação por mais dois, a critério do governo municipal, conforme prevê o edital.

 

 

Concurso Prefeitura Assis: conteúdo programático para vagas de nível fundamental

 

 

Língua portuguesa - Compreensão de texto. Sinônimos e antônimos. Frases (afirmativa, negativa, exclamativa, interrogativa). Noções de número: singular e plural. Noções de gênero: masculino e feminino. Concordância do adjetivo com o substantivo e do verbo com o substantivo e com o pronome. Pronomes pessoais e possessivos. Verbos ser, ter e verbos regulares. Reconhecimento de frases corretas e incorretas.

 

Matemática - Operações com números naturais e fracionários: adição, subtração, multiplicação e divisão. Sistemas de medidas: tempo, comprimento, capacidade, massa, quantidade. Resolução de situações-problema.

 

Conhecimentos gerais - Fatos contemporâneos relacionados à Política, Economia, Sociedade, Saúde e Nutrição, Ciências e Tecnologia, Meio Ambiente, Educação, Cultura, Esporte, Religião, História (Brasil e Mundo), Geografia (Brasil e Mundo), divulgados na mídia local e/ou nacional. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 30/08/2018 - 13:16

Presidente Venceslau SP abre concurso com 16 vagas

Edital tem chances para leiturista, procurador jurídico, assistente jurídico, médico e dentista. Inscrições vão até 11 de setembro

Cinco cargos

JC Concursos - Patricia Lavezzo - Informe o Erro

Distante cerca de 600 km da capital paulista, a cidade de Presidente Venceslau realiza concurso público, por meio da prefeitura, para contratação de 16 servidores, além de formação de cadastro reserva (CR).

 

O cargo de leiturista (2 postos + CR e salário de R$ 1.205,31) é destinado a candidatos com ensino fundamental.

 

As demais carreiras em disputa exigem curso superior. Há ofertas para procurador jurídico (1 - R$ 2.787,96), assistente jurídico (1 + CR - R$ 2.787,96), médico clínico geral (6 - R$ 3.206,16) e dentista (6 - R$ 3.206,16).

 

 

Inscrição e etapas do concurso de Presidente Venceslau

 

 

A Unisisp, banca que organiza a seleção, recebe inscrições até 11 de setembro, por meio do site www.unisisp.com.br. São cobradas taxas de R$ 30 (leiturista) e R$ 60 (demais funções). 

 

O processo seletivo envolverá provas objetiva (todos os cargos), em 30 de setembro, de títulos (procurador, assistente e médico), com entrega dos documentos no mesmo dia, e física (leiturista), em data a ser definida.

 

O conteúdo programático abrange língua portuguesa, matemática, informática e conhecimentos específicos, variando as disciplinas conforme a vaga.

 

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Presidente Venceslau terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

 

 

Concurso Prefeitura Presidente Venceslau: atribuições do leiturista

 

 

Realiza serviços de leitura de hidrômetros e entrega de avisos; Fazer leituras mensais nos hidrômetros instalados no município; Proceder a entrega no município de avisos das taxas de água e esgotos; Colaborar com o setor de processamento de dados para uma perfeita execução dos serviços, de cobrança de serviços do DAE; Executar outras tarefas afins, determinadas pelo superior imediato.
 

Continuar lendo

Shopping