Publicado: 11/08/2017 - 15:59 | Atualizado: 11/08/2017 - 16:00

Prefeitura de Sooretama/ES: concurso com 30 vagas

Todas as oportunidades do processo seletivo da Prefeitura Municipal de Sooretama são para o cargo de agente comunitário de saúde. As inscrições serão aceitas entre os dias 14 e 16 de agosto

Nível fundamental

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

A Prefeitura Municipal de Sooretama, localizada no Estado do Espírito Santo, publicou processo seletivo para provimento de 30 vagas temporárias para o cargo de agente comunitário de saúde, visando à contratação em caráter de urgência. Haverá, ainda, formação de cadastro reserva para eventuais oportunidades. 
Interessados em concorrer a uma das vagas devem possuir ensino fundamental completo e residir na área em que atuará desde a data de publicação do edital. 
As inscrições presenciais deverão ser realizadas entre os dias 14 e 16 de agosto, das 8h às 11h e das 13h às 17h, na Rua Henrique Alves Paixão, s/n, Centro. O candidato deverá levar preenchida a ficha de participação, disponível no site da prefeitura (www.sooretama.es.gov.br) e apresentar cópia do documento de identificação com foto e CPF, juntamente com originais para conferência.

Processo seletivo da Prefeitura de Sooretama


O processo seletivo da Prefeitura de Sooretama será constituído de duas etapas: prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, e análise de títulos, apenas classificatória. 
Com três horas de duração, a avaliação objetiva será composta por 30 questões, sendo 10 de língua portuguesa e 20 sobre a área da saúde. Ela será aplicada no município de Sooretama no dia 3 de setembro. 
Serão convocados para a análise de títulos os candidatos habilitados e classificados na objetiva, até o quádruplo da quantidade de vagas ofertadas para cada área. Serão aceitos os seguintes documentos: curso em nível médio; curso na área de informática; curso na área pleiteada; e participação em eventos. 
Todas as informações oficiais referentes ao processo seletivo serão divulgadas no site da Prefeitura de Sooretama e afixadas no quadro de avisos do órgão e da Secretaria Municipal de Saúde, sendo de responsabilidade do candidato o acompanhamento constantemente das publicações oficiais e dos prazos. 

Vídeos Prefeitura Sooretama

Postura interfere na qualidade dos estudos


Mais Lidas

Mais Recentes

níveis médio e superior

níveis médio e superior

Uruçuí PI inscreve para 92 vagas

Atualizado: 08/02/2018 - 11:52

Concurso em Ecoporanga/ES inscreve para 90 vagas

Edital do concurso da Prefeitura de Ecoporanga apresenta oportunidades para motorista, auxiliar administrativo, enfermeiro, contador, professor, entre outros cargos

Até 12/2

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Prefeitura de Ecoporanga, no Espírito Santo, está com inscrições abertas para um concurso público destinado a preencher 90 vagas. A oferta salarial varia de R$ 937 a R$ 1.979,59.
Quem possui nível fundamental pode concorrer como motorista (4 postos), operador de máquinas (2) e berçarista (4).
Ensino médio é requisito para auxiliar administrativo (6), auxiliar de consultório dentário (2), operador de computador (2) e técnico em meio ambiente (1).
Em nível superior há oportunidades no concurso da Prefeitura de Ecoporanga para assistente social (4), contador (2), enfermeiro (2), engenheiro civil (2), nutricionista (2), farmacêutico (1), psicólogo (3), fonoaudiólogo (1), auditor em saúde (1) e professor nas áreas de educação física (5), arte (3), função pedagógica - MMPP (8) e função docência - MMPA (35).

Concurso Prefeitura Ecoporanga: inscrições e provas


Com taxas de R$ 40 a R$ 70, as inscrições para o concurso da Prefeitura de Ecoporanga devem ser realizadas pelo site www.institutoibdo.com.br. O prazo termina em 12 de fevereiro.
O processo seletivo envolverá provas objetiva (todos os cargos), em 11 de março, e prática (motorista e operador de máquinas), em 6 de maio.
De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Ecoporanga terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

Principais atribuições do auxiliar administrativo no concurso da Prefeitura de Ecoporanga


Execução de serviços de digitação; Preencher fichas, formulários, talões, mapas, tabelas, requisições, e outros; Executar serviços relacionados ao recebimento, registro, classificação, arquivamento, guarda e conservação de documentos em geral; Auxiliar na preparação de guias de acidentes de trabalho, benefícios e aposentadoria, efetuando os cálculos necessários; Auxiliar na elaboração na folha de pagamento de pessoal; Auxiliar na elaboração de declaração e certidão por tempo de serviço; Executar os serviços de recebimento, classificação, separação e distribuição de correspondências e volumes; Executar a devolução quando as correspondências e volumes não forem procurados até o prazo estipulado; Auxiliar no controle de bens móveis e imóveis da prefeitura, efetuando inventário, tombamento, registro e sua conservação; Auxiliar na execução de coleta de preços e no acompanhamento dos processos de compras; Executar serviços de reprodução de documentos; Atender e prestar informações ao público nos assuntos referentes a sua área de atuação; Fiscalizar o transporte coletivo e de veículos de aluguel, sob responsabilidade da Prefeitura, observando o cumprimento das disposições legais; Entre outras atividades. 
Continuar lendo

Atualizado: 10/01/2018 - 13:32

Semed de Aracruz/ES abre inscrições para 734 vagas

A participação no processo seletivo da Secretaria Municipal de Educação (Semed) de Aracruz deverá ser garantida somente entre os dias 10 e 11 de janeiro

Níveis fundamental e médio

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

No Estado do Espírito Santo, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) de Aracruz receberá entre os dias 10 e 11 de janeiro as inscrições de seu novo processo seletivo simplificado. A seleção visa o preenchimento de 734 vagas temporárias, além de formação de cadastro reserva (CR) de eventuais oportunidades. 
Candidatos que têm o ensino fundamental podem se inscrever para as funções de auxiliar de serviços gerais (210 vagas + CR), manipulador de alimentos (155 + CR), motorista (3 + CR) auxiliar de serviços gerais - educação indígena (16 + CR) e manipulador de alimentos - educação indígena (9 + CR).
Aqueles que têm o ensino médio estão aptos às carreiras de assistente de turno (40 + CR), assistente técnico de química (1 + CR), auxiliar de professor da educação básica (270 + CR), instrutor de libras (1 + CR), monitor de transporte escolar (6 + CR), motorista de transporte escolar (6 + CR), tradutor e intérprete de libras - língua portuguesa/libras (3 + CR), assistente de turno - educação indígena (3 + CR), auxiliar de biblioteca - educação indígena (2 + CR), auxiliar de professor da educação básica - educação indígena (6 + CR) e agente administrativo - educação indígena (3 + CR).  
Os salários iniciais oferecidos pela Semed de Aracruz oscilam entre R$ 954 e R$ 1.212,97.

Processo seletivo da Semed de Aracruz


As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico da Prefeitura de Aracruz (www.pma.es.gov.br). A ficha de cadastro deverá ser impressa no ato da inscrição online e apresentada pelo candidato quando convocado, devendo ser anexada em um envelope contendo toda documentação exigida no edital.
O processo seletivo da Semed de Aracruz será constituído de uma única etapa: análise de títulos. O candidato deverá apresentar documentos relacionados à experiência e qualificação profissional. 
Continuar lendo

Atualizado: 07/12/2017 - 10:57

Aberto concurso com 129 vagas em São Roque do Canaã/ES

Presenciais, inscrições para o concurso da Prefeitura de São Roque do Canaã vão de 11 a 13 de dezembro. Seleção preencherá postos em carreiras destinadas a profissionais de todas as escolaridades

Salários de até R$ 4,1 mil

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Prefeitura de São Roque do Canaã, no Espírito Santo, divulgou quatro editais de um processo seletivo destinado a preencher 129 vagas, além de formar cadastro reserva (CR). Os salários variam de R$ 689,13 a R$ 4.186,33. 
Quem possui ensino fundamental incompleto pode concorrer como agente de serviços operacionais (16 postos + CR) e operador de máquinas pesadas (6 + CR).
As carreiras de agente de limpeza e alimentação (31 + CR), agente de portaria (2 + CR), motorista CNH "D" (9 + CR), pedreiro (CR), operador de trator de pneus (CR) e agente comunitário de saúde (28 + CR) admitem profissionais que completaram o nível fundamental.    
Ensino médio é requisito do concurso da Prefeitura de São Roque do Canaã para auxiliar administrativo (CR), auxiliar de mecânico (CR), educador social (2 + CR), mecânico de máquinas leves e pesadas (CR), recepcionista (CR), agente de combate a endemias (3 + CR), agente fiscal sanitário (1 + CR) e auxiliar de enfermagem (5 + CR).
Além de segundo grau, as funções de técnico de processamento de dados (2 + CR), técnico em edificações (CR), auxiliar técnico de laboratório (1 + CR) e auxiliar de consultório dentário (CR) requerem formação técnica.    
Em nível superior há oportunidades no concurso da Prefeitura de São Roque do Canaã para pedagogo (CR), inspetor escolar - educação básica (CR), assistente social (1 + CR), engenheiro civil (CR), nutricionista (CR - R$ 2.719,36), psicólogo (1 + CR), engenheiro ambiental (1 + CR), enfermeiro (2 + CR), farmacêutico (CR), fisioterapeuta (1 + CR), veterinário (CR), odontólogo (CR), biólogo (CR), médico auditor em saúde pública (1 + CR), clínico geral (2 + CR), ginecologista (1 + CR), pediatra (1 + CR), médico plantonista (12 + CR) e professor nas áreas de educação infantil e anos iniciais (CR), educação especial (CR), inglês (CR), ciências (CR), educação física (CR), geografia (CR), história (CR), língua portuguesa (CR) e matemática (CR).

Concurso Prefeitura São Roque do Canaã: inscrições e avaliação


Presenciais e gratuitas, as inscrições serão recebidas entre os dias 11 e 13 de dezembro, das 8h às 11h e das 12h às 16h30, no setor de protocolo geral da Prefeitura de São Roque do Canaã.
A seleção dos candidatos ocorrerá em etapa única, por meio de análise de títulos, que devem ser entregues no ato da inscrição. Serão considerados dois critérios: qualificação profissional e tempo de experiência. 
De acordo com os editais, o concurso da Prefeitura de São Roque do Canaã terá validade de um ano, prorrogável por mais um, a critério do governo municipal.

Atribuições do agente de limpeza e alimentação no concurso da Prefeitura de São Roque do Canaã


Ajudar na remoção ou arrumação de móveis e utensílios; Fazer o serviço de faxina em geral: remover o pó dos móveis, paredes, tetos, portas, janelas e equipamentos; Limpar escadas, pisos, passadeiras, tapetes e utensílios; Arrumar banheiros e toaletes; Auxiliar na arrumação e troca de roupa de cama; Lavar e encerar assoalhos; Lavar e passar vestuários e roupas de cama e mesa; Coleta lixo nos depósitos colocando-os nos recipientes apropriados; Lavar vidros, espelhos e persianas; Varrer e manter a limpeza de pátios e jardins; Cortar grama, manter e renovar as folhagens; Fazer café, chá e servir; Preparar a merenda escolar: limpar e preparar cereais, vegetais, carnes, peixes, etc., observando métodos de cocção e padrões de qualidade dos alimentos conforme orientação e acompanhar os recreios para servir os alunos bem como estimular na alimentação; Auxiliar nos banhos dos alunos; Fechar portas, janelas e vias de acesso; Participar, cooperar e auxiliar nas festas e outras datas comemorativas promovidas pela escola; Executar tarefas afins; Cooperar para um trabalho integrado.
Continuar lendo

Atualizado: 06/12/2017 - 15:24

Concurso em Apiacá/ES inscreve para dois cargos

Concurso da Prefeitura de Apiacá selecionará para carreiras de agente comunitário de saúde e agente de combate a endemias, ambas com exigência de nível fundamental e vencimentos iniciais de R$ 1.014

Só até 7/12

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Prefeitura de Apiacá, no Espírito Santo, encerra nesta quinta-feira (7) o período de inscrições para o processo seletivo destinado a formar cadastro reserva em dois cargos.
Destinadas a profissionais com ensino fundamental completo, as chances em disputa são para as carreiras de agente comunitário de saúde e agente de combate a endemias. Ambas as funções pagam R$ 1.014. 
Gratuitas, as inscrições devem ser registradas presencialmente na Secretaria Municipal de Saúde (Praça Senhora Santana, 1, centro), das 8h às 12h e das 13h às 16h.

Sobre a prova do concurso da Prefeitura de Apiacá


Marcada para 16 de dezembro, a prova objetiva trará 20 questões de múltipla escolha sobre conhecimentos específicos para serem solucionadas em, no máximo, três horas.
De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Apiacá terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

Concurso Prefeitura Apicá: principais atribuições do agente comunitário de saúde


Trabalhar com adscrição de indivíduos e famílias em base geográfica definida e cadastrar todas as pessoas de sua área, mantendo os dados atualizados no sistema de informação da Atenção Básica vigente, utilizando-os de forma sistemática, com apoio da equipe, para a análise da situação de saúde, considerando as características sociais, econômicas, culturais, demográficas e epidemiológicas do território, e priorizando as situações a serem acompanhadas no planejamento local; Utilizar instrumentos para a coleta de informações que apoiem no diagnóstico demográfico e sociocultural da comunidade; Registrar, para fins de planejamento e acompanhamento das ações de saúde, os dados de nascimentos, óbitos, doenças e outros agravos à saúde, garantido o sigilo ético; Desenvolver ações que busquem a integração entre a equipe de saúde e a população adscrita à UBS, considerando as características e as finalidades do trabalho de acompanhamento de indivíduos e grupos sociais ou coletividades; entre outras atividades.

Principais atribuições do agente de combate a endemias no concurso da Prefeitura de Apiacá


Executar ações de campo para pesquisa entomológica, malacológica ou coleta de reservatórios de doenças; Realizar cadastramento e atualização da base de imóveis para planejamento e definição de estratégias de prevenção, intervenção e controle de doenças, incluindo, dentre outros, o recenseamento de animais e levantamento de índice amostral tecnicamente indicado; Executar ações de controle de doenças utilizando as medidas de controle químico, biológico, manejo ambiental e outras ações de manejo integrado de vetores; Realizar e manter atualizados os mapas, croquis e o reconhecimento geográfico de seu território; entre outras atividades. 
Continuar lendo

Atualizado: 01/11/2017 - 15:39

Marinha divulga programação de concursos para 2018

Editais dos novos concursos públicos da Marinha devem somar milhares de vagas em todas as regiões do país. Níveis fundamental, médio, técnico e superior de ensino

Diversos cargos

Por JCConcursos - Camila Diodato

A Marinha publicou documento com a programação de todos os concursos que organizará no decorrer de 2018. O número de vagas não foi revelado, mas deverá ser milhares distribuídas em vários níveis de escolaridades.
Pelo que consta no cronograma, na segunda quinzena de janeiro serão divulgados os editais da Escola de Aprendizes-Marinheiros, da Escola Naval e do Colégio Naval. As provas ocorrerão na segunda quinzena de abril para o primeiro, e na segunda quinzena de junho para os demais.
Já na primeira semana de março, o órgão lançará o certame para o Corpo de Engenheiros, cujos testes acontecerão na segunda quinzena do mês de maio.
Em abril, quatro processos seletivos sairão: Corpo de Saúde (médicos, dentistas e apoio à saúde), Quadro Técnico, Capelão Naval e Quadros Complementares de Oficiais da Armada, Fuzileiros Navais e Intendentes da Marinha. Avaliações entre a primeira quinzena de julho e a primeira quinzena de setembro.
E na primeira quinzena de agosto será publicado o edital do concurso da Marinha para o Corpo Auxiliar de Praças. Os exames estão marcados para a segunda quinzena de novembro.

Mais detalhes dos concursos da Marinha


O ingresso na Marinha ocorre por meio de concursos públicos que aceitam participantes de ambos os sexos e com idades mínima e máxima estipuladas no edital.
No geral, os concorrentes são submetidos a provas objetivas com questões de múltipla escolha sobre assunto de conhecimentos gerais, aplicadas em todo o país. Outras fases variam de acordo com cada carreira.
Continuar lendo

Atualizado: 20/10/2017 - 11:12

IBGE: processo seletivo tem 1152 postos de recenseador

As inscrições do processo seletivo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE serão recebidas entre os dias 23 de outubro e 6 de novembro

Temporários

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE publicou processo seletivo simplificado para preenchimento de 1.152 vagas temporárias para a realização do Censo Agropecuário 2017. A seleção visa suprir as ofertas do edital nº 02/2017 que tiveram candidatos inscritos em número inferior ao de vagas oferecidas, tiveram a listagem de candidatos aprovados esgotadas ou, ainda, não tiveram candidatos inscritos.
Oportunidades são para o cargo de recenseador, que requer ensino fundamental completo e aptidão física e mental para o exercício das atribuições da função. A retribuição mensal será por produção, calculada por setor censitário, e a jornada de trabalho é de, no mínimo, 25 horas semanais. 
De acordo com o edital do IBGE, a previsão de duração do contrato de trabalho será de cinco meses. O candidato contratado terá o seu desempenho avaliado mensalmente, observados os fatores: cumprimento de prazos e produtividade.
A lotação ocorrerá nos Estado da Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.

Processo seletivo para recenseador do IBGE


As inscrições deverão ser realizadas entre os dias 23 de outubro e 6 de novembro em um dos postos de inscrição do IBGE, conforme lista divulgada no endereço eletrônico www.ibge.gov.br/institucional/trabalhe-conosco.html. Não serão cobradas taxas de participação. 
Os candidatos inscritos no processo seletivo do IBGE serão avaliados por meio de análise de títulos, de caráter classificatório. Serão aceitos diplomas ou certificados/declarações de cursos acadêmicos. 
Os participantes classificados serão convocados para o treinamento, de caráter eliminatório e classificatório. Ele terá duração total de quatro dias e visa capacitar o recenseador para a aplicação de conceitos e procedimentos estabelecidos para o Censo Agropecuário 2017.

Atribuições do recenseador do IBGE


Ter domínio dos conceitos e procedimentos definidos para a coleta de dados; reconhecer os limites e a área do setor censitário que lhe for designado, registrando as falhas e/ou inconsistências porventura encontradas na descrição dos limites; apresentar-se ao informante com o crachá de identificação fornecido pelo IBGE e o documento de identidade citado no crachá; coletar as informações do Censo Agropecuário 2017 em todos os estabelecimentos agropecuários do setor censitário que lhe foi atribuído no âmbito da sua área de trabalho, registrando-as no dispositivo móvel de coleta, de acordo com as instruções recebidas e dentro do prazo preestabelecido; transmitir os dados das entrevistas coletadas ou entregar ao seu supervisor o dispositivo móvel de coleta, de acordo com as instruções recebidas; adotar as ações necessárias para atender as recomendações recebidas através do serviço de mensagens no seu dispositivo móvel de coleta; consultar os diversos relatórios de acompanhamento de coleta no dispositivo móvel de coleta e sanar as eventuais pendências apontadas; comparecer ao posto de coleta conforme determinação do Supervisor; retornar aos estabelecimentos para complementar as informações e/ou corrigir as falhas apontadas pelo supervisor; e assumir a responsabilidade pela segurança e uso adequado do equipamento eletrônico e acessórios fornecidos pelo IBGE para execução de seu trabalho.
Continuar lendo

Atualizado: 13/09/2017 - 09:51

Concurso Conter: locais de prova são divulgados

Com oferta de 2.295 vagas, concurso do Conter preencherá postos distribuídos entre funções de todas as escolaridades. Avaliações serão aplicadas em 17/9 e 1/10

Em 16 Estados e DF

Por JCConcursos - Samuel Peressin

O Instituto Quadrix divulgou os locais de prova do concurso unificado do Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia (Conter) e de outros 14 Conselhos Regionais dos Técnicos em Radiologia (CRTRs). A avaliação objetiva será aplicada em 17 de setembro e 1º de outubro, respectivamente. Os endereços podem ser consultados aqui.

A seleção preencherá 2.295 vagas, sendo 78 imediatas (cinco destinadas a negros e uma a pessoas com deficiência) e 2.217 para cadastro reserva (CR). Os salários variam de R$ 937 a R$ 3.800, além de benefícios.

Há chances no concurso do Conter em Brasília/DF, Rio de Janeiro/RJ, Porto Alegre/RS, Aracaju/SE, Salvador/BA, Goiânia/GO, Florianópolis/SC, Maceió/AL, Campo Grande/MS, Cuiabá/MT, Vitória/ES, Recife/PE, Natal/RN, São Luís/MA, Teresina/PI, Porto Velho/RO e Manaus/AM.

Sobre as vagas do concurso do Conter


Profissionais com ensino fundamental puderam se inscrever como auxiliar de serviços gerais (5 vagas imediatas + 184 CR).

APOSTILAS ONLINE E IMPRESSA CONTER - RECEPCIONISTA / MOTORISTA / AGENTE FISCAL / AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS / AGENTE E ASSISTENTE ADMINISTRATIVO  
Ensino médio foi requisito do concurso do Conter para assistente administrativo jr. (25 CR), assistente financeiro jr. (25 CR), motorista (1 + 34 CR), recepcionista (1 + 127 CR), serviços gerais (1 + 24 CR), agente fiscal (16 + 573 CR), auxiliar administrativo (32 + 457 CR), agente administrativo (4 + 164 CR), recepcionista (2 + 25 CR), assistente administrativo (3 + 102 CR), assistente financeiro (1 + 34 CR), técnico em contabilidade (2 + 68 CR) e técnico em informática (2 + 73 CR) - as duas últimas funções também cobram formação técnica.

Em nível superior foram ofertadas chances como advogado (4 + 141 CR), agente administrativo (1 + 34 CR), contador (2 + 93 CR) e analista administrativo (1 + 34 CR).

Concurso Conter: avaliação e vigência


Os participantes do concurso do Conter farão provas objetivas com questões sobre conhecimentos básicos (língua portuguesa, atualidade, informática, raciocínio lógico e ética no serviço público) e conhecimentos específicos.

A aplicação dos testes ocorrerá em Aracaju/SE, Brasília/DF, Campo Grande/MS, Cuiabá/MT, Florianópolis/SC, Goiânia/GO, Maceió/AL, Manaus/AM, Recife/PE, Natal/RN, Porto Alegre/RS, Porto Velho/RO, Rio de Janeiro/RJ, Salvador/BA, São Luís/MA, Teresina/PI e Vitória/ES.

Para os concorrentes aos cargos de nível superior, a seleção prevê, ainda, análise de títulos e experiência profissional. Os documentos serão recebidos pela banca entre 21 e 23 de novembro.

O concurso do Conter terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do órgão, conforme estabelece o edital, disponível para consulta entre os anexos da notícia.

Atribuições do auxiliar de serviços gerais no concurso do Conter


Promove a limpeza do piso, móveis, paredes, portas, janelas, escadas, tapetes, cortinas, recolhendo lixo e acondicionando-o de forma adequada, zelando pela guarda, conservação e utilização de materiais, equipamentos e produtos de limpeza. Promove a conservação e utilização de materiais, equipamentos e produtos do local. Executa os serviços de recebimento, armazenamento e controle de alimentos e similares, acondicionados em prateleiras e/ou armários, geladeira, freezer, etc., assegurando sua conservação adequada. Prepara e serve café, chá, sucos, água, refeições, lanches, para atender funcionários e visitantes da CRTR/RJ. Executa os serviços de recebimento, armazenamento e controle de material de limpeza e similares, acondicionados em prateleiras e/ou armários, etc., assegurando sua conservação adequada.

Concurso Conter: atribuições do auxiliar administrativo


Executar tarefas auxiliares de apoio administrativo tais como: secretariar diretores; transcrição de dados; classificação de documentos; organização e manutenção de arquivos; redação de minutas de correspondências simples e rotineiras; atendimento e orientação ao público interno/externo; digitação e conferência de serviços; protocolo e despacho de documentos; operação de máquinas de xerox e fax; realização de coletas de preços; elaboração de material para reuniões, palestras; execução de serviços externos (ocasionalmente), assim como outras tarefas semelhantes.

Atribuições do agente fiscal no concurso do Conter


Desenvolver atividades de fiscalização do exercício profissional de Técnico em Radiologia, Tecnólogo em Radiologia e Auxiliar de Radiologia junto a Hospitais, Clínicas Radiológicas, Indústrias, órgãos Públicos e demais entidades que se utilizem de equipamentos radiológicos, em consonância com a legislação vigente; registrar com clareza, precisão e objetividade todos os fatos constatados na atividade de fiscalização; elaborar relatórios técnicos, acompanhar as alterações, avanços e inovações do setor, participar de reuniões técnicas, prestar orientações, responder a quesitos quando solicitado por escrito ou verbalmente em audiências convocadas e prestar assessoramento em assuntos referentes à sua área. Realizar outras atividades correlatas ao cargo, de acordo com as orientações de sua chefia imediata.
Continuar lendo

Atualizado: 04/09/2017 - 13:34

Prefeitura de Colatina/ES: concurso reúne 81 vagas

As inscrições do concurso da Prefeitura Municipal de Colatina já estão abertas e serão aceitas até 18 de setembro. Os salários iniciais oferecidos chegam a R$ 5,5 mil

Todos os níveis

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

No Estado do Espírito Santo, a Prefeitura Municipal de Colatina abriu as inscrições do concurso público destinado ao provimento de 81 vagas. Haverá, ainda, formação de cadastro reserva (CR) para futuras oportunidades. 
Para ensino fundamental, as chances são para as funções de agente de serviços urbanos (CR), braçal (CR), coveiro (4 vagas + CR), motorista (CR), motorista - transporte de passageiros (CR), operador de máquinas leves e pesadas (CR), pedreiro (2 + CR), carpinteiro (2 + CR), bombeiro (2 + CR) e eletricista (2 + CR). O salário inicial é de R$ 983,85.
Quem possui o ensino médio está apto às carreiras de agente municipal de trânsito (6 + CR) e profissional municipal de administração IV (4 + CR). Os respectivos vencimentos são de R$ 983,85 e R$ 1.143,05.
Já para o cargo de fiscal ambiental (4 + CR), a exigência do concurso da Prefeitura de Colatina é de curso técnico e os ganhos são de R$ 983,85.
Nível superior é requisito para os postos de administrador (1 + CR), analista de sistemas (1 + CR), arquiteto (1 + CR), assistente social (3 + CR), auditor de saúde (CR), bibliotecário (1 + CR), biólogo (1 + CR), bioquímico (CR), contador (1 + CR), economista (1 + CR), enfermeiro (4 + CR), enfermeiro do trabalho (1 + CR), enfermeiro regulador (2 + CR), engenheiro agrimensor ou topógrafo (2 + CR), engenheiro agrônomo (1 + CR), engenheiro ambiental (2 + CR), engenheiro civil (3 + CR), engenheiro civil - projetos estruturais (1 + CR), engenheiro civil - projetos hidrossanitários (1 + CR), engenheiro de segurança do trabalho (1 + CR), engenheiro eletricista (2 + CR), farmacêutico (2 + CR), fiscal de rendas (1 + CR), fisioterapeuta (6 + CR), fonoaudiólogo (2 + CR), geólogo (1 + CR), jornalista (1 + CR), médico veterinário (1 + CR), nutricionista (1 + CR), psicólogo (6 + CR), tecnólogo em saneamento ambiental (1 + CR), terapeuta ocupacional (2 + CR) e zootecnista (1 + CR). As remunerações oscilam entre R$ 1.888,51 e R$ 5.544. 

Participação no concurso da Prefeitura de Colatina


As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico www.gualimp.com.br. A ficha de cadastro estará disponível no site até o dia 18 de setembro. Os valores da taxa variam de R$ 50 a R$ 110. 
Todos os inscritos serão avaliados por meio de prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório. Ela contará com duração máxima de três horas e será aplicada no município de Colatina no dia 29 de outubro. 
O concurso da Prefeitura de Colatina ainda será constituído das seguintes etapas: teste prático para os empregos de operador de máquinas leves e pesadas, motorista e motorista - transporte de passageiros; e análise de títulos para as profissões de nível superior. 
Continuar lendo

Atualizado: 14/08/2017 - 09:27

Será que vale a pena prestar esse concurso?

A dúvida é bastante comum entre os concurseiros, já que são muitos os fatores em jogo, como atribuições, perfil da vaga, localidade, entre outras questões abordadas nesta matéria especial. Confira!

Especial

Por JCConcursos - Douglas Terenciano

Prestar um concurso sempre foi uma ótima alternativa para ingressar no mercado de trabalho, já que a carreira em órgãos públicos é mais estável comparada com a iniciativa privada e geralmente oferece boa remuneração. Mesmo assim, é grande a quantidade de concurseiros que ficam receosos na hora de efetuar a inscrição e se questionam: vale a pena prestar esse concurso? Afinal, o candidato precisa avaliar se tem o perfil da vaga, facilidade com as atribuições do cargo e ou se demandará mudança de cidade ou Estado. Pensando nisso, o JC Concursos conversou sobre o tema com professor especialista na área e também um concurseiro para ajudar você a esclarecer esses eternos dilemas na vida dos candidatos. Confira!

Antes de fazer a inscrição, Thállius Moraes, professor e coordenador no AlfaCon Concursos Públicos e Oficial de Justiça Federal, explica que o candidato deve avaliar vários fatores. “Primeiramente, deve ser escolhida uma área que se enquadre nos objetivos traçados, lembrando que se trata de um trabalho e que boa parte da vida será no desempenho do mesmo. Outros pontos como a remuneração e o local de trabalho (se é perto ou longe da família), por exemplo, também são bastante importantes na hora de se fazer o planejamento”.

Ás vezes um concurso é bem remunerado e com boas condições de trabalho, mas a localidade é muito distante. Talvez não seja tão atrativo a longo prazo quanto outro certame que possua um salário menor, porém, fica no local onde o candidato pretende morar. Vale lembrar que esta questão varia muito de cada pessoa. “A dica é manter a mente aberta, pois muitas vezes queremos apenas ficar próximos de casa, mas temos muitos lugares maravilhosos para conhecer e talvez a ‘cidade da vida’ da pessoa ainda esteja para ser descoberta”, incentiva Moraes.

Perfil

Quando perguntado sobre um candidato que pretende concorrer a uma vaga fora do seu perfil profissional, Thállius, responde que em alguns casos, o concurso servirá como um mero treinamento para outra seleção que é realmente almejada. Já em outras situações, se o certame for de um setor que foge muito da área pretendida, essa finalidade fica perdida e a tentativa poderá frustrar o candidato. Um exemplo seria o concurseiro que tem por objetivo uma carreira policial, que é bem específica, ser aprovado em outra área. Nesse caso, a ocupação de um cargo administrativo poderia gerar um servidor insatisfeito e infeliz. “Muitos que buscam apenas um trabalho bem remunerado e estável, sem querer um envolvimento muito grande com o cargo, terminam por se frustrar em algumas atividades de caráter mais intenso, com um contato direto com o público (muitas vezes de maneira não agradável) como nas funções de policial, fiscais em geral ou oficiais de justiça”, explica.

Muitas pessoas se inscrevem em seletivas fora do perfil, mas pensando em passos maiores, conhecidos como “concurso trampolim” ou “concurso escada”. Desta forma, podem complementar os estudos e treinar para outro certame. Este é o caso de Sidnei de Oliveira, morador de Indaiatuba, no interior paulista, que prestou o concurso para o cargo de escrevente do Tribunal de Justiça de São Paulo no último mês de julho. “Fiz a prova por causa das questões sobre direito. Sou estudante da área jurídica e queria testar meus conhecimentos, pois acredito que poderá ajudar para outras vagas”, comenta.

Thállius explica que “os concursos usados como escada fazem parte da vida de pessoas que almejam um cargo cuja preparação demanda um prazo maior, mas enquanto isso precisam de algo para se manter. O ponto positivo é que ao ter uma renda, a pressão no estudo fica um pouco mais aliviada. O ponto negativo é justamente o perigo de se acomodar com essa renda e deixar de batalhar por um cargo mais atrativo, além, é claro, da diminuição do tempo disponível para estudar”. Outra orientação é ficar atento aos postos públicos que pagam pouco e exigem muito no trabalho, a chance de ficar preso em uma situação assim poderá colocar em risco o objetivo final.

Ter familiaridade com a função deve ser levada em consideração? Não necessariamente, explica Moraes. “Varia muito de acordo com a área pretendida. Caso a busca seja por uma atribuição mais tranquila e com boa remuneração, os cargos de natureza administrativa são os mais procurados. Mesmo que sejam em órgãos distintos, as atribuições são semelhantes. Contudo, em algumas áreas que possuem atribuições especiais, são também muito buscadas pelos candidatos, que objetivam a remuneração como algo secundário, pois o real desejo é por determinado cargo em particular”.

Pouco tempo

Candidatos com pouco tempo para estudar devem direcionar a preparação de maneira produtiva. “Fazer questões anteriores, simulados e resumos são algumas das ferramentas que irão auxiliar nessa preparação. Com o tempo mais escasso, deve-se priorizar sempre as matérias mais cobradas e os pontos mais importantes, mas essa estratégia também varia um pouco de acordo com a banca e o cargo desejado”, afirma Thállius.

Sidnei acrescenta que sua conduta é sempre a mesma, independente do concurso. “Preciso focar minha atenção na prova e estudar o que for preciso. Posso não ter interesse no cargo, mas se relaxar, não será proveitoso. Se não levar a sério, corro o risco de apenas perder tempo e dinheiro”, diz.

Outro ponto a ser observado é sobre dificuldade com uma ou mais disciplinas do conteúdo programático, fato que geralmente desanima o candidato. Um bom planejamento pode ajudar a encarar esse desafio, contudo, vale ressaltar que raramente alguém tem sintonia com todas as matérias do edital, afinal, é comum uns sentirem mais dificuldades em língua portuguesa, outros em matemática, alguns em determinadas matérias de direito e assim por diante. “A dica é pensar na disciplina como um simples meio para se alcançar um fim. Não precisa gostar, basta apenas aprender a responder a questão”, orienta Moraes. Muitas vezes o bloqueio com determinado tema é criado pelo próprio candidato. “Pensar de forma positiva, esforçar-se mais e manter-se sempre estudando, mesmo que em alguns momentos o resultado pareça não chegar, é fundamental”, complementa o professor do AlfaCon Concursos.

Vale a pena?

Para o indaiatubano Sidnei, de 27 anos, conhecer o cargo e suas atribuições pode incentivar, mas independentemente dessa identificação, o que muitas vezes faz a diferença é o aprendizado. “Acredito que vale muito a pena tentar! Sinto que saio mais fortalecido a cada concurso que tento a sorte. Na dúvida, sempre opto por fazer a prova. Como meu objetivo é maior, acho que é interessante pela preparação. Isso é muito válido”, conta.  

Ainda sobre motivação, Thállius dá a dica. “O estudo é na maior parte do tempo frustrante, cansativo e solitário, por isso tantos desistem no meio do caminho. O importante é aprender com os erros, ter em mente que desistir não é uma opção e manter sempre uma postura positiva. Pode demorar um pouco, pode ser difícil e exaustivo, mas aqueles que não desistem conseguem chegar lá”, finaliza.

Continuar lendo

Atualizado: 11/08/2017 - 15:59

Prefeitura de Sooretama/ES: concurso com 30 vagas

Todas as oportunidades do processo seletivo da Prefeitura Municipal de Sooretama são para o cargo de agente comunitário de saúde. As inscrições serão aceitas entre os dias 14 e 16 de agosto

Nível fundamental

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

A Prefeitura Municipal de Sooretama, localizada no Estado do Espírito Santo, publicou processo seletivo para provimento de 30 vagas temporárias para o cargo de agente comunitário de saúde, visando à contratação em caráter de urgência. Haverá, ainda, formação de cadastro reserva para eventuais oportunidades. 
Interessados em concorrer a uma das vagas devem possuir ensino fundamental completo e residir na área em que atuará desde a data de publicação do edital. 
As inscrições presenciais deverão ser realizadas entre os dias 14 e 16 de agosto, das 8h às 11h e das 13h às 17h, na Rua Henrique Alves Paixão, s/n, Centro. O candidato deverá levar preenchida a ficha de participação, disponível no site da prefeitura (www.sooretama.es.gov.br) e apresentar cópia do documento de identificação com foto e CPF, juntamente com originais para conferência.

Processo seletivo da Prefeitura de Sooretama


O processo seletivo da Prefeitura de Sooretama será constituído de duas etapas: prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, e análise de títulos, apenas classificatória. 
Com três horas de duração, a avaliação objetiva será composta por 30 questões, sendo 10 de língua portuguesa e 20 sobre a área da saúde. Ela será aplicada no município de Sooretama no dia 3 de setembro. 
Serão convocados para a análise de títulos os candidatos habilitados e classificados na objetiva, até o quádruplo da quantidade de vagas ofertadas para cada área. Serão aceitos os seguintes documentos: curso em nível médio; curso na área de informática; curso na área pleiteada; e participação em eventos. 
Todas as informações oficiais referentes ao processo seletivo serão divulgadas no site da Prefeitura de Sooretama e afixadas no quadro de avisos do órgão e da Secretaria Municipal de Saúde, sendo de responsabilidade do candidato o acompanhamento constantemente das publicações oficiais e dos prazos. 
Continuar lendo

Atualizado: 26/07/2017 - 15:44

Colatina/ES: 103 vagas abertas

A cidade de Colatina, no estado do Espírito Santo, abriu hoje (26) as inscrições para concurso público. As ofertas são para diversas áreas de atuação

Diversos cargos

Por JCConcursos - Da Redação/SP

A Prefeitura Municipal de Colatina, no Espírito Santo, está com concurso público aberto. O processo seletivo tem como intuito o preenchimento de 103 vagas disponíveis para níveis fundamental, médio e técnico de escolaridade.
Quem tiver nível fundamental pode se candidatar a auxiliar de serviços gerais (até a 4ª série), auxiliar de creche (completo) e auxiliar de consultório dentário (completo e curso de auxiliar de saúde bucal). Os vencimentos são de R$ 983,85.
Pessoas com ensino médio completo disputam para guarda municipal, auxiliar de escriturário, fiscal do Procon, escriturário, auxiliar de secretaria escolar, mestre de obras, fiscal sanitário, fiscal de transportes, auxiliar de saúde bucal, cuidador e educador social. Os salários variam de R$ 983,85 a R$ 1.143,05.
Nível médio de escolaridade e curso técnico específico é requisito para concorrer às funções de técnico em informática, fiscal de urbanismo, técnico em edificações, técnico em edificações – cadista, técnico em topografia, técnico em contabilidade, técnico em estatística, técnico agrícola, técnico de laboratório, técnico em enfermagem, técnico em segurança no trabalho e tecnólogo em meio ambiente. A remuneração vai de R$ 983,85 a R$ 1.143,05.

Concurso da Prefeitura de Colatina: participação


As inscrições para o concurso público da Prefeitura de Colatina já estão abertas e serão recebidas pela internet. Os interessados devem acessar o site www.gualimp.com.br e preencher formulário eletrônico até o dia 14 de agosto. O valor da taxa de participação vai de R$ 50 a R$ 80.
Os candidatos executarão uma prova objetiva, composta por 40 questões de múltipla escolha. A avaliação será aplicada no dia 17 de setembro, com início às 8h30 ou às 13h30, dependendo do cargo. 
Os resultados e demais informações a respeito do concurso público da Prefeitura de Colatina/ES serão divulgados nos endereços eletrônicos www.gualimp.com.br e www.colatina.es.gov.br
Continuar lendo

Atualizado: 14/07/2017 - 13:03

IBGE: concurso totaliza 436 mil inscritos

Com ofertas em todo o país, concurso do IBGE preencherá, ao todo, 26.023 postos destinados a profissionais de níveis fundamental, médio e superior de escolaridade. Salários chegam a R$ 4 mil

Em todo o país

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo e Samuel Peressin

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) registrou 436.274 inscrições para o concurso que selecionará 26.023 profissionais de todas as escolaridades para atuação no Censo Agropecuário 2017, de acordo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Do total de candidatos, 111.375 disputam as 1.039 vagas envolvidas no primeiro edital, cuja prova objetiva ocorreu em 2 de julho.

Já os 24.984 postos ofertados no segundo edital atraíram 324.899 participantes. Para este grupo, a avaliação está marcada para 16 de julho. O local de aplicação pode ser consultado aqui.

Dentre as 26.023 chances disponíveis no concurso do IBGE, 5% são reservadas a pessoas com deficiência e 20% a candidatos negros.

Concurso IBGE: vagas do primeiro edital


As oportunidades de ensino médio no concurso do IBGE foram distribuídas entre os cargos de agente censitário administrativo (344 vagas), agente censitário regional (350) e agente censitário de informática (174), cujos salários iniciais são de R$ 1.500, R$ 2.500 e R$ 1.700, respectivamente.

Profissionais com formação superior  puderam se inscrever como analista censitário nas especialidades de agronomia (27), análise de sistemas/desenvolvimento de aplicações (8), análise de sistemas/desenvolvimento de aplicações web mobile (4), análise de sistemas/suporte à comunicação e rede (2), análise de sistemas/suporte à produção (4), análise de sistemas/suporte operacional e de tecnologia (2), análise socioeconômica (8), biblioteconomia e documentação (2), ciências contábeis (5), geoprocessamento (7), gestão e infraestrutura (63), jornalismo (12), logística (2), métodos quantitativos (6), produção gráfica/editorial (2), programação visual/web design (12) e recursos humanos (5). A remuneração é de R$ 4.000. 
APOSTILA ONLINE E IMPRESSA IBGE - RECENSEADOR  /AGENTE CEN. MUNICIPAL (ACM) / AGENTE CEN. SUPERVISOR (ACS)

Concurso IBGE: vagas do segundo edital


Os postos de nível fundamental eram destinados a recenseador (18.845), que terá remuneração por produção, calculada por setor censitário, conforme o número de estabelecimentos agropecuários recenseados.

Em nível médio havia vagas no concurso do IBGE para agente censitário municipal (1.272), que paga R$ 1.900, e agente censitário supervisor (4.867), com vencimentos de R$ 1.600.

Além do salário, o processo seletivo oferece como benefícios: auxílio-alimentação e auxílio-transporte, exceto para recenseador.

Segundo os editais do concurso, a previsão de duração do contrato é de até 13 meses para a função de analista censitário; dez meses para agente censitário administrativo; nove meses para agente censitário regional; sete meses para agente censitário de informática; sete meses para agente censitário municipal e agente censitário supervisor; e cinco meses para recenseador.

As operações começam em 1º de outubro de 2017. De acordo com a assessoria de imprensa do IBGE, os recenseadores irão visitar mais de 5 milhões de estabelecimentos agropecuários em todo o país, levantando informações sobre a área, a produção, as características do pessoal ocupado, o emprego de irrigação, o uso de agrotóxicos e a agricultura familiar, entre outros temas.

Prova do concurso IBGE 2017


Para os concorrentes aos cargos disponibilizados no segundo edital do concurso do IBGE, a prova objetiva terá 50 perguntas de língua portuguesa, raciocínio lógico quantitativo, noções de administração/situações gerenciais e conhecimentos técnicos para agente censitário municipal e agente censitário supervisor; e 40 de língua portuguesa, matemática e conhecimentos técnicos para recenseador.

Distribuição geral de vagas do concurso IBGE 


Considerando os dois editais, o concurso do IBGE preencherá, ao todo, 26.023 oportunidades. Confira abaixo a distribuição de vagas por cargo e Estado.

Recenseador 


De acordo com distribuição de vagas divulgado pelo IBGE, para o cargo de recenseador, as oportunidades por Estados são as seguintes: Acre (148), Alagoas (329), Amazonas (547), Amapá (26), Bahia (2.403), Ceará (1.004), Distrito Federal (16), Espírito Santo (310), Goiás (691), Maranhão (921), Minas Gerais (1.911), Mato Grosso do Sul (346),  Mato Grosso (618), Pará (1.102), Paraíba (506), Pernambuco (846), Piauí (929), Paraná (1.350), Rio de Janeiro (186), Rio Grande do Norte (275), Rondônia (414), Roraima (66), Rio Grande do Sul (1.662), Santa Catarina (711), Sergipe (260), São Paulo (955) e Tocantins (313).

Analista censitário


Para analista censitário:  Acre (2), Alagoas (2), Amazonas (3), Amapá (2), Bahia (5), Ceará (5), Distrito Federal (2), Espírito Santo (2), Goiás (4), Maranhão (5), Minas Gerais (5), Mato Grosso do Sul (3), Mato Grosso (3), Pará (4), Paraíba (3), Pernambuco (5), Piauí (4), Paraná (5), Rio de Janeiro (81), Rio Grande do Norte (2), Rondônia (4), Roraima (2), Rio Grande do Sul (5), Santa Catarina (3), Sergipe (2), São Paulo (4) e Tocantins (4).

Agente censitário administrativo


Para agente censitário administrativo: Acre (4), Alagoas (12), Amazonas (8), Amapá (1), Bahia (45), Ceará (22), Distrito Federal (2), Espírito Santo (6), Goiás (16), Maranhão (15), Minas Gerais (50), Mato Grosso do Sul (8), Mato Grosso (10), Pará (20), Paraíba (11), Pernambuco (18), Piauí (16), Paraná (28), Rio de Janeiro (6), Rio Grande do Norte (9), Rondônia (6), Roraima (2), Rio Grande do Sul (15), Santa Catarina (6), Sergipe (6), São Paulo (19) e Tocantins(7).

Agente censitário regional


Para agente censitário regional:  Acre (6), Alagoas (5), Amazonas (14), Amapá (0), Bahia (45), Ceará (19), Distrito Federal (0), Espírito Santo (10), Goiás (12), Maranhão (20), Minas Gerais (30), Mato Grosso do Sul (10), Mato Grosso (17), Pará (9), Paraíba (12), Pernambuco (15), Piauí (15), Paraná (18), Rio de Janeiro (4), Rio Grande do Norte (9), Rondônia (6), Roraima (4), Rio Grande do Sul (30), Santa Catarina (11), Sergipe (4), São Paulo (15) e Tocantins (10).

Agente censitário de informática


Para agente censitário de informática: Acre (3), Alagoas (4), Amazonas (4), Amapá (3), Bahia (10), Ceará (8), Distrito Federal (4), Espírito Santo(4), Goiás (6), Maranhão (6), Minas Gerais (14), Mato Grosso do Sul (4), Mato Grosso (4), Pará (6), Paraíba (6), Pernambuco (8), Piauí (6), Paraná (10), Rio de Janeiro (12), Rio Grande do Norte (4), Rondônia (3), Roraima (3), Rio Grande do Sul (10), Santa Catarina (8), Sergipe (4), São Paulo (16) e Tocantins (4).

Agente censitário municipal


Para agente censitário municipal: Acre (14), Alagoas (21), Amazonas (57), Amapá (4), Bahia (143), Ceará (54), Distrito Federal (1), Espírito Santo (21), Goiás (55), Maranhão (51), Minas Gerais (112), Mato Grosso do Sul (42), Mato Grosso (39), Pará (64), Paraíba (34), Pernambuco (49), Piauí (55), Paraná (82), Rio de Janeiro (23), Rio Grande do Norte (19), Rondônia (20), Roraima (10), Rio Grande do Sul (91), Santa Catarina (48), Sergipe (15), São Paulo (125) e Tocantins (23).

Agente censitário supervisor


Por fim, para agente censitário supervisor: Acre (34), Alagoas (92), Amazonas (109), Amapá (6), Bahia (513), Ceará (202), Distrito Federal (9), Espírito Santo (71), Goiás (150), Maranhão (205), Minas Gerais (522), Mato Grosso do Sul (141), Mato Grosso (213), Pará (207), Paraíba (119), Pernambuco (184), Piauí (189), Paraná (356), Rio de Janeiro (81), Rio Grande do Norte (70), Rondônia (83), Roraima (17), Rio Grande do Sul (412), Santa Catarina (170), Sergipe (55), São Paulo (574) e Tocantins (83). 

Prepare-se para o concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

Videoaulas para IBGE Simulados para IBGE APOSTILAS CONCURSO IBGE * * digite "cupomjc" nos links com asterisco e ganhe 10% de desconto

Concurso IBGE: atribuições do recenseador (18.845 vagas)


Ter domínio dos conceitos e procedimentos definidos para a coleta de dados; reconhecer os limites e a área do setor censitário que lhe for designado, registrando as falhas e/ou inconsistências porventura encontradas na descrição dos limites; apresentar-se ao informante com o crachá de identificação fornecido pelo IBGE e o documento de identidade citado no crachá; coletar as informações do Censo Agropecuário 2017 em todos os estabelecimentos agropecuários do setor censitário que lhe foi atribuído no âmbito da sua Área de Trabalho, registrando-as no dispositivo móvel de coleta, de acordo com as instruções recebidas e dentro do prazo preestabelecido; transmitir os dados das entrevistas coletadas ou entregar ao seu Supervisor o dispositivo móvel de coleta, de acordo com as instruções recebidas; adotar as ações necessárias para atender as recomendações recebidas através do serviço de mensagens no seu dispositivo móvel de coleta; consultar os diversos relatórios de acompanhamento de coleta no dispositivo móvel de coleta e sanar as eventuais pendências apontadas; comparecer ao Posto de Coleta conforme determinação do Supervisor; retornar aos estabelecimentos para complementar as informações e/ou corrigir as falhas apontadas pelo Supervisor; e assumir a responsabilidade pela segurança e uso adequado do equipamento eletrônico e acessórios fornecidos pelo IBGE para execução de seu trabalho.

Continuar lendo

Atualizado: 11/07/2017 - 11:24

Vila Velha/ES: concurso poderá ter aumento de vagas

Concurso contará com 21 oportunidades, com opções em todos os níveis, com iniciais até R$ 3,7 mil. Data de liberação do edital ainda deverá ser confirmada

Câmara municipal

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

Câmara Municipal de Vila Velha,no Espírito Santo, está em fase de definição da oferta de vagas em seu concurso público. Inicialmente, a oferta anunciada seria de 21 oportunidades, quando o certame foi anunciado, em 2015. Porém, com a demora, a expectativa é de que o quantitativo seja alterado, o que ainda está em fase de definição, segundo informações obtidas junto ao setor de recursos humanos. Somente então será publicado o edital de licitação para escolha da banca organizadora.

Já está confirmado que o certame contará com oportunidades para diversos cargos, com opções para quem possui níveis fundamental, médio e superior, com remunerações iniciais que variam de R$ 1.078,65 a R$ 3.786,75.  

O certame é esperado desde 14 de dezembro de 2015, quando os vereadores aprovaram, em regime de urgência, o projeto de lei 2991/2015, que remaneja R$ 100 mil do orçamento para cobrir despesas para a realização do concurso.

“No início deste ano (2015) nomeamos uma comissão de estudos que realizou toda a reestruturação da Câmara, de acordo com a nova realidade. Como restou comprovada a demanda por concurso, agora estamos finalizando os procedimentos para lançarmos o edital. Serão preenchidas vagas para suprir posições deixadas pelos servidores do legislativo que se aposentaram desde 1992, quando foi realizado o último concurso”, disse o presidente da Câmara, Ivan Carlini.

Ensino Fundamental

A distribuição das vagas ainda deve ser confirmada, mas os cargos,com respectivos salários e exigências, já estão definidos. Quem possui ensino fundamental poderá concorrer aos cargos de motorista (com inicial de R$ 1.147,50), telefonista (R$ 1.124,55), auxiliar de serviços gerais(R$ 1.078,65) e vigilante noturno (R$ 1.078,65).

Ensino Médio

Para ensino médio: taquígrafo parlamentar I (R$ 2.953,67), assessor legislativo (R$ 2.953,67), programador de sistemas (R$ 2.953,67),operador (R$ 2.953,67), redator de atas legislativas (R$ 2.246,81),digitador (R$ 2.246,81), assistente legislativo (R$ 2.246,81) e auxiliar de coordenação legislativa (R$ 2.044,85).

Nível Superior

Por fim, para nível superior: procurador legislativo (R$ 3.786,75),taquígrafo parlamentar II (R$ 3.736,26), controlador interno (R$3.786,75), auditor interno (R$ 3.876,75) e analista de contas (R$3.079,89).

Para todos os cargos, a jornada de trabalho será de seis horas diárias.

Continuar lendo

Atualizado: 05/04/2017 - 15:35

Confira os principais concursos previstos para 2017

Vários órgãos devem lançar, este ano, editais de concursos públicos para cargos de todos os níveis escolares. Salários iniciais chegam a R$ 22,1 mil. Veja a lista

Diversas áreas de atuação

Por JCConcursos - Camila Diodato

Cresce a expectativa para que saiam do papel os concursos que estão previstos para este ano de 2017. São diversos órgãos federais e estaduais que se programam para selecionar milhares de servidores para os seus quadros de pessoal.
Apesar de ainda haver incertezas econômicas para o país, os economistas esperam que em 2017 a economia fique melhor do que a apresentada no ano passado. E, com isso, aumenta a probabilidade para que as novas seleções sejam liberadas.
Como a defasagem de pessoal é grande em diversos órgãos, as vagas aguardadas para este ano são para todos os níveis de escolaridade e com salários entre R$ 1.072 e R$ 22.102,37. 
Confira abaixo mais detalhes.

Concurso Correios


Status: depende de estudo internoCargos: carteiro e operador de triagem e transbordoInformações: Os servidores dos Correios pressionam o órgão pela realização de concurso. Já é confirmado que a estatal tem uma defasagem de pelo menos 20 mil servidores. As oportunidades do novo certame em análise deve ser para as funções de carteiro e operador de triagem e transbordo (OTT), ambas de nível médio e com remuneração de R$ 2.712,98 e R$ 2.376,48, respectivamente. Sindicatos da categoria querem que a empresa retome em breve os preparativos do certame. Leia mais detalhes aqui

Concurso Receita Federal e Ministério da Fazenda 


Status: aguarda autorizaçãoCargos: assistente, analista e auditorInformações: Está previsto no Orçamento Federal um concurso para Receita Federal para os cargos de analista tributária, auditor fiscal, analista administrativo e assistente-técnico administrativo. Os postos administrativos pertencem ao quadro de pessoal do Ministério da Fazenda. Ensino médio é exigência para assistente e formação superior para os demais postos. Leia mais detalhes aqui.

Concurso Polícia Federal


Status: depende de liberação de verbasCargos: delegado, perito, agente e escrivãoInformações: Quem pretende participar do concurso da Polícia Federal cujo pedido de liberação de verbas tramita no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), pode contar com mais uma boa notícia. O órgão divulgou que também pretender abrir certame para agente e escrivão, e não apenas para delegado e perito. Ao todo, deve ser abertas 1.758 vagas, sendo 600 para escrivão, 600 para agente, 491 para delegado e 67 para perito. Todas as carreiras exigem ensino superior completo e apresentam salários de até R$ 22.102,37. Leia mais detalhes aqui

Concurso Polícia Rodoviária Federal


Status: aguarda autorização e comissão prontaCargo: policial rodoviárioInformações: Embora o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão tenha devolvido para o órgão o pedido de autorização do concurso para o preenchimento de 1.500 vagas no cargo de policial rodoviário, a corporação constituiu, recentemente, um grupo de trabalho para elaboração de um novo edital de concurso, ainda sem data definida para publicação. Para concorrer é necessário possuir nível superior em qualquer área de formação e carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A remuneração é de R$ 9.491,98, com jornada de 40 horas semanais. Leia mais detalhes aqui
Veja também: Concursos que devem sair ainda este ano

Concurso ANTT


Status: aguardando autorizaçãoCargos: diversosInformações: A Agência Nacional de Transportes Terrestres já solicitou ao Ministério do Planejamento 710 vagas para os cargos de analista administrativo, especialista em regulação, técnico em regulação e técnico administrativo. Os postos são de níveis médio, técnico e superior, sendo que os vencimentos ficam entre R$ 5.503,25 e R$ 11.488,90. A categoria pleiteia a realização deste certame devido à alta defasagem de pessoal na agência, já que hoje ela apresenta 40% do seu quadro em aberto. Leia mais detalhes aqui

Concurso Ibama


Status: aguardando autorizaçãoCargos: analista ambiental e analista administrativoInformações: O Ibama deve reencaminhar novo pedido de concurso ao Ministério do Planejamento para cargos de níveis médio e superior. Os salários iniciais correspondem a R$ 3.712,72 para técnico e a R$ 7.760,45 para analista. Leia mais detalhes aqui.

Concurso Ministério do Trabalho


Status: aguardando autorizaçãoCargo: auditor-fiscal do trabalhoInformações: O Ministério do Trabalho reencaminhou ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) o pedido de realização de concurso para 847 vagas de auditor-fiscal do trabalho. Em 2014, o MPOG encaminhou ao Ministério do Trabalho uma nota, na qual informava que concederia o provimento de 847 vagas para o cargo no decorrer dos próximos três anos, ou seja, até 2017. Apesar dos cortes orçamentários anunciado pelo Governo, é grande a expectativa para que o aval seja liberado em breve, pois o órgão sofre com uma grande defasagem de auditores. A carreira exige formação superior e o salário atual é de R$ 16.201,64. Leia mais detalhes aqui

Concurso Centro Paula Souza


Status: aguardando autorizaçãoCargos: diversosInformações: Com a realização de diversos concursos na área docente, iniciados em 2015, cresce a expectativa pela realização do processo seletivo público para a área administrativa. O órgão conta com pedido de autorização para o preenchimento de 2.596 vagas, sendo 428 para cargos de ensino fundamental, 978 para médio e 1.190 para superior. As remunerações partem de R$ 1.072 e chegam a R$ 3.889,60. Leia mais detalhes aqui.

Concurso Jucesp


Status: aguardando autorizaçãoCargo: técnico em processamento de registros públicosInformações: A Jucesp aguarda autorização do governador Geraldo Alckmin para realizar concurso com 110 vagas para técnico em processamento de registros públicos. Para concorrer é necessário apenas possuir ensino médio, com inicial de R$ 2.500. O órgão também conta com 141 vagas de nível superior em pauta, sem previsão de edital, uma vez que não estão no pedido, sendo 101 para analista e 40 para especialista, respectivamente, com iniciais de R$ 5.000 e R$ 6.500. Leia mais detalhes aqui.

Concurso Polícia Civil/SP


Status: aguardando autorizaçãoCargos: diversosInformações: A Polícia Civil de São Paulo encaminhou novo pedido para a Secretaria de Gestão Pública (SGP/SP) para que seja autorizada a contratação de servidores. Embora o pedido anterior fosse de 3.176 oportunidades, a nova solicitação é maior, para 4.438. Destas, 2.074 são para realização de novos concursos e 2.364 para convocação de remanescentes. Das oportunidades para novas seleções, 253 são para cargos de nível médio e 1.821 para carreiras de nível superior, com iniciais que vão de R$ 3.365 a R$ 10.079,28. Porém, independente do pedido, tramita na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) o projeto de lei complementar 37/2016, que visa a reestruturar as carreiras policiais, englobando diversos cargos de ensino médio em uma nova carreira, que poderá se chamar agente de polícia. Leia mais detalhes aqui.

Concurso Câmara dos Deputados


Status: defasagem de pessoalCargos: diversosInformações: Cresce a expectativa para que a Câmara dos Deputados realize em 2017 um novo concurso. Está no Orçamento Federal sancionado a realização de certame para as funções de técnico (nível médio) e analista (superior), com vencimentos respectivos de R$ 13.578,58 e R$ 20.384,43. Leia mais detalhes aqui

Concurso Procon/DF


Status: está no OrçamentoCargos: técnico, analista e fiscalInformações: Consta na lei das diretrizes orçamentárias a realização de novo concurso para o Instituto de Defesa do Consumidor do Distrito Federal (Procon/DF). O documento prevê 39 vagas, sendo seis para técnico de atividade de defesa do consumidor (ensino médio), 15 para analista de atividade de defesa do consumidor (superior) e 18 para fiscal de defesa do consumidor (superior). Os iniciais são de R$ 3.919,13 para técnico e R$ 5.293,30 para analista e fiscal. Leia mais detalhes aqui

Concurso Ministério Público/AL


Status: comissão formadaCargos: diversosInformações: Já foi constituído o grupo que ficará responsável pela concretização do concurso do Ministério Público de Alagoas (MP/AL). Não foram revelados os cargos, mas ao que tudo indica boa parte das oportunidades será para as mesmas funções do certame de 2011. Leia mais detalhes aqui.

Concurso PM/BA


Status: banca definidaCargo: soldadoInformações: A Polícia Militar da Bahia (PM/BA) já definiu a banca organizadora do seu próximo concurso com 2.750 vagas para soldado; a escolhida é a IBFC. A carreira exige ensino médio, idade de 18 a 30 anos até a data da matrícula para o curso de formação, carteira de habilitação categoria “B” e altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres. Os vencimentos atuais correspondem ao valor de R$ 2.197,78. O número de vagas ainda não foi revelado. Leia mais detalhes aqui

Concurso TRE/BA


Status: criada comissãoCargos: técnico e analistaInformações: O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE/BA) definiu a comissão que ficará responsável pelo seu próximo certame para técnico e analista judiciário. A carreira de técnico necessita de nível médio e apresenta inicial de R$ 6.774,52, enquanto o emprego de analista requer formação superior e tem remuneração de R$ 10.548,52. Leia mais detalhes aqui

Concurso PM/AM


Status: depende de verbas orçamentáriasCargos: soldado e oficialInformações: Segue em pauta a abertura do concurso para o quadro de pessoal da Polícia Militar do Amazonas. A expectativa é de que sejam abertas 5.000 vagas para as funções de soldado e oficial, que necessitam de níveis médio e superior, respectivamente. Leia mais detalhes aqui

Concurso TST


Status: em avaliação internaCargos: técnico e analistaInformações: O Tribunal Superior do Trabalho (TST), no Distrito Federal, se programa para realizar concurso público para as funções de técnico e analista, cujos iniciais correspondem a R$ 8.535,24 e a R$ 13.399,17, respectivamente. O próximo passo será a escolha da banca organizadora. Leia mais detalhes aqui.

Concurso ANS


Status: depende de autorizaçãoCargos: analista e especialistaInformações: A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) deve abrir concurso com 231 vagas distribuídas entre os cargos de analista administrativo e especialista em regulação, ambos com exigência de formação superior. Iniciais correspondem a R$ 11.529,29 para analista e a R$ 12.432,49 para especialista, contando com o vale-alimentação de R$ 458. Leia mais detalhes aqui.
Todos os concursos previstos podem ser conferidos aqui.
Continuar lendo

Atualizado: 24/02/2017 - 14:53

Expectativa por PL que cria 8.922 oportunidades

Há postos na ANS, Anvisa, Fiocruz, SISP, Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e no Ministério da Educação (MEC), que concentra a maior parte das vagas

Senado Federal

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

Continua em pauta, para ser votado no plenário do Senado Federal, o projeto de lei da câmara 99/2015 (PLC 99/2015), que cria 8.922 vagas junto ao serviço público federal, além da criação de oportunidades em alguns cargos para substituição de outros que estão sendo extintos. A proposta está desde 11 de julho na ordem do dia do plenário aguardando um parecer final dos senadores. 


De acordo com o projeto, o preenchimento das vagas, por meio de concursos públicos, será feito de  forma gradual, conforme autorização em anexo próprio da lei orçamentária anual, com um impacto estimado em R$ 958 milhões por ano.Do total de vagas que estão sendo criadas, 7.328 são somente para o Ministério da Educação, sendo 5.320 para professores e 2.008 para cargos técnico administrativos.

Prepare-se para concursos federais

Videoaulas para concursos federais Provas Anteriores de concursos federais CURSOS ONLINE PARA CONCURSOS FEDERAIS

Educação

Ainda para o Ministério da Educação, além das 7.328 vagas, também está prevista a transformação de mais 1.977 no plano de carreiras dos cargos técnico administrativos em educação dos Institutos Federais de Ensino Superior (IFES), com o objetivo de criar o mesmo número de vagas para carreiras com perfis mais adequados às necessidades da instituição.Uma vez aprovado o projeto e sancionado pela presidência da república, o preenchimento das vagas deverá ser feito por meio de concursos públicos.

Outros órgãos

Além das 7.328 vagas para o Ministério da Educação, o projeto prevê a criação de 214 vagas para a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), 180 para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e 1.200 para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O projeto também determina a transformação de 85 vagas na Polícia Federal, bem como criação de 44 para a Polícia Rodoviária Federal, com extinção de 50.

APOSTILA CONCURSO PF - AGENTE POLICIAL *

APOSTILA CONCURSO PF - AGENTE ADMINISTRATIVO *

* digite "cupomjc" nos links com asterisco e ganhe 10% de desconto

A proposta contempla, ainda, a criação de cargos para os departamentos da Polícia Federal e de Polícia Rodoviária Federal, sem aumento de despesas, pela contrapartida de extinção de cargos  vagos. Para a Polícia Federal, o Executivo propõe criar 44 cargos de engenheiro, 5  de arquitetos e 36 de psicólogo. Já para a Polícia Rodoviária Federal, a previsão é de 19 cargos de administrador, 17 de engenheiro, 5 de estatístico e 3 de técnico de comunicação social.

O projeto também cria 500 gratificações temporárias no Sistema de Administração de Recursos da Informação e Informática (SISP), de nível superior.

APOSTILA CONCURSO PRF - AGENTE ADMINISTRATIVO *

APOSTILA CONCURSO PRF - POLICIAL RODOVIÁRIO *

* digite "cupomjc" nos links com asterisco e ganhe 10% de desconto

Continuar lendo

Atualizado: 24/02/2017 - 14:52

Expectativa por PL que cria 8.922 oportunidades

Há postos na ANS, Anvisa, Fiocruz, SISP, Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e no Ministério da Educação (MEC), que concentra a maior parte das vagas

Senado Federal

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

Continua em pauta, para ser votado no plenário do Senado Federal, o projeto de lei da câmara 99/2015 (PLC 99/2015), que cria 8.922 vagas junto ao serviço público federal, além da criação de oportunidades em alguns cargos para substituição de outros que estão sendo extintos. A proposta está desde 11 de julho na ordem do dia do plenário aguardando um parecer final dos senadores. 


De acordo com o projeto, o preenchimento das vagas, por meio de concursos públicos, será feito de  forma gradual, conforme autorização em anexo próprio da lei orçamentária anual, com um impacto estimado em R$ 958 milhões por ano.Do total de vagas que estão sendo criadas, 7.328 são somente para o Ministério da Educação, sendo 5.320 para professores e 2.008 para cargos técnico administrativos.

Prepare-se para concursos federais

Videoaulas para concursos federais Provas Anteriores de concursos federais CURSOS ONLINE PARA CONCURSOS FEDERAIS

Educação

Ainda para o Ministério da Educação, além das 7.328 vagas, também está prevista a transformação de mais 1.977 no plano de carreiras dos cargos técnico administrativos em educação dos Institutos Federais de Ensino Superior (IFES), com o objetivo de criar o mesmo número de vagas para carreiras com perfis mais adequados às necessidades da instituição.Uma vez aprovado o projeto e sancionado pela presidência da república, o preenchimento das vagas deverá ser feito por meio de concursos públicos.

Outros órgãos

Além das 7.328 vagas para o Ministério da Educação, o projeto prevê a criação de 214 vagas para a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), 180 para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e 1.200 para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O projeto também determina a transformação de 85 vagas na Polícia Federal, bem como criação de 44 para a Polícia Rodoviária Federal, com extinção de 50.

APOSTILA CONCURSO PF - AGENTE POLICIAL *

APOSTILA CONCURSO PF - AGENTE ADMINISTRATIVO *

* digite "cupomjc" nos links com asterisco e ganhe 10% de desconto

A proposta contempla, ainda, a criação de cargos para os departamentos da Polícia Federal e de Polícia Rodoviária Federal, sem aumento de despesas, pela contrapartida de extinção de cargos  vagos. Para a Polícia Federal, o Executivo propõe criar 44 cargos de engenheiro, 5  de arquitetos e 36 de psicólogo. Já para a Polícia Rodoviária Federal, a previsão é de 19 cargos de administrador, 17 de engenheiro, 5 de estatístico e 3 de técnico de comunicação social.

O projeto também cria 500 gratificações temporárias no Sistema de Administração de Recursos da Informação e Informática (SISP), de nível superior.

APOSTILA CONCURSO PRF - AGENTE ADMINISTRATIVO *

APOSTILA CONCURSO PRF - POLICIAL RODOVIÁRIO *

* digite "cupomjc" nos links com asterisco e ganhe 10% de desconto

Continuar lendo

Atualizado: 24/02/2017 - 14:51

Expectativa por PL que cria 8.922 oportunidades

Há postos na ANS, Anvisa, Fiocruz, SISP, Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e no Ministério da Educação (MEC), que concentra a maior parte das vagas

Senado Federal

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

Continua em pauta, para ser votado no plenário do Senado Federal, o projeto de lei da câmara 99/2015 (PLC 99/2015), que cria 8.922 vagas junto ao serviço público federal, além da criação de oportunidades em alguns cargos para substituição de outros que estão sendo extintos. A proposta está desde 11 de julho na ordem do dia do plenário aguardando um parecer final dos senadores. 


De acordo com o projeto, o preenchimento das vagas, por meio de concursos públicos, será feito de  forma gradual, conforme autorização em anexo próprio da lei orçamentária anual, com um impacto estimado em R$ 958 milhões por ano.Do total de vagas que estão sendo criadas, 7.328 são somente para o Ministério da Educação, sendo 5.320 para professores e 2.008 para cargos técnico administrativos.

Prepare-se para concursos federais

Videoaulas para concursos federais Provas Anteriores de concursos federais CURSOS ONLINE PARA CONCURSOS FEDERAIS

Educação

Ainda para o Ministério da Educação, além das 7.328 vagas, também está prevista a transformação de mais 1.977 no plano de carreiras dos cargos técnico administrativos em educação dos Institutos Federais de Ensino Superior (IFES), com o objetivo de criar o mesmo número de vagas para carreiras com perfis mais adequados às necessidades da instituição.Uma vez aprovado o projeto e sancionado pela presidência da república, o preenchimento das vagas deverá ser feito por meio de concursos públicos.

Outros órgãos

Além das 7.328 vagas para o Ministério da Educação, o projeto prevê a criação de 214 vagas para a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), 180 para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e 1.200 para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O projeto também determina a transformação de 85 vagas na Polícia Federal, bem como criação de 44 para a Polícia Rodoviária Federal, com extinção de 50.

APOSTILA CONCURSO PF - AGENTE POLICIAL *

APOSTILA CONCURSO PF - AGENTE ADMINISTRATIVO *

* digite "cupomjc" nos links com asterisco e ganhe 10% de desconto

A proposta contempla, ainda, a criação de cargos para os departamentos da Polícia Federal e de Polícia Rodoviária Federal, sem aumento de despesas, pela contrapartida de extinção de cargos  vagos. Para a Polícia Federal, o Executivo propõe criar 44 cargos de engenheiro, 5  de arquitetos e 36 de psicólogo. Já para a Polícia Rodoviária Federal, a previsão é de 19 cargos de administrador, 17 de engenheiro, 5 de estatístico e 3 de técnico de comunicação social.

O projeto também cria 500 gratificações temporárias no Sistema de Administração de Recursos da Informação e Informática (SISP), de nível superior.

APOSTILA CONCURSO PRF - AGENTE ADMINISTRATIVO *

APOSTILA CONCURSO PRF - POLICIAL RODOVIÁRIO *

* digite "cupomjc" nos links com asterisco e ganhe 10% de desconto

Continuar lendo

Atualizado: 24/02/2017 - 14:50

Expectativa por PL que cria 8.922 oportunidades

Há postos na ANS, Anvisa, Fiocruz, SISP, Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e no Ministério da Educação (MEC), que concentra a maior parte das vagas

Senado Federal

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

Continua em pauta, para ser votado no plenário do Senado Federal, o projeto de lei da câmara 99/2015 (PLC 99/2015), que cria 8.922 vagas junto ao serviço público federal, além da criação de oportunidades em alguns cargos para substituição de outros que estão sendo extintos. A proposta está desde 11 de julho na ordem do dia do plenário aguardando um parecer final dos senadores. 


De acordo com o projeto, o preenchimento das vagas, por meio de concursos públicos, será feito de  forma gradual, conforme autorização em anexo próprio da lei orçamentária anual, com um impacto estimado em R$ 958 milhões por ano.Do total de vagas que estão sendo criadas, 7.328 são somente para o Ministério da Educação, sendo 5.320 para professores e 2.008 para cargos técnico administrativos.

Prepare-se para concursos federais

Videoaulas para concursos federais Provas Anteriores de concursos federais CURSOS ONLINE PARA CONCURSOS FEDERAIS

Educação

Ainda para o Ministério da Educação, além das 7.328 vagas, também está prevista a transformação de mais 1.977 no plano de carreiras dos cargos técnico administrativos em educação dos Institutos Federais de Ensino Superior (IFES), com o objetivo de criar o mesmo número de vagas para carreiras com perfis mais adequados às necessidades da instituição.Uma vez aprovado o projeto e sancionado pela presidência da república, o preenchimento das vagas deverá ser feito por meio de concursos públicos.

Outros órgãos

Além das 7.328 vagas para o Ministério da Educação, o projeto prevê a criação de 214 vagas para a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), 180 para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e 1.200 para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O projeto também determina a transformação de 85 vagas na Polícia Federal, bem como criação de 44 para a Polícia Rodoviária Federal, com extinção de 50.

APOSTILA CONCURSO PF - AGENTE POLICIAL *

APOSTILA CONCURSO PF - AGENTE ADMINISTRATIVO *

* digite "cupomjc" nos links com asterisco e ganhe 10% de desconto

A proposta contempla, ainda, a criação de cargos para os departamentos da Polícia Federal e de Polícia Rodoviária Federal, sem aumento de despesas, pela contrapartida de extinção de cargos  vagos. Para a Polícia Federal, o Executivo propõe criar 44 cargos de engenheiro, 5  de arquitetos e 36 de psicólogo. Já para a Polícia Rodoviária Federal, a previsão é de 19 cargos de administrador, 17 de engenheiro, 5 de estatístico e 3 de técnico de comunicação social.

O projeto também cria 500 gratificações temporárias no Sistema de Administração de Recursos da Informação e Informática (SISP), de nível superior.

APOSTILA CONCURSO PRF - AGENTE ADMINISTRATIVO *

APOSTILA CONCURSO PRF - POLICIAL RODOVIÁRIO *

* digite "cupomjc" nos links com asterisco e ganhe 10% de desconto

Continuar lendo

Atualizado: 24/02/2017 - 14:49

Expectativa por PL que cria 8.922 oportunidades

Há postos na ANS, Anvisa, Fiocruz, SISP, Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e no Ministério da Educação (MEC), que concentra a maior parte das vagas

Senado Federal

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

Continua em pauta, para ser votado no plenário do Senado Federal, o projeto de lei da câmara 99/2015 (PLC 99/2015), que cria 8.922 vagas junto ao serviço público federal, além da criação de oportunidades em alguns cargos para substituição de outros que estão sendo extintos. A proposta está desde 11 de julho na ordem do dia do plenário aguardando um parecer final dos senadores. 


De acordo com o projeto, o preenchimento das vagas, por meio de concursos públicos, será feito de  forma gradual, conforme autorização em anexo próprio da lei orçamentária anual, com um impacto estimado em R$ 958 milhões por ano.Do total de vagas que estão sendo criadas, 7.328 são somente para o Ministério da Educação, sendo 5.320 para professores e 2.008 para cargos técnico administrativos.

Prepare-se para concursos federais

Videoaulas para concursos federais Provas Anteriores de concursos federais CURSOS ONLINE PARA CONCURSOS FEDERAIS

Educação

Ainda para o Ministério da Educação, além das 7.328 vagas, também está prevista a transformação de mais 1.977 no plano de carreiras dos cargos técnico administrativos em educação dos Institutos Federais de Ensino Superior (IFES), com o objetivo de criar o mesmo número de vagas para carreiras com perfis mais adequados às necessidades da instituição.Uma vez aprovado o projeto e sancionado pela presidência da república, o preenchimento das vagas deverá ser feito por meio de concursos públicos.

Outros órgãos

Além das 7.328 vagas para o Ministério da Educação, o projeto prevê a criação de 214 vagas para a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), 180 para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e 1.200 para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O projeto também determina a transformação de 85 vagas na Polícia Federal, bem como criação de 44 para a Polícia Rodoviária Federal, com extinção de 50.

APOSTILA CONCURSO PF - AGENTE POLICIAL *

APOSTILA CONCURSO PF - AGENTE ADMINISTRATIVO *

* digite "cupomjc" nos links com asterisco e ganhe 10% de desconto

A proposta contempla, ainda, a criação de cargos para os departamentos da Polícia Federal e de Polícia Rodoviária Federal, sem aumento de despesas, pela contrapartida de extinção de cargos  vagos. Para a Polícia Federal, o Executivo propõe criar 44 cargos de engenheiro, 5  de arquitetos e 36 de psicólogo. Já para a Polícia Rodoviária Federal, a previsão é de 19 cargos de administrador, 17 de engenheiro, 5 de estatístico e 3 de técnico de comunicação social.

O projeto também cria 500 gratificações temporárias no Sistema de Administração de Recursos da Informação e Informática (SISP), de nível superior.

APOSTILA CONCURSO PRF - AGENTE ADMINISTRATIVO *

APOSTILA CONCURSO PRF - POLICIAL RODOVIÁRIO *

* digite "cupomjc" nos links com asterisco e ganhe 10% de desconto

Continuar lendo

Atualizado: 17/02/2017 - 16:28

Espírito Santo: vários concursos devem sair até 2019

Oportunidades foram apresentadas no Plano Plurianual do Espírito Santo 2016-2019. Serão chances para educação, fiscalização, segurança e diversas outras áreas

Para mais de 30 órgãos

Por JCConcursos - Camila Diodato

Consta no Plano Plurianual do Espírito Santo (PPA) de 2016-2019 a realização de diversos concursos para o Estado. O documento não aponta a quantidade de vagas e nem os cargos, mas mostra a reserva financeira destinada a cada um deles.
Os órgãos que devem abrir seleções são os seguintes: Secretaria de Estado de Controle e Transparência (Secont), Rádio e Televisão Espírito Santo (RTV), Secretaria da Fazenda (Sefaz), Junta Comercial do Estado do Espírito Santo (JUCEES), Secretaria de Estado de Economia e Planejamento (SEP), Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos (Seger), Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp), Departamento de Imprensa Oficial (DIO), Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Espírito Santo (Prodest) e Superintendência dos Projetos de Polarização Industrial (Suppin).
Ainda haverá chances para outros órgãos, como Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Espírito Santo (Ipem/ES), Agência de Serviços Públicos de Energia (Aspe), Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes), Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf), Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), Centrais de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa), Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), Instituto de Obras Públicas do Estado do Espírito Santo (Iopes), Agência Reguladora de Saneamento Básico e Infraestrutura Viária (Arsi), Instituto de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Idurb) e Secretaria de Estado do Turismo (Setur).
Por fim, o documento revela ainda que deverão ser realizados concursos para o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema), Secretaria de Estado da Educação (Sedu), Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames), Fundo Estadual de Saúde (FES), Polícia Civil (PCES), Polícia Militar (PMES), Corpo de Bombeiros (CBMES), Departamento de Trânsito (Detran), Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases), Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), Secretaria de Estado de Assistência Social e Políticas para Mulheres (SEASM) e Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Espírito Santo (IPAJM).
Não há previsão específica para a realização de tais concursos, ainda mais que depende de autorização por parte do governador. O que se sabe é que eles poderão ser realizados até 2019.
Vale ressaltar que tais oportunidades se referem apenas ao âmbito estadual. Outras ofertas para os níveis municipal e federal devem ser abertas no Estado.
Continuar lendo

Shopping