Salários de até R$ 9 mil

Vazante/MG retifica e reabre concurso com 358 vagas

Oportunidades são para diversos cargos, de todos os níveis de escolaridade. As inscrições serão recebidas entre os dias 29 de outubro e 10 de dezembro

Patricia Lavezzo
Publicado em 13/09/2018, às 14h56

No Estado de Minas Gerais, a Prefeitura Municipal de Vazanteretificou o edital de concurso público destinado ao provimento de 358 vagas de todos os níveis escolares. Foram alterados: número de ofertas, requisitos, carga horária, valores da taxa e cronograma. 

O Instituto Nosso Rumo é o organizador do processo de seleção. O formulário de inscrição estará disponível na página eletrônica www.nossorumo.org.br entre os dias 29 de outubro e 10 de dezembro. Os valores da taxa de participação variam de R$ 33 a R$ 68.

O certame será constituído das seguintes etapas: prova objetiva para todos os cargos; análise de títulos para advogado, procurador municipal e professores; e prova prática para motorista.

A prova objetiva será aplicada no município de Vazante/MG no dia 10 de fevereiro de 2019. Ela será composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as matérias de língua portuguesa, matemática, conhecimentos gerais, noções de informática, políticas de saúde, conhecimentos pedagógicos e legislação e/ou conhecimentos específicos.

Vagas do concurso da Prefeitura de Vazante/MG

Para ensino fundamental, as chances são para as funções de auxiliar de lavanderia (7 vagas), auxiliar de mecânico (1), auxiliar de operador de máquinas (1), auxiliar de serviços gerais administrativo (5), auxiliar de serviços gerais/serviço social (3), auxiliar de serviços gerais de apoio da educação (15), auxiliar de serviços gerais de apoio da saúde (7), auxiliar de serviços de saúde (5), bombeiro hidráulico encanador (2), borracheiro (1), cantineiro (10), capturador de animais (2), carpinteiro (1), eletricista (1), frentistas (2), gari (15), jardineiro (4), mecânico de máquinas pesadas (1), motorista (14), operador de máquinas (4), operador de patrol (3), operário (5), operário de apoio da educação (3), operário de apoio da saúde (3), operário de obras e serviços e gerais (2), pedreiro (2), pintor (2), sepultador (2), zelador (6), zelador de unidade de apoio da saúde (5), zelador de unidades de ensino (1), cuidador social (2), monitor de práticas esportivas (8), monitor de práticas esportivas de apoio da ação social (3), monitor de práticas esportivas de apoio da educação (3), recepcionista (8) e recepcionista de apoio da saúde (5). Os salários iniciais oscilam entre R$ 980 e R$ 1.500.

Quem tem o ensino médio e/ou curso técnico está apto às carreiras de assistente técnico (10), assistente técnico de apoio a educação (1), assistente técnico de apoio da saúde (8), auxiliar de saúde bucal (6), orientador social (2), secretário escolar (3), técnico agropecuária (1), técnico de enfermagem (15), técnico de laboratório em análise clínica (1), técnico de saúde bucal (2), técnico em informática (1), técnico em meio ambiente (1), técnico em radiologia (2), técnico em topografia (1) e técnico de segurança do trabalho (1). Os vencimentos variam de R$ 1.040 e R$ 1.200.

Nível superior é requisito para os cargos de administrador (1), advogado (2), advogado Creas (1), analista de tecnologia da informação (1), arquiteto (1), assistente social (2), assistente social de apoio da educação (1), assistente social de apoio da saúde (1), bibliotecário (3), biólogo (1), biomédico (2), bioquímico (3), contador (1), enfermeiro (10), engenheiro civil (1), especialista da educação (4), farmacêutico (5), fiscal municipal de meio ambiente (1), fiscal municipal de obras e posturas (1), fiscal municipal de tributos (1), fiscal municipal sanitário (1), fisioterapeuta (2), fonoaudiólogo (1), médico em diversas especialidades (13), médico do trabalho (1), médico plantonista (18), médico programa saúde da família (6), médico veterinário (1), nutricionista (1), nutricionista de apoio da educação (1), odontólogo de PSF (5), odontólogo N-1 (1), pedagogo de apoio da assistência social (2), procurador municipal (1), professor de educação básica I (20), professor de educação básica II (12), professor de educação física (4), psicólogo (4), psicólogo de apoio da educação (1) e terapeuta ocupacional (1). As remunerações partem de R$ 800 e chegam a R$ 9.000.

Mais Lidas