Salário de R$ 2,8 mil

Concurso em Votuporanga SP reúne 30 vagas para professor

Para participar do concurso da Prefeitura de Votuporanga é necessário possuir curso normal em nível médio ou superior. Prazo se encerrará no dia 28 de janeiro

Patricia Lavezzo
Publicado em 21/01/2019, às 14h49

Já estão abertas as inscrições do concurso público da Prefeitura Municipal de Votuporanga, situada no interior do Estado de São Paulo. A seleção visa o provimento de 30 postos de professor da educação básica I.

O cargo exige curso normal em nível médio ou superior magistério, com habilitação em pré-escola ou licenciatura plena em pedagogia, ambos com habilitação para docência na educação infantil e nos anos iniciais do ensino fundamental. O salário inicial é de R$ 2.898,83 para jornada de trabalho semanal de 32 horas. 

Para concorrer a uma das ofertas é necessário preencher a ficha cadastral no site da banca organizadora do certame, que é a EAPC (www.eapc.com.br), e efetuar o pagamento da taxa, no valor de R$ 35. O prazo se encerrará no dia 28 de janeiro de 2019. 

O concurso será constituído de duas etapas: prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório; e análise de títulos, apenas classificatória.

A prova objetiva contemplará 30 questões de múltipla escolha, sendo cinco de língua portuguesa, cinco de raciocínio lógico/matemática, cinco de conhecimentos gerais e atualidades e 15 de conhecimentos específicos. 

A avaliação terá duração máxima de três horas e será aplicada na cidade de Votuporanga/SP no dia 3 de fevereiro de 2019, em locais e horários a serem divulgados em momento oportuno. 

Atribuições do professor da Prefeitura de Votuporanga SP

I- conhecer e respeitar as leis;
II- preservar os princípios, os ideais e fins da educação brasileira, através de seu desempenho profissional;
III- empenhar-se em prol do desenvolvimento do aluno, utilizando processos que acompanham o processo científico da educação; IV- participar das atividades educacionais que lhe forem atribuídas por força de suas funções;
V- comparecer ao local de trabalho com assiduidade e pontualidade, executando suas tarefas com eficiência, zelo e presteza;
VI- eximir-se de iniciar a jornada de trabalho após o horário regulamentar ou sair antes de seu término, sem autorização prévia de seu superior imediato;
VII- manter o espírito de cooperação e solidariedade com a equipe escolar e a comunidade em geral;
VIII- incentivar a participação, o diálogo e a cooperação entre educandos, demais educadores e a comunidade em geral, visando a construção de uma sociedade democrática;
IX- assegurar o desenvolvimento do senso crítico e da consciência política do educando;
X- respeitar o aluno como sujeito do processo educativo e comprometer-se com a eficácia do seu aprendizado;
XI- comunicar à autoridade imediata as irregularidades de que tiver conhecimento, na sua área de atuação, ou às autoridades superiores, no caso de omissão por parte da primeira;
XII- zelar pela defesa dos direitos profissionais e pela reputação da categoria profissional;
XIII- fornecer elementos para a permanente atualização de seus assentamentos, junto aos órgãos da administração;
XIV- considerar os princípios psicopedagógicos, a realidade socioeconômica da clientela escolar e as diretrizes da política educacional na escolha e utilização de materiais, procedimentos didáticos e instrumentos de avaliação do processo ensino- aprendizagem;
XV- participar do processo de planejamento, execução e avaliação do projeto político-pedagógico da escola e da rede de ensino;
XVI- ministrar as horas e dias letivos previstos no calendário escolar
XVII- proceder, orientar e auxiliar os alunos no que se refere à higiene pessoal;
XVIII- assegurar uma visão integrada do desenvolvimento da criança, considerando que o educar e o cuidar possuem caráter de unicidade;
XIX- comparecer às atividades de formação continuada, reuniões previstas no calendário escolar e às convocadas extraordinariamente e às comemorações cívicas previstas no calendário escolar;
XX- assegurar a inclusão e atendimento dos alunos portadores de necessidades educacionais especiais;
XXI- guardar sigilo sobre os assuntos de natureza confidencial que lhe cheguem ao conhecimento em razão do cargo.
 

Orgão: Prefeitura Votuporanga
Nº vagas: 30
Taxa de inscrição: R$ 35
Cargos: Professor
Áreas de Atuação: Educação
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 2898,00 Até R$ 2898,00
Organizadora: EAPC
Estados com Vagas: SP
Cidades: Votuporanga - SP

Mais Lidas