Tudo Sobre

Empregos CNEN

CNEN depende de autorização para abrir 500 vagas

Pedido encaminhado ao Planejamento solicita que as oportunidades do concurso CNEN sejam preenchidas de maneira escalonada entre 2017 e 2018



Cintia Amaro e Camila Diodato
Publicado em 04/10/2016, às 15h27

A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) continua com o intuito de abrir concurso público visando ao preenchimento de 500 vagas de escalonada entre 2017 e 2018. O único empecilho no momento é a autorização por parte do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG).
Os postos solicitados ao Planejamento são para as funções de pesquisador, tecnologista, técnico, analista em ciência e tecnologia e assistente em ciência e tecnologia.
Como informado anteriormente pelo departamento de comunicação da CNEN, se aprovadas, as 500 oportunidades serão disponibilizadas em dois concursos com 250 chances cada, nos anos de 2017 e 2018. O órgão ainda não deu detalhes sobre as cidades de lotação das vagas. 

Carreiras da CNEN


Para candidatos com nível médio, a CNEN solicitou chances de assistente em ciência e tecnologia (98 vagas) e de técnico (103). A atual tabela de remuneração dos servidores federais aponta que o salário inicial para o cargo de assistente é de R$ 3.495,57, enquanto o do técnico corresponde a R$ 3.810,48. Além do vencimento inicial, os servidores podem ter gratificações por qualificação, que podem chegar a R$ 1.762 no caso de assistente e a R$ 1.971 para técnico.
As funções de analista em ciência e tecnologia (79) e tecnologista (182) necessitam de formação no ensino superiore pagam iniciais de R$ 5.975,71, podendo chegar a R$ 9.421,99 com o título de doutor. 

O posto de pesquisador - adjunto e associado (38) também exige nível superior, mas os ganhos mensais são de R$ 7.441,02 para adjunto e R$ 8.320,48 para associado, respectivamente. Tais valores podem chegar a R$ 11.923,67 e R$ 13.432,27 com a retribuição por titulação de doutor. 
Todos os salários oferecidos pela CNEN já incluem o auxílio alimentação no valor de R$ 458.

Últimos concursos CNEN


Em 2010, a CNEN ofereceu 203 chances para analista em ciência e tecnologia júnior; assistente em ciência e tecnologia I; tecnologista júnior e pleno I e II; técnico I, II e III; assistente de pesquisa; assistente de pesquisa I; pesquisador adjunto; e pesquisador associado.
Todos os candidatos inscritos passaram por prova objetiva e análise de títulos; além das etapas de exame oral para tecnologista e de defesa de memorial para pesquisador.
Já em 2014, o processo seletivo foi para 86 vagas de assistente em ciência e tecnologia, técnico I, analista em ciência e tecnologia júnior, e tecnologista júnior.
Os concorrentes foram submetidos a prova de múltipla escolha e análise de títulos e currículo. Depois, houve teste discursivo para analista e avaliação oral para tecnologista.

Sobre a CNEN


Vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), a Comissão Nacional de Energia Nuclear foi criada pela lei n° 4.118, de 27 de agosto de 1962. Dentre suas atribuições, estão: colaborar na formulação da Política Nacional de Energia Nuclear; executar ações de pesquisa, desenvolvimento, promoção e prestação de serviços na área de tecnologia nuclear e suas aplicações para fins pacíficos conforme disposto na lei nº 7.781, de 27 de junho de 1989; e regular, licenciar, autorizar, controlar e fiscalizar essa utilização.
A CNEN possui unidades em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Abadia de Goiás (GO), Recife (PE), Caetité (BA), Fortaleza (CE), Brasília (DF), Angra dos Reis (RJ), Porto Alegre (RS), Resende (RJ) e Poços de Caldas (MG).

+ Resumo Empregos CNEN

CNEN
Vagas: 500
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Vários cargos
Áreas de Atuação: Administrativa, Operacional
Escolaridade: Ensino Técnico, Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: BA, CE, DF, GO, MG, PE, RJ, RS, SP

+ Agenda

04/10/2017 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas