Concurso Sepog/RO: inscrições abertas para 80 vagas

Chances no concurso da Sepog são para funções de técnico, analista e especialista, com vencimentos iniciais que chegam a R$ 7,1 mil. Prazo para se candidatar vai até 6 de setembro

JC Concursos - Samuel Peressin - Informe o Erro
Publicado: 01/08/2017 - 14:15 | Atualizado: 05/09/2017 - 10:19

Já estão abertas as inscrições para o concurso da Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão de Rondônia (Sepog/RO) com oferta de 80 vagas imediatas, sendo nove destinadas a negros, além de formação de cadastro reserva. As oportunidades são para trabalhar na capital.

Ensino médio é requisito para técnico em políticas públicas e gestão governamental (6 postos e salário de R$ 3.191,90) e técnico em tecnologia da informação e comunicação (40 - R$ 3.191,90), cargo que também cobra curso técnico.

Em nível superior há oportunidades no concurso da Sepog como analista de planejamento e finanças (6 - R$ 7.173,80), especialista em gestão pública e gestão governamental (10 - R$ 7.173,80) e analista em tecnologia da informação e comunicação (18 - R$ 7.173,80).

Concurso Sepog: inscrições e provas


Será possível se inscrever no concurso da Sepog até 6 de setembro, por meio do site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), no endereço: www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/segep-ro. As taxas custam R$ 78 e R$ 100 para funções de níveis médio e superior, respectivamente.
APOSTILAS ONLINE E IMPRESSA SEPOG - NÍVEL SUPERIOR  E TÉCNICO EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GOVERNAMENTAL

Abordando conteúdos de língua portuguesa, raciocínio lógico-matemático, história e geografia de Rondônia e conhecimentos específicos, a prova objetiva trará 70 perguntas para técnico e 80 para analista e especialista.

Como primeira fase do concurso da Sepog, o exame escrito será aplicado em 22 de outubro, nas cidades de Porto Velho, Ji-Paraná, Cacoal, Guajará-Mirim e Vilhena.

Entre 7 de agosto e 8 de setembro, a FGV receberá, via postal, os documentos para análise de títulos (diplomas de especialização, mestrado e doutorado) dos inscritos aos cargos de nível superior.

Na última etapa do processo seletivo, os candidatos convocados realizarão curso de formação, na capital. A fase terá caráter classificatório e eliminatório.

O concurso da Sepog será válido por dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do órgão, conforme estabelece o edital, disponível para consulta entre os anexos da notícia.

Concurso Sepog: atribuições do técnico em políticas públicas e gestão governamental


Dar suporte técnico nos projetos e nas ações, manutenção dos processos administrativos, acompanhamento dos processos de automação de rotinas, exercer as atividades voltadas à estrutura e ao funcionamento das organizações públicas, gestão de pessoas e de logística; assessoramento em estudo, pesquisa, análise e interpretação da legislação de licitações e contratos administrativos, de pessoal e encargos sociais, elaboração, execução, acompanhamento e controle da política de aquisições e suprimentos de material e patrimônio dos órgãos e das entidades da Administração Pública estadual; execução das políticas voltadas às atividades de logística de serviços e atividades gerais nas áreas de transporte, manutenção predial e de equipamentos, comunicação administrativa; gestão de convênios e contratos governamentais, incluindo a elaboração, o monitoramento e a prestação de contas; desempenho de outras atividades correlatas.

Atribuições do técnico em tecnologia da informação e comunicação no concurso da Sepog


Dar suporte técnico nos equipamentos de informática, recuperar, conservar e realizar manutenção; verificar regularmente as condições e funcionamento dos equipamentos; atender usuários internos e externos, instalando e mantendo aplicativos e sistemas, ferramentas de mensagens, equipamentos, sistemas operacionais e banco de dados, com conhecimento básico de rede lógica e física, que inclui testes de cabeamento, placas de rede, configurações nos sistemas operacionais Linux e Windows; pesquisar e testar novas tecnologias e ferramentas para contribuir com atualização do parque de informática da organização; analisar, criar e atualizar as configurações de equipamentos de informática, através de pesquisa na Internet, apostilas, livros, revistas técnicas, pareceres técnicos, para abertura e acompanhamento de processos de compra da Administração Pública Estadual; controlar e acompanhar a tramitação dos processos; organizar o arquivo, operacionalizar os sistemas operacionais Linux e Windows; usar ferramentas de edição de texto, planilha eletrônica, comunicador on-line, e-mail e outras ferramentas que estiverem disponíveis no Estado; dar suporte à produção nas diversas plataformas utilizadas no Estado, preparando as rotinas a serem em processadas e verificando insumos; planejar e divulgar cronogramas de trabalhos; operacionalizar o backup de segurança dos dados e seu armazenamento; acompanhar a instalação e reinstalação de todas as versões dos sistemas administrativos e das ferramentas; oferecer suporte on-line, via remoto, por telefone ou in loco; instalar, reinstalar e operacionalizar os sistemas operacionais, para configurações necessárias ao suporte e testes, conhecimento de Internet e conhecimento básico de rede lógica e elétrica; executar serviços de Rede Lógica e Conectividade; configurar os sistemas operacionais em rede Linux e Windows; desenvolver sistemas e aplicações, determinando interface gráfica, critérios ergonômicos de navegação, codificação de programas; implantar e realizar manutenção de sistemas e aplicações; selecionar recursos de trabalho, tais como metodologias de desenvolvimento de sistemas, linguagem de programação e ferramentas de desenvolvimento.

Concurso Sepog: atribuições do analista de planejamento e finanças


Realizar atividades de nível superior de complexidade e responsabilidade elevadas, compreendendo o exercício das funções de formulação do planejamento dos planos setoriais e regionais de desenvolvimento econômico, social e ambiental, do plano plurianual, das diretrizes orçamentárias e dos orçamentos anuais; formulação, implantação e avaliação dos sistemas, processos e métodos nas áreas de orçamento, finanças públicas e gestão fiscal; supervisão, coordenação, direção e execução de trabalhos especializados de gestão orçamentária, financeira e patrimonial, e de programas e acompanhamento das despesas de pessoal e da política econômica; desenvolvimento, acompanhamento, avaliação, execução e orientação técnico-normativa referente à execução orçamentária; pesquisa, análise e interpretação da legislação econômico-fiscal, orçamentária, financeira, de pessoal e encargos sociais, com vistas à adequação da política orçamentária ao desenvolvimento econômico; supervisão, coordenação e execução dos trabalhos de acompanhamento e avaliação dos recursos orçamentários e financeiros alcançados pelos gestores públicos; analisar processos e emitir pareceres fundamentados técnica e legalmente com fins de orientar decisões; outras atividades correlatas que lhe sejam atribuídas.

Concurso Sepog: atribuições do especialista em gestão pública e gestão governamental


Realizar atividades de nível superior de complexidades e responsabilidades elevadas, compreendendo o exercício das funções de planejamento, implementação, execução, supervisão e avaliação de políticas públicas administrativas, formulando e promovendo a articulação de programas e parcerias estratégicas; assessorar as instâncias superiores da Administração Pública; desenvolver pesquisas e projetos nas diversas áreas funcionais da Administração Pública; sugerir, formular e implementar métodos e processos para o incremento da produtividade; implementar projetos visando ao aperfeiçoamento e à modernização da gestão pública estadual; estudar, pesquisar e implementar métodos e práticas modernas de gestão pública e de modernização administrativa voltados para resultados; desenvolver e implantar novos métodos e ferramentas para otimização dos recursos humanos e da tecnologia da informação utilizados na gestão pública estadual; planejar, organizar, dirigir e controlar sistemas, programas e projetos que envolvam recursos humanos, financeiros, previdenciários, materiais, patrimoniais, informacionais e estruturais de interesse do Estado; propor a estruturação de técnicas de desenvolvimento gerencial; desenvolver estudos para a introdução de novas tecnologias e sistemas de informações; coordenar a formulação e o acompanhamento do planejamento estratégico; elaborar anteprojeto de lei, minutas de decretos, convênios e outros atos normativos; desenvolver, coordenar e avaliar a área de gestão do Estado; analisar processos e emitir pareceres fundamentados técnica e legalmente com fins de orientar decisões; outras atividades correlatas que lhe sejam atribuídas.

Principais atribuições do analista em tecnologia da informação e comunicação no concurso da Sepog


Elaborar projetos de sistemas, com vistas às necessidades do usuário, definindo interligações entre os mesmos, sempre que necessário; identificar, junto ao usuário, as necessidades de alteração de sistemas; analisar e avaliar procedimentos para instalação da base de dados, assim como definir dados a serem coletados para teste paralelo de sistemas, sugerindo as modificações necessárias; avaliar sistemas, aferindo o grau de assimilação do usuário e o alcance dos objetivos estabelecidos; propor a adoção de métodos e normas de trabalho, com vistas a otimizar a rotina do usuário; planejar e coordenar as atividades de manutenção dos sistemas em operação; executar outras tarefas da mesma natureza e grau de complexidade; definir estruturas de dados e ambientes de banco de dados, baseando-se nas diretrizes tecnológicas e nas metodologias adotadas pela empresa; monitorar o seu funcionamento para garantir a disponibilidade de uso e a otimização da performance do ambiente, bem como assistir o desenvolvedor na implantação e na manutenção de sistemas , quanto à utilização dos recursos de banco de dados; desenvolver sistemas orientados a objeto, atuando em processo de desenvolvimento de software nas etapas de iniciação e elaboração ou de construção e transição, desenvolver e administrar projetos em sítios web (web sites); compreender e implantar padrões e normas de qualidade, governança de tecnologia da informação e segurança da informação; desenvolver projetos de redes de telecomunicações, realizando atividades de suporte, planejamento de capacidade e gerenciamento de rede, promover a segurança, análise, instalação, configuração e ferramentas relacionadas a rede e conectividade; entre outras atividades. 

Vídeos Sepog Porto Velho

Estude gramática para o concurso do Sepog


Concursos Relacionados

Mais Lidas

Mais Recentes

Shopping