Tudo Sobre

Concurso TJDFT

Concurso TJDFT: publicada portaria que cria nova carreira

O novo concurso TJDFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios) será para cargos de níveis médio e superior, com até R$ 12,4 mil



Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 26/11/2021, às 10h31 - Atualizado às 14h07

None
Concurso TJDFT: sede do TJDFT Google Maps

Mais um passo para a realização do novo concurso TJDFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios). Acontece que o presidente do órgão, desembargador Romeu Gonzaga Neiva, publicou, nesta sexta-feira, 26 de novembro, no diário da justiça eletrônico, a portaria 1909, que cria a especialidade análise de dados e a especialidade segurança da informação para a carreira de analista judiciário, área apoio especializado. Além disso, no último dia 23, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, encaminhou o projeto de lei 3662/21, que transforma cargos de auxiliar e técnico judiciário em oportunidades para analistas judiciários, para apreciação nas diversas comissões da casa. O órgão segue no processo de escolha da banca, uma vez que ainda existe a possiblidade de publicação do edital em dezembro. Novas informações devem ser confirmadas em breve.

O projeto de transformação de vagas tramitará em regime de prioridade e foi encaminhado para Comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público;
Finanças e Tributação e Constituição e Justiça e de Cidadania. Caso aprovado deve seguir para votação no plenário da casa. A intenção é transformar quatro cargos de auxiliar judiciário e 192 técnicos judiciário em 118 vagas de analista judiciário.

Atualmente, o órgão conta com 93 vagas em aberto, de acordo com sessão extraordinária recente do Tribunal Pleno.

Para concorrer ao cargo de técnico será necessário possuir apenas ensino médio, com remuneração inicial de R$ 7.591,36. Para analistas, a exigência será de nível superior,com inicial de R$ 12.455,30, já considerando a gratificação por atividade judiciária.

A oferta prevista para técnicos é a seguinte:

  • ADMINISTRATIVA SEM ESPECIALIDADE (CADASTRO RESERVA)
  • APOIO ESPECIALIZADO PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS (CADASTRO RESERVA)
  • APOIO ESPECIALIZADO ENFERMAGEM (CADASTRO RESERVA)


No caso de analistas:

  • APOIO ESPECIALIZADO MEDICINA – PSIQUIATRIA (2 VAGAS)
  • APOIO ESPECIALIZADO PSICOLOGIA (CADASTRO RESERVA)
  • APOIO ESPECIALIZADO ANÁLISE DE SISTEMAS (3 VAGAS)
  • APOIO ESPECIALIZADO SUPORTE EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (3 VAGAS)
  • JUDICIÁRIA SEM ESPECIALIDADE (25 VAGAS)
  • JUDICIÁRIA OFICIAL DE JUSTIÇA AVALIADOR FEDERAL (29 VAGAS)
  • APOIO ESPECIALIZADO CONTABILIDADE (3 VAGAS)
  • APOIO ESPECIALIZADO ENGENHARIA ELÉTRICA (1 VAGA)
  • APOIO ESPECIALIZADO ADMINISTRAÇÃO (3 VAGAS)
  • APOIO ESPECIALIZADO ESTATÍSTICA (2 VAGAS)
  • APOIO ESPECIALIZADO MEDICINA – MEDICINA DO TRABALHO (2 VAGAS)
  • APOIO ESPECIALIZADO SERVIÇO SOCIAL (9 VAGAS)
  • APOIO ESPECIALIZADO ANÁLISE DE DADOS (5 VAGAS)
  • APOIO ESPECIALIZADO SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (5 VAGAS)
  • APOIO ESPECIALIZADO ARQUIVOLOGIA (1 VAGA)

Concurso TJDFT: veja publicação oficial

PORTARIA GPR 1909 DE 23 DE NOVEMBRO DE 2021
Cria especialidades para a carreira de Analista Judiciário e altera o Manual de Descrição de Cargos do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, constante do Anexo da Portaria GPR 12 de 2 de janeiro de 2008.
O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS, no uso de suas atribuições legais e regimentais, e tendo em vista o contido no Processo Administrativo SEI 17378/2021,
RESOLVE:
Art. 1º Criar a especialidade Análise de Dados e a especialidade Segurança da Informação para a carreira de Analista Judiciário, área Apoio Especializado.
Art. 2º Alterar o Manual de Descrição de Cargos do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios ? TJDFT, constante do Anexo da Portaria GPR 12 de 2 de janeiro de 2008, acrescentando-lhe a descrição dos cargos com as especialidades criadas pelo art. 1º
desta Portaria e modificando a descrição dos seguintes cargos:
I - Analista Judiciário, área Judiciária (sem especialidade);
II - Analista Judiciário, área Judiciária, especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal;
III - Analista Judiciário, área Apoio Especializado, especialidade Administração;
IV - Analista Judiciário, área Apoio Especializado, especialidade Análise de Sistemas;
V - Analista Judiciário, área Apoio Especializado, especialidade Arquivologia;
VI - Analista Judiciário, área Apoio Especializado, especialidade Contabilidade;
VII - Analista Judiciário, área Apoio Especializado, especialidade Engenharia Elétrica;
VIII - Analista Judiciário, área Apoio Especializado, especialidade Estatística;
IX - Analista Judiciário, área Apoio Especializado, especialidade Medicina do Trabalho;
X - Analista Judiciário, área Apoio Especializado, especialidade Medicina - Psiquiatria;
XI - Analista Judiciário, área Apoio Especializado, especialidade Psicologia;
XII - Analista Judiciário, área Apoio Especializado, especialidade Serviço Social;
XIII - Analista Judiciário, área Apoio Especializado, especialidade Suporte em Tecnologia da Informação;
XIV - Técnico Judiciário, área Administrativa (sem especialidade);
XV - Técnico Judiciário, área Apoio Especializado, especialidade Enfermagem.
Parágrafo único. A descrição dos cargos referidos no art. 1º e nos incisos I a XV deste artigo passam a vigorar com a redação
disposta no Anexo desta Portaria.
Art. 3º Tornar sem efeito a Portaria GPR 1302 de 18 de agosto de 2014.
Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
Desembargador ROMEU GONZAGA NEIVA
Presidente


Concurso do TJDFT: saiba como foi a última seleção

Como já havia sido anunciado, o último concurso TJDFT, realizado em 2015, contou com uma oferta de 80 vagas imediatas, além de cadastro reserva. Das ofertas disponibilizadas, 13 foram reservadas às pessoas negras ou portadoras de deficiência. A banca organizadora, na ocasião, foi o Cespe/UnB, atual Cebraspe.

Candidatos com o nível médio puderam concorrer a técnico judiciário na área administrativa (35). Além disso, também foram oferecidas oportunidades de técnico judiciário nas áreas de apoio especializado – enfermagem (1) e apoio especializado – programação de sistemas (1).

Para nível superior, as opções foram para analistas judiciários nas seguintes áreas: apoio especializado – análise de sistemas (1); apoio especializado – biblioteconomia (1); apoio especializado – psicologia (1); apoio especializado – suporte em tecnologia da informação (1); apoio especializado – medicina/clínica médica (1); apoio especializado – medicina/ginecologia-obstetrícia (1); apoio especializado – medicina/neurologia (1); apoio especializado – medicina/pediatria (1); apoio especializado – medicina/psiquiatria (1); apoio especializado – odontologia/dentística (1); judiciária (31); e judiciária – oficial de justiça avaliador federal (2).

+ Resumo do Concurso TJDFT

TJDFT - Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Técnico, Analista
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 7591,00 Até R$ 12455,00
Organizadora: FGV
Estados com Vagas: DF

concursosconcursos df (distrito federal)concursos 2023provas anteriores

Comentários

Mais Lidas