UFMG inicia recebimento de formulários de participação

Todos os inscritos serão avaliados por prova objetiva de língua portuguesa e legislação e exame específico. Os salários estão entre R$ 1.473,58 e R$ 2.989,33.

Redação
Publicado em 07/05/2012, às 12h03

Começa nesta segunda-feira o prazo de inscrição para as 81 ofertas disponibilizadas pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em Belo Horizonte, capital do Estado. 
Todas as oportunidades são para a carreira de técnico-administrativo em educação e admitem a participação de pessoas com necessidades especiais, para as quais são reservadas seis chances.
Candidatos que concluíram o ensino médio profissionalizante ou possuem médio completo e técnico na área de interesse, além do registro no conselho competente (com exceção de técnico de laboratório), poderão concorrer aos cargos de técnico de enfermagem (29 vagas) e técnico de laboratório / análises clínicas (9), no nível D, e de auxiliar de enfermagem (10) na classe C. 
Já os profissionais com graduação completa estão aptos a disputarem as colocações da categoria E: enfermeiro (11) e médico nas especialidades de clínica médica (10), psiquiatria (1) e terapia intensiva (4).
Os interessados nas posições de enfermeiro devem ter superior em enfermagem, enquanto os pretendentes aos empregos de médico precisam ter concluído a faculdade de medicina e apresentar residência ou título de especialista no setor escolhido. Para as duas profissões é exigido o registro no conselho da classe.
Inscrições - Os formulários de participação ficarão disponíveis no site www.ufmg.br até às 20h de 23 de maio.
É necessário desembolsar taxa de R$ 115 para vagas de nível E, R$ 80 para as da classe D e R$ 60 às da categoria C.
Pessoas que estejam listadas no Cadastro Único para Programas Sociais do GovernoFederal (CadÚnico) e sejam membros de famílias de baixa renda poderão pleitear a isenção do valor.
Etapas e salário - No dia 1º de julho, às 14h, os inscritos serão convocados a comparecerem nos locais de prova, que estarão apenas em Belo Horizonte. O teste objetivo terá caráter classificatório e eliminatório e constará de 15 questões de língua portuguesa e legislação e de 35 sobre temas relativos às especificidades de cada carreira, que deverão ser respondidas em até quatro horas. 
Pretendentes às oportunidades de médico (clínica médica e terapia intensiva) também deverão apresentar títulos. 
Os selecionados receberão remuneração mensal de R$ 2.989,33 (classe E), R$ 1.821,94 (categoria D) ou R$ 1.473,58 (nível C).
Pâmela Lee Hamer

Comentários

Mais Lidas