Tudo Sobre

Empregos INPI

INPI ganha aval para abrir concurso com 140 ofertas

Oferta será para os cargos de pesquisador e tecnologista em propriedade industrial. Nível superior e iniciais de até R$ 7.421



Fernando Cezar Alves
Publicado em 27/03/2014, às 12h26

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) autorizou, na última quarta (26), a realização de concurso público para o preenchimento de 140 vagas junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), sendo 100 para o cargo de pesquisador em propriedade industrial e 40 para tecnologista em propriedade industrial. 

De acordo com o coordenador substituto de recursos humanos do órgão, Luiz Carlos da Costa, o órgão conta com uma unidade específica que ficará responsável pelo concurso, que deve iniciar, nas próximas semanas, o processo de escolha da empresa ou fundação organizadora. Somente então, segundo ele, poderá ser definida uma previsão de quando o edital poderá ser publicado. Mas ressalta que a liberação deve ocorrer, no mais tardar, até o dia 26 de setembro, uma vez que a autorização do MPOG determina um prazo limite de seis meses para o início do concurso.

De acordo com informações do setor de recursos humanos, para concorrer a tecnologista é necessário possuir curso de nível superior em áreas específicas que deverão ser definidas até a publicação do edital, de acordo com as necessidades. Já  no caso de pesquisador, é necessário possuir curso de nível superior, com titulação mínima de mestrado.

A remuneração inicial do pesquisador, considerando o salário e 80% inicial da qualificação de desempenho, é de R$  7.421,60. De acordo com a lei federal  12.778/12, que define a remuneração dos cargos federais, os servidores também contam com adicional de titulação. No caso de pesquisador, além das exigências para o ingresso, o acréscimo, em 2014, é de R$ 383,67 para curso de especialização, R$ 898,54 para mestrado e R$ 2.249,10 para doutorado.

No caso de tecnologista, o inicial, sem titulação e com 80% da gratificação de desempenho, é de R$ 6.693,54. A titulação para a carreira, para o ano de 2014, é de R$ 336,26 para cursos de especialização e aperfeiçoamento, R$ 804,82 para mestrado e R$ 1.972,37 para doutorado.

Os servidores também contam com auxílio alimentação e vale transporte.

Seleção anterior – O último concurso ocorreu em 2012 e foi organizado pelo Cespe/UnB. No caso de pesquisador, as oportunidades foram para pesquisador em propriedade industrial e pesquisador em propriedade industrial nas áreas de eletricidade, telecomunicação e computação eletrônica,  engenharia mecânica, engenharia civil e arquitetura. O concurso também contou com vagas para tecnologista em propriedade industrial, técnico em propriedade industrial e analista de planejamento, gestão e infraestrutura em propriedade industrial em diversas áreas.

Para pesquisador e tecnologista, a prova objetiva contou com 100 itens, sendo 40 de conhecimentos básicos e 60 de conhecimentos específicos. A seleção também foi composta de prova discursiva e análise de títulos.

Na ocasião, as vagas foram destinadas somente para o Rio de Janeiro.  Para o próximo, as lotações ainda serão confirmadas.

APOSTILAS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - CLIQUE AQUI

+ Resumo Empregos INPI

INPI
Vagas: 140
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Operador e Tecnologista em propriedade industrial
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 6692,00 Até R$ 7419,00
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

+ Agenda

14/10/2014 Abertura das inscrições Adicionar no Google Agenda
12/11/2014 Encerramento das inscrições Adicionar no Google Agenda
14/12/2014 Prova Adicionar no Google Agenda
14/12/2015 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas