SEE/SP define organizadora para analista de tecnologia

Primeiro concurso contará com oferta de 400 vagas para o cargo, com salário inicial de R$ 2.900. Exigência de nível superior em áreas específicas

Fernando Cezar Alves
Publicado em 23/12/2013, às 11h34

A Secretaria Estadual de Educação de São Paulo divulgou nesta segunda-feira (23)  a organizadora do seu primeiro concurso público para o cargo de analista de tecnologia nas áreas de informática e edificações. A escolhida foi a Fundação Vunesp. Com isto, a publicação do edital está prevista para ser feita no decorrer das próximas semanas. A oferta será de 400 vagas,  criadas por lei sancionada pelo governador Geraldo Alckmin em junho. Para concorrer será necessário possuir curso de nível superior em áreas específicas.  A remuneração inicial será de R$ 2.900, com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

As atribuições do cargo correspondem ao desenvolvimento de atividades especializadas em informatização dos processos administrativos e em infraestrutura. Atuação é focada nos núcleos de informática e de edificação, departamento considerado de extrema importância para a execução de obras, por exemplo. As vagas do primeiro concurso para o cargo deverão ser destinadas para todas as 91 diretorias de ensino e órgãos centrais da Secretaria de Educação.

A criação do novo cargo ocorre dentro de um processo de ampliação do quadro de servidores da secretaria, quando também foram criadas mais 418 postos para a carreira de analista administrativo. Neste caso, o preenchimento deverá ser feito por meio de nomeação de remanescentes de concurso em validade.

O objetivo destas contratações é permitir a retirada de professores de cargos administrativos, para que tenham mais tempo de se dedicar ao trabalho pedagógico.

Comentários

Mais Lidas