Tudo Sobre

Concurso TRT

TRT 13 assina contrato com a Fundação Carlos Chagas

Organizadora foi anunciada em fevereiro. Com contrato, edital deve ser agilizado. Serão 33 vagas de níveis médio e superior, até R$ 8.118



Fernando Cezar Alves
Publicado em 20/03/2014, às 15h25

O Tribunal Regional do Trabalho da 13 Região (TRT 13), com sede no estado da Paraíba, divulgou, nesta quinta-feira (20), em diário oficial, o extrato de contrato com a organizadora do seu próximo público, a Fundação Carlos Chagas. A definição da banca já havia sido anunciada em 7 de fevereiro, por meio de dispensa de licitação. O novo documento confirma a assinatura do contrato.

Com isto, a expectativa é de que nas próximas seja elaborada uma minuta do edital, conjuntamente entre o órgão e a fundação. De acordo com o diretor da secretaria de gestão de pessoas do TRT, Samuel Von Laer Norat, a intenção é agilizar a realização do concurso.

Por enquanto, já está confirmado que a publicação do edital ocorrerá ainda no primeiro semestre. Mas com a assinatura do contrato é possível que nas próximas semanas seja anunciada uma previsão mais concreta de quando o documento poderá ser efetivamente liberado.

A oferta será de 33 vagas, sendo 18 para analistas, com exigência de nível superior, e 15 para técnicos, de nível médio. As vagas de analistas serão para as áreas de tecnologia da informação (7), contabilidade (2), estatística (1), medicina (1), medicina do trabalho (1), psicologia (1), fisioterapia (1), odontologia (1), enfermagem (1), engenharia – segurança do trabalho (1) e arquivologia (1). Para técnicos, todas as 15 vagas serão para a especialidade de tecnologia da informação.

Além disso, quem conseguir aprovação contará com melhorias salariais, uma vez que foi instituído recentemente um aumento na gratificação de atividade judiciária (Gaj). Com isto, os vencimentos iniciais passam a ser de R$ 4.947 para técnicos e R$ 8.118 para analistas. Além disso, os servidores recebem R$  710 de auxílio alimentação.

O órgão também conta com adicional de qualificação de 7,5% no salário para quem possui especialização, 10% para mestrado e 12,5% para doutorado. Servidores com filhos com idade de até seis anos também contam com um complemento de R$ 541 por filho.

O concurso vem sendo aguardado desde 2010, quando foram iniciados os estudos para a contratação de servidores, decorrentes de demandas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Conselho Superior de Justiça do Trabalho (CSJT) e cumprimento de metas anuais do Poder Judiciário.    

+ Resumo do Concurso TRT

TRT
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Técnicos e analistas judiciários
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: PB

+ Agenda do Concurso

20/03/2015 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas