Provas somem em concurso da PRF; Funcab divulga nota

Confira o comunicado da Funcab sobre o desaparecimento de pelo menos 575 provas, que causou tumulto na tarde de ontem (25), em Campo Grande.

Douglas Terenciano
Publicado em 26/05/2014, às 15h46

A Funcab, organizadora responsável pelo concurso da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que visa preencher 216 vagas de agente administrativo, publicou nota de esclarecimento sobre o desaparecimento de pelo menos 575 provas,  o que causou tumulto na tarde de ontem (25) no Colégio Dom Bosco, no centro de Campo Grande, Mato Grosso do Sul.

Confira, na íntegra, o comunicado da organizadora publicada por meio de seu site.

“A FUNCAB informa que a aplicação das provas do Concurso Público da Polícia Rodoviária Federal em todo o território nacional foi realizada com sucesso, e que o concurso transcorre normalmente. Uma situação pontual ocorreu na cidade de Campo Grande, porém, não houve, em momento algum, quebra da lisura e nenhum vício que coloque o certame em risco.

Informamos, ainda, aos candidatos presentes no bloco E do colégio Dom Bosco, na cidade de Campo Grande, que o atraso no início das provas e as consequências geradas em função desse atraso, estão sendo analisados e, o mais breve possível, a FUNCAB irá deliberar, em conjunto com os órgãos e as comissões competentes, e divulgará amplamente seu posicionamento à sociedade.”

Um pouco antes, a Polícia Rodoviária Federal havia postado sobre o ocorrido em sua página oficial no Facebook.

“Na tarde de hoje (25), foram aplicadas provas objetivas para o concurso de agente administrativo da Polícia Rodoviária Federal, com locais de prova em todas as capitais do Brasil e aproximadamente 260.000 candidatos inscritos.

Cerca de 415 candidatos de um dos blocos do colégio Dom Bosco, em Campo Grande/MS, não receberam os cadernos de provas.

Assim que tomou conhecimento do fato, a Polícia Rodoviária Federal acompanhou a situação no local e solicitou à Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB), empresa contratada responsável pela organização do certame, o relato oficial do ocorrido. A FUNCAB tem 24 horas para se manifestar.”

O Concurso – As oportunidades são para o cargo de agente administrativo, classe A, padrão I. A exigência era de ensino médio completo.

Os aprovados no exame objetivo serão convocados à fase seguinte, com investigação social e/ou funcional. Os documentos referentes a esta etapa deverão ser entregues na data de 16 de junho.

O resultado final da seleção será divulgado no dia 30 de maio. Os selecionados contarão com vencimento básico de R$ 2.043,17, além da gratificação por desempenho (GDATPRF), que varia de R$ 1.521,60 a R$ 1.902. Haverá, também, o auxílio-alimentação de R$ 373. Sendo assim, a remuneração inicial poderá chegar a R$ 4.318,17.

Os nomeados ocuparão o cargo sob o regime jurídico estatutário em todo o país, com a tarefa de executar atividades administrativas, de nível intermediário, relativas às competências legais da Polícia Rodoviária Federal, por meio da prestação de apoio técnico administrativo à área finalística da instituição. 

A validade do processo seletivo é de dois anos. O período pode ser prorrogado uma única vez, por igual tempo. Durante este prazo, poderão ser convocados e nomeados mais agentes administrativos do que o quantitativo de ofertas disponibilizado no momento.

APOSTILAS PARA CONCURSOS - CLIQUE AQUI.

Comentários

Mais Lidas