Concursos Públicos: 2022 prevê abertura de mais de 73 mil vagas federais. Veja quais !

Projeto de lei do orçamento 2022 segue no Congresso Nacional, em fase de recebimento de emendas. Vagas de concursos públicos em diversas áreas

Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 03/11/2021, às 09h32 - Atualizado às 14h52

concursos públicos: pessoas fazendo provas
concursos públicos: pessoas fazendo provas - Divulgação

É grande a expectativa de novos concursos públicos federais em 2022. Acontece que tramita, no Congresso Nacional, o Projeto de Lei do Orçamento, que prevê nada menos do que 73.640 vagas para o próximo ano, para preenchimento de pessoal em diversas áreas de atuação. A proposta, apresentada em 31 de agosto, atualmente está em fase de apresentação de emendas, com prazo até 16 de novembro.

A Lei Orçamentária Anual estima as receitas e fixa as despesas do governo federal para o ano seguinte. Senadores e deputados devem avaliar e promover ajustes na proposta do Poder Executivo, assim como faz com a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e o Plano Plurianual (PPA).

Depende da aprovação do projeto, a reserva de verbas para a realização de diversos concursos bastante aguardados, como Receita Federal e Instituto Nacional de Serviço Social (INSS). 

Das 73.640 vagas indicadas no documento, 4.097 são para a criação de novos cargos e 69.543 para provimentos, por meio de convocação de aprovados e realização de novos certames.

As 4.097 vagas para criação de cargos estão distribuídas da seguinte forma:

  • poder Executivo - 1.129
  • poder judiciário - 1.957
  • Defensoria Pública da União - 1.011

De forma geral, a distribuição de vagas é a seguinte:

  • poder Executivo - 67.783 vagas (66.654 para provimento e 1.129 para criação)
  • poder Legislativo - 149 para provimento
  • poder Judiciário - 4.231 vagas (2.274 para provimento e 1.957 para criação)
  • Ministério Público da União - 229 vagas para provimento
  • Defensoria Pública da União - 1.248 vagas (237 para provimento e 1.011 para criação)


Poder Executivo

No caso do Poder Executivo são 66.654 vagas, incluindo 27.813 para provimento de vagas e 11.621 para efetivos militares.

O documento também prevê reserva de vagas para preenchimento de vagas na área de segurança do Distrito Federal, da seguinte forma:

  • Corpo de Bombeiros - 355 vagas
  • Polícia Militar DF - 736
  • Polícia Civil DF - 500

Poder Legislativo

No caso do Poder Legislativo, o projeto orçamentário prevê 149 vagas, sendo 70 para a Câmara dos Deputados, 40 para o concurso já previsto do Senado Federal e 39 para o Tribunal de Contas da União, também já autorizado.

Poder Judiciário

A distribuição de vagas do Judiciário é a seguinte:

  • Superior Tribunal de Justiça - 142 para provimento
  • Justiça Federal - 1.225 (775 para criação e 450 para provimento)
  • Supremo Tribunal Federeal - 82 vagas para provimento
  • Justiça Militar da União - 792 (740 para criação e 52 para provimento)
  • Justiça Eleitoral - 1.197 (370 para criação e 827 para provimento)
  • Justiça do Trabalho - 502 (52 para criação e 450 para provimento)
  • Justiça do Distrito Federal e Territórios - 250 para provimento
  • Conselho Nacional de Justiça - 41 vagas (20 para criação e 21 para provimento)


Também existem 625 vagas previstas para criação de funções comissionadas no TRF 5 (projeto de lei 2.783/11) e 150 para criação do TRF 6 (projeto de lei 5.919/19)

Ministério Público da União e Defensoria Pública da União

No Ministério Público da União estão previstas 229 vagas, que ainda podem ser preenchidas pela convocação de remanescentes do último concurso, realizado em 2018.

A distribuição é a seguinte:

  • Ministério Público Federal - 138 vagas
  • Ministério Público Militar - 11
  • Ministério Público do Distrito Federal e Territórios - 14
  • Ministério Público do Trabalho - 62
  • Escola Superior do Ministério Público da União - 4

Para a Defensoria Pública da União são 1.011 vagas previstas para criação para as carreiras administrativas do órgão, além de 237 postos, considerando 37 para provimento e 200 para o projeto de lei 7.923.

concursosconcursos federaisconcursos 2022provas anteriores

Comentários

Mais Lidas