Tudo Sobre

Empregos Conselho

Crea/SP: novo concurso deve ficar para 2016

Concurso do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de SP ocorrerá por recomendação do MPF para contratação de advogados. Outros cargos também deverão ser contemplados



Fernando Cezar Alves
Publicado em 23/09/2015, às 11h25

A realização do novo concurso que será promovido pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (Crea/SP), inicialmente previsto para ocorrer ainda em 2015, deve ficar para o próximo ano. De acordo com informações obtidas junto a responsáveis pelo setor de recursos humanos do órgão, o motivo é de que, recentemente, foi instituído o novo plano de cargos e salários e, com isto, alguns ajustes estão sendo necessários. Somente após o término da reestruturação será retomado o levantamento da necessidade de pessoal.  



Destaque: Simulado do Conselho.

Os planejamentos para a realização de novo concurso tiveram início em outubro de 2014, quando o Ministério Público Federal (MPF/SP) recomendou que fosse instaurado um processo administrativo para anular as dispensas de licitação para contratação de serviços advocatícios em 2013 e 2014, além de apurar atividades realizadas por dois escritórios contratados, no sentido de tomar medidas judiciais ou extrajudiciais para cobranças de valores pagos pelo conselho, sem a devida prestação do serviço.

Ao todo foi constatado um gasto de R$ 227 mil, com base em ações trabalhistas ativas em que a autarquia figurava como parte, sem comprovação da realização do serviço. O conselho alegou a necessidade de contratações emergenciais das empresas, sem licitação, em decorrência do número reduzido de advogados em seu quadro de pessoal. Atualmente, existem pelo menos quatro vagas em aberto para o cargo, que somente poderão ser preenchidas por meio do novo concurso.

Último concurso do Crea/SP

A última seleção para advogados ocorreu em 2008, constando apenas de cadastro reserva de pessoal para a capital paulista. A remuneração, na época, era de R$ 3.614,29 e para concorrer foi necessário possuir registro e certidão de regularidade na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e seis meses de experiência. A organizadora, na ocasião, foi a Fundação Vunesp.

A prova contou com 80 questões, sendo dez de língua portuguesa e 70 de conhecimentos específicos. A seleção também contou com peça processual e análise de títulos.

Para outras carreiras, o último ocorreu em 2010, também para formar cadastro de pessoal, incluindo os cargos de agente administrativo, agente fiscal, agente operacional, almoxarife, analista de desenvolvimento, analista de produção TI, analista contábil financeiro, analista de serviços administrativos, assistente técnico, comprador, diagramador, oficial de manutenção predial, operador de teleatendimento, porteiro, técnico em informática e telefonista. A organizadora também foi a Vunesp.  

+ Resumo Empregos Conselho

Conselho
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Advogado
Áreas de Atuação: Judiciária / Jurídica
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda

22/09/2016 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas