Tudo Sobre

Concurso Governo

Defesa Social/TO contrata organizadora para 935 vagas

Oportunidades para técnico em defesa social, técnico socioeducador, assistente socioeducativo, analista em defesa social e analista socioeducador



Camila Diodato
Publicado em 02/10/2014, às 15h38

A Secretaria de Defesa Social (Seds) do Estado do Tocantins contratou a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab) para organizar o seu primeiro concurso público. No total, serão ofertadas 935 oportunidades com exigência de níveis médio e superior.

Certificado de ensino médio completo, emitido por instituição reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação), será pré-requisito para disputar as carreiras de técnico em defesa social, técnico socioeducador e assistente socioeducativo.

Diploma de graduação habilitará a participação nos empregos de analista em defesa social e analista socioeducador. Para analista em defesa social serão aceitos cursos de formação superior em serviço social, pedagogia e psicologia; já a função analista socioeducador se destinará aos graduados nos mesmos cursos exigidos no outro cargo de nível superior, além de direito, medicina clínica, educação física, enfermagem, nutrição, odontologia e terapia ocupacional.

Sancionada em 2013, pelo então governador do Tocantins, Siqueira Campos, a lei 2.808, que cria o grupo “Defesa Social e Segurança Penitenciária” no Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração do Quadro Geral do Poder Executivo, apresenta os salários que serão oferecidos para os empregos que constarão neste concurso. Os vencimentos iniciais para assistente e técnico correspondem a R$ 2.100; enquanto que para analista são de R$ 3.300.

No processo seletivo haverá avaliações objetivas; contagem por ponto de títulos; exames médicos, psicotécnicos ou psicológicos; e curso de formação.  Durante o curso de formação profissional, que será realizado em horário integral, deverá ser atribuída ao aluno uma ajuda de custo em valor definido por ato do chefe do Poder Executivo.

A Seds pretende lançar essa seleção com o objetivo de constituir o seu próprio quadro de pessoal, pois, todos os atuais servidores do órgão são emprestados de outros setores do Governo.

Cronograma - A contratação da banca organizadora ocorreu dentro do período previsto pela secretaria, que era de 1° de setembro a 31 de outubro. Agora, o próximo passo será a elaboração e a publicação do edital - que deve ocorrer entre 1° e 30 de novembro.

O período de inscrições já foi definido e será de 1° a 31 de dezembro no site da organizadora. Entre 1° de fevereiro e 31 de maio de 2015, a Seds deverá aplicar as provas, divulgar os gabaritos, receber os recursos, julgar os recursos, fazer os exames médicos, realizar os testes de aptidão física e efetuar avaliação psicológica.

O curso de formação deve acontecer entre 15 de junho e 15 de setembro de 2015. A estimativa é de que a seleção seja homologada em 5 de outubro, logo após a conclusão do curso.

Técnico em defesa social – Destinada a profissionais com nível médio, esta carreira tem as seguintes atribuições: exercer, operacionalizar tarefas de atendimento, serviço de vigilância, custódia, guarda, assistência, escolta e orientação de pessoas recolhidas aos estabelecimentos penais do Estado Tocantins; acompanhar, instruir e orientar os processos de reeducação, reintegração social e ressocialização do detento; organizar, protocolar, preparar, expedir e arquivar documentos, promover controle de pessoal, tramitar processos e expedientes dos estabelecimentos penais; arquivar, manter e atualizar a documentação dos fichários e prontuários dos internos recolhidos nos estabelecimentos penais; fiscalizar atividades de conservação e reparos das instalações e bens materiais dos estabelecimentos penais; realizar atividades assistenciais aos internos recolhidos nos estabelecimentos penais, nas áreas religiosas, sociais, educacionais e profissionais; promover, atualizar e manter os cadastros de visitantes, inclusive familiares dos internos, autorizados a adentrarem nos estabelecimentos penais; executar as rotinas de visitação aos presos, no cadastro de visitantes, e promover as revistas em alimentos e pertences que adentram nos estabelecimentos penais; assistir as chefias dos estabelecimentos penais; realizar o serviço de expediente no Poder Judiciário e demais órgãos ou entidades; fiscalizar a aquisição de suprimentos necessários aos estabelecimentos penais, bem assim a entrega dos produtos; exercer outras atividades que lhe forem cometidas, compatíveis com o seu cargo.


APOSTILA PARA CONCURSO DE TOCANTINS - CLIQUE AQUI.

+ Resumo do Concurso Governo

Governo
Vagas: 935
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Técnico, Analista, Assistente
Áreas de Atuação: Judiciária / Jurídica, Administrativa, Saúde, Operacional
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Técnico, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 2100,00 Até R$ 3300,00
Organizadora: Funcab
Estados com Vagas: TO

+ Agenda do Concurso

02/10/2015 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas