Emprego correto da vírgula – aula 1

A pontuação é um dos tópicos muito questionados nos concursos e dentre os seus sinais destaca-se a presença da vírgula, utilizada a todo minuto em textos

Redação
Publicado em 09/02/2012, às 16h36

A pontuação é um dos tópicos muito questionados nos concursos e dentre os seus sinais destaca-se a presença da vírgula, utilizada a todo minuto em textos. Aparentemente, seu uso na fala e escrita, marca pausa respiratória do locutor, mas, na realidade, essa afirmativa não é verdadeira, pois é usada nas orações simples e compostas com valor sintático. Então, siga as orientações da especialista e sucesso em seu concurso.
A vírgula marca uma pausa de curta duração, será empregada no período simples (uma só oração) e no período composto (mais de uma oração). A análise lógica requer seu uso quando de inversões na frase, uma vez que devemos respeitar as seguintes sequências:1) sujeito + verbo + objetos + advérbios (período simples);2) sujeito + verbo de ligação + predicativo do sujeito (período simples);
Atenção: Caso haja inversão dos termos na frase ou orações, a vírgula será obrigatória. Veja:1. Adjuntos adverbiais deslocados: termos de valor adverbial que denotam alguma circunstância do fato expresso pelo verbo ou intensifica o sentido deste, ou de um adjetivo, ou de um advérbio. As principais circunstâncias são as de tempo, lugar, causa, modo, meio, afirmação, negação, dúvida, intensidade, finalidade, condição, assunto, preço, etc. Estarão deslocados quando estiverem no início ou no meio do período. Exemplos:
A maioria dos candidatos, durante os concursos, estuda.À noite, estudamos demais.
2. Objetos pleonásticos: quando um verbo possuir dois complementos que se referem a um elemento só. Exemplo.Os meus conhecidos, já os cumprimentei.Aos companheiros, ofereci-lhes ajuda.
Alguns termos da oração merecem destaque:1. Aposto explicativo: expressão explicativa em frases.Londrina, a terceira cidade do Sul do Brasil, é maravilhosa.2. Vocativo: chamamentos.Paulo, marque o gol rapidamente!3. Predicativo do sujeito deslocado, quando o verbo não for de ligação:Os jovens, assustados, retiraram-se do recinto.4. Separação de elementos coordenados: enumerações de termos que exercem a mesma função sintática.As crianças, os pais, os professores e os diretores irão ao auditório da escola.5. Elipse do verbo: omissão de um verbo já escrito anteriormente.Ela prefere passeios românticos; o namorado, de aventura. (o namorado prefere passeios de aventura)6. Separar, nas datas, o lugar:São Paulo, 1º de janeiro de 2012.7. Isolar conjunção coordenativa intercalada: Os candidatos, porém, não respeitaram ao regulamento.O candidato está bem preparado; tem, portanto, condições de ser aprovado.8. Expressões explicativas: isto é, a saber, melhor dizendo, quer dizer: A verdade é cruel, isto é, preciso estudar mais.Estou adoentado, ou melhor, completamente comprometido.
Até a próxima aula!
Professora Sandra Ceraldi Carrasco, consultora e especialista em Língua Portuguesa, autora de livros e periódicos na área. Há mais de 20 anos ministra cursos e palestras, com índice recorde de aprovação. Seu mais recente trabalho aborda de forma prática o Acordo Ortográfico. Atualmente é coordenadora do curso preparatório IPA. Contato: professora.sandracarrasco@uol.com.br.

Comentários

Mais Lidas