Tudo Sobre

Concurso TCE

Agente do TCE/SP: professor comenta edital do concurso

Visando auxiliar na preparação dos candidatos, o JC foi buscar junto ao professor Carlos Alberto de Lucca comentários sobre os tópicos mais importantes do edital para agente fiscal do TCE/SP



Carlos Alberto De Lucca
Publicado em 24/10/2017, às 15h05

Segue aberto o prazo de inscrições para o concurso do TCE/SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo) que preencherá 133 vagas de agente de fiscalização financeira.
Com salário inicial de R$ 12.984,88, o cargo é um dos mais cobiçados do funcionalismo público e costuma apresentar uma concorrência bastante acirrada.
Visando auxiliar na preparação dos candidatos, o JC foi buscar junto ao professor Carlos Alberto de Lucca comentários sobre os tópicos mais importantes do edital. Confira:

Vagas, remuneração e inscrições


Cargo: agente de fiscalizaçãoVagas: 133 vagas, sendo 97 são para agente da fiscalização e 36 para agente da fiscalização – administraçãoRemuneração inicial: R$ 12.984,88Período de inscrições: de 28.09.2017 a 31.10.2017 (taxa de R$ 57,00) no site https://www.vunesp.com.br/TCSP1701Empresa organizadora: Vunesp 
A Vunesp é uma empresa organizadora muito experiente em concursos. Normalmente, os concursos por ela organizados ocorrem dentro do planejado, tranquilizando os candidatos. A banca procura elaborar questões de todos - ou dos principais - itens dos conteúdos programáticos, assim, é interessante estudar a maior quantidade de conteúdo possível. Uma ótima opção para se preparar é resolver provas anteriores da própria Vunesp.

Escolaridade mínima exigida e data da prova


Agente de fiscalização: diploma de graduação em direito, ciências contábeis, economia, administração de empresas ou pública, engenharia civil ou gestão de políticas públicasAgente de fiscalização-administração: diploma de graduação em direito, ciências contábeis, economia, administração de empresas ou pública, engenharia civil, gestão de políticas públicas, biblioteconomia e documentação, enfermagem, nutrição, pedagogia especializada em educação infantil, psicologia ou serviço social.

Ads

Saiba como ser aprovado no concurso do TCE/SP

A prova para o cargo de agente da fiscalização do TCE/SP está marcada para o dia 17 de dezembro. Comece a estudar agora e saia na frente para conquistar uma das vagas. A Central de Concursos preparou um curso para você. Confira.

Será exigida na posse a apresentação do diploma devidamente registrado  ou certificado de conclusão de graduação de nível superior (Bacharelado), que conste a data de colação de grau, expedido por Instituição de Ensino Superior, reconhecida pelo Ministério da Educação.Quanto às atividades, para o agente da fiscalização predomina a fiscalização contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial do Estado e Municípios.Já para o agente da fiscalização–administração destacam-se atividades que exijam conhecimentos específicos e de atividades correlatas com a formação do candidato como nas áreas da administração de pessoal, de materiais, de transportes, de comunicações, de finanças, biblioteca, didáticas pedagógicas, educacional, de saúde, assistência social e nutricional.
Data prevista de aplicação das provas: dia 17/12/2017, sendo de manhã para agente de fiscalização e à tarde para agente de fiscalização-administração. 
Como as provas para os dois cargos ocorrem em períodos diferentes, os candidatos com curso superior em direito, ciências contábeis, economia, administração de empresas, administração pública, engenharia civil ou gestão de políticas públicas podem se inscrever para os dois cargos: agente de fiscalização ou agente de fiscalização-administração. Para os graduados em biblioteconomia e documentação, enfermagem, nutrição, pedagogia especializada em educação infantil, psicologia ou serviço social a única opção é agente de fiscalização-administração. Mesmo que o candidato opte por se inscrever para os dois cargos, pelo pouco tempo até a prova, é importante que priorize os estudos para um dos dois cargos, pois, como veremos mais adiante, há diferença em algumas disciplinas exigidas para cada função. Sugiro que dedique os estudos para o cargo de agente de fiscalização os candidatos que tiverem afinidade com a área contábil.

Local de trabalho e vagas

Agente de fiscalização: São Paulo (52 vagas), Sorocaba (1), Araras (9), Fernandópolis (6), Registro (6), Andradina (6), Itapeva (3), Ituverava (3), Mogi Guaçu (6) e Santos (5)Agente de fiscalização-administração: São Paulo (36 vagas)
Será permitido ao candidato inscrever-se para os 2 (dois) cargos em concurso, desde que recolha a taxa de inscrição correspondente, sendo-lhe vedada, no entanto, efetivar inscrição para mais de uma opção de cidade de lotação relativa ao cargo de agente de fiscalização. Para os candidatos que desejam trabalhar na capital, há vagas nos dois cargos. Mas, para quem deseja trabalhar no interior, somente agente de fiscalização oferece vagas para algumas cidades e o candidato concorrerá somente para a opção da cidade que escolher. Assim, quem optar pela cidade de Araras, por exemplo, concorrerá somente com os candidatos que também fizeram esta opção para as 9 vagas oferecidas inicialmente. Os candidatos que optaram por cidades diferentes não concorrem entre si. Eu recomendo que o candidato escolha o local que deseja trabalhar. Normalmente, os locais que oferecem mais vagas têm mais candidatos inscritos e a relação candidato por vaga fica parecida em cada opção de local de inscrição.

Validade do concurso 


Validade do concurso: 2 (dois) anos, a contar da data da publicação de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período.
Significa que se durante dois anos surgirem mais vagas além das oferecidas neste edital, serão convocados novos candidatos deste concurso de acordo com a classificação. Não se pode realizar outro concurso dentro deste prazo de validade, que é contado a partir da homologação do concurso, isto é, após a divulgação da lista dos aprovados. E ainda há a possibilidade de prorrogação por igual período, isto é, por mais dois anos. Na prática, significa que durante quatro anos serão convocados os aprovados neste concurso nomeando um número bem maior de candidatos que as 133 vagas oferecidas inicialmente. A prorrogação não é obrigatória, mas, costuma ocorrer no Tribunal de Contas. 

Provas


Como vimos, a previsão de aplicação das provas é no dia 17 de dezembro, sendo de manhã para agente de fiscalização e à tarde para agente de fiscalização-administração. O processo seletivo constará de prova objetiva com 80 questões objetivas de múltipla escolha, com 5 (cinco) alternativas cada. Neste concurso não há provas discursivas, redação, prova prática ou de capacidade física.

CARGOS

PROVA OBJETIVA

NÚMERO DE QUESTÕES

PESOS

Agente da

Fiscalização

Conhecimentos Gerais

Conhecimentos Específicos

40

40

1

2

Agente da

Fiscalização -

Administração

Conhecimentos Gerais

Conhecimentos Específicos

40

40

1

2



Será considerado habilitado nas provas objetivas o candidato que acertar, no mínimo, 50% da totalidade das questões da prova. Ou seja, se o candidato não acertar pelo menos 40 das 80 questões da prova, estará eliminado do concurso.
As disciplinas cobradas no concurso são:Conhecimentos Básicos para os dois cargos:PortuguêsRaciocínio LógicoInformática – Windows 7
Conhecimentos Específicos para Agente de Fiscalização:Direito AdministrativoDireito ConstitucionalDireito CivilDireito PenalContabilidade GeralContabilidade PúblicaAuditoria e Prestação de Contas
Conhecimentos Específicos para Agente de Fiscalização – Administração:Direito AdministrativoDireito ConstitucionalGestão PúblicaPolíticas PúblicasNoções de Direito Financeiro e OrçamentárioNoções de Execução Orçamentária e FinanceiraAdministração Financeira e Orçamentária
Como serão 40 questões com peso 1 das 3 disciplinas de Conhecimentos Básicos, temos média de pontuação máxima de 13,3 pontos por disciplina. Das 7 disciplinas de Conhecimentos Específicos para cada área, também serão 40 questões mas com peso 2, totalizando 80 pontos com média de pontuação máxima de 11,42 pontos por disciplina.Como as pontuações máximas estão próximas, a sugestão dedicar o mesmo tempo de estudo para cada disciplina. 
Um exemplo de quadro semanal de estudos de segunda a sexta é a seguinte:

Segunda

Terça

Quarta

Quinta

Sexta

Básica 1

Básica 2

Básica 3

Específica 4

Específica 6

Específica 1

Específica 2

Específica 3

Específica 5

Específica 7


Os finais de semana poderão ser utilizados para reforçar as matérias com maior dificuldade e praticar exercícios.

Mais algumas dicas importantes


- Resolva a maior quantidade de questões de provas anteriores que conseguir, especialmente das provas realizadas pela Vunesp;- Nas provas de Português, a Vunesp costuma utilizar muitos textos em que se baseiam questões de interpretação e de gramática. Assim, é importante praticar, lembrando que em questões de entendimento de texto, primeiro lemos as perguntas e depois o texto, para direcionar e otimizar o tempo.- Nas provas de Raciocínio Lógico, pelo programa apresentado e as provas anteriores realizadas pela Vunesp, além das tradicionais questões de sequências, associações lógicas e  lógica formal (a lógica proposicional), são esperadas questões de matemática do primeiro grau como regra de três e porcentagem.- A melhor forma de estudar para informática é resolver questões anteriores, de preferência da Vunesp, dos assuntos pedidos: Windows 7, Office, Excel 2010, Word 2010, correio eletrônico e internet.- Em Direito Administrativo, a sugestão é estudar as leis (verifique que sejam atualizadas), especialmente as leis do estado de São Paulo e as Súmulas do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (atualizadas até 14/12/2016). Os artigos com atualizações recentes têm maior chance de cair na prova.- Em Direito Constitucional cuidado para estudar somente os artigos mencionados na Constituição Federal. Também é muito importante estudar os artigos pedidos da Constituição do Estado de São Paulo que, a meu ver, têm maior chance de serem cobrados neste concurso.
Bons estudos e sucesso no concurso do TCE/SP!
Carlos Alberto De Lucca é professor, matemático, especialista em concursos e gestor educacional. Contato: contato@professordelucca.com.br

+ Resumo do Concurso TCE

TCE
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

24/10/2018 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas