ARIS realiza concurso para salários de até R$ 6,3 mil

A Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento, responsável pela regulação e fiscalização dos serviços de saneamento básico de 174 municípios no Estado de Santa Catarina, divulga edital para diversos cargos

Renan Abbade
Publicado em 02/04/2015, às 14h50

A Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento (ARIS), entidade responsável pela regulação e fiscalização dos serviços de saneamento básico de 174 municípios no Estado de Santa Catarina, recebe as inscrições do concurso que vai preencher oito vagas, além de formar cadastro reserva (CR), em diversos cargos.

As oportunidades estão nas cidades de Florianópolis, Chapecó, Rio do Sul, Jaraguá do Sul e São Miguel do Oeste.

Quem completou o ensino médio pode se inscrever para agente administrativo (2 + CR).

Profissionais com formação superior escolhem entre as carreiras de engenheiro sanitarista (2 + CR), contador (1 + CR) e analista de fiscalização e regulação (3 + CR).

Os salários oferecidos estão entre R$ 1.756,69 e R$ 6.330,90 para jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

Inscrições


As participações no concurso da ARIS deverão ser garantidas até o dia 23 de abril no endereço eletrônico da Fundação Carlos Joffre do AmaralFCJ (www.fcja.com.br), organizadora do processo seletivo.

Os valores das taxas são de R$ 50 (ensino médio) e R$ 70 (superior).

Provas


O concurso da Aris envolverá avaliações objetivas às 14h do dia 17 de maio no Instituto de Educação de Santa Catarina, em Florianópolis.

Os resultados finais estão previstos para o dia 17 de junho.

Principais atribuições dos cargos do concurso da ARIS


Engenheiro sanitarista – Elaborar, supervisionar, coordenar e orientar tecnicamente estudos, planejamentos, projetos referentes ao controle sanitário do ambiente, à captação e distribuição de água, ao tratamento de água, esgoto e resíduos, ao controle de poluição, à drenagem, à higiene e ao conforto de ambiente, bem como seus serviços afins e correlatos.

Contador – Registrar, controlar, gerenciar e administrar atos e fatos contábeis, bem como suas obrigações acessórias, elaborando demonstrações contábeis e financeiras, sempre em adequação e respeito ao orçamento do consórcio.

Analista de fiscalização e regulação – Prestar apoio, fornecer suporte e desenvolver, implementar e executar, internamente ou em campo, programas, projetos, processos, sistemas, produtos e serviços para o consórcio público, de acordo com a unidade administrativa em que estiver lotado, cujas soluções implicam níveis elevados de complexidade, articulação e tecnicidade e que possam contribuir para a efetividade e sustentabilidade da regulação dos serviços de saneamento básico.

Agente administrativo – Executar os serviços de suporte operacional nas áreas de recursos humanos, administração, contabilidade, regulação e fiscalização, devendo, para tanto, elaborar relatórios, planilhas e demais ações de expediente, bem como executar as ações requeridas pelos superiores hierárquicos.

Comentários

Mais Lidas