Tudo Sobre

Concurso Defensoria

Defensoria/TO abre concurso para preencher 376 vagas

Há oportunidades para candidatos de níveis médio, técnico e superior



Redação
Publicado em 13/06/2012, às 11h04

O próximo concurso público que será promovido pela Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO) já teve seu edital publicado. A seleção deve preencher 376 vagas no total, sendo que 38 são para portadores de deficiência e 80 para formação de cadastro reserva.
As nomeações serão feitas nos municípios de Araguaína, Araguatins, Dianópolis, Gurupi, Guaraí, Palmas, Paraíso, Porto Nacional e Tocantinópolis, todos no Estado do Tocantins, além de Brasília, no Distrito Federal.
Candidatos com nível médio completo pode se candidatar a assistente, motorista ou oficial. Os dois últimos exigem também carteira de habilitação, no mínimo na categoria B. Os vencimentos são de R$ 1.347,73 para assistente e motorista e de R$ 1.780,02 para oficial.
Há ofertas para técnico em informática, cargo que, além do nível médio completo, requer diploma de curso técnico na área. A remuneração, neste caso, é de R$ 2.021,60.
Em nível superior são oferecidas oportunidades de analista jurídico e analista em gestão especializado nas áreas de administração, ciências contábeis, ciências econômicas, ciências jurídicas, psicologia, pedagogia, jornalismo, estatística, serviço social, tecnologia da informação, arquivologia e biblioteconomia. Os salários são de R$ 2.729,16 para analista jurídico e de R$ 3.709,27 para analista especializado.
Todas as carreiras têm carga horária de 40 horas semanais e contam com auxílio-alimentação no valor de R$ 490.
O período para se inscrever começa no dia 12 de julho e vai até 12 de agosto. Os interessados devem garantir participação no site www.copese.uft.edu.br, pagando uma taxa de inscrição no valor de R$ 65 para nível médio/técnico e de R$ 85 para nível superior – entre 18 de junho e 6 de julho, membros de família de baixa renda inscritos no CadÚnico podem solicitar a isenção do pagamento.
O processo seletivo constará de uma prova objetiva, composta por 80 questões de língua portuguesa (10), noções de informática (5), história e geografia do Estado do Tocantins (5), legislação da Defensoria Pública (10) e conhecimentos específicos (50). A aplicação do exame está prevista para o dia 16 de setembro, nas cidades de Araguaína, Gurupi e Palmas, às 8h para nível superior e às 15h para nível médio.
Candidatos de nível superior serão submetidos, ainda, a uma prova discursiva sobre temas de conhecimentos específicos.
Leandro Cesaroni

+ Resumo do Concurso Defensoria

Defensoria
Vagas: 376
Taxa de inscrição: R$ 65 e R$ 85
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Administrativa, Operacional
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Técnico, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 1347,73 Até R$ 3709,27
Organizadora: COPESE
Estados com Vagas: TO

+ Agenda do Concurso

12/07/2012 Abertura das inscrições Adicionar no Google Agenda
12/08/2012 Encerramento das inscrições Adicionar no Google Agenda
16/09/2012 Prova Adicionar no Google Agenda
16/09/2013 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas