Tudo Sobre

Concurso Metrô

Gerente de RH confirma edital em dezembro

Companhia apenas aguarda fim dos trâmites no governo; vagas para profissionais de níveis médio e superior com salários de até R$ 5 mil



Redação
Publicado em 19/12/2011, às 16h15

Para quem vinha se perguntando “cadê o edital do Metrô/SP (Companhia do Metropolitano de São Paulo)?”, temos uma ótima notícia: segundo o gerente de recursos humanos da companhia, Alfredo Falchi Neto, ele sai ainda este mês e com muito mais chances do que as 63 inicialmente previstas. 
O milagre de Natal é resultado de uma simplificação burocrática adotada pela companhia: em vez de lançar um edital em dezembro e outro em 2012, o setor de recursos humanos calculou que a melhor solução seria lançar um único edital. “A ideia é fazer um concurso mais atrativo no mercado e, ao mesmo tempo, ganhar tempo. Se fizéssemos dois editais, poderíamos ter uma carreira oferecida nos dois concursos e isso não é aceito pela legislação. Já conversamos com a Fundação Carlos Chagas para fazer todo o processo”, informou Falchi. As inscrições serão realizadas no mês de janeiro.
O pedido do concurso está em vias de ser liberado pelo Conselho de Defesa de Capitais (Codec), órgão vinculado à Secretaria Estadual da Fazenda. O Metrô informa que já prestou todos os esclarecimentos solicitados. O concurso já foi aprovado quanto aos aspectos técnicos e agora depende do Codec dar o aval para a análise de custos. “O projeto está praticamente concluído, depois será encaminhado à Secretaria da Casa Civil para ser liberado”, revelou o gerente.
A decisão fez com que a oferta de oportunidades fosse repensada. Em vez de um processo com 63 oportunidades em dezembro e outro com 700 oportunidades até março, será lançado um único edital com 63 postos imediatos e formação de cadastro reserva para diversas carreiras – confira a relação completa no quadro desta página. O gerente garantiu que as contratações serão feitas: “O nosso interesse é contratar o pessoal o mais rápido possível”, disse Falchi. 
Segundo ele há necessidade de profissionais em todas as carreiras, mas os cargos que deverão ser prioridade nesse processo são os de operador de transporte rodoviário e engenheiro, nas suas diversas especialidades (civil, elétrica, mecânica, etc.).
Profissionais de níveis médio ou técnico poderão inscrever-se para as carreiras de operador de transporte metroviário, técnico de sistemas metroviários, oficial de logística – almoxarifado, oficial de manutenção industrial, oficial de movimentação, ajudante – almoxarifado, e assistente administrativo junior. Para candidatos com formação de nível superior serão oferecidos postos de analista de desenvolvimento de gestão junior e engenheiro junior.
Os salários oferecidos têm valores entre R$ 1.400 (operador de transporte metroviário) e R$ 5 mil (engenheiro). Os aprovados terão direito a benefícios como vale-alimentação, vale-transporte, acesso livre aos serviços do Metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e plano de previdência complementar. A contratação será em regime de CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). 
A progressão salarial se dá de duas formas: na primeira, chamada de estepe, a cada doze meses o profissional é avaliado e pode obter um aumento salarial de 5%; e há a progressão de nível, que pode ser obtida a cada 36 meses e que oferece um reajuste superior.
Diante de todo esse pacote de benefícios, Falchi comemora o índice de 2% turnover (termo em inglês para o índice de rotatividade de funcionários) da companhia, considerado baixo: “Quem fica um ano, dois aqui, se apaixona. O empregado médio tem 22, 23 anos de carreira na companhia”.
Aline Viana

+ Resumo do Concurso Metrô

Metrô
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: Carlos Chagas
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

18/12/2012 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas