Tudo Sobre

Empregos CRO

CRO/SE deve lançar concurso nos próximos dias

O concurso do Conselho Regional de Odontologia de Sergipe (CRO/SE) terá vagas para os cargos de assistente técnico, assessor e analista. Salários de até R$ 4,4 mil



Cintia Amaro e Camila Diodato
Publicado em 16/08/2016, às 12h16

O Conselho Regional de Odontologia de Sergipe (CRO/SE) está em fase final de elaboração do seu próximo concurso público, que visará ao preenchimento de quatro vagas distribuídas em cargos com exigência de níveis médio e superior.
No momento, o órgão vai concluir alguns detalhes do processo seletivo, que deve ser publicado no decorrer das próximas semanas. A banca organizadora já foi até contratada.
Por meio de licitação, na modalidade pregão presencial, o CRO/SE escolheu a empresa Advise Consultoria & Planejamento para ficar responsável pela organização de todas as etapas do concurso.
Consta no edital de licitação que os futuros servidores receberão entre R$ 1.760 e R$ 4.500 por mês. Outro detalhe apresentado no documento é que os candidatos aos cargos terão de passar por uma prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório.

Carreiras do concurso CRO/SE


As vagas do concurso CRO/SE que exigem ensino médio completo serão para os empregos de assistente técnico de fiscalização (1) e assistente técnico-administrativo (1), com salários iniciais de R$ 2.200 e R$ 1.760, respectivamente.
As demais chances exigirão diploma de nível superior e se destinarão aos postos de assessor jurídico (1), com ganhos mensais de R$ 4.500; e de analista contábil (1), com remuneração de R$ 4.000. 

Atribuições dos cargos de nível superior


Segundo divulgado no site do Conselho Regional de Odontologia de Sergipe (CRO/SE), as atribuições dos empregos de nível superior que serão oferecidos no concurso, estão descritas a seguir.
Assessor jurídico: assistir juridicamente o CRO e sua diretoria em todos os processos e assuntos de interesse institucional; emitir pareceres e patrocinar defesas em processos decorrentes da ação fiscalizadora do CRO, assim como em processos ou expedientes originários da administração interna; apreciar, prestar assistência e emitir parecer sobre a redação de contratos, convênios, acordos e editais a fim de oficializar e legalizar negócios e resultados de processos licitatórios; sustentar oralmente uma questão em quaisquer tribunais ou juízo; cumprir prazos legais; prestar assessoria jurídica extrajudicialmente, inclusive em processos de mediação; realizar defesas em juízo de todos os processos e que o CRO for autor, réu, assistente ou oponente, inclusive aquele de natureza trabalhista; interpor recursos e acompanhá-los até o fim do julgamento; organizar, controlar e proceder ao correto arquivamento de todos os documentos para fins de rápida localização referentes ás suas atribuições; ministrar cursos e palestras para o público interno que tratem diretamente da sua área de atuação; participar de equipes multidisciplinares, comissões ou grupos de trabalho, visando fornecer subsídios para as decisões, relatórios e pareceres proporcionado os melhores resultados tanto em qualidade quanto em produtividade; ministrar cursos e palestras além de coordenar workshops, mesas redondas e debates promovidos pelo CRO; desempenhar todo e qualquer serviço compatível com a sua condição pessoal e com natureza afim inerente ao cargo exercido. 
Analista contábil: analisar e emitir de parecer e relatórios em processos de pagamentos, celebração de convênios e prestação de contas; efetuar auditoria; orientar às diversas áreas e aos conselhos regionais no quer tange as regras da administração pública; efetuar análise, revisão e propostas para criação de normas para procedimentos e controle internos; prestar assessoramento e exercer supervisão em serviços de contabilidade financeira e patrimonial; proceder à escrituração de livros contábeis; elaborar de programa de orçamento; classificar receita e despesa públicas; elaborar e acompanhar a conciliação bancária das contas centralizadas na instituição; participar da elaboração e análise de balanços e balancetes públicos; administrar os tributos da empresa; registrar atos e fatos contábeis; administrar o departamento pessoal; atender solicitações de órgãos fiscalizadores; ministrar cursos e palestras além de coordenar workshops, mesas redondas e debates; desempenhar todo e qualquer serviço compatível com a sua condição pessoal e com natureza afim inerente ao cargo exercido. 

+ Resumo Empregos CRO

CRO
Vagas: 4
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Analista, Assessor, assitente
Áreas de Atuação: Administrativa, Operacional
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 1760,00 Até R$ 4500,00
Organizadora: Advise Consultoria
Estados com Vagas: SE

+ Agenda

16/08/2017 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas