Emprego de alguns sinais gráficos

Os colchetes apresentam a mesma finalidade dos parênteses, porém, são restritos aos escritos didáticos, filológicos e científicos. Também são empregados quando se quer fazer referência à etimologia da palavra.

Redação
Publicado em 07/11/2014, às 17h06

Sandra Ceraldi


Colchetes ( [] )

Os colchetes apresentam a mesma finalidade dos parênteses, porém, são restritos aos escritos didáticos, filológicos e científicos. Também são empregados quando se quer fazer referência à etimologia da palavra. Por exemplo: o vocábulo amor - (ô). [Do lat. amore.] 1. Sentimento que predispõe alguém a desejar o bem de outrem, ou de alguma coisa: amor ao próximo; amor ao patrimônio artístico de sua terra. (Novo Dicionário Aurélio).

Os colchetes também podem indicar omissões de partes na transcrição de um texto como: “A mulher que é [...] aproxima-se do homem em tudo nos dias atuais. (Regina da Glória)

Parágrafo ( § )

O parágrafo é representado na língua portuguesa pelo símbolo “§”. É comum o uso de parágrafos tanto em esquemas redacionais (1º§ - introdução; 2º§ -  desenvolvimento; 3º§ - conclusão) quanto em códigos de leis. Exemplo: art. 20, §1º. Caso o parágrafo do artigo seja um só, deverá ser escrito por extenso: “Parágrafo único”.

Acento grave ( ` )

O acento grave é denominado denotativo, isto é, mostra a contração da preposição “a” com a forma feminina do artigo ou pronome demonstrativo “a”, implicando a ocorrência: “à” ou “às”, crase singular e crase plural, respectivamente.

Acento agudo ( ´ ) e acento circunflexo ( ^ )

O acento agudo é muito importante para as palavras, pois indica em que posição está a sílaba tônica, além de agrupá-las no sistema gráfico e prosódico (oxítonas, paroxítonas e proparoxítonas), pois de acordo com cada terminação, haverá uma regra de acentuação distinta. Além da tonicidade, o acento agudo informa como a vogal deve ser pronunciada de forma aberta, ao passo que o acento circunflexo indicará a pronúncia fechada de vogais (café, buquê, paletó, capô etc).

Apóstrofo ( ‘ )


O apóstrofo indica uma contração ou aglutinação vocabular quando um elemento ou fração repetida pertence a um conjunto vocabular distinto: d'Os Lusíadas, Sant’Ana, d’Oliveira.  

Asterisco ( * )

O asterisco é um sinal gráfico com a forma de uma estrela de cinco ouseis pontas e serve para marcar uma palavra indicando que há uma nota de rodapé, uma remissão, uma citação. Caso venha repetido três vezes (***) indicará uma omissão ou lacuna em um texto. 


Trema ( ¨ )

É um sinal gráfico que foi utilizado por muito tempo nos grupos “gue, gui, que, qui” para informar que o “u” dos grupos era átono e possuía pronúncia, diferenciando-se do dígrafo. O decreto 6.583/2008, sobre as novas regras do acordo ortográfico, aboliu o uso do trema na língua portuguesa.  

Professora Sandra Ceraldi Carrasco éconsultora,especialista em língua portuguesa e autora de livros e periódicos na área. Há mais de 20 anos ministra cursos e palestras com índice recorde de aprovação.Seu mais recente trabalho aborda de forma prática o Acordo Ortográfico.Atualmente é coordenadora de cursos e professora de redação oficial da Academia de Polícia de São Paulo. Contato: professora.sandracarrasco@uol.com.br.

Comentários

Mais Lidas