Terminam hoje as inscrições para 67 vagas

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo oferece remunerações de até R$ 8.638.

Redação
Publicado em 18/02/2010, às 10h00

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) encerra nesta quinta-feira (18) o período de inscrições para o concurso público que oferece 67 vagas mais cadastro reserva.

Os salários base para os cargos de nível superior são de R$ 4.754,11, podendo ser acrescidos de gratificação de R$ 1.144,10. Para as funções de nível médio/técnico a remuneração inicial é de R$ 2.769,45 com possibilidade de gratificação no valor de R$ 847,15. Já o cargo de procurador tem salário de R$ 8.638,38 e possível gratificação de R$ 1.550,99.

Vagas

Os candidatos de nível superior poderão optar pelos cargos de procurador (1) e agente técnico legislativo com formação nas áreas de biblioteconomia (1), contabilidade/ administração/ ciências contábeis (2), medicina do trabalho (1), enfermagem (2), engenharia civil (2), engenharia elétrica (1), arquitetura (1), psicologia (CR), pedagogia (CR), gestão de projetos (1), história (1), direito (3), tecnologia da informação (3), administração de banco de dados e arquitetura de dados (1), segurança de redes (1), análise de infraestrutura de redes (1) e agente técnico legislativo com formação em qualquer área (16).

Já aqueles que possuem o nível médio completo podem concorrer às 23 vagas na função de agente legislativo de serviços técnicos e administrativos. Para quem tem curso técnico, as chances são nas áreas de processamento de dados (2), telecomunicações (1) e áudio (3).

A maioria das oportunidades também exige experiência profissional comprovada nas respectivas áreas de atuação. Fica reservado o percentual de 5% das vagas para portadores de deficiência.

Como participar

As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet, no site da Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br), até as 14h de 18 de fevereiro. Os valores das taxas são de R$ 58,97 (nível médio/técnico), R$ 73,37 (superior) e R$ 121,37 (procurador).

Provas

Todos os inscritos serão submetidos a prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos e prova discursiva de redação, marcadas previamente para o dia 28 de março, na cidade de São Paulo, com duração de 4h30. Os candidatos a procurador somente farão a prova discursiva se forem habilitados e classificados na prova objetiva, ambas com duração de 4 horas.

Os locais e horários das provas serão informados oportunamente pela comissão que organiza o concurso.

Haverá também etapa de avaliação de títulos para o cargo de procurador e prova prática para agente legislativo de serviços técnicos e administrativos na especialidade áudio.

Juliana Dondo

Veja também:

MinC/DF: Ministério seleciona para 253 vagas em Brasília

São Paulo: mais de 49 mil oportunidades de até R$ 20,9 mil

Comentários

Mais Lidas