Concurso público: existe uma “fórmula de bolo”?

Esta pergunta é comum para quem está conhecendo o universo dos concursos públicos. Contudo, o mais importante, antes mesmo de fazer essa pergunta, é saber qual carreira você quer seguir

Evandro Guedes
Publicado em 20/07/2015, às 10h11

Esta pergunta é bem comum para quem está conhecendo o universo dos concursos públicos. Contudo, o mais importante, antes mesmo de fazer essa pergunta, é saber qual carreira você quer seguir.
Quando se fala de formação profissional é possível pensar em uma situação utópica, ou seja, um mundo perfeito onde deveríamos seguir a carreira para a qual estudamos por quatro ou cinco anos em uma faculdade. Entretanto, a maioria esmagadora das pessoas que escolhem o setor público está atrás de estabilidade, de segurança financeira e de uma carreira. Em muitos casos, o concursando passa em um bom concurso e só descobre de fato o que o cargo representa quando entra em exercício. 
Costumo dizer que estudar para concursos representa 60% de técnica e 40% de motivação. Ambas as vertentes são de suma importância e devem ser seguidas na medida e na proporção da necessidade de cada um.

Os 60% de técnica 

Não existe um método padrão para se estudar para concursos, ou seja, estudar é bem pessoal e o candidato tem que se adaptar a sua rotina. O certo é que todos que alcançam o sucesso repetem as mesmas técnicas que classifico como a escadinha do sucesso, que nada mais é do que estudar o conteúdo de forma regular, fazer muitos exercícios e provas anteriores e, por fim e sempre que possível, realizar simulados voltados para a prova.

Os 40% de motivação 

Sem motivação nada se faz, nada se conquista, nada se mantém. Quando começamos a estudar firme, parece que o universo inteiro conspira contra, ou seja, críticas aparecem, cobranças afloram e, se o candidato não tiver a motivação na medida certa, a tendência natural é que ele não consiga se manter nesse universo tão competitivo. Dessa forma, uma das maneiras de se manter motivado é saber exatamente o cargo que pretende ter para o resto de sua vida.

Conclusão 

A resposta à pergunta do título é simples: não existe fórmula de bolo! O que existe são parâmetros a serem seguidos e esses parâmetros foram criados por quem venceu e conquistou a tão sonhada vaga no concurso. No final, somos somente nós e nossos sonhos. E tudo que envolve sonho envolve também motivação. Assim, a dica fundamental é: estude muito o conteúdo, faça muitos exercícios de concursos anteriores, foque nos simulados e nunca se esqueça de estar completamente motivado para chegar ao seu objetivo, que é mudar de vida por meio de um bom concurso público!
Evandro Guedes, CEO da AlfaCon Concursos Públicos.

Comentários

Mais Lidas