Doria autoriza nomeação de 1.039 aprovados na PM e PC SP

De acordo com declaração do comandante geral da PM//SP (Polícia Militar do Estado de São Paulo), Marcel Vieira Salles, curso de formação dos aprovados deve ter início já em maio

Fernando Cezar Alves
Publicado em 18/03/2019, às 11h30

Em entrevista coletiva realizada no último dia 15, o governador João Doria anunciou a nomeação de 1.039 remanescentes de concursos realizados para a PM SP (Polícia Militar do Estado de São Paulo) e Polícia Científica. Na ocasião, também anunciou a aquisição de 1.736 viaturas para a PM SP e R$ 261 milhões para o pagamento de bonificação de policiais. “É um conjunto de ações na área de segurança pública por força da prioridade que este governo dá à área para garantir à população condições melhores de policiamento nas ruas”, disse.

Para a polícia técnica científica serão convocados 449 servidores, sendo 51 médicos legistas, 240 peritos criminais, 128 fotógrafos e 30 desenhistas técnico-periciais. No caso da PM/SP serão convocados 590 soldados de 2ª classe.

De acordo com declaração do comandante-geral da PM/SP, Marcelo Vieira Salles, os servidores deverão começar o curso de formação em maio, com atuação a partir de maio de 2010.

No caso da Polícia Civil, as convocações fazem parte de um processo de convocação de aprovados do último concurso, que ofereceu 2.750 vagas, sendo 250 para delegados, 600 para investigadores, 800 para escrivães, 300 para agente de telecomunicação, 200 para papiloscopistas, 400 de agentes policiais e 200 para auxiliar de papiloscopista. 

Comentários

Mais Lidas