Tudo Sobre

Concurso Governo

Governo/SP: Estado tem carência de 285 mil servidores

De acordo com levantamento, as áreas com maior necessidade de contratações são as de educação, saúde e segurança



Fernando Cezar Alves
Publicado em 02/05/2016, às 14h38

O governo do Estado de São Paulo conta com uma carência de nada menos que 285.573 servidores em seu quadro de pessoal, de acordo com levantamento pessoal divulgado no último dia 30 de abril, com base até 30 de dezembro de 2015. Desta forma, é possível que em algumas carreiras, a necessidade seja ainda um pouco maior, desde então. Em virtude do corte de gastos promovido pelo governo em 2015, que restringiu a contratação de pessoal, a carência conta com um aumento de 9.628 vagas, em relação ao levantamento anterior, divulgado em abril de 2015, que contava com uma necessidade de 275.945 servidores. A expectativa é de que, agora, com a retomada gradual de novas autorizações para concursos, esta defasagem seja dirimida no decorrer dos próximos meses, com novas autorizações governamentais.

Como normalmente ocorre, as maiores deficiências são nos setores considerados prioritários pelo governo para o bom desempenho dos serviços públicos, que são os de educação, saúde e segurança pública. A área com maior déficit de pessoal é a de educação, com 146.893 vagas em aberto, sendo 117.064 somente para a Secretaria Estadual de Educação e 12.517 para o Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (Ceeteps), ambos com pedidos de concursos aguardando autorização, sendo 2.596 solicitadas pelo Ceeteps, somente para a área administrativa. A área contou com um aumento de 2.363 vagas em termos de necessidade de pessoal, em comparação com 2015, quando o déficit era de 144.530.

A segunda área com maior carência de pessoal é a de Saúde, que conta com um total de 66.470 vagas em aberto, de acordo com o levantamento. Destas, 55.647 são somente para a própria Secretaria Estadual de Saúde, que desde maior de 2015 não conta com autorização governamental em validade para contratação de pessoas e aguarda autorização de um pedido para preencher 6.751 vagas, número muito aquém da necessidade, de acordo com o levantamento. Outro órgão da área de saúde que conta com carência de pessoal é o Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe), que apresenta 984 vagas em aberto, de acordo com o levantamento. A área de saúde também apresentou aumento em relação ao ano anterior, com 3.939 vagas a mais em aberto, em relação a 2015, que apresentou uma necessidade de 62.531 pessoas.

Prepare-se para o concurso do governo do Estado de São Paulo

VIDEOAULA PARA CONCURSOS PÚBLICOSPROVA ANTERIOR DE CONCURSOS PÚBLICOS

Por fim, a área de segurança pública registra uma defasagem de 30.725 servidores, sendo 14.268 somente para a Secretaria Estadual de Segurança Pública, que inclui as necessidades da Polícia Civil, e 4.316 para a Polícia Militar. Além disso, a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária, que conta com concurso autorizado para 1.679 vagas, registra uma defasagem de 11.494 servidores.

Outras áreas

Além destes, diversos órgãos que contam com carência de pessoal aguardam apenas autorização governamental para que possam dar início a seus concursos. A secretaria da Fazenda, por exemplo, que registra necessidade de 2.248 pessoas, aguarda autorização para o preenchimento de 650 oportunidades para o cargo de técnico da fazenda estadual, carreira com defasagem de 779 profissionais. O órgão também conta com necessidade de 1.217 agentes fiscais de rendas, cargo que ainda não conta com previsão de novo certame.

Já a São Paulo Previdência, de acordo com o levantamento anual, conta com defasagem de 60 servidores, para técnicos e analistas, total solicitado para autorização de novo concurso, assim como a Procuradoria Geral do Estado, que conta com 381 vagas e aberto e aguarda autorização para o preenchimento de 318.

O Departamento de Estradas e Rodagem (DER), que conta com 4.066 vagas em aberto, aguarda autorização de pedido para 858 oportunidades. A Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp), que conta com 360 vagas em aberto, aguarda autorização para o preenchimento de 110 oportunidades. Na Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento, a carência é de 7.854 vagas, com pedido de autorização para 507. Na Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, com 291 vagas em aberto, conta com pedido para preenchimento de 223.  A Secretaria de Justiça e Defesa da Cidadania, com 100 vagas em aberto, aguarda autorização para preencher 46 postos. Já nas Secretarias de Planejamento e Desenvolvimento Social, com 1.719 vagas, há pedido para o preenchimento de 747. Por fim, a Superintendência de Controle de Endemias (Sucen), com necessidade de 1.150 postos, aguarda autorização para o preenchimento de 171.

Além disso, alguns órgãos sem pedidos encaminhados e empresas públicas também registram grande carência de servidores. Somente a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) registra defasagem de 4.640 servidores, enquanto a Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) apresenta defasagem funcional de 567 servidores. Por fim, a Fundação Casa fechou o período com uma pendência de 1.632 postos.

+ Resumo do Concurso Governo

Governo
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

02/05/2017 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas