Câmara municipal

Ibitinga SP inscreve para três cargos

Oportunidades são para carreiras com exigência de ensino médio ou nível superior, com remunerações iniciais de até R$ 3,2 mil

0,00(0.0%)0 voto(s)

Fernando Cezar Alves
Publicado em 26/06/2018, às 15h00

A Câmara Municipal de Ibitinga, no interior paulista, a 360 km da capital e próxima a Araraquara, recebe inscrições em seu concurso público para o preenchimento de três vagas, sendo uma para quem possui ensino médio e duas para nível superior, com remunerações iniciais que variam de R$ 1.854,35 a R$ 3.267,95, com jornada de trabalho de 40 horas semanais para todas as opções. O atendimento vai até 8 de julho.


Quem possui ensino médio poderá concorrer ao cargo de recepcionista, com inicial de R$ 1.854,35.


Para nível superior, as oportunidades são para analista de tecnologia da informação e contador, ambos com uma vaga cada e inicial de R$ 3.267,95.


No caso de analista, os interessados devem possuir graduação em tecnologia ou outro curso superior na área de informática, além de certificado de pós-graduação ou extensão na área de tecnologia da informação, com mínimo de 360 horas, além de dois anos de experiência na área de tecnologia da informação.


Para contador é necessário possuir registro no conselho regional, com três anos de experiência na função ou cinco como auxiliar ou técnico de contabilidade e noções de contabilidade básica.


As inscrições podem ser feitas somente pela internet, na página eletrônica da banca organizadora, a Apta, que é www.aptarp.com.br


As taxas são de R$ 60 para o cargo de ensino médio e R$ 80 para os de nível superior.


Quem deixar a inscrição para o último dia poderá efetuar o pagamento da taxa no dia 10 de julho.


A aplicação das provas objetivas está marcada para ocorrer em 5 de agosto.


Os exames contarão com 40 questões. Para recepcionista serão dez de língua portuguesa, dez de matemática e 20 de conhecimentos específicos.
Para analista de tecnologia da informação e contador, 15 de língua portuguesa e 25 de conhecimentos específicos.


Também serão considerados títulos, com limite de nove pontos.


As contratações serão feitas de acordo com o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), durante o prazo de validade do concurso, que será de dois anos, podendo ser prorrogado uma vez, pelo mesmo período.

Atribuições

RECEPCIONISTA
Atender cordialmente as pessoas que procuram atendimento na Câmara Municipal seja pessoalmente, por telefone, fax, e-mail ou por outros meios disponíveis, de forma que todos sejam atendidos e cheguem ao destino desejado ou que sejam atendidas de forma satisfatória, fazendo anotações, agendamentos para atendimento por servidores e vereadores, mantendo contato até que o assunto seja solucionado; Receber e encaminhar os que tenham interesse a tratar no estabelecimento; verificar se a pessoa procurada está no prédio, utilizando-se de telefone, interfone ou outros meios para encaminhar o visitante ao local desejado ou determinado;
Recepcionar pessoas e autoridades em eventos especiais do Poder Legislativo, zelando pela boa forma de tratamento com cada um;
Controlar a entrada, movimentação e saída de pessoas e coisas do prédio da Câmara Municipal, fazendo os registros pertinentes, em meio eletrônico ou escrito, para acompanhamento e evitando desvio de materiais e outras
faltas, mantendo-se informados e dando encaminhamento aos servidores e vereadores interessados sobre as pessoas, encomendas, protocolos e materiais presentes na Casa; Encarregar-se da realização de protocolos de documentos via manual ou eletrônico, atendimento de telefones e faxes e das encomendas de pequeno porte enviadas pelos e aos ocupantes do prédio, recebendo e encaminhando aos destinatários para evitar extravios e outras ocorrências desagradáveis; Executar tarefas correlatas aos serviços de recepção, atendimento ao público, recebimento de documentos,
encomendas e pessoas, anotação de recados, dentre outras determinadas pela autoridade superior. Prestar serviço de análise, controle, organização, fiscalização preventiva, auditorias de gestão, bem como assessorar na elaboração das normas de contabilidade e execução de atividades relacionadas à Contabilidade em geral;

CONTADOR
Desempenhar e exercer todas as atribuições privativas dos contabilistas, descritas na legislação pátria e na Resolução do Conselho Federal de Contabilidade nº 560/1983; Efetua a escrituração de acordo com as normas estabelecidas em lei; Controla a execução do orçamento em todas as suas fases, promovendo o empenho prévio das despesas. Promove a liquidação das despesas e efetua os pagamentos; Elabora os balancetes mensais e o balanço anual da Câmara Municipal; Informa e instrui processos de pagamento de despesas, verificando a respectiva documentação, conferindo as faturas, notas fiscais e outros elementos lançados na nota de empenho correspondente; Prepara os cheques que devem ser assinados pelo responsável legal ou 1º Secretário e pelo Presidente da Câmara;
Planejar, elaborar, controlar e acompanhar todos os procedimentos financeiros, contábeis e de auditoria nos documentos, seguindo as normas determinadas pelo superior hierárquico, bem como manter atualizada a
legislação; Fazer empenhos, verificando a classificação e recursos das dotações orçamentárias; controlar os trabalhos de análise e conciliação de contas, conferindo os saldos, localizando e retificando possíveis erros, emitindo relatórios relativos a execução orçamentária e financeira;
Responsabilizar-se pela execução dos serviços da contabilidade,  orçamento e finanças da Casa; pela correta classificação e processamento da receita e da despesa da Casa; pelo acompanhamento das prestações de contas de despesas de pronto pagamento da Casa; Executar a escrituração e assinatura de livros contábeis: Boletins de Caixa de Bancos, Balancetes Financeiros, Razão de Bancos/Caixa; Elaborar balancetes, balanços e outros demonstrativos contábeis, cumprindo as exigências legais e administrativas vigentes, organizando os trabalhos inerentes à contabilidade; Conferir os valores relativos à requisição do duodécimo e da regularidade de seu cumprimento; Controlar receitas, efetuar pagamentos, registrando a entrada e saída de valores para assegurar a regularidade das
transações financeiras e comerciais; Emitir relatórios de gestão fiscal e demais relatórios previstos nas normas da Casa; elaborando e cumprindo a
ordem cronológica de pagamento, controle de contas financeiras, movimentações bancárias e conciliações em geral; Processar operações de crédito, obedecendo normas governamentais; folha de pagamento, cálculos de férias e rescisões, expedição de guias de recolhimento dos encargos; Controlar operações de crédito, investimentos e serviços a pessoas físicas e jurídicas, a fim de cumprir e fazer cumprir as normas e regras internas; Organizar a tesouraria e informar ao superior sobre as questões que dizem respeito a assuntos financeiros; Efetuar pagamento das despesas autorizadas, mantendo em dia e em ordem os depósitos bancários e a escrituração de receita e despesa com os respectivos comprovantes; Realizar ordens cronológicas de pagamento, controle de contas financeiras e movimentação bancária, emissão de cheques, despesas de pronto-pagamento, outros documentos de pagamento e conciliações em geral; Exercer outras atividades e tarefas correlatas determinadas pelo superior hierárquico.

ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
Identificar as necessidades de serviços e produtos para a Câmara na área de Informática e propor soluções tecnológicas, viabilizando sua execução nas áreas envolvidas; Pesquisar, planejar e validar diretrizes de melhorias na aplicação de tecnologias correntes às atividades da Câmara, com adequação às tendências gerais do mercado; Levantar, desenvolver, codificar, documentar e manter sistemas informatizados; Manter recursos técnicos necessários ao funcionamento da infraestrutura computacional da Câmara Municipal, bem como prestar suporte na utilização desses recursos; Elaborar e ministrar treinamentos atinentes à sua área de atuação e fornecer apoio a treinamentos efetuados indiretamente pela Câmara Municipal; Identificar e acompanhar contratações a serem efetuadas pela Câmara Municipal, atinentes à área de Informática;
Fornecer apoio aos serviços relativos à área de Informática prestados por terceiros; Fornecer apoio consultivo e assessoramento aos servidores, diretorias, vereadores e as comissões em assuntos relacionados à sua função; Realizar vistorias, perícias, avaliações, análise de documentos, realização de estudos técnicos, coleta de dados e pesquisas e acompanhar e auxiliar em licitações e contratos, prestando informações técnicas sob a forma de pareceres, laudos e relatórios em matérias da área de Informática, indicando a fundamentação técnica, métodos e
parâmetros aplicados, quando solicitado em situações que envolvam a Câmara Municipal; Exercer atividades que envolvam o projeto de telecomunicações, definindo a topologia e a configuração necessária;
Realizar avaliação, especificação e dimensionamento dos recursos de comunicação de dados e voz; Realizar instalação, customização e manutenção dos recursos de rede; Realizar análise de utilização e do desempenho das redes de computadores, identificando os problemas e
promovendo as correções no ambiente operacional; Promover o planejamento da evolução da rede, visando a melhoria na qualidade dos serviços; Prestar suporte técnico e de consultoria relativamente à aquisição, à implantação e ao uso adequados dos recursos de rede;
Realizar a avaliação e especificação das necessidades de hardware e software básico e de apoio; Configurar os ambientes operacionais;
Promover a instalação, customização e manutenção de software básico e de apoio, a análise do desempenho do ambiente operacional, efetuando as adequações necessárias; Analisar a utilização dos recursos de software e hardware e o planejar a evolução do ambiente, visando a melhoria
na qualidade do serviço; Prestar consultoria e suporte técnico relativamente à aquisição, implantação e uso adequado dos recursos de hardware e software; Promover a prospecção, análise e implementação de novos recursos de hardware, software e rede, visando a sua utilização na organização; Analisar a viabilidade de instalação de novas aplicações no ambiente operacional da organização, objetivando manter o padrão de desempenho de serviços implantados; Promover o desenvolvimento de sistemáticas, estudos, normas, procedimentos e padronização das características técnicas, visando a melhoria da segurança e dos serviços prestados; Elaborar especificações técnicas de bens e serviços de tecnologia da informação relacionados a sua área de atuação; Realizar a alimentação de sistemas de informática específicos; Realizar a instalação, configuração, gerenciamento, monitoramento e ajuste do funcionamento de sistemas gerenciadores de banco de dados; Criar estratégias de auditoria e melhoria da performance do banco de dados, realizando a instalação de upgrades, downgrades, patches e releases, incluindo a realização de atividades de backup e restore; Planejar, coordenar e executar as migrações de dados de sistemas, bem como replicação e atualização de bases de dados em produção para desenvolvimento por meio de importações/exportações de banco de dados; Realizar o monitoramento das aplicações, efetuando ajustes de desempenho (tunning) de aplicação e de banco de dados, propondo ajustes de melhorias nos programas e aplicações; Realizar o monitoramento da utilização de memória, processador, acesso a discos, volume de dados dos bancos de
dados; Prestação de suporte técnico a usuários e desenvolvedores;
Promover atividades que envolvam a gestão de informação, análise e diagnóstico das necessidades dos usuários; Executar as tarefas de instalação, gerenciamento e manutenção corretivas, preventivas e preditivas de todo o sistema informatizado, hardwares, softwares, rede de conectividade, acesso à internet, servidores, computadores e demais dispositivos; Resolver problemas relacionados a aparelhos e dispositivos eletrônicos e de informática, sua configuração, acesso e manutenção;
Sugerir mudanças, criar e implementar dispositivos de automação;
Treinar, orientar e avaliar o desempenho de operadores dos sistemas;
Estabelecer comunicações oral e escrita para agilizar o trabalho, redigir documentação técnica e organizar o local de trabalho; Instalar e configurar softwares e hardwares, orientando os usuários nas especificações e comandos necessários para sua utilização; Organizar e controlar os materiais necessários para a execução das tarefas de operação, ordem de serviço, resultados dos processamentos, suprimentos, bibliografias;
Operar equipamentos de processamento automatizados de dados, mantendo ativa toda a malha de dispositivos conectados; Notificar e informar aos usuários do sistema e à Diretora Administrativa sobre qualquer falha ou problema ocorrido; Executar e controlar os serviços de processamento de dados nos equipamentos; Executar o suporte técnico necessário para garantir o bom funcionamento dos equipamentos, com substituição, configuração e instalação de módulos, partes e componentes;
Administrar cópias de segurança, impressão e segurança dos equipamentos; Participar de programa de treinamento, quando convocado;
Controlar e zelar pela correta utilização dos equipamentos; Auxiliar na execução de planos de manutenção dos equipamentos, dos programas, das redes de computadores, dos sistemas operacionais e do sítio eletrônico, portal da transparência e mídias sociais da Câmara Municipal de Ibitinga; Elaborar, atualizar e manter a documentação técnica necessária para a operação e manutenção das redes de computadores;
Operar, configurar e manter em funcionamento e atualizado o sítio eletrônico da Câmara Municipal de Ibitinga, portal da transparência, mídias sociais, bem como os e-mails dos servidores, vereadores e demais dados atinentes aos sistemas disponibilizados pela Câmara Municipal de Ibitinga na internet; Promover, preparar, conduzir acompanhare executar a transmissão ao vivo das sessões da Câmara Municipal, utilizando-se de equipamentos de gravação, filmagem e de informática, por meio de sistemas de áudio e/ou audiovisual, através de quaisquer dos meios de comunicação disponíveis (internet, rádio, mídias sociais, etc.); Executar outras tarefas compatíveis por determinação do superior hierárquico.

Comentários

Mais Lidas