Interjeição e locução interjetiva

Interjeição é classe de palavra invariável (não há alteração em gênero e em número no texto) que exprime sentimentos, emoções, sensações e determinados comportamentos humanos.

Redação
Publicado em 17/12/2014, às 11h06

Sandra Ceraldi

Interjeição é classe de palavra invariável (não há alteração em gênero e em número no texto) que exprime sentimentos, emoções, sensações e determinados comportamentos humanos.

Exemplos: Calma! Olha! Atenção! Cuidado! Sentido! (advertência); Grato! Obrigado! (agradecimento); Ah! Eh! Oh! Oba! Viva! (alegria); Arre! Uf! Ufa! Ah! (alívio); Vamos! Força! Coragem! Eia! Firme!  (animação); Socorro! (apelo); Parabéns! Ótimo! Viva! Bis! (aplauso); Pois não! Claro!  (concordância); Oh! Pudera! Tomara! Oxalá! (desejo); Oh! Ah! Ai de mim! Ui! Que pena! (dor); Opa! Puxa! (admiração); Coitado! (pena); Boa! Oba! Opa! Upa! (satisfação); Olá! Salve! Adeus! Viva! Alô! (saudação); Calada! Silêncio! Psiu! (silêncio); Credo! Uh! Cruzes! Ui!(medo).

Locuções interjetivas são duas ou mais palavras que apresentam valor de uma interjeição: Ora bolas! Virgem Maria! Meu Deus! Ai de mim! Valha-me Deus!

Quando usar “Ó!” ou “Oh!”?

As duas formas estão corretas e são classificadas como interjeições, entretanto, apresentam significados e entoações diferentes. 

“Ó!” é uma interjeição que indica chamamento ou invocação. Usamos no discurso direto.

“Oh!” é uma interjeição exclamativa que indica admiração, espanto, dor ou alegria. É utilizada isoladamente e há necessidade de uma pausa após a sua utilização. Pode também designar espanto ou admiração, caso seja substituída pelas interjeições: Ah! Céus! Nossa! Puxa! Quando expressar dor, pelas interjeições: Ai! Ui! Também pode expressar alegria quando utilizada com valor de: Eh! Oba! Viva! 

Exemplos:

Ó, Sérgio, venha logo, que sairemos daqui a pouco! 

Ó, Marina, faça a lição! 

Ó, Mário, comece a estudar para os concursos!

Oh! Que horror! Como aconteceu isso? 

Oh, não se desespere! Tudo será esclarecido! 

Oh! Você está maravilhosa hoje!

As interjeições e a pontuação

As interjeições, geralmente, vêm acompanhadas pelo ponto de exclamação, e sempre usamos letras minúsculas para as palavras que aparecem após essa pontuação. Veja os exemplos:

Olá! Tudo bem?

Oi! Encontro você daqui a pouco.

Mas, caso a interjeição venha acompanhada de vocativo, usaremos vírgula antes desse termo e ponto de exclamação após a invocação. Veja os exemplos:

Olá, Mário!

Olá, Mário! Tudo bem contigo?

Essa regra serve para a saudação de correspondências de modo geral, inclusive nos e-mails utilizados diariamente, por isso, preste atenção à regra!

Um forte abraço!

Professora Sandra Ceraldi Carrasco éconsultora, especialista em língua portuguesa e autora de livros e periódicos na área. Há mais de 20 anos ministra cursos e palestras com índice recorde de aprovação. Seu mais recente trabalho aborda de forma prática o Acordo Ortográfico. Atualmente é coordenadora de cursos e professora de redação oficial da Academia de Polícia de São Paulo. Contato: professora.sandracarrasco@uol.com.br.

Comentários

Mais Lidas