Leitura otimizada

A leitura é uma das mais utilizadas fontes de informação, além da mais disponível. Nem sempre podemos contar com um bom professor ou temos tempo para assistira palestras, mas os livros estão sempre disponíveis para quando quisermos.

Redação
Publicado em 05/11/2014, às 12h17

William Douglas

A leitura é uma das mais utilizadas fontes de informação, além da mais disponível. Nem sempre podemos contar com um bom professor ou temos tempo para assistira palestras, mas os livros estão sempre disponíveis para quando quisermos.

O material impresso também permite uma seleção maior daquilo que nos interessa ou não. Se vamos assistir a um documentário, somos quase obrigados a participar de todo o processo criativo elaborado pelo diretor/produtor. Em um jornal, por exemplo, podemos ler rapidamente o texto descobrindo aquilo que compensa uma leitura mais detida, abandonando assuntos que não nos são úteis.

Ler eficientemente, contudo, não significa ler rápido, mas buscar utilidade e prazer no ato de ler e obter o melhor equilíbrio entre três valores: captação maior ou menor de informações; fixação maior ou menor das informações captadas; e velocidade da leitura.

Quando se lê apenas para tomar conhecimento do que está acontecendo pelo mundo, não existe a mesma necessidade de fixação que se dá em um texto que cairá na prova etc. Daí decorre que faremos diferentes tipos de leitura, conforme nossos interesses. É preciso saber ler de formas diferentes, ora aumentando a velocidade, ora diminuindo.

Existem diversos ritmos de leitura: a informativa, a de lazer e a de estudo (compreensiva). O nível de atenção e as técnicas para a assimilação de cada uma delas variam, conforme se pode imaginar. Quanto maior a necessidade de fixação, maior o número de técnicas a serem utilizadas. É até possível que em um dia em que esteja mais cansado você leia um livro sem todas as fases da leitura de estudo, mas como se fosse uma leitura informativa ou mesmo de lazer.

Eliminando-se vícios e adotando-se alguns cuidados, a qualidade da leitura aumentará naturalmente, resultando em maior velocidade, captação e fixação. Quanto mais apessoa ler e treinar, maior será sua velocidade de leitura. Por isso é tão importante que se invista em ler mais e melhor, sempre que possível. Para isso, separei dicas que não podem deixar de ser observadas em se tratando de otimização de leitura. Confira a seguir!

· Passe a decidir qual espécie de leitura irá fazer em cada caso: informativa, de lazerou de estudo. Se quiser uma boa retenção daquilo que será lido, utilize as diversas técnicas de fixação e memorização.

· Observe-separa descobrir qual é a sua velocidade de equilíbrio na leitura. Experimente acelerar ou diminuir o ritmo de sua leitura normal e aquilatar o resultado na compreensão, concentração e retenção.

· Adquira o hábito de consultar dicionários para melhorar seu vocabulário.

· Controle os vícios de leitura e aperfeiçoe as qualidades.

· Comece a distinguir o que está efetivamente escrito no texto daquilo que é sua interpretação.

· Preste atenção na entonação, pois ela pode modificar o sentido do texto.

· Adquira o hábito da leitura.

Com essas diretrizes, sua leitura certamente será melhor. Em pouco tempo, você notará a diferença em sua comunicação, provas e no quanto você apreciará a leitura e compreenderá melhor seu conteúdo.

William Douglas é juiz federal, professor universitário, palestrante e autor de mais de 40 obras,dentre elas Como Passar em Provas e Concursos e As 25 Leis Bíblicas do Sucesso.Site: www.williamdouglas.com.br. Acompanhe-o nas redes sociais (@site_wd,@site_wd2 e William Douglas - Facebook).

Comentários

Mais Lidas